Morris Mini 1000 - 1971

Hugo Albuquerque

Rover Enthusiastic
Portalista
Bem-vindos a mais um dos meus diários de bordo.

Perdi MINImamente a cabeça...
Desta vez venho apresentar-vos um ícone da indústria automóvel, que dispensa grandes apresentações...um carro mini, com vendas mega!
Desde miúdo que além de sonhar em possuir determinados modelos da Rover, que já não é grande novidade para muitos de vocês, também sempre tive o sonho de possuir um Mini 1000 amarelo (exato, tinha de ser mesmo um 1000 e amarelo, já passo a explicar mais à frente o porquê).

Acontece que nestes últimos 2 meses, após ter reunido algumas condições para adquirir um, andei a pesquisar diariamente o mercado destes carros.
Estão com valores completamente malucos, cheguei ao ponto de ver apenas carcaças sem absolutamente nada por 2000€ :oo
A juntar à festa tinha uns critérios um bocado meticulosos, que eram: ser amarelo, de preferência recuperado de chapa, ser um 1000, não ter a frente dos Clubman, ter mecânica e estar minimamente completo.
Os amarelos a circular estavam todos em bom estado e na casa dos 5-7mil €, estava completamente fora de questão dar esses valores de uma só vez.
Já os amarelos com chapa feita mas com afazeres só havia um por 850€, mas apenas a carcaça...também não era propriamente o que procurava.

Ao fim de uns meses lá apareceu um Mini 1000, com todos os critérios que queria...ou quase todos!
Era amarelo, com a chapa feita, praticamente completo, a trabalhar...mas era um Clubman. Ainda assim não perdi muito tempo e fui vê-lo, acompanhado por um amigo meu que por acaso até foi quem viu o anúncio inicialmente e me enviou.

Rumei até uma aldeia no concelho de São Pedro do Sul, que para lá chegar são só curvas e contra-curvas, montes e vales...mas cheguei!
Chegado ao local percebi que não estava exatamente perfeito de chapa como dizia o anúncio, o chão não tinha sido devidamente tratado apresentando alguma ferrugem e uns micro-buracos já aparecerem...ainda assim nada de muito assustador.
Além disso a mecânica também não estava a trabalhar como também dizia no anúncio...aparentemente a bomba de gasolina tinha entregue a alma ao criador.

Depois de tantos kms foi um bocado como levar com um balde de água fria.
Só me restava tentar atenuar a situação negociando o valor do mesmo, ainda assim inicialmente não o fiz nos dias que se seguiram, na esperança que ainda aparecesse algo dentro dos ditos parâmetros mas nada!
Foi então que voltei a contactar o indivíduo do Morris Mini 1000 Clubman amarelo e chegámos a um acordo.
Passadas 2 semanas de lá ter estado o cenário era então o seguinte:

120138987_721948101688607_4157623685787905879_n.jpg

Oficialmente era proprietário de um Morris Mini 1000 Clubman amarelo de 1971 :)
Juntamente com o carro vieram as jantes originais e as abas originais, pois as jantes que tem montadas e aquelas abas gigantes vão saltar fora.

Passado 1 dia da fotografia anteriormente postada o cenário era parecido, mas desta vez já em Lisboa :)

120146732_244285803683823_8890925883812822998_n.jpg 120166627_786166032182970_5337544418286087079_n.jpg

Nem queria acreditar quando o vi a chegar em cima do reboque, ainda não estava bem em mim.
Era mais um dos meus carros de sonho a tornar-se realidade, apenas com o pormenor da frente a ser diferente da que realmente pretendia.
Descarregado o Mini era altura de o meter dentro da garagem, mas sem estar a trabalhar e sem travões a tarefa sozinho tornava-se um bocado mais complicada.
O portalista @Erickson C. Júnior rapidamente se aprontou para me ajudar e passados uns minutos já estava quase feita essa tarefa:

120150608_2737405539808074_7232114891284535578_n.jpg

Já no seu novo lar dei-lhe uma limpeza assim por alto e tirei as fotos da praxe:

