Embraiagem ?!

Caros entusiastas!

Este fim-de-semana fui dar uma voltinha no Hudson, que apesar de ainda não estar pintado nem com os estofos montados, já permite umas aventuras.
" Apertei um pouco com ele " para testar a travagem, aquecimento do motor comportamento da suspensão, etc, quando começo a notar um problema...à medida que ando com o carro e vou fazendo passagens de caixa ( 3 velocidades + marcha atrás - 1ª e marcha atrás não sincronizadas ) vai-se tornando cada vez mais difícil engrenar a 1ª ou a marcha atrás. Quando estou parado,tenho que andar um pouco para a frente em 2ª para conseguir engrenar a 1ª ou a marcha atrás. Com o motor frio consigo engrená-las sem problemas mas depois de começar a andar com ele começa a acontecer isto. Penso que se fosse da embraiagem isto aconteceria sempre, não é?! Tem solução ou terei que me habituar ao truque de ajudar com a 2ª a encontrar o ponto certo para engrenar a 1ª ou a marcha atrás?
 

Luis Gameiro

Bansheer
Tenho um cliente que tem uma moto Triumph antiga que ao fim de 20m a andar fica também com o mesmo problema, a resposta mais lógica que o meu mecânico me deu (de quem tem larga experiência em motas antigas inglesas) foi o facto de a embraiagem ser tipo de cortiça e então depois de aquecerem os discos perdem as propriedades e pode suceder esses problemas. No teu caso talvez optar por uma valvolina / lubrificante mais fino na Caixa de Velocidades te possa resolver o assunto.. mas como não sou entendido em Hudsons não me leves muito assério... isto são só suposições...

Mas enfim, o conceito de fórum é mesmo este!

Abraço. ;)
 
Bem...se o problema for a embraiagem de cortiça... estou safo...pois cortiça é o que não falta por estas bandas :).
Brincadeira à parte ( não tem piada nenhuma ), penso que poderá estar relacionado com o facto de ter mudado os óleo todos ( motor, caixa e diferencial ) e poderá o óleo da caixa não ser o apropriado ( valvolina comum - caixa e diferencial ).
Também ainda não andei o suficiente com ele, só espero que não vá agravar-se ainda mais. Posso sempre mudar outra vez o óleo da caixa, mas nesse caso, qual o mais aconselhável?
 

Luis Gameiro

Bansheer
Eu no diferencial por exemplo uso uma valvolina que custa 25€/litro pois se não for aquela corro o risco do autoblocante se migar todo.... Na caixa normalmente arranjas nas especificações do carro... mas como eu não tou dentro deste assunto não te posso ajudar... vamos esperar que apareça alguem que ja tenha feito varisa experiencias e te aconselha qualquer coisa...

Experimenta uma "mais fina" que a que lá tens....
 

luis monteiro

YoungTimer
caro João, para resolveres o teu problema deve bastar substituir o lubrificante da caixa pois o que puseste nao deve ser o indicado.o ideal sera arranjares um manual do teu carro onde consigas ver isso. O meu conselho e nao andares com o carro ate reslveres isso pois psdes danificar os sincronisadores da caixa
 
Voltando ao problema da embraiagem, e após várias pesquisas na net encontrei um fórum americano onde venho a descobrir que a embraiagem do Hudson é do tipo WET, ou seja, ao contrário da maioria das embraiagens que funcionam a seco, este tipo de embraiagem funciona com óleo ( hudsonite ), ou então com dextron 3.
Pelos sintomas do meu, leva-me a crer que a minha embraiagem deve estar seca...
Segundo este fórum, este tipo de embraiagem com a manutenção correcta dura 2 vidas!...
Resta-me agora descobrir como proceder à mudança do óleo, pois estes tipos utilizam linguagem muito técnica.
Se alguém souber mais informação sobre este tipo de embraiagem, agradeço que a compartilhem.
Saudações!
 

Diogo Areias

YoungTimer
João Azevedo Coutinho disse:
Voltando ao problema da embraiagem, e após várias pesquisas na net encontrei um fórum americano onde venho a descobrir que a embraiagem do Hudson é do tipo WET, ou seja, ao contrário da maioria das embraiagens que funcionam a seco, este tipo de embraiagem funciona com óleo ( hudsonite ), ou então com dextron 3.
Pelos sintomas do meu, leva-me a crer que a minha embraiagem deve estar seca...
Segundo este fórum, este tipo de embraiagem com a manutenção correcta dura 2 vidas!...
Resta-me agora descobrir como proceder à mudança do óleo, pois estes tipos utilizam linguagem muito técnica.
Se alguém souber mais informação sobre este tipo de embraiagem, agradeço que a compartilhem.
Saudações!
Acho que o modo de lubrificação é semelhante ao das caixas automáticas mas posso estar a inventar. De qualquer das formas o Dextron III é indicado para estas...
Já agora, na minha loja estou a vender o litro da marca Delphi a 7 Euros.
Agradecia que me dissesse a que preço comprou.
 

