Mercedes-Benz Mercedes-Benz 240D W115 1975

Tópico em 'Diários de Bordo' iniciado por Afonso Brito, 7 Fev 2019.

Tópico em 'Diários de Bordo' iniciado por Afonso Brito, 7 Fev 2019.

  1. Afonso Brito

    Afonso Brito Veterano

    Registo:
    30 Abr 2013
    Local:
    Braga
    Veículos nas Garagens:
    1
    Boa noite a todos! :D:

    Inicio assim este Diário de Bordo, neste caso de um carro que me foi oferecido! Um maravilhoso Mercedes-Benz 240D de 1975 francês que veio para Portugal 10 anos depois e que foi comprado pelo avô da minha namorada nesse mesmo ano, 1985! :)

    No ano passado, infelizmente o avô da minha namorada faleceu e de entre os herdeiros ninguém queria o Mercedes sendo o futuro do carro um pouco incerto pois ou ia ser vendido ao desbarato ou ia mesmo acabar em transformar-se em latas de atum. :blink:

    Ora, a minha namorada sabendo que eu adorava o carro falou com a mãe e foi com grande satisfação que, depois de ter falado com os restantes herdeiros, me propôs ficar com o Mercedes sendo apenas o "pagamento" não se terem que preocupar nem com a transferência de nome, nem com o reboque para o tirar de onde está. Fiquei logo entusiasmado e na semana passada fez-se então a transferência e daqui a uns dias o Mercedes virá para Braga para levar uns tratamentos e voltar a ter a aura que um dia teve! B)

    Um pouco da história deste W115...foi comprado novo por um emigrante conhecido do avô da minha namorada em França e 10 anos depois voltou para Portugal. O emigrante quis vender o W115 para comprar o modelo que o sucedeu, um W123. O avô, que queria comprar um carro maior para a família aproveitou e comprou-lhe o W115, orgulhando-se assim de ter o primeiro Mercedes W115 automático em Melgaço!
    Alguns anos depois, a caixa automática deu problemas e foi trocada por uma manual, sendo a que está montada atualmente.

    Devido a motivos de saúde, o carro já não é utilizado desde 2013, sendo esse o seu último ano de IPO válida. Como foi carro de dia-a-dia durante 38 anos, é normal que tenha os seus problemas, mas penso que não serão os suficientes para os herdeiros quererem se desfazer do Mercedes duma forma assim tão leviana.

    Assim, destaco alguns problemas que tenho em mente resolver para o deixar minimamente em bom estado...

    Mecânica:
    .Rever/Limpar sistema de gasóleo
    .Trocar bomba de embraiagem (o pedal fica colado no fundo, não vindo para a posição original)
    .Rever travagem (travões colados e possivelmente em mau estado)
    .Revisão ao motor
    .Bateria

    Interior:
    .Estofar bancos
    .Arranjar forra do passageiro

    Exterior:
    .Tratar pontos de ferrugem
    .Tratar dos pratos das rodas
    .Trocar grelha do capot
    .Trocar plástico do farol traseiro

    E claro, fazer uma limpeza geral e posteriormente um detalhe completo.

    Algumas fotos ainda no local onde esteve parado durante estes 5 anos e meio.

    geral1.jpg

    geral.jpg

    Apenas os bancos da frente precisam de restauro, o de trás está impecável.

    banco.jpg

    Tratar da bolsa da forra.

    forraporta.jpg

    interior.jpg

    interior1.jpg

    interior2.jpg

    Alguns dos pontos de ferrugem.

    ferrugem1.jpg

    ferrugem2.jpg

    ferrugem3.jpg

    ferrugem4.jpg

    Irá ser um projeto de "restauro" a longo prazo, mas que vai dar um gozo enorme fazer! :D:


    Abraço! ;)
     
  2. Nelson C. Santos

    Nelson C. Santos Powered by Taunus
    Social Media Team Portalista Premium

    Registo:
    10 Abr 2015
    Local:
    Corroios
    Veículos nas Garagens:
    1
    Olha que excelente. O que um apaixonado por clássicos mais gosta de ouvir! Tenho aqui um "carro velho" não queres ficar com ele :)

    Não me importava de ter um restauro desses! Boa sorte e parabéns!
     
  3. JorgeMonteiro

    JorgeMonteiro ...o do "Boguinhas"
    Portalista Premium

    Registo:
    22 Jan 2016
    Local:
    Aveiro
    Veículos nas Garagens:
    1
    Que presente envenenado... :wacko:

    Sinceramente eu não teria ficado entusiasmado com a oferta. Na minha mão era vendido às peças no olx.

    Folgo em saber que há quem se disponibilize para perder tempo e dinheiro para salvar um carro que já passou para o lado de lá.
     