120154679_1005735126564332_8415243378821522388_n.jpg 120144335_813235079412101_359657405881026284_n.jpg 120137290_274205463564957_2226399980799897755_n.jpg 120146041_1016411652211300_8448184164137577545_n.jpg 120163640_267910267625257_3448960118675738495_n.jpg

O passo seguinte foi verificar se realmente as jantes e as abas originais tinham vindo como combinado, pois são fundamentais para o que projeto na minha mente para ele. Confirmava-se, as jantes e as abas vinham com o carro :)thumbs up:

120135900_2796191957328353_5085720911442157576_n.jpg 120183671_342992003422182_6323793475652361088_n.jpg

Já se estava a fazer tarde nesse dia portanto não adiantei muito mais.
No dia seguinte lá voltei e comecei por verificar tudo o que não me parecia correto, digamos que são bastantes coisas ainda:

- A parte elétrica do carro está um nojo, muita ficha desligada e invenções feitas...vou ser obrigado a metê-lo num eletricista para refazer a parte elétrica do carro. Para terem uma ideia a única coisa elétrica do carro que funciona são as luzes de presença atrás, o resto é como se não existisse. :ph34r:

- A bobine de ignição está pendurada, sem o apoio:

120158148_1044128756034585_4740717713537842820_n.jpg


- A bomba de gasolina que tem para lá nem é mecânica, é uma bomba de gasolina elétrica e que estava desligada e igualmente pendurada:
120156400_624544985098754_6581837884165433725_n.jpg

- O radiador com um aspeto medonho:

120142371_354110046041808_6442084517471794765_n.jpg

- O dínamo com os rolamentos gripados, faz algum ruído.

- O motor de arranque a precisar de ser aberto e lubrificado, só trabalha quando lhe dá na telha.


Enfim, tem algum trabalho a nível mecânico e a nível de componente eléctrica é assustador!
O interior também não está novo, tem algumas invenções, mas nada de muito preocupante, deixo as poucas fotografias que tirei:

120138991_359401645497775_1527861669046974101_n.jpg 120161237_740368273214497_3927329912642083826_n.jpg
120175078_1009026032876130_8884165455298228284_n.jpg

Entretanto ainda apareceu outro portalista que me foi dar uma ajuda a nível da mecânica e em 20-30minutos lá me meteu o Mini a bombar.
Fiz um breve vídeo:



Um muitíssimo obrigado ao Paulo Santos! Com certeza terei de o voltar a chatear mais umas vezes :D
Entretanto fiz uma lista com todo o material a nível mecânico, que o amigo Paulo me indicou e irei encomendar este mês que vem.
Para já tapei-o e vai ficar assim uns tempos até ter reunido todo esse material:

120236926_3460972693926283_8732266936477236538_n.jpg


Portanto a ideia para já é metê-lo mecanicamente a trabalhar bem e levá-lo de seguida para um eletricista.
Depois destas duas coisas resolvidas começo então a focar-me nos pormenores para depois levá-lo à IPO, que segundo sei já não vai faz uns aninhos (2015 penso).

Para fechar este post, resta-me explicar a razão do querer um Mini com as especificidades que referi inicialmente.
Como uma imagem vale mais que 1000 palavras, deixo então aqui a réplica do que quero fazer:

15626961407_35dbd66578.jpg

Percebem agora o porquê de ter preferência por um que não fosse Clubman?
Terei aqui trabalho para anos e anos, até que fique como realmente idealizo.


Um abraço a todos e vão estando atentos que mais notícias hão-de vir :thumbs up:
 
Só compras lixo!
Pelo que vi do carro parece-me ser uma boa base, se bem que aquela parte eléctrica e falta de peças assusta-me, eu gosto é de ter o carro a andar e tratar da chapa no fim.
Conta comigo para devolver o Mini à estrada! ;)
 
Se o carro vai ter de ser restaurado,não teria sido melhor comprar um de frente redonda, como pretendido, e alterar a cor no restauro?

Dito isto, parabéns pelo Mini!
Aparenta ter algum trabalho, como tapar o teto de abrir e tratar dos fundos, mas nada que não resolvam facilmente.
Este comentário faz sentido.
Não ponderas pôr esse a andar, vender e arranjar o que realmente queres, não clubman?
 

