CAR PORN AS GOOD AS IT GETS

António M. Vieira e Sousa

Gentleman Driver
Portalista

Hardcore, primeiro escalão.
Ford GT40 o meu carro fetiche; uma paixão desde criança, quase inexplicável, durante algum tempo obsessiva. Ainda mantenho o sonho de ter um, mas nesta altura da vida já só tenho duas hipóteses, ou roubo um ou tenho a sorte/azar de acertar no euromilhões. Até poderia ser uma réplica fiel CAV GT. Quando vejo um ou/e tenho a sorte de o ouvir, as minhas entranhas ainda hoje estremecem e sonho acordado com o saudoso circuito de Vila do Conde, Le Mans, Spa Francorchamps e Nordschleife. Recordo-me de ter visto o Carlos Gaspar com o seu GT40 vermelho em Vila do Conde deixando a concorrência a milhas de distância e já nos anos 80 o GT40 ainda prateado do Emilio Marta que subiu e desceu a Av. da República de V. N. de Gaia tendo saído das instalações da “Volante Livre”, empresa, com oficina onde existia um espaço envidraçado tipo sala de estar ou stand, de aluguer de automóveis deste grande piloto e que se situava na esquina da Av. da República com, salvo erro, a rua Cabo Borges. Nesse espaço juntamente com um Ford Escort MK2 grupo 2 e um Lotus Eleven (ou seria 23??) ao qual faltava o capot (esperava por um novo vindo do UK) estava guardado o GT40 que por uma vez me pude sentar ao volante, custou-me tanto sair de dentro e nem sequer pude ligar o motor e dar umas gazadas, felizmente já lhe conhecia o ronco... mas que ronco!

Um CAV GT:
GT 40 Réplica.jpg

Só espero conseguir assistir a este filme.
 
Última edição:

nuno granja

petrolhead
Portalista
Autor
Acho que nunca vi um filme de carros que conseguisse realismo suficiente para enganar os sentidos. Parece-me que não vai ser este, ainda por cima visto pela ótica dos americanos, que sempre contam a sua versão da história devidamente engalanada.

Veremos...


Ás vezes de madrugada na nacional quando vejo um semaforo daqueles que ficam vermelhos quando passamos dos 50 penso, cada um é o Kowalsky de pode....

nuno granja
 
Última edição:

nuno granja

petrolhead
Portalista
Autor
Acho que nunca vi um filme de carros que conseguisse realismo suficiente para enganar os sentidos. Parece-me que não vai ser este, ainda por cima visto pela ótica dos americanos, que sempre contam a sua versão da história devidamente engalanada.

Veremos...

Quem nunca vagueou a caminho de um compromisso profissional?

nuno granja
 
Última edição:

Nuno Ferraz

Portalista
Portalista

Hardcore, primeiro escalão.
Acho que nunca vi um filme de carros que conseguisse realismo suficiente para enganar os sentidos. Parece-me que não vai ser este, ainda por cima visto pela ótica dos americanos, que sempre contam a sua versão da história devidamente engalanada.

Veremos...
O cinema pode nunca permitir aquela sensação visceral de ficar enterrado num banco em aceleração ou apoiado até doer na lateral de uma baquet numa linha perfeita entre curvas encadeadas, mas para o que se vai vendo nos cinemas este filme está claramente marcado para ir ver.
Apesar de todo o ego americano que às vezes faz cócegas aos europeus eles também tem grandes histórias de e com carros :)

Quanto aos GT40 só os vi correr em eventos históricos e provavelmente nunca levados ao limite mas a silhueta colada ao chão, o ronco majestoso e a abertura de portas são de outro mundo
 
Última edição:

Rafael Isento

Pre-War
Membro do staff
Premium
Portalista
Acho que nunca vi um filme de carros que conseguisse realismo suficiente para enganar os sentidos. Parece-me que não vai ser este, ainda por cima visto pela ótica dos americanos, que sempre contam a sua versão da história devidamente engalanada.

Veremos...
Nunca viste o Ronin (1998)? E o Italian Job (1969)?
Não sei se te enganam os sentidos mas são espetaculares.
O Ronin para mim (e não só) tem a melhor perseguição automóvel do cinema, melhor que o Bullit do Steve McQueen.
 

JorgeMonteiro

...o do "Boguinhas"
Membro do staff
Premium
Portalista
Nunca viste o Ronin (1998)? E o Italian Job (1969)?
Não sei se te enganam os sentidos mas são espetaculares.
Acho que nunca vi completos. Apenas excertos. Como tenho a mania de olhar aos defeitos, perco logo o interesse quando a cena é inverosímil.
 

António José Costa

Regularidade=Navegação, condução e cálculo?
Premium
Portalista
Acho que nunca vi completos. Apenas excertos. Como tenho a mania de olhar aos defeitos, perco logo o interesse quando a cena é inverosímil.
Graças aos seres divinos não são filmes do Jackie Chan em que as cenas de conducao tinham erros grosseiros.
O Ronin é muito, muito bom.
Compreendo-te perfeitamente mas fico ainda mais possesso nas séries e filmes com renascimentos e afins como se vivêssemos á 2000 anos atrás.
 
Topo