Fiat O meu 600D

Diários de Bordo

Fiat O meu 600D

Boa tarde,

Adquiri recentemente um Fiat 600D de 1966.

Estava parado à cerca de 10 anos numa oficina, após a aquisição do antigo dono por troca (só para passar o carro para meu nome foi uma epopeia de 4 meses com tribunais à mistura).

Tinha sido recuperado, mas ao fim de 10 anos parado é necessário algum investimento para o seu retorno à gloria.

Como estava numa oficina (húmida e fria) apresenta pontos de ferrugem na pintura e cromados (pintura algo esquisita). Faltava 1 cabo de vela e o condensador (nada que não pudesse ser adquirido).

Ainda veio com os frisos laterais para a montagem (é necessário verificar se este 600D de 1966 os trazia, mas faltam as pequenas molas para segurar os mesmos).

Os pneus estão novos (CAMAC à frente e recauchutados Mabor a trás) já com algumas micro fissuras (dos min 10 anos parado).

O carro funciona mas irá ser revisto em todos os óleos e fluidos necessários, como também os travões (para não ter surpresas).

Já li alguma literatura aqui nos foruns sobre algumas recuperações de 600 que os membros tem feito e será aproveitado todo esse "sumo" para esta recuperação.

Agora peço a vossa ajuda com pequenos pormenores para o inicio da recuperação:

  • Bateria: borne + à direita (montagem FIAT) ou à esquerda (montagem SEAT), isto é devido à entrada do cabo + no suporte da bateria, para mim faz mais sentido a montagem duma bateria com o + à esquerda. Relacionado com este tema precisava da tampa para a bateria (vinha sem este item);
  • Pneus: as micro fissuras que os pneus apresentam implicam substituição dos mesmos? Se sim qual a medida mais simpática (em vez dos 5.2 12 poderá ser um pneu 145/70/12?) ou que melhora a estabilidade do carro?;
  • Afinação do motor: alguém conhece um mecânico de clássicos (que não se atrapalhe com o carburador) aqui na ilha da Madeira? é que o motor está a cortar nas altas rotações (mandando um pequeno rater).
Algumas fotos do carro como me chegou às mãos:
20161015_161537_mod.jpg 20161015_161555.jpg 20161015_161709_mod.jpg

Se alguém tiver um manual de reparação (Haynes ou outros) que me possa ceder, agradeço desde já pois quero cria uma bilblioteca de material relevante online para ajudar os que estão na mesma situação (muita vontade mas pouco conhecimento).

Agradeço os vossos comentários e ajuda.
 

Anexos

  • 20161015_161537_mod.jpg
    20161015_161537_mod.jpg
    220.1 KB · Vistos: 336
  • 20161015_161555.jpg
    20161015_161555.jpg
    156.5 KB · Vistos: 337
  • 20161015_161709_mod.jpg
    20161015_161709_mod.jpg
    253.2 KB · Vistos: 336

João Luís Soares

Pre-War
Membro do staff
Premium
Delegado Regional
Portalista
Viva!

Aqui no Portal há vários proprietários de Fiat 600 que te podem ajudar mais do que eu.

Mas, para começo, posso dizer que não acho aconselhável usares pneus que já têm mais de 10 anos com o peso do carro em cima e sem circularem.

Os frisos quase de certeza que não são daí. Nesse ano já não os tinha.

Tenho o manual de mecânica desse carro, mas não posso digitalizar normalmente, porque ia estragar ao abrir. No entanto, posso fotografar com qualidade as páginas que fores precisando e envio-te isso.
 
OP
OP
D

Daniel Maia Nunes

YoungTimer
Boas,

Desculpa pela tardia resposta, mas valores mais altos surgiram.

Só uma correcção, o carro afinal só está parado desde 2011.

Aqui vão as duvidas:

  • Pelo que li nos diversos tópicos um dos pontos importantes no carro será a lubrificação da caixa de direcção. Agradecia alguma ajuda nesse ponto com o esquema da mesma para que possa verificar a mesma;
  • Óleo para o circuito de travões: pela idade do 600 penso que deve de utilizar óleo DOT3, mas como é complicado de encontrar, podemos utilizar o DOT4? Fazer a troca do oleo do circuito de travagem é uma coisa simples ou não (esquema do circuito seria muito bom);
  • Circuito de refrigeração: tirando o dreno no fundo do radiador existe mais algum ponto para a drenagem de liquido, e em contra ponto, após o enchimento do mesmo onde se situam as purgas de ar?
  • Filtro de óleo: o motor instalado (já agora a carroçaria e o motor estão casados pois tenho o livrete antigo) não tem o tradicional filtro de óleo atrás do dínamo. Penso que será só o filtro centrifugo como indicado?
  • 40941121ec447d7de891805456739b56o.jpg

  • Pneus: em relação ao que escrevi (medida 145/70R12) aconselhado ou não?
  • Tampa da bateria: preciso de comprar 1, em Portugal arranja-se ou só na NET?
De momento é só o que me lembro...