André_Rebelo

Portalista
Portalista
Nem sei o que dizer, não sabia e ainda não sei.
Quando uma desgraça não vem só (digo Rovers), este marmelo arranja um Mini neste estado :xD:

Agora a sério, boa sorte com o projeto que tens aí muitos panos para mangas. Já sabes que ajudo-te no que puder :thumbs up::thumbs up:










tenor.gif
PS. Até arranjava um bidão de gasolina e uns fósforos, mas com a instalação elétrica assim não será necessário :lol:
 

António Miguel Sequeira

mikeira
Portalista
Belo mini. O mais custoso será mesmo pôr a chapa em condições porque de mecânica é do mais fácil que pode haver. Umas alterações que eu fazia já sem demora:
- abas mais estreitas que essas é um abuso (vender essas que ainda ganhas uns trocos, parecem umas sportspack);
- jantes de ferro originais e vender as jantes gt que tem;
- trocar o dínamo por um alternador (é uma diferença abismal);
- Trocar esse carburador HS2 por um hif38 do austin metro (muito mais fiável e fácil de afinar)
- revisão geral de óleo e liquido de refrigeração.

Faz estas alterações que não são assim tão caras e vais ver a mudança que notas no carro ;)
 

Hugo Albuquerque

Rover Enthusiastic
Portalista
Só compras lixo!
Pelo que vi do carro parece-me ser uma boa base, se bem que aquela parte eléctrica e falta de peças assusta-me, eu gosto é de ter o carro a andar e tratar da chapa no fim.
Conta comigo para devolver o Mini à estrada! ;)
Obrigado Eric, sei que sim.

Se o carro vai ter de ser restaurado,não teria sido melhor comprar um de frente redonda, como pretendido, e alterar a cor no restauro?

Dito isto, parabéns pelo Mini!
Aparenta ter algum trabalho, como tapar o teto de abrir e tratar dos fundos, mas nada que não resolvam facilmente.
Sim, o ideal teria sido arranjar um com a frente redonda, mas não surgiu nada até ao momento e tendo em conta o valor a que consegui este arrisquei.
A prioridade para já será meter mecanicamente e eletricamente a 100%, depois virão os restantes pormenores.
A possibilidade de vender este para ir buscar um com a frente pretendida não está descartada, mas de momento nem penso nisso.

Este comentário faz sentido.
Não ponderas pôr esse a andar, vender e arranjar o que realmente queres, não clubman?
Pondero sim.

Nem sei o que dizer, não sabia e ainda não sei.
Quando uma desgraça não vem só (digo Rovers), este marmelo arranja um Mini neste estado :xD:

Agora a sério, boa sorte com o projeto que tens aí muitos panos para mangas. Já sabes que ajudo-te no que puder :thumbs up::thumbs up:










Ver anexo 1185363
PS. Até arranjava um bidão de gasolina e uns fósforos, mas com a instalação elétrica assim não será necessário :lol:
Obrigado zacarias!


Belo mini. O mais custoso será mesmo pôr a chapa em condições porque de mecânica é do mais fácil que pode haver. Umas alterações que eu fazia já sem demora:
- abas mais estreitas que essas é um abuso (vender essas que ainda ganhas uns trocos, parecem umas sportspack);
- jantes de ferro originais e vender as jantes gt que tem;
- trocar o dínamo por um alternador (é uma diferença abismal);
- Trocar esse carburador HS2 por um hif38 do austin metro (muito mais fiável e fácil de afinar)
- revisão geral de óleo e liquido de refrigeração.

Faz estas alterações que não são assim tão caras e vais ver a mudança que notas no carro ;)
Boas António!
Obrigado pelo teu comentário e sugestões, nada melhor que alguém como tu, com conhecimento de causa no que a estes carros diz respeito para me ajudares :)

A chapa está porreira, só terei de dar ali um jeito nos pés do condutor e do pendura, como ainda está numa fase inicial não é nada de muito preocupante.
Já a mecânica também já fiquei mais descansado por vê-lo a funcionar e aparentemente com um trabalhar saudável.
A ideia é precisamente começar pela mecânica, de forma a conseguir levá-lo por meio próprio para o eletricista.

