Dar baixa do automóvel

Acho que não me fiz entender.. Sim, tem de estar assinado pelo proprietário. Mas se pode ser outra pessoa a dirigir-se à DGV para dar baixa, levando o BI e Cartão de Contribuinte do proprietário.
 

António Sobral

Clássico
Fernando P Costa disse:
Acho que não me fiz entender.. Sim, tem de estar assinado pelo proprietário. Mas se pode ser outra pessoa a dirigir-se à DGV para dar baixa, levando o BI e Cartão de Contribuinte do proprietário.

Concerteza. Mas quando chegar à DGV vai ter que assinar uns documentos e esse documento tem que ser asinado pelo proprietário. Já aconteceu comigo.:rolleyes:

Ou melhor, se pretendo entregar os documentos já assinados com o BI e NIF claro que pode.
 

António Sobral

Clássico
Paulo Jorge Silva Santos disse:
Mas António, significa que desde pelo menos 1995, que não compras selo!!!

Porque raio é que as finanças só agora é que te estão a pedir o pagamento!!???

Não sou jurista, mas se é um imposto de circulaçao, se não circula, não tem que pagar....:wacko:

Esta lingua de Camões...:feliz: :D

Sim Paulo. A verdade é que a lei saiu agora com a intenção das pessoas limparem o cadastro dos veiculos nesta situação. Ou seja a partir do ano 2008 quem tiver um veiculo em igual circunstância sujeita-se a pagar imposto de selo pela viatura que já não possui.
Esta é engraçada não é???:D :D
 
Oh diabo! Não esperava por esta!!
Acabei por não perceber! Então eu tenho 1 escort de 68 parado na garagem há 8 anos à espera do restauro e agora vou ter k pagar imposto pelo carro??? O carro não tem seguro nem inspecção há 8 anos e obviamente não circula desde 1999!! Alguém me sabe esclarecer se tenho k o abater, se tenho que pagar, como é afinal???
E se o abater posso restaurá-lo daqui a uns anos!!! É que o carro está à espera do restauro!! Não está abandonado! E pra acrecentar problemas tá registado no nome da minha mãe (de solteira) e com a morada da casa do meu avô! Alguém me esclarece sobre o k devo fazer??
Obrigado
 
OP
OP
Diogo Lisboa

Diogo Lisboa

Veterano
Se o abateres não tens automóvel para restaurar...

Tu queres dizer se deres baixa, aí tens que pagar a baixa e dar os documentos na DGV, penso eu...
 

Rui Rego

bmw2002t
JoãoPedroPessoaCruz disse:
mas e depois? C, faço pra reaver os documentos? Se não fizer nd que é que acontece??

Ao dar baixa dos documentos, é o mesmo que pedir uma certidão de óbito, o carro é considerado morto e já não volta é vida.
 
K grande estupidez! Se o carro não é usado acabou! Deixem no tar sossegado na garagem k n incomoda ninguém!
Acho que vou mas é tar quietinho e ver no que dá. Carro parado, documentos originais na mão e logo se vê...
 

Rui Rego

bmw2002t
JoãoPedroPessoaCruz disse:
Oh diabo! Não esperava por esta!!
Acabei por não perceber! Então eu tenho 1 escort de 68 parado na garagem há 8 anos à espera do restauro e agora vou ter k pagar imposto pelo carro???

Mas se o carro é de '68 não pagas selo.
 
Pois... Até agora nunca paguei porque não está a circular e pela idade. O meu escort de 74 também não paga... Mas tava a ver que com a nova lei tinha que pagar! Afinal fica tudo na mesma...
 

António Sobral

Clássico
João Pedro:
Uma carrinha Opel Kadett Caravan de 1988 está parada e na garagem desde 2004 que pertence ao meu pai (o meu pai faleceu em Fevereiro deste ano). Nunca foi pago qualquer imposto nem lhe foi exigido que o pagasse, - se o carro estava parado era assim que mandavam as regras - não havia imposto. O seguro fui eu que falei com a companhia e dei baixa do mesmo. Em relação ao imposto de selo vou à DGV e logo vejo o que me dizem. A carrinha ainda hoje está na garagem e lhe garanto que ninguém lhe toca.:wacko:
 
