Marta Real - Um Carro Português

Deleted member 1475

Antes Francisco Lemos Ferreira
Portalista
Marta Real - Descoberta de um Carro Português

MARTA REAL

Existe um carro denominado "Marta Real" concebido e projectado por Francisco Corte Real Pereira e Emílio Marta que chegou a correr e ganhar no autódromo de Benguela pilotado pelo Eng. Eurico Lopes de Almeida em 1979 ( A receber o prémio).O MARTA-REAL seguiu a sua carreira, aparecendo de azul escuro e ainda de vermelho até á sucata a alguns Kms de Benguela.

pilotos%2Bcorte%2Breal%2Bpereira.jpg Corte Real Pereira
Emilio Marta

Citando;
E eis que surge o Marta-Real em construção. Para os que entendem um pouco de carros, ou na infância tiveram minaturas do Lotus Elan da Corgi Toys, podem ver um chassi central em duplo Y.

Infelizmente um de seus idealizadores não está na foto. Pergunto: será que esse carro surgiu como homenagem ao Corte-Real que possivelmente já tivesse nos deixado nessa data? Como o Presidente diz que ele se acidentou em Lotus, será que esse carro surgiu do que sobrou do carro do acidente?

A polêmica está aberta, e o arquivo da foto (diversos) infelizmente não tem data. Também já era querer muito do Tuku Tuku.

Ruy Turza in Mazungue

Este post foi promovido a noticia
 

Anexos

Luis A. Sá

Portalista
Portalista
Re: Marta Real - Descoberta de um Carro Português

O carro tem um design muito bom, pena nao poder ver um pessoalmente.
Que mecanica tera?
 
Re: Marta Real - Descoberta de um Carro Português

Vá lá...

Pelos vistos neste país fez-se algo útil, pelo menos nos automóveis....

Este carro é de corrida certo???


Nunca vi nenhum; se calhar é alguma edição limitada:huh::huh:

Que motor terá o bichinho???

Alguém já viu algum ao "vivo"???

Abraços
FF
 

Simao Reis

Prego a fundo...
Re: Marta Real - Descoberta de um Carro Português

podiam fazer uma edição deste carro para voltar as pistas:p :p:p
 

Nuno Andrade

Portalista
Portalista
Re: Marta Real - Descoberta de um Carro Português

Fantástico tópico de descoberta e pesquisa... Boa continuação Francisco...

cumprimentos.
 
Re: Marta Real - Descoberta de um Carro Português

Muito bonito .. Falta saber a motorização, e o meu pressentimento, é bastante bom :D
 
Re: Marta Real - Descoberta de um Carro Português

uma coisa é certa, motor central traseiro, o que já é muito bom para o equilibrio do carro
 
Re: Marta Real - Descoberta de um Carro Português

Boa descoberta. Creio que o Sr. Carlos Guerra possa dar uma ajuda, por isso pedimos a sua colaboração.
 
Re: Marta Real - Descoberta de um Carro Português

O Marta Real foi construido nos finais dos anos 60, ainda o Corte Real era vivo.
Este carro tinha mecânica Ford, e não foi muito bem sucedido.
Não há registos de ter ganho nenhuma corrida, muito menos em 1979.

Na foto da direita onde apareçe o chassis do carro, está o Sr Emílio Marta, ainda jovem nessa data.
Numa foto de baixo está o GT40.
Este GT40 foi inicialmente do Ferreira Pires da cidade de Carmona, hoje Uíge, onde eu nasci.
Ainda miúdo dei umas voltas neste FT40 com o Sr Pires que foi também meu examinador de condução (num inesquecível Datsun 1600 ,vulgo 510)

Embora eu apadrinhe vivamente e contribue pessoalmente para a divulgação da história do automobilismo de Angola, não posso nunca deixar de lamentar que circule tanta informaçõ incorrecta.
Ás vezes penso que há pessoal que em vez de divulgar a História, a anda a escrever (construir) 34 anos mais tarde.