Para já o que irei fazer a nível mecânico é o seguinte:

- Bomba central travões nova
- Bomba principal embraiagem
- Bomba secundária embraiagem
- Filtro óleo
- Óleo
- Abrir e lubrificar motor de arranque
- Tirar e lavar radiador
- Bomba gasolina mecânica nova

Eventualmente quando olhar para os travões com mais calma irei provavelmente ter que comprar também tubos novos e bombitos.
Quanto ao óleo, que óleo me recomendas a comprar?

Em relação às abas, estas serão claramente para saltarem fora, não é de todo o estilo que pretendo para o carro.
Tenho as abas originais e serão essas que irão para o seu devido lugar...as outras irei colocar para venda e se eventualmente ninguém quiser aquilo vão para o lixo.

As jantes aplicasse quase o mesmo que às jantes. Embora ache as jantes bonitas acho que vou acabar por despachá-las, é da maneira que com o valor delas compro mais algum material para a recuperação do Mini. Tens ideia qual o valor que estas possam ter?
As jantes que irei colocar são as originais com os devidos tampões cromados, que ainda terei que arranjar.

Por fim e em relação ao alternador e carburadores...
A troca do dínamo para alternador foi também sugerida pelo amigo Paulo, no entanto para já não é prioridade.
A nível dos carburadores tenho que estudar a situação, mas também será algo a pensar futuramente, a ideia para já é mesmo a meter funcional.


Um abraço António e uma vez mais obrigado.
 

António José Costa

Regularidade=Navegação, condução e cálculo?
Premium
Portalista
É uma perdição. Parabéns, mas para o teu objectivo final acho que não vais chegar lá com este Mini, demasiado complicado.
boa recuperação do amarelinho.
 

PedroV

Clássico
Olá,
muitos parabéns e boa sorte com o projecto! Também tenho um Mini MKII de 1970 e deu muito trabalho (e despesa...) ao meu pai que o recuperou com um carinho tal, que agora nos obriga (a mim e aos meus pequenotes) a olhar por ele como se de um animal de estimação fosse... Mas dá um gosto enorme utilizá-lo!
 

António Barbosa

Red Line
Portalista
Olá Hugo, finalmente tens um carro de gente! Não te desfaças desse Mini só por ser Clubman, não faltam vantagens às frentes quadradas.
Acho que nenhum Mini de 1971 tinha de origem quaisquer tipo de alargamentos, frisos sim. Esses alargamentos não ficam nada mal.
 

Hugo Albuquerque

Rover Enthusiastic
Portalista
É uma perdição. Parabéns, mas para o teu objectivo final acho que não vais chegar lá com este Mini, demasiado complicado.
boa recuperação do amarelinho.
Obrigado António :)
Vamos ver com o tempo o que daqui irá sair :)


Olá,
muitos parabéns e boa sorte com o projecto! Também tenho um Mini MKII de 1970 e deu muito trabalho (e despesa...) ao meu pai que o recuperou com um carinho tal, que agora nos obriga (a mim e aos meus pequenotes) a olhar por ele como se de um animal de estimação fosse... Mas dá um gosto enorme utilizá-lo!
Obrigado Pedro.
A ideia é ir fazendo aos poucos, sempre custa menos :D

Olá Hugo, finalmente tens um carro de gente! Não te desfaças desse Mini só por ser Clubman, não faltam vantagens às frentes quadradas.
Acho que nenhum Mini de 1971 tinha de origem quaisquer tipo de alargamentos, frisos sim. Esses alargamentos não ficam nada mal.
Viva António, muito obrigado! :)
Já agora uma questão, que talvez me saiba responder e não encontro essa informação em lado nenhum.
Os Clubman começaram a ser fabricados em que ano? Não vejo menção a isso em lado algum e do que me vou apercebendo o meu deve ser dos primeiros (1971), ainda não tomei conhecimento de nenhum deste ano ou mesmo anterior. No documento dele a marca até é Morris e o modelo está como Mini Clubman.
 