OP
OP
Diogo Lisboa

Diogo Lisboa

Veterano
António Sobral disse:
João Pedro:
Uma carrinha Opel Kadett Caravan de 1988 está parada e na garagem desde 2004 que pertence ao meu pai (o meu pai faleceu em Fevereiro deste ano). Nunca foi pago qualquer imposto nem lhe foi exigido que o pagasse, - se o carro estava parado era assim que mandavam as regras - não havia imposto. O seguro fui eu que falei com a companhia e dei baixa do mesmo. Em relação ao imposto de selo vou à DGV e logo vejo o que me dizem. A carrinha ainda hoje está na garagem e lhe garanto que ninguém lhe toca.:wacko:

E se forem chatear o meu avô por causa do Renault 5, porque ainda está em nome dele, por causa do imposto, eu não pago nada nem ele...
 

António Sobral

Clássico
Os carros só pagam imposto a partir de 1977 (ano da matricula). É o que diz a tabela que está acessivel a toda a gente nos quiosques de venda do selo ou num Serviço de Finanças. O meu Mini por exemplo é de 1976 logo não paguei imposto como nunca paguei desde que o comprei em 2005.

Um abraço.
 
Eu tb tinha essa ideia, agora é que já estava a ficar confuso! Ainda bem k é assim. E também me parece k é a única forma justa! Se não anda não há motivo para ter de pagar. Os seguros e os impostos do carro que está parado nunca tinham sido preocupação para mim até hoje. Não anda, não paga! Mas finalmente já percebi que era como sp foi e que não há nada para pagar.
 

Alexandre Vaz

Clássico
Eu tenho dois automoveis na garagem (um com ano de fabrico de 1977 mas ano de matricula de de 1978 e outro de 1980) e ainda não passei nenhum deles para meu nome pois estão ambos á espera de restauro e como não circulam, não houve essa necessidade.
Até agora estes carros não pagavam selo pois estavam parados.
Agora a minha questão é a seguinte, com o novo imposto, tenho que pagar selo dos carros mesmo não circulando? E o de 1980, tendo o "dono" (o que está no titulo de registo de propriedade) já falecido, quem é que tem que pagar o selo?

Se alguém me puser esclarecer estas dúvidas agradecia... Obrigado! ;)
 

António Sobral

Clássico
Alexandre:
Eu penso que após o falecimento do "dono", quem terá de pagar imposto serão os herdeiros uma vez que o carro ainda deve estar registado em nome do falecido. Certo?
Eu não sei é se o carro foi comprado o herdado :huh:

Um abraço.
 
Fui ontem ao ACP tratar de uns assuntos e aproveitar para perguntar como era com o selo dos escorts, o de 68 e o de 74. Foi me dito que tenho que ir à repartição de finanças da área d residência (e só mesmo nessa) buscar um selo a dizer isento para ambos. Mesmo para o escort de 68 que está parado há quase 10 anos. Disseram-me que se tencionava por o carro em circulação no futuro (daqui a 2 anos por exemplo) convinha ir buscar o selo de isento na mesma... Vá-se lá perceber a lógica da coisa... Eu não percebo, mas foi o que me informaram no Acp e o que tenciono fazer mal rume a norte...
 
JoãoPedroPessoaCruz disse:
Fui ontem ao ACP tratar de uns assuntos e aproveitar para perguntar como era com o selo dos escorts, o de 68 e o de 74. Foi me dito que tenho que ir à repartição de finanças da área d residência (e só mesmo nessa) buscar um selo a dizer isento para ambos. Mesmo para o escort de 68 que está parado há quase 10 anos. Disseram-me que se tencionava por o carro em circulação no futuro (daqui a 2 anos por exemplo) convinha ir buscar o selo de isento na mesma... Vá-se lá perceber a lógica da coisa... Eu não percebo, mas foi o que me informaram no Acp e o que tenciono fazer mal rume a norte...


João Pedro, penso que já foi aqui abordado no Fórum, que como esse carros são anteriores a 1977, não é necessário o selo de Isento.
Pois como o nome indica "ISENTO" é para determinados casos especiais...
aqui fica o link:http://www.portalclassicos.com/forum/showthread.php?p=30369#post30369

Não entendo como o ACP pode informar tal coisa:wacko::wacko:

Um abraço
 
Topo