Aguardo os vossos inputs, e desde já obrigado.
 

Pedro Seixas Palma

Pre-War
Premium
Portalista
  • Óleo para o circuito de travões: pela idade do 600 penso que deve de utilizar óleo DOT3, mas como é complicado de encontrar, podemos utilizar o DOT4? Fazer a troca do oleo do circuito de travagem é uma coisa simples ou não (esquema do circuito seria muito bom).
  • Filtro de óleo: o motor instalado (já agora a carroçaria e o motor estão casados pois tenho o livrete antigo) não tem o tradicional filtro de óleo atrás do dínamo. Penso que será só o filtro centrifugo como indicado?

O DOT4 é adequado para substituir o DOT3 (provavelmente é o que se encontra no circuito neste momento). A substituição do óleo é "simples", mas requer normalmente duas pessoas, consistindo em encher o depósito com óleo novo e purgar o sistema, começando na roda mais distante. Já agora, em climas húmidos deve-se trocar o óleo de travões de dois em dois anos. Para nós eu diria que quatro em quatro é o limite.
É expectável que após substituir o óleo num carro que tenha estado parado muitos anos, o sistema de travagem comece a desfazer-se e seja preciso substituir todos os vedantes e afins. Não sei se é do óleo novo ou de o carro ser colocado a uso, mas acontece amiúde.

O filtro centrífugo dos motores Fiat 100 deve ser limpo de vez em quando (acho que a Fiat dizia 30.000km). Leva um o-ring para vedar, do qual eu desconheço as dimensões, apesar de ter dois numa caixa. (Na medida em que é possível medir um o-ring, parece-me que tem uma espessura de 3,5mm e entre 102 e 106mm de diâmetro. Eu apostava em 104x3,5)
 
Última edição:
OP
OP
D

Daniel Maia Nunes

YoungTimer
Boas Pedro,

Obrigado pela ajuda.

O O-ring é o FIAT 987112 (ou 4010395), com 109x102x3,5mm de medidas. Vou tentar encontrar aqui na Madeira (nem que seja na FIAT).

Em relação à mudança do óleo dos travões vou avançar para a instalação do DOT4.
 

António Barbosa

Red Line
Portalista
Parabéns pela determinação na aquisição do belo 600, nem todos teriam a paciência de passar por aquilo que passaste para o ter. Quanto ao resto a brigada FIAT já entrou em ação.
O 600 parece-me em condições de fazer um restauro em rolamento, ou seja resolves o necessário para passar numa boa inspeção - travões, direção e suspensão - e depois vais gozando o 600, cromando umas peças ou melhorando os estofos, mas sempre andando com ele regularmente.
 

João P Silva

Portalista
Portalista
Boa noite.
Tens aí uma bela máquina.
O pior já está, que é ter o carro.
Não desesperes, não tenhas pressa porque pode sair tudo mal, ou desistir do projeto.
Nesta área temos que ter a pessoas certas do nosso lado e isso não se conquista rapidamente.

O filtro é centrífugo. Convém tirar fora para fazer a manutenção.
Três coisas que reparei. Esses faróis traseiros não são desse carro, assim como as palas das rodas de trás. Parecem providos de um seat 600.
Esse carro é de 66, o filtro do ar devia ser achatado. Mas este reparo é meramente informativo, pois sou adepto dos carros originais.

Pneus.. Eu já tive pneus dessa medida.
Troquei a uns anos pelos CAMAC 5.20-12.
O carro pode perfeitamente circular com esses pneus de medida equivalente. A única coisa que notas é a velocidade do painel que irá ter um erro real maior. O motor tem que fazer mais esforço para compensar, mas o carro fica muito mais seguro com essa medida, curva muito melhor do que com a medida original.O preço é mais acessível. Acho boa ideia em apostar nesses.
Com os 5.20-12 já apanhei uns sustos. São pneus caros, novos mas com a tecnologia de 40/50 anos atrás..
Paguei a originalidade, mas não a segurança.

No PC completo o meu texto.. para já ficamos assim. Dispõem.
 
Última edição:
OP
OP
D

Daniel Maia Nunes

YoungTimer
Esses faróis traseiros não são desse carro, assim como as palas das rodas de trás. Parecem providos de um seat 600.
Esse carro é de 66, o filtro do ar devia ser achatado. Mas este reparo é meramente informativo, pois sou adepto dos carros originais.

Essa imagem foi retirada dum forum dos "nuestros hermanos" não é o meu carro, era só para identificar o local do filtro.
 
Última edição:
Agora o trauma é para fazer o seguro do automóvel sem a IPO.

Esta gente não quer ganhar dinheiro...
Querem e muito mas são as novas regras da "lei da concorrência"

É sempre o mesmo drama, não podes fazer seguro sem IPO e sem seguro não podes ir fazer à IPO.
Explicado pelo centro de inspecções:
-" Pode fazer sim a inspecção periódica, terá um prazo de 30 dias após inspecção para apresentar prova de seguro da viatura"
 
Topo