Aproveito para divulgar:
".....
Em Fevereiro de 2005 surgiu este anuncio na revista Classic & Sportscar, com o Ford GT 40 #P1080 que tinha sido de Emílio Marta e que correu tanto em Angola como em Portugal. A história avançada pelos britânicos não está inteiramente correcta, pois antes de ser de Marta, o carro tinha sido importado para Ferreira Pires, piloto angolano que se distinguira ao volante de um Volvo 122S. Curiosamente, a aquisição do GT40 foi parcialmente suportada pela população de Carmona. Tudo começou quando Ferreira Pires sofreu um acidente com o Lotus Elan com que então competia, e o carro ficou totalmente destruído no incêndio subsequente. Solidários, os seus amigos do Uíge fizeram um peditório para adquirir um Ford GT 40 que efectivamente viria a ser importado (novo?) através da Robert Hudson Ltd. (representante local da Ford), tendo custado a quantia de 800.000$00 (4000€), livres de impostos, por especial deferência do Governo Civil local. No Circuito de Sá da Bandeira de 1972, Ferreira Pires sofreu um despiste com o GT40, do qual resultou a morte de duas crianças. Após o acidente, Pires ficou muito afectado psicologicamente e nunca mais teve gosto em pilotar. Vendeu então o GT40 a Emílio Marta que o usou intensamente em Angola durante alguns anos. Como curiosidade, para seu uso particular, Ferreira Pires adquiriu um Porsche 911T, com o dinheiro recebido pela venda do Ford. Após a independência, o GT40 #P1080 veio para Portugal Continental com a família Marta e correu no circuito de Vila do Conde, tanto nas mãos de Emílio como do seu filho Carlos e ainda numa Rampa de Porto de Mós, onde acabaria por se despistar. Uma das últimas, senão mesmo a última prova deste carro em Portugal foi em 1979 quando Carlos Marta alinhou numa corrida do Campeonato de Iniciados (clicar aqui para ver foto da partida). (anuncio da revista Classic & Sportscar enviado por José Rebocho. Texto de José Rebocho com RG e apontamentos de António Roque publicados na página www.sanzangola.com )


......."

Ferreira Pires ainda é vivo. Vou visitá-lo em breve para umas fotos e recordações.


Já agora eu sou o António Roque, ou Toninho Roque ou ainda o MazdaMan Toninho.
Contribuo no Sanzalangola e no AJA.
Tenho 53 anos, vivi ao vivo o automobilismo de Angola de 1966 até 1976, e fico surpreendido pela memória de malta que na altura teria 5 ou 6 anos de idade.
Eu tenho sempre de ir ao fundo do meu baú.
 

Deleted member 1475

Antes Francisco Lemos Ferreira
Portalista
Re: Marta Real - Descoberta de um Carro Português

António Roque disse:
O Marta Real foi construido nos finais dos anos 60, ainda o Corte Real era vivo.
Este carro tinha mecânica Ford, e não foi muito bem sucedido.
Não há registos de ter ganho nenhuma corrida, muito menos em 1979.

Na foto da direita onde apareçe o chassis do carro, está o Sr Emílio Marta, ainda jovem nessa data.
Ao seu lado está um Porsche 911T branco que serviu, com mais 500 contos (angolanos) de moeda de troca do Ford GT40 que apareçe na foto inferior.
Este GT40 foi inicialmente do Ferreira Pires da cidade de Carmona, hoje Uíge, onde eu nasci.
Ainda miúdo dei umas voltas neste FT40 com o Sr Pires que foi também meu examinador de condução (num inesquecível Datsun 1600 ,vulgo 510)

Embora eu apadrinhe vivamente e contribue pessoalmente para a divulgação da história do automobilismo de Angola, não posso nunca deixar de lamentar que circule tanta informaçõ incorrecta.
Ás vezes penso que há pessoal que em vez de divulgar a História, a anda a escrever (construir) 34 anos mais tarde.


