duvidas de iniciante

Hugo Ferreira

Clássico
boas

ouço falar muitas vezes que certo carro de alguem teve uma boa rodagem ou que alguem teve problemas com um carro porque nao fez a rodagem correctamente. mas nunca consegui perceber ao certo o que e a rodagem, como deve ser feita e que problemas podemos evitar ao fazer uma boa rodagem.se alguem tiver um bocado de paciencia agradecia que me explica-sem estas coisas.
obrigado e bom 2008
 

Hugo Ferreira

Clássico
boas

ouço falar muitas vezes que certo carro de alguem teve uma boa rodagem ou que alguem teve problemas com um carro porque nao fez a rodagem correctamente. mas nunca consegui perceber ao certo o que e a rodagem, como deve ser feita e que problemas podemos evitar ao fazer uma boa rodagem.se alguem tiver um bocado de paciencia agradecia que me explica-sem estas coisas.
obrigado e bom 2008
 

Francisco Costa

Portalista
Portalista
Boas Hugo!!

Já fiz rodagens ao meu carro e duas motas e nunca tive problema nenhum.
Penso que não deverá ter grande segredo.

Tantos os carros como as motas, vêem com rodagem feita de fábrica, pois têm que ser testados afim de ser detectado algum problema/defeito de fabrico.

Aquando da aquisição da minha mota, o que o concessionário me disse foi para nos primeiros 500km não passar a barreira dos 8000rpm e depois ir aumentando progressivamente até aos 800km, altura em que, poderia usar o a rotação do motor da forma que eu quisesse. Claro que levei-a às 16500rpm :p

Mas como não sou mecânico... aguarda por alguma informação mais especializada ;)
 

Francisco Costa

Portalista
Portalista
Boas Hugo!!

Já fiz rodagens ao meu carro e duas motas e nunca tive problema nenhum.
Penso que não deverá ter grande segredo.

Tantos os carros como as motas, vêem com rodagem feita de fábrica, pois têm que ser testados afim de ser detectado algum problema/defeito de fabrico.

Aquando da aquisição da minha mota, o que o concessionário me disse foi para nos primeiros 500km não passar a barreira dos 8000rpm e depois ir aumentando progressivamente até aos 800km, altura em que, poderia usar o a rotação do motor da forma que eu quisesse. Claro que levei-a às 16500rpm :p

Mas como não sou mecânico... aguarda por alguma informação mais especializada ;)
 
Olá

mal comparado é quase como dar polimento a um qualquer metal, existem métodos e se esses metodos não são seguidos por causa das pressas nunca fica tão bem.
As peças dos motores precisam de se "adapatar" umas às outras e é isso que a rodagem faz.
Nos motores modernos a rodagem já tem uma importância mais diminuta em relação aos antigos, mas continua a ter alguma, pois se assim não fosse os manuais não falavam no assunto, no entanto continuam a dar recomendações.
Nos motores antigos em que a tecnologia quer de fabrico quer do próprio material era mais arcaica, uma rodagem bem feita era de extrema importância na durabilidade do motor.
Imagina duas peças moveis agarradas uma à outra. Inicialmente podem estar demasiado justas e se esforças o movimento pode haver aquecimento em demasia e as superfícies podem até ficar com irregularidades e estas a longo prazo podem piorar acabando em gripagem.
Esta é só uma explicação superficial para entenderes bem o que é uma rodagem.
Posto isto basicamente é só não esforçar um motor usando as rotações certas sem o esforçar, usando também a cx de velocidades de modo adequado (fazer uma subida em 4º a baixa rotação é também esforçar.)
Resumidamente é ter cuidado e não abusar durante os primeiros Kms.

Há depois outras coisas como por exemplo dois motores iguais com comportamentos diferentes um com rodagem feita na cidade, outro em estrada, mas isso são outras ciências muito mais ocultas :D
 
Olá

mal comparado é quase como dar polimento a um qualquer metal, existem métodos e se esses metodos não são seguidos por causa das pressas nunca fica tão bem.
As peças dos motores precisam de se "adapatar" umas às outras e é isso que a rodagem faz.
Nos motores modernos a rodagem já tem uma importância mais diminuta em relação aos antigos, mas continua a ter alguma, pois se assim não fosse os manuais não falavam no assunto, no entanto continuam a dar recomendações.
Nos motores antigos em que a tecnologia quer de fabrico quer do próprio material era mais arcaica, uma rodagem bem feita era de extrema importância na durabilidade do motor.
Imagina duas peças moveis agarradas uma à outra. Inicialmente podem estar demasiado justas e se esforças o movimento pode haver aquecimento em demasia e as superfícies podem até ficar com irregularidades e estas a longo prazo podem piorar acabando em gripagem.
Esta é só uma explicação superficial para entenderes bem o que é uma rodagem.
Posto isto basicamente é só não esforçar um motor usando as rotações certas sem o esforçar, usando também a cx de velocidades de modo adequado (fazer uma subida em 4º a baixa rotação é também esforçar.)
Resumidamente é ter cuidado e não abusar durante os primeiros Kms.

