Carta A2 e motos sem potência no livrete.

Diogo Sérgio

YoungTimer
Bom dia.
Portanto, eu ando à procura de uma moto clássica e em vários exemplos que já vi a potência não se encontra discriminada no livrete. Ora eu neste momento possuo carta A2, que me permite conduzir motociclos até 35kw. Não tendo a moto a potência discriminada no livrete poderei legalmente andar nessa moto ou não? Como farão as autoridades numa eventual operação de stop para determinar se eu estou ou não habilitado a conduzir essa moto?
Cumprimentos.
 

miguelcristovao

Portalista
Portalista
Bom dia.
Portanto, eu ando à procura de uma moto clássica e em vários exemplos que já vi a potência não se encontra discriminada no livrete. Ora eu neste momento possuo carta A2, que me permite conduzir motociclos até 35kw. Não tendo a moto a potência discriminada no livrete poderei legalmente andar nessa moto ou não? Como farão as autoridades numa eventual operação de stop para determinar se eu estou ou não habilitado a conduzir essa moto?
Cumprimentos.
Deves poder, pelo menos sabes quantos cv tem a moto e isso é fácil de ver.
Depois fazes a correspondência para potencia em KW.
Para andares descansado, se for marca que ainda existe, se calhar tentavas pedir um certificado técnico, onde conste a potencia da mesma, seja em cv ou KW, para andares mais seguro.
Podes ir até aos 47,5 cv de potencia, já é qualquer coisa:cool:
 

José L

YoungTimer
Boas,
eu estou a viver em França, mas à vontade da CE de uniformalisar as cartas de conduçao, dève ter por effeito tambem a mudificaçao das categorias das motas, cà, como certamente ai en Portugal. Por isso penso, que como aqui, tem que estar no librete da mota a catogoria "MTT1 ou MTT2" etc , o tipo de carta dà assesso à categoria de mota. O melhor para ficar sem duvidas nenhumas é perguntar a uma escola de conduçao, um stander de motas tambem dève lhe poder dar a informaçao . No caso de uma classica, o mais facil dève de ser fazer diretamente a pergunta ao seu seguro .

Se jà pessui a mota, talvez essa possa ser alterada com um kit para passar para a categoria que deseja, cà isso é possible mas tem que ser feito num stander da marca, depois da alteraçao feita o stander dà um certificado para poder faser a modificaçao do librete .

Outra coisa, a legislaçao prevê uma equivalencia peso/ potencia maxima, exemplo, eu tenho uma yamaha 250 tdr com menos de 47,5cv (44cv) que so pode ser conduzida com a carta " A "
 
Última edição:
Topo