António Barbosa

Red Line
Portalista
Os Minis de frente quadrada (1275GT e Clubman) começaram a ser vendidos em 1969, mas muito poucos terão sido vendidos nesse ano. O primeiro ano no mercado foi na realidade 1970. Esse teu de 1971 deve ter sido dos primeiros a ser vendido cá em Portugal.
O meu 1º Mini foi um Morris Mini Clubman azul e era também de 1971. Não conheço nenhum Clubman anterior.

Facilmente verificas as caraterísticas desse Mini.

1 - Tem de ter suspensão Hidrolastic.
2 - Tem de ter dínamo e regulador de tensão separado. Pelas fotos dá para ver que tem.
3 - Tem de ter a chave de ignição no meio do tablier. Pelas fotos dá para ver que tem.
4 - A bomba de gasolina original é mecânica, mas uma elétrica decente será um bom up-grade.
5 - Tem de ter o depósito de gasolina pequeno (25L).
6 - Tem de ter o circuito de travões básico (mesmo básico) não só simples, com um só tubo hidráulico, e tambores nas 4 rodas. Discos à frente serão sempre bem-vindos.
7 - Motor 998 com carburador HS2, o HIF 38 já referido irá trazer melhorias substancias no andamento.

A grelha original não é toda preta nem toda polida, tem partes de cada.
Esse teto de abrir não é evidentemente original, ficará a teu gosto manter-lo.
Falaste em adquirir os tampões cromados das rodas, mas os originais dos Clubmans de 1ª geração são específicos e não são fáceis de encontrar.
Classic-Mini-Early-Clubman-chrome-Centre-Caps-wheel.jpg
 
Última edição:

Hugo Albuquerque

Rover Enthusiastic
Portalista
Os Minis de frente quadrada (1275GT e Clubman) começaram a ser vendidos em 1969, mas muito poucos terão sido vendidos nesse ano. O primeiro ano no mercado foi na realidade 1970. Esse teu de 1971 deve ter sido dos primeiros a ser vendido cá em Portugal.
O meu 1º Mini foi um Morris Mini Clubman azul e era também de 1971. Não conheço nenhum Clubman anterior.

Facilmente verificas as caraterísticas desse Mini.

1 - Tem de ter suspensão Hidrolastic.
2 - Tem de ter dínamo e regulador de tensão separado. Pelas fotos dá para ver que tem.
3 - Tem de ter a chave de ignição no meio do tablier. Pelas fotos dá para ver que tem.
4 - A bomba de gasolina original é mecânica, mas uma elétrica decente será um bom up-grade.
5 - Tem de ter o depósito de gasolina pequeno (25L).
6 - Tem de ter o circuito de travões básico (mesmo básico) não só simples, com um só tubo hidráulico, e tambores nas 4 rodas. Discos à frente serão sempre bem-vindos.
7 - Motor 998 com carburador HS2, o HIF 38 já referido irá trazer melhorias substancias no andamento.

A grelha original não é toda preta nem toda polida, tem partes de cada.
Esse teto de abrir não é evidentemente original, ficará a teu gosto manter-lo.
Falaste em adquirir os tampões cromados das rodas, mas os originais dos Clubmans de 1ª geração são específicos e não são fáceis de encontrar.
Ver anexo 1185772
Muito obrigado António, informação muito útil e que me fez gostar ainda mais do carro :DD
De facto também não encontro nenhum anterior a 1971 e sim tenho a chave da ignição no meio do tablier, tem dínamo, supostamente teria bomba mecânica mas aí já sofreu alterações, o depósito já o tive de sacar fora e pelo tamanho deve ser efetivamente de 25 litros.

A suspensão hidrolastic é que continuo na dúvida se tem ou não. Ele de facto está manco, muito baixo à frente do lado do condutor, no entanto o José Magalhães já andou a dar uma olhada numas fotografias do compartimento do motor e diz não ser hidrolastic, que a razão de estar baixo poderá ter haver com algum rebaixamento que tenham feito.