José Zegre

JZEGRE
Caro João já tive um problema idêntico, embora com um carro diferente, no meu caso um volvo 480S. No fim o problema resumia-se ao facto de a valvolina que eu tinha usado não ser a mais indicada. Depois de a trocar pela correcta o problema desapareceu.
 

Luis Vales

elvales
eu também caí nesse erro, mudei a valvulina para 75w90 quando o indicado era o TQDIII (vulgarmente conhecido como óleo de direcção assistida, vermelho) e resultou no seguinte: depois de o carro aquecer bem, com uns kms de autoestrada, ficava com a caixa presa na mudança que estivesse na altura de reduzir...com isto fiquei uma vez parado numa cabine de portagem sem poder sair de lá:D :D
Troca para o óleo indicado e vais melhorar o problema de certeza.
 

António Flores

Clássico
Depois de ler este forum e como queria substituir a valvolina do meu MB fiquei a saber que é mesmo importante respeitar o tipo de valvolina que o frabricante refer.
Agora o meu problema é que não tenho na minha literatura nada que me diga com certeza quál a valvolina a utilizar, deve constar no manual do carro que por acaso não tenho.
Alguém tem o manual do mercedes w115/8 220d ou 200d que me diga qual a valvolina e óleo para a caixa e diferencial ? agradecia a informação.

Obrigado

ANtónio Flores
 

Vitor M G Lopes

YoungTimer
João Azevedo Coutinho disse:
Voltando ao problema da embraiagem, e após várias pesquisas na net encontrei um fórum americano onde venho a descobrir que a embraiagem do Hudson é do tipo WET, ou seja, ao contrário da maioria das embraiagens que funcionam a seco, este tipo de embraiagem funciona com óleo ( hudsonite ), ou então com dextron 3.
Pelos sintomas do meu, leva-me a crer que a minha embraiagem deve estar seca...
Segundo este fórum, este tipo de embraiagem com a manutenção correcta dura 2 vidas!...
Resta-me agora descobrir como proceder à mudança do óleo, pois estes tipos utilizam linguagem muito técnica.
Se alguém souber mais informação sobre este tipo de embraiagem, agradeço que a compartilhem.
Saudações!

Caro João, as embraiagens em banho de oleo actuam dessa forma o provavel é estar seca/pouco nivel, dai com algum aquecimento a actuação desta perder a eficacia.

Se não mexeu no caixa/embraiagem durante o restauro, deve substituir o oleo o mais rapido possivel, a quanto tempo esta lá o mesmo oleo? Nunca foi mudado?

Já agora muitos parabens pelo magnifico carro, é sem duvida o melhor exemplar do outro lado do atlantico dos finais da decada de 40 e de 50.
 

Miguel Bernardo

YoungTimer
Ainda não tinha visto este tópico. ao contrário do que muita gente pensa as caracteristicas da valvolina são muito importantes...
 
Viva!
Pelo menos à 20 anos que não é mudado...
Já consegui arranjar no ebay o manual mecânico e até é bastante simples mudar o óleo da embraiagem. Só espero que com este tempo todo, o disco não se tenha deteriorado. Tem o aspecto de um disco normal com a particularidade de estar todo coberto com pequenas " rodelas " de cortiça.
Felizmente que do outro lado do atlântico ainda se consegue arranjar quase tudo para este carro e a preços bastantes acessíveis.
Esta semana chegou o auto-radio de origem, a válvulas, reparado e impecável por apenas.....$57 USD. A única desvantagem é que só trabalha em AM, mas mais não seja para olhar para ele acho que vale a pena. Só o rádio pesa 7 kgs :)
 

ze miguel silva

Zé Miguel Silva
João Azevedo Coutinho disse:
Viva!
Pelo menos à 20 anos que não é mudado...
Já consegui arranjar no ebay o manual mecânico e até é bastante simples mudar o óleo da embraiagem. Só espero que com este tempo todo, o disco não se tenha deteriorado. Tem o aspecto de um disco normal com a particularidade de estar todo coberto com pequenas " rodelas " de cortiça.
Felizmente que do outro lado do atlântico ainda se consegue arranjar quase tudo para este carro e a preços bastantes acessíveis.
Esta semana chegou o auto-radio de origem, a válvulas, reparado e impecável por apenas.....$57 USD. A única desvantagem é que só trabalha em AM, mas mais não seja para olhar para ele acho que vale a pena. Só o rádio pesa 7 kgs :)

7 kgs??
 
Topo