Há depois outras coisas como por exemplo dois motores iguais com comportamentos diferentes um com rodagem feita na cidade, outro em estrada, mas isso são outras ciências muito mais ocultas :D
 

César Novais

Clássico
Há depois outras coisas como por exemplo dois motores iguais com comportamentos diferentes um com rodagem feita na cidade, outro em estrada, mas isso são outras ciências muito mais ocultas


realmente, é melhor chamar a maya :D :D
cumps
 

Simao Reis

Prego a fundo...
Jorge Faustino disse:
Olá

mal comparado é quase como dar polimento a um qualquer metal, existem métodos e se esses metodos não são seguidos por causa das pressas nunca fica tão bem.
As peças dos motores precisam de se "adapatar" umas às outras e é isso que a rodagem faz.
Nos motores modernos a rodagem já tem uma importância mais diminuta em relação aos antigos, mas continua a ter alguma, pois se assim não fosse os manuais não falavam no assunto, no entanto continuam a dar recomendações.
Nos motores antigos em que a tecnologia quer de fabrico quer do próprio material era mais arcaica, uma rodagem bem feita era de extrema importância na durabilidade do motor.
Imagina duas peças moveis agarradas uma à outra. Inicialmente podem estar demasiado justas e se esforças o movimento pode haver aquecimento em demasia e as superfícies podem até ficar com irregularidades e estas a longo prazo podem piorar acabando em gripagem.
Esta é só uma explicação superficial para entenderes bem o que é uma rodagem.
Posto isto basicamente é só não esforçar um motor usando as rotações certas sem o esforçar, usando também a cx de velocidades de modo adequado (fazer uma subida em 4º a baixa rotação é também esforçar.)
Resumidamente é ter cuidado e não abusar durante os primeiros Kms.

Há depois outras coisas como por exemplo dois motores iguais com comportamentos diferentes um com rodagem feita na cidade, outro em estrada, mas isso são outras ciências muito mais ocultas :D


mais palavras para que??? ta tudo dito!!!!
curiosidade: comprei um honda jazz e ninguem me falou de andar mais devagar nos primeiros tempos... :DD
 

Ricardo Teixeira

Gasolina nas veias
Portalista
Simao Reis disse:
mais palavras para que??? ta tudo dito!!!!
curiosidade: comprei um honda jazz e ninguem me falou de andar mais devagar nos primeiros tempos... :DD
Ahhhhhhhhhh... mas o Honda Jazz tem o melhor motor do mundo (eleito pela associação internacional de editores auto) na sua classe ja ha alguns anos....

O seu sistema i-DSI Twinspark com avanços de ignição adaptativos e cambota descentrada em relaçao aos cilindros, assim como árvore de excêntricos apoiada em rolamentos e corpo de acelerador em calote esférica....... são fantásticos... já para não mencionar o termostato invertido e o colector de escape de competição....

É Honda e está tudo dito....

Abraço,
R

Nota: a rodagem do motor também não deve ser feita sem carga. Aqueles artistas que punham o carro a trabalhar acelerado no quintal da oficina no dia antes de o levar pras provas só vidravam os cilindros e os segmentos.....
 

Ricardo Teixeira

Gasolina nas veias
Portalista
Simao Reis disse:
mais palavras para que??? ta tudo dito!!!!
curiosidade: comprei um honda jazz e ninguem me falou de andar mais devagar nos primeiros tempos... :DD
Ahhhhhhhhhh... mas o Honda Jazz tem o melhor motor do mundo (eleito pela associação internacional de editores auto) na sua classe ja ha alguns anos....

O seu sistema i-DSI Twinspark com avanços de ignição adaptativos e cambota descentrada em relaçao aos cilindros, assim como árvore de excêntricos apoiada em rolamentos e corpo de acelerador em calote esférica....... são fantásticos... já para não mencionar o termostato invertido e o colector de escape de competição....

É Honda e está tudo dito....

Abraço,
R

Nota: a rodagem do motor também não deve ser feita sem carga. Aqueles artistas que punham o carro a trabalhar acelerado no quintal da oficina no dia antes de o levar pras provas só vidravam os cilindros e os segmentos.....
 

Nuno Andrade

Portalista
Portalista
Ricardo Teixeira disse:
Ahhhhhhhhhh... mas o Honda Jazz tem o melhor motor do mundo (eleito pela associação internacional de editores auto) na sua classe ja ha alguns anos....

O seu sistema i-DSI Twinspark com avanços de ignição adaptativos e cambota descentrada em relaçao aos cilindros, assim como árvore de excêntricos apoiada em rolamentos e corpo de acelerador em calote esférica....... são fantásticos... já para não mencionar o termostato invertido e o colector de escape de competição....

É Honda e está tudo dito....

