Mini Aventuras do MINI Speedy Gonzalez

António M. Vieira e Sousa

Gentleman Driver
Portalista
Meus caros,

22/07/2019, dia da primeira consulta pós-cirurgia no Hospital de Braga para conhecimento do actual valor do PSA e do resultado do exame patológico feito aos materiais retirados. PSA = indetectável :thumbs up: e o maldito caranguejo saiu inteirinho :thumbs up::thumbs up: o que quer dizer que ainda não é desta haver necessidade de quimioterapia e/ou radioterapia, desta vez safei-me de boa livrando-me de um cancro que não sendo detectado a tempo é muito complicado de lidar… como todos os outros! Nem ganhando o euromilhões seria melhor!!! A cirurgia foi um Su ce sso!!! ^_^^_^^_^^_^

Bem, agora só me preocupo com este tipo de caranguejo :p:
20190722 (17).jpg
Picante qb, acompanhado de umas tostinhas e pelo menos duas destas loirinhas :wub::
20190722 (18).jpg


Para chegar a Braga é claro que aproveitei mais uma vez para me divertir ao volante do Speedy :wub:.
Na Variante Nascente de Famalicão para apanhar a N14 em direcção a Braga:
20190722 (01).jpg

Já na N14, obras muito próximas da antiga toca do Speedy e da futura que ainda vai ser construída. Encontrando uma curiosa matrícula:
20190722 (02).jpg

No estacionamento do Hospital de Braga:
20190722 (03).jpg

Depois da óptima notícia, na Av. Padre Júlio Fragata para o regresso a casa:
20190722 (04).jpg

Na Av. Miguel Torga a subir de rotações até apanhar a N14 :)
20190722 (05).jpg

20190722 (06).jpg

20190722 (07).jpg

20190722 (08).jpg

Muito perto da porta da actual e provisória toca, ou melhor... toquinha porque quase não cabe lá dentro :eek:, a fazer horas para ir buscar a proprietária ao apeadeiro de Esmeriz, que chega do Porto, excepcionalmente no combóio das 18:23 :
20190722 (09).jpg

No estacionamento do apeadeiro:
20190722 (10).jpg

Próximo do apeadeiro existe o interessante moinho de São Marçal que muito recentemente acabou de ser restaurado :thumbs up: e é movido pelas águas do rio Pelhe (infelizmente ainda muito poluído :mad:, na zona sente-se muito mau cheiro, o que é lamentável) afluente do rio Ave:
20190722 (11).jpg

20190722 (12).jpg

20190722 (13).jpg

20190722 (14).jpg

De volta à toquinha para um merecido descanso que vai durar até ao próximo domingo, dia 28, quando voltará a sair para ir até à Sra. da Hora ;):
20190722 (16).jpg

Noitada de foguetes apesar da proibição nesta altura do ano :D
Speedy em Festa.png

Grande abraço a todos! ^_^^_^^_^;)
 

Nuno Ferraz

Portalista
Portalista
Meus caros,

22/07/2019, dia da primeira consulta pós-cirurgia no Hospital de Braga para conhecimento do actual valor do PSA e do resultado do exame patológico feito aos materiais retirados. PSA = indetectável :thumbs up: e o maldito caranguejo saiu inteirinho :thumbs up::thumbs up: o que quer dizer que ainda não é desta haver necessidade de quimioterapia e/ou radioterapia, desta vez safei-me de boa livrando-me de um cancro que não sendo detectado a tempo é muito complicado de lidar… como todos os outros! Nem ganhando o euromilhões seria melhor!!! A cirurgia foi um Su ce sso!!! ^_^^_^^_^^_^

Bem, agora só me preocupo com este tipo de caranguejo :p:
Ver anexo 1144420
Picante qb, acompanhado de umas tostinhas e pelo menos duas destas loirinhas :wub::
Ver anexo 1144421


