farois

ola a todos, tenho um cortina mk2 1300, e tenho uma duvida, é que quando ponho o carro a trabalhar e ligo os farois, a luz altera-se, fica com mais intencidade, quando acelero, mas quando largo o pé do acelarador a luz tem tendencia a enfraquecer, será normal, será que se meter uma bateria nova isto já não acontece?
 

Eduardo Relvas

fiat124sport
Portalista
Olá Fernando,

é perfeitamente normal, e vai acontecer sempre. Uma bateria fornece, dependendo do estado de carga, entre 11 e 13 V, mas quando o alternador (ou dínamo) está em funcionamento, para que possa carregar a bateria tem que gerar corrente em valor suficiente para "empurrar" a carga para dentro, logo tem de gerar uma corrente mais forte que a bateria. Normalmente será entre os 14 e 16 V, dependendo das condições e equipamento. A denominação de 12V é apenas nominal.

Assim, sempre que há geração de carga pelo motor, o sistema é alimentado com uma tensão maior, por isso nota-se sempre a diferença.

Espero que ajude! Um abraço!
 

Ricardo Teixeira

Gasolina nas veias
Portalista
Caro Fernando,

Se reparar no seu carro é utilizado um dínamo e não um alternador (confirmei nas fotos). Os dínamos tinham uma capacidade inferior de produzir energia e por isso foram descontinuados. Enquanto que o alternador moderno produz corrente alternada, que depois de passar pela ponte rectificadora (conjunto de diodos) incluida no mesmo passa a contínua, o dínamo produz corrente com uma intensidade proporcional ao seu movimento.

Essa corrente é limitada a cerca de 13 volts no limite pelo regulador de tensão (caixa negra perto da bobine de chamada do motor de arranque), mas para baixa rotação o efeito de falta de tensão é notório e por isso existe uma ligeira baixa na intensidade dos faróis.

Essa baixa na intensidade pode ser mais acentuada se forem utilizadas lampadas de halogeneo (80/100w ou identicas), no lugar das 50/55w originais.

Pode experimentar e tentar montar outro regulador de tensão igual para ver se ha alguma melhoria pois dado que é um componente muito sensível, ás vezes a degradação dos seus induzidos e platinados gera uma perda de carga considerável e instabilidade na corrente.

Uma situação também comum era a aplicação de dínamos de outras viaturas aquando da avaria do original. O problema é que ás vezes o diametro das polies nao era exactamente igual e o dínamo fica a rodar mais devagar... o que obviamente é mais notório ao ralanti..... confirme com outros idênticos :huh:

Abraço
R
 
Topo