Abraço,
R

Nota: a rodagem do motor também não deve ser feita sem carga. Aqueles artistas que punham o carro a trabalhar acelerado no quintal da oficina no dia antes de o levar pras provas só vidravam os cilindros e os segmentos.....

Nunca diria que o carrito era tao avançado, estou estupefacto... :huh::huh::huh:

cumprimentos.
 

Nuno Andrade

Portalista
Portalista
Ricardo Teixeira disse:
Ahhhhhhhhhh... mas o Honda Jazz tem o melhor motor do mundo (eleito pela associação internacional de editores auto) na sua classe ja ha alguns anos....

O seu sistema i-DSI Twinspark com avanços de ignição adaptativos e cambota descentrada em relaçao aos cilindros, assim como árvore de excêntricos apoiada em rolamentos e corpo de acelerador em calote esférica....... são fantásticos... já para não mencionar o termostato invertido e o colector de escape de competição....

É Honda e está tudo dito....

Abraço,
R

Nota: a rodagem do motor também não deve ser feita sem carga. Aqueles artistas que punham o carro a trabalhar acelerado no quintal da oficina no dia antes de o levar pras provas só vidravam os cilindros e os segmentos.....

Nunca diria que o carrito era tao avançado, estou estupefacto... :huh::huh::huh:

cumprimentos.
 

Simao Reis

Prego a fundo...
e o consumo...:wacko::wacko::wacko:
mas é uma maquina engraçada... consigo colocar a minha bike de btt dentro do carro sem tirar as rodas!!! :D
o piuor mesmo é o consumo...:wacko:
 

Simao Reis

Prego a fundo...
e o consumo...:wacko::wacko::wacko:
mas é uma maquina engraçada... consigo colocar a minha bike de btt dentro do carro sem tirar as rodas!!! :D
o piuor mesmo é o consumo...:wacko:
 
O segredo é:

1ª mudança com calma...2ª a cortar...3ª um pouco antes do corte..4ª e 5ª sempre a cortar...:huh: ( não sigas este conselho :D)

Eu já fiz rodagem a 2 carros..o ultimo tem 55 mil e tem 1 ano e meio, não tive qualquer cuidado especial,normalmente quando o carro é novo temos sempre aquele cuidado de não acelarar porque é novo e tál...é o normal.
No entanto como já foi referido os carros vêm de origem com uma pré rodagem (pelo que sei)


O importante nisto tudo,seja carro novo zero km ou reconstruido é preciso é ter sorte!;)
 
O segredo é:

1ª mudança com calma...2ª a cortar...3ª um pouco antes do corte..4ª e 5ª sempre a cortar...:huh: ( não sigas este conselho :D)

Eu já fiz rodagem a 2 carros..o ultimo tem 55 mil e tem 1 ano e meio, não tive qualquer cuidado especial,normalmente quando o carro é novo temos sempre aquele cuidado de não acelarar porque é novo e tál...é o normal.
No entanto como já foi referido os carros vêm de origem com uma pré rodagem (pelo que sei)


O importante nisto tudo,seja carro novo zero km ou reconstruido é preciso é ter sorte!;)
 

Ricardo Teixeira

Gasolina nas veias
Portalista
Simao Reis disse:
e o consumo...:wacko::wacko::wacko:
mas é uma maquina engraçada... consigo colocar a minha bike de btt dentro do carro sem tirar as rodas!!! :D
o piuor mesmo é o consumo...:wacko:
Digo-te o mesmo que dizia aos meus antigos clientes... "Tem que apreender a conduzir!"

Pegava neles, sem fazer nada no carro... e ia dar uma volta de 30 kms, em cidade, estrada e via rápida.... conversava com eles, usava a caixa....e no fim perguntava se era assim que eles conduziam... eles diziam que era assim... então mostrava a média 4,2 litros no mostrador de consumo.... (cheguei a fazer 3,6)... e pronto.....

É o consumo de tabela amigo.. e é o potencial que esse motor tem... é só saber explorá-lo..

Abraço,
R
 

Ricardo Teixeira

Gasolina nas veias
Portalista
Simao Reis disse:
e o consumo...:wacko::wacko::wacko:
mas é uma maquina engraçada... consigo colocar a minha bike de btt dentro do carro sem tirar as rodas!!! :D
o piuor mesmo é o consumo...:wacko:
Digo-te o mesmo que dizia aos meus antigos clientes... "Tem que apreender a conduzir!"

Pegava neles, sem fazer nada no carro... e ia dar uma volta de 30 kms, em cidade, estrada e via rápida.... conversava com eles, usava a caixa....e no fim perguntava se era assim que eles conduziam... eles diziam que era assim... então mostrava a média 4,2 litros no mostrador de consumo.... (cheguei a fazer 3,6)... e pronto.....

É o consumo de tabela amigo.. e é o potencial que esse motor tem... é só saber explorá-lo..

Abraço,
R
 
Topo