Aproveito para divulgar:
".....
Em Fevereiro de 2005 surgiu este anuncio na revista Classic & Sportscar, com o Ford GT 40 #P1080 que tinha sido de Emílio Marta e que correu tanto em Angola como em Portugal. A história avançada pelos britânicos não está inteiramente correcta, pois antes de ser de Marta, o carro tinha sido importado para Ferreira Pires, piloto angolano que se distinguira ao volante de um Volvo 122S. Curiosamente, a aquisição do GT40 foi parcialmente suportada pela população de Carmona. Tudo começou quando Ferreira Pires sofreu um acidente com o Lotus Elan com que então competia, e o carro ficou totalmente destruído no incêndio subsequente. Solidários, os seus amigos do Uíge fizeram um peditório para adquirir um Ford GT 40 que efectivamente viria a ser importado (novo?) através da Robert Hudson Ltd. (representante local da Ford), tendo custado a quantia de 800.000$00 (4000€), livres de impostos, por especial deferência do Governo Civil local. No Circuito de Sá da Bandeira de 1972, Ferreira Pires sofreu um despiste com o GT40, do qual resultou a morte de duas crianças. Após o acidente, Pires ficou muito afectado psicologicamente e nunca mais teve gosto em pilotar. Vendeu então o GT40 a Emílio Marta que o usou intensamente em Angola durante alguns anos. Como curiosidade, para seu uso particular, Ferreira Pires adquiriu um Porsche 911T, com o dinheiro recebido pela venda do Ford. Após a independência, o GT40 #P1080 veio para Portugal Continental com a família Marta e correu no circuito de Vila do Conde, tanto nas mãos de Emílio como do seu filho Carlos e ainda numa Rampa de Porto de Mós, onde acabaria por se despistar. Uma das últimas, senão mesmo a última prova deste carro em Portugal foi em 1979 quando Carlos Marta alinhou numa corrida do Campeonato de Iniciados (clicar aqui para ver foto da partida). (anuncio da revista Classic & Sportscar enviado por José Rebocho. Texto de José Rebocho com RG e apontamentos de António Roque publicados na página www.sanzangola.com )


......."

Ferreira Pires ainda é vivo. Vou visitá-lo em breve para umas fotos e recordações.


Já agora eu sou o António Roque, ou Toninho Roque ou ainda o MazdaMan Toninho.
Contribuo no Sanzalangola e no AJA.
Tenho 53 anos, vivi ao vivo o automobilismo de Angola de 1966 até 1976, e fico surpreendido pela memória de malta que na altura teria 5 ou 6 anos de idade.
Eu tenho sempre de ir ao fundo do meu baú.
Caro Sr. António Roque

A malta que na altura tinha 5 ou 6 de idade como eu não quer escrever história 34 anos depois, ela está escrita pelos homens que organizaram e pilotaram, pelo que viveram "in loco" as emoções desses tempos aúreos, humildemente limitamo-nos a estudar os factos da época e divulgá-la da forma mais correcta, Assim vide in Mázungue as declarações do ilustre Ruy Turza e reiterada por nomes como Armando de Lacerda, Helder de Sousa, entre outros.

--------------------------------------------------------------------------------
Numa de minhas intervenções acima, cheguei a atribuir (corrigi imediatamente) a vitória do Marta-Real em Benguela 1979, ao filho do Eng. Eurico.

Depois que vi a foto abaixo, voltei e corrigi o que havia escrito. Aqui está a interação do PILOTO DA SEMANA passada, com o PILOTO DESTA SEMANA.

Eng. Eurico Lopes de Almeida recebendo o troféu de primeiro lugar com MARTA-REAL em Benguela 1979.

Ruy Turza in Mazungue
http://www.mazungue.com/imaginario-colectivo/thread.php?threadid=1577&threadview=0&hilight=&hilightuser=0&page=96


( A foto a que se refere Ruy Turza está no inicio do Tópico).
Atentamente

Francisco Lemos Ferreira
 

Deleted member 1475

Antes Francisco Lemos Ferreira
Portalista
Re: Marta Real - Descoberta de um Carro Português

Manuel Ferreira Dinis disse:
Há um ano havia 10 GT 40 à venda, curiosamente dois com o mesmo número de Chassis # GT40 P/1080 de Ferreira Pires e Emílio Marta ou melhor os dois com a mesma legenda.
Qual será o verdadeiro?

1969 Ford GT40
Chassis # GT40 P/1080
em
http://www.maxted-page.com/archive.htm
É o mesmo carro com diferença de 2 anos ;)
 
Topo