  4. miguelcristovao

    miguelcristovao Portalista
    Portalista

    Registo:
    28 Mar 2007
    Local:
    Tábua
    Vai com calma, Afonso!!
    Saberes o que te espera, e estares preparado para isso é um bom começo.
     
  5. João Pereira Bento

    Portalista

    Registo:
    13 Dez 2006
    Local:
    Alcobaça
    Veículos nas Garagens:
    1
    Basicamente estás obrigado a casar com a namorada. :)

    E esse Mercedes só vale a pena preservar se a namorada for para manter. :) Senão quebra as razões sentimentais que possam justificar o restauro. :)

    Há carros iguais sólidos mais baratos que o arranjo de chapa desse.
     
  6. José de Sá

    José de Sá Portalista
    Portalista

    Registo:
    9 Jun 2008
    Local:
    Beja
    Veículos nas Garagens:
    4
    Tenho um amigo que ficou com um carocha que era da família da namorada. Entretanto a namorada já foi ... mas o carocha ficou :D:

    Este é um restauro com muito trabalho e dinheiro. Se fosse a gasolina ainda poderia valer a pena.

    Não quero ser desanimador mas estou com o @JorgeMonteiro.
     
  7. Ricardo Tomaz Almeida

    Portalista

    Registo:
    21 Abr 2017
    Local:
    Portalegre
    Epá pessoal, não castrem jã o ânimo ao rapaz. Talvez, como refere o Miguel Cristóvão, o Afonso deva ir com calma e calcular os custos médios. Todavia, se mesmo assim optar por recuperar o carro.....Ora bolas, os antigos a gasoil também devem ter direito a uma segunda vida.
     
    Joao P Pacheco e Edgar.Guerra gostaram disto.
  8. Afonso Brito

    Afonso Brito Veterano

    Registo:
    30 Abr 2013
    Local:
    Braga
    Veículos nas Garagens:
    1

    Desde já obrigado por terem lido até ao fim! :D:

    Partindo do princípio que em 5 anos e meio a mecânica não se degradou (exceto a questão da embraiagem), já é um ponto a favor para me dar o mínimo ânimo para salvar o Mercedes. Passando ao interior, apesar de estar usável, claro que vou ter de gastar bastante para estofar os bancos no padrão original (se ainda houver). E por último, O ponto crítico que é de facto o exterior. Pode ser apenas impressão de um novato, mas o carro está relativamente sólido, "apenas" as embaladeiras nos sítios que coloquei fotos é de facto o que me preocupa. Quanto a ser a gasóleo ou gasolina, obviamente que preferia a gasolina, mas como disse o @RicardoGT94 há que também dar oportunidade aos Diesel.

    Quando o Mercedes estiver cá em Braga será tomada uma decisão mais a frio e claro que ponderarei se efetivamente vale a pena o restauro, a nível de ferrugem ou podres escondidos, se tiver.

    Obrigado pelas vossas impressões, é sempre bom ter entendidos na matéria a dar a sua opinião! :thumbs up:
     
  9. Joaquim Hermenegildo

    Portalista

    Registo:
    15 Jul 2006
    Local:
    Algés
    Caro Afonso,

    Sem pretender desmotivar, mas assumindo uma postura realista, partilho da opinião do pessoal mais experiente e calejado neste mundo dos clássicos - trata-se sem dúvida de um presente envenenado.

    Pelas fotos, constata-se que se trata da pior forma de corrosão: de dentro para fora. Quando isto acontece, não podemos encarar que estamos perante uma zona com ferrugem, mas sim, que temos de tratar uma zona que está podre.
    A ferrugem trata-se com uma limpeza, passivador, betumagem, primário e pintura.
    Já o podre, para além das tarefas acima, previamente requer o corte da zona afectada, moldagem de um remendo em chapa e sua soldadura.

    Se o que está visível é preocupante, só quando se começar a desmontar guarda-lamas, interiores e tablier é que se poderá ter a verdadeira percepção do problema.

    Sem quaisquer rodeios, diria que a viatura em causa serve um só propósito: ser dadora para que outros /8 possam "renascer".

    Se mesmo assim decidir avançar com os trabalhos, para além de obrigar a uma disponibilidade financeira de muitos milhares de euros, aconselharia a não gastar, nesta fase, nem um cêntimo em questões mecânicas e estéticas. Com efeito, os problemas estruturais que a viatura apresenta, para além das consequências que poderão trazer ao utilizador da viatura, dificilmente será aprovada em qualquer centro de inspecção.

    Qualquer que seja a decisão, mantenha-nos informados. Não se esqueça que estamos aqui para ajudar.
     