Para chegar a Braga é claro que aproveitei mais uma vez para me divertir ao volante do Speedy :wub:.
Na Variante Nascente de Famalicão para apanhar a N14 em direcção a Braga:
Ver anexo 1144422

Já na N14, obras muito próximas da antiga toca do Speedy e da futura que ainda vai ser construída. Encontrando uma curiosa matrícula:
Ver anexo 1144423

No estacionamento do Hospital de Braga:
Ver anexo 1144424

Depois da óptima notícia, na Av. Padre Júlio Fragata para o regresso a casa:
Ver anexo 1144425

Na Av. Miguel Torga a subir de rotações até apanhar a N14 :)
Ver anexo 1144426

Ver anexo 1144427

Ver anexo 1144428

Ver anexo 1144429

Muito perto da porta da actual e provisória toca, ou melhor... toquinha porque quase não cabe lá dentro :eek:, a fazer horas para ir buscar a proprietária ao apeadeiro de Esmeriz, que chega do Porto, excepcionalmente no combóio das 18:23 :
Ver anexo 1144430

No estacionamento do apeadeiro:
Ver anexo 1144431

Próximo do apeadeiro existe o interessante moinho de São Marçal que muito recentemente acabou de ser restaurado :thumbs up: e é movido pelas águas do rio Pelhe (infelizmente ainda muito poluído :mad:, na zona sente-se muito mau cheiro, o que é lamentável) afluente do rio Ave:
Ver anexo 1144432

Ver anexo 1144433

Ver anexo 1144434

Ver anexo 1144435

De volta à toquinha para um merecido descanso que vai durar até ao próximo domingo, dia 28, quando voltará a sair para ir até à Sra. da Hora ;):
Ver anexo 1144436

Noitada de foguetes apesar da proibição nesta altura do ano :D
Ver anexo 1144437

Grande abraço a todos! ^_^^_^^_^;)
Excelentes notícias que dão novo sabor à vida.
Agora é preciso desfrutar do que realmente o move e uma parte importante acho que é material para este belo diário de bordo. Um abraço.
 

António M. Vieira e Sousa

Gentleman Driver
Portalista
...acho que posso dizer que sou um grande sortudo! :)
Grande? Não... não posso! Já não me lembrava de que pouco tempo depois de uma boa notícia recebo sempre uma má, já é sina!

Dia 28/07 o Speedy marcou presença na Sra. da Hora, mas só até às 11 horas, hora do início das visitas aos doentes internados no Hospital Pedro Hispano que fica ali a dois passos.

Até às 11 horas esteve aqui parado junto de um raro companheiro:
2019.07.28 (01).jpg

Mais alguns companheiros:
2019.07.28 (02).jpg

2019.07.28 (03).jpg

Os três veículos que até aquela hora achei mais interessantes:
2019.07.28 (04).jpg

Pouco depois das 11 horas e até perto das 20 (às 19:30 terminam as visitas aos doentes) esteve estacionado no parque do Hospital Pedro Hispano tendo a seguir regressado a casa:
2019.07.28 (05).jpg

Off-Topic
A má notícia, mas que no fundo até foi um alívio (para todos terminou o sofrimento que já durava há +/- um mês), chegou via telefone do hospital por volta das 23:45 : a Mãe Amélia, grande lutadora, aos 89 anos e 274 dias deixou de lutar contra um anunciado invencível mieloma que a atormentava há já quatro anos. É incrível como ao sabermos do inevitável nunca o esperamos e quando acontece é como se levassemos com um aríete no estômago. Alivia-nos pensar que ela agora está nos braços do Pai Domingos, grande lutador, que há 17 anos foi à frente preparar terreno; como no início dos anos 50 que devido ao ‘estado novo’ deixaram tudo para trás e foram para Luanda tendo lá criado algum património mas que em 75 foram obrigados a deixar tudo, grande "porrada" levaram, tendo regressado praticamente só com a roupa do corpo e sem direito a qualquer indemnização, como muitos outros Heróis que passaram pelo mesmo e que deploravelmente um iluminado e sem vergonha se lembrou de os apelidar de retornados. É melhor ficar-me por aqui, para não infringir acertadas regras.