A grelha voltará à sua originalidade, dentro de pouco tempo, espero. Não gosto de a ver toda em preto.
O teto de abrir a seu tempo deixará de existir, mas não será para já, mas garantidamente irá saltar fora um dia, mais uma vez por questões de originalidade.
Os tampões que me envias em anexo desconhecia por completo, ainda não tinha visto desses :oo Devem ser de facto raros de se apanhar, já vi mais Clubmans e dos poucos que usam tampões são todos dos normais.

Agora algumas questões:

Passar de uma bomba mecânica para uma bomba elétrica é plug and play? Só procederia a tal alteração no caso de melhorar significativamente o funcionamento do carro, se for algo que não vai trazer grandes benefícios prefiro manter a originalidade ao máximo.
O mesmo questiono para os travões de disco à frente, face aos tambores. A diferença é abismal ou melhora ligeiramente? Para o uso que pretendo dar ao carro e velocidades que hei-de dar com ele não sei se irá justificar fugir à originalidade. Tu me dirás :p

Em relação ao carburador HS2 para o HIF38 que melhorias substanciais me traz?


Uma vez mais, obrigado pelas dicas António e ajuda :thumbs up:
Já agora onde obtiveste essa informação do início de produção dos Clubman? Gosto sempre de saber um pouco da história dos meus carros, e neste caso particular do Mini não está muito fácil.
 

António Barbosa

Red Line
Portalista
Após poucos minutos de procura encontrei estes tampões dos Clubman novos por 87€:



Custa é um bocado dar 87€ por 4 tampões. Para já guardei nos favoritos :thumbs up:
Compra-os assim que puderes! Não te vão aparecer outros por este preço com a caixa original!

A bomba de gasolina elétrica traz-te vantagens uma vez que este não irá ser o teu único carro, nem sequer o teu único clássico. Corretamente ligada, consegues pôr a bomba a "bombar" gasolina antes de dar ao motor de arranque e dessa forma o motor vai pegar melhor e mais rapidamente. Entre outras coisas, poupa-te a bateria.

A alteração do HS2 para o HIF38 vai-te trazer uns 5CV, de 38CV para 43CV... resolves tudo o resto, e dás umas voltas com o carburador original, se nessa altura achares que gostarias de mais "power" então pensas no HIF38 e em outras coisas....
 
Última edição:

Luis Antonio Cardoso

Portalista
Premium
Portalista
Parabéns pela aquisição do Mini !
O clubman já foi hydrolastic, pelas fotos vê-se que foi convertido para suspensão dry cones de borracha,
O estar mais baixo são os cones que já perderam a sua elasticidade, necessitam de ser substituídos.
Continuação de bons trabalhos.
 
Última edição:

Hugo Albuquerque

Rover Enthusiastic
Portalista
Compra-os assim que puderes! Não te vão aparecer outros por este preço com a caixa original!

A bomba de gasolina elétrica traz-te vantagens uma vez que este não irá ser o teu único carro, nem sequer o teu único clássico. Corretamente ligada, consegues pôr a bomba a "bombar" gasolina antes de dar ao motor de arranque e dessa forma o motor vai pegar melhor e mais rapidamente. Entre outras coisas, poupa-te a bateria.

A alteração do HS2 para o HIF38 vai-te trazer uns 5CV, de 38CV para 43CV... resolves tudo o resto, e dás umas voltas com o carburador original, se nessa altura achares que gostarias de mais "power" então pensas no HIF38 e em outras coisas....
Obrigado António, ainda assim continuo com algumas questões no ar.
A bomba elétrica é plug and play ou que adaptações tenho que fazer?
A alteração dos carburadores é fácil ou requer grandes alterações?

E a questão que coloquei dos travões?
Parabéns pela aquisição do Mini !
O clubman já foi hydrolastic, pelas fotos vê-se que foi convertido para suspensão dry , cones de borracha,
O estar mais baixo são, os cones que já perderam a sua elasticidade , necessitam de ser substituídos.
Continuação de bons trabalhos .
Muito obrigado Luís!
O funcionamento desses cones de borracha como é? Se souber de algum artigo que explique agradecia a partilha :)
Entretanto vou ver se encontro alguma informação.
 
Topo