  10. Abílio Quintas

    Abílio Quintas Portalista
    Portalista

    Registo:
    20 Jan 2016
    Local:
    Porto
    Sinceramente não vejo problemas com o combustível gasto...
    Tenho um 504 a diesel, um w123 a diesel, uma 4l e um mini.
    E de todos gosto!

    Nunca percebi muito bem isso do combustível. Só se for por conta da velocidade e do facto de normalmente precisarem de menos cuidados.
    No entanto, se fosse para velocidade comprava outros carros.
    O que me interessa é o prazer de conduzir e a relação emotiva com o veículo.

    Não é o teu caso, mas se um familiar teu tivesse um destes carros, mas a gasóleo, se gostasses do design e houvesse uma relação forte com o familiar, porque não havias de querer preservar o carro?!
    aconteceu-me isso...

    Agora o restauro...
    Isso já é outra história...
    Quanto a estofar o carro e compor o interior, há pessoal a fazer isso e, se não quiseres completamente original, é capaz de não te ficar muito caro.

    A minha principal dúvida é a parte de chaparia...
    Parece ter bastante ferrugem e, se calhar, podres escondidos...
    O ideal era desmontar o interior, ver os fundos e ver como está por baixo, embaladeiras, fundos, caves de roda, mala, ..., costumam ser os piores sítios nesses carros...

    Mas como o carro foi de "graça", força nisso!
    Podes é ficar numa dívida de gratidão para com eles e veres-te "obrigado" a restaurar o carro, independentemente dos custos. Sei bem do que falo nesta parte...

    de qualquer forma, força nisso!
     
  11. Abílio Quintas

    Abílio Quintas Portalista
    Portalista

    Registo:
    20 Jan 2016
    Local:
    Porto
    Mas inicialmente e mais importante, tentava desmontar estas partes e pedir opinião a diversos chapeiros...
     
    #11 Abílio Quintas, 7 Fev 2019
    Última edição: 7 Fev 2019
  12. Edgar.Guerra

    Edgar.Guerra Portalista
    Portalista Premium

    Registo:
    4 Jan 2017
    Local:
    Lisboa
    Veículos nas Garagens:
    2
    Afonso, partilho das opiniões já aqui expressas.

    O restauro desse belo W115 só faz sentido num de três cenários:
    - por motivos sentimentais, teus ou da tua namorada.
    - se tiveres um acesso "privilegiado" a alguém quem saiba reparar chapa e pintar, ou saibas fazê-lo tu.
    - se acreditares que este modelo vai valorizar 400% nos próximos anos.

    Caso contrário, não vale a pena. Tens muitos exemplares à venda por uma fração do que irás gastar só nas reparações de chapa e na pintura, pelo que vais sempre perder dinheiro.

    Mercedes 200D w115

    Mercedes 200D Sedan 1968

    Mercedes W115 240D

    Seja qual for a tua decisão, estamos cá para ajudar.

    Abraço
     
  13. Afonso Brito

    Afonso Brito Veterano

    Registo:
    30 Abr 2013
    Local:
    Braga
    Veículos nas Garagens:
    1
    Não desmotiva, é mais uma opinião totalmente válida e bem fundamentada! Seguirei o que disse e o primeiro passo será mesmo a desmontagem para verificar os reais podres, e tal como referi, posteriormente decidirei se valerá a pena o restauro ou não. Caso não avance, espero pelo menos que salve outros /8! :)

    Quanto à gratidão, não há problema uma vez que o carro ia mesmo para abate e não dariam nada por ele, apenas o levavam para o centro. Portanto, é uma questão de salvação que poderá ser durante temporária ou não. :p.
    O primeiro passo será mesmo a desmontagem. :)

    Como será um projeto a longo prazo, a questão do dinheiro não é a principal, será sim avaliar se estruturalmente vale a pena o restauro ou já não há mesmo volta a dar. Se com os podres existentes ainda der para os reparar sem que interfira com a estrutura ótimo, senão, tal como já disse, espero pelo menos ajudar a salvar outros /8! :)

    Obrigado a todos pelas opiniões sinceras! :)
     
  14. Agostinho

    Agostinho Clássico

    Registo:
    31 Jan 2012
    Local:
    Figueira da Foz
    Boa noite
    por momentos achei que nem estava no portal, local de excelência no que toca ao incentivo de restaurar carros "velhos"
    Afonso em primeiro lugar não tens uma tarefa fácil mas também não é impossível, no entanto já levas 1 a 0 pelo facto de ter sido a custo 0, depois parte do carro é peças de substituição também não vejo problemas de maior , o interior podes estufar em napa da época também era uma opção, a mecânica sempre ouvi dizer que é imbatível,quanto mais tempo levares no restauro mais vai valer kkk, no final vais orgulhaste deste feito.
    força não deixes morrer esse guru da estrada
     
    Abílio Quintas gostou disto.
  15. Miguel L. Catarino

    Portalista

    Registo:
    4 Mai 2014
    Local:
    Covilhã
    Veículos nas Garagens:
    2
    Antes de mais, parabéns! O W115, sendo a Diesel ou a gasolina, é muito fiável e robusto. Há muito material para ele, mesmo na Mercedes. Também há muitas paginas web onde se arranja muito material, a preço acessível. Aqui o que custa mais é a mão de obra. A tinta tem muitas bolhas. É capaz de haver surpresas desagradáveis por baixo disso. Mas com empenho, tempo e dinheiro tudo se consegue.
    Boa sorte!
     
    Abílio Quintas e Edgar.Guerra gostaram disto.
  16. Abílio Quintas

    Abílio Quintas Portalista
    Portalista

    Registo:
    20 Jan 2016
    Local:
    Porto
    deixa-me acrescentar apenas mais uma coisa.
    foi esse modelo que me fez apaixonar pelos clássicos...

    Portanto, força nisso!
     
  17. Jorge M Martins

    Jorge M Martins Clássico

    Registo:
    22 Jan 2011
    Local:
    abrantes
    Eu sinceramente não percebo o dramatismo que estão a fazer, já vi coisas piores serem recuperadas, depende do que nosso gosto. Olha se te serve de consolo eu tenho um carro que custou novo 52000 €, hoje possivelmente vale 7 ou 8 , ou seja perdi...é fazer a conta :ph34r: não me arrependo nada, e nunca vai ser um clássico porque é diesel...E possivelmente vou oferece-lo ao meu pai...Assim é mais fácil fazer a conta :thumbs up:

    Eu gosto muito muito desses Mercedes, força nisso...
     
    manuel galego gostou disto.
  18. Afonso Brito

    Afonso Brito Veterano

    Registo:
    30 Abr 2013
    Local:
    Braga
    Veículos nas Garagens:
    1

    Tudo depende da chapa, se ainda houver recuperação, será para avançar! :D:

    Eu sempre tive na cabeça em ter algo mais antigo que o 213 e este veio mesmo a calhar. Adoro banheiras e apesar de ser a Diesel espero que cumpra bem o papel de cruiser. :)

    Tudo depende das perspectivas, dos gostos e da disponibilidade quer de tempo, vontade e dinheiro de cada um! Talvez muitos se teriam arrependido dessa compra de carro novo, mas desde que se esteja de consciência tranquila e se gostar de facto do carro, acho que não há problema nem dramatismo nenhum. B)


    Abraço!
     
  19. António José Costa

    Portalista

    Registo:
    5 Dez 2008
    Local:
    Odivelas
    Veículos nas Garagens:
    1
    Olá Afonso, só agora vi o tópico.
    Percebo perfeitamente a dualidade de sentimentos que em breve vais sentir, tenho ali um 240D da família e vai ficar para ti, ficamos em êxtase, fazemos logo mil e um planos, por vezes começamos logo a empreitada e compramos mil e uma pequenas coisas, nada de mal mas passadas umas semanas vemos melhor e, das duas uma adoramos e continuamos sem fazer contas ou será que mais vale despachar isto e se o pensamento é o segundo não vale a pena termos o trabalho porque dificilmente o vamos concluir.
    Assim coloca o 240D em casa, desmonta o mais que puderes (não custa dinheiro e aprendemos sempre qualquer coisa) vê quanto fica o arranjo da chapa, se possível anda num modelo semelhante num encontro de clássicos por exemplo e toma a tua decisão, seja ela qual for será a acertada se tomada com mais consciência e tempo ;).
    Abraço
     
  20. miguelcristovao

    miguelcristovao Portalista
    Portalista

    Registo:
    28 Mar 2007
    Local:
    Tábua
    Caro amigo,
    É por isso mesmo é que está no Portal.
    Aqui todos gostamos de ver renascer um clássico.
    Por outro lado, não incentivamos restauros à toa, porque ninguém quer ver um projecto parado a meio daqui por uns tempos e vendido a peso, nem um entusiasta a meter as mãos na cabeça e pensar "onde raio me vim eu meter!".
    É por isso é que tentamos que haja consciência e real percepção do estado do carro/valor de restauro/valor comercial ou outras opções ditas mais racionais, para que esse mesmo entusiasta por cá se mantenha durante muitos e bons anos, sempre sem por em causa o gosto pelos clássicos.
    A maior fatia de gasto num restauro destes é chapa e pintura, o resto são migalhas, num carro com esta oferta de peças que existe.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido
  1. Este site utiliza cookies para o ajudar a personalizar os conteúdos, aprimorar a sua experiência de utilização e manter a sua sessão activa no caso de ter conta registada.
    Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies.
    Fechar Aviso