P.S.: - Já agora... assim se escreve antidepressivo, sem hífen!!!:mad:
 

João Luís Soares

Pre-War
Membro do staff
Premium
Delegado Regional
Portalista
Grande? Não... não posso! Já não me lembrava de que pouco tempo depois de uma boa notícia recebo sempre uma má, já é sina!

Dia 28/07 o Speedy marcou presença na Sra. da Hora, mas só até às 11 horas, hora do início das visitas aos doentes internados no Hospital Pedro Hispano que fica ali a dois passos.

Até às 11 horas esteve aqui parado junto de um raro companheiro:
Ver anexo 1145244

Mais alguns companheiros:
Ver anexo 1145245

Ver anexo 1145246

Os três veículos que até aquela hora achei mais interessantes:
Ver anexo 1145247

Pouco depois das 11 horas e até perto das 20 (às 19:30 terminam as visitas aos doentes) esteve estacionado no parque do Hospital Pedro Hispano tendo a seguir regressado a casa:
Ver anexo 1145248

Off-Topic
A má notícia, mas que no fundo até foi um alívio (para todos terminou o sofrimento que já durava há +/- um mês), chegou via telefone do hospital por volta das 23:45 : a Mãe Amélia, grande lutadora, aos 89 anos e 274 dias deixou de lutar contra um anunciado invencível mieloma que a atormentava há já quatro anos. É incrível como ao sabermos do inevitável nunca o esperamos e quando acontece é como se levassemos com um aríete no estômago. Alivia-nos pensar que ela agora está nos braços do Pai Domingos, grande lutador, que há 17 anos foi à frente preparar terreno; como no início dos anos 50 que devido ao ‘estado novo’ deixaram tudo para trás e foram para Luanda tendo lá criado algum património mas que em 75 foram obrigados a deixar tudo, grande "porrada" levaram, tendo regressado praticamente só com a roupa do corpo e sem direito a qualquer indemnização, como muitos outros Heróis que passaram pelo mesmo e que deploravelmente um iluminado e sem vergonha se lembrou de os apelidar de retornados. É melhor ficar-me por aqui, para não infringir acertadas regras.

P.S.: - Já agora... assim se escreve antidepressivo, sem hífen!!!:mad:
António, muita força!
Quando perdemos alguém, o "desafio" é mesmo esse - enaltecer as boas memórias e continuar o legado.

Quando os 3 veículos, da minha parte posso "oferecer" uma voltinha na Esmaltina no Encontro de Setembro.
 

Paulo Oliveira

Portalista
Portalista
Amigo, muita força para ti, para a tua esposa e filha. Sei que por muito conformados que estejamos, há sempre uma esperança e quando chega a hora levamos um murro no estômago.
Temos de aproveitar todos os bons momentos da vida, e estas manhãs que nos encontramos para um cafezinho sao um exemplo disso.
Forte abraço
 

António Barbosa

Red Line
Portalista
Grande? Não... não posso! Já não me lembrava de que pouco tempo depois de uma boa notícia recebo sempre uma má, já é sina!

Dia 28/07 o Speedy marcou presença na Sra. da Hora, mas só até às 11 horas, hora do início das visitas aos doentes internados no Hospital Pedro Hispano que fica ali a dois passos.

Até às 11 horas esteve aqui parado junto de um raro companheiro:
Ver anexo 1145244

Mais alguns companheiros:
Ver anexo 1145245

Ver anexo 1145246

Os três veículos que até aquela hora achei mais interessantes:
Ver anexo 1145247

Pouco depois das 11 horas e até perto das 20 (às 19:30 terminam as visitas aos doentes) esteve estacionado no parque do Hospital Pedro Hispano tendo a seguir regressado a casa:
Ver anexo 1145248

Off-Topic
A má notícia, mas que no fundo até foi um alívio (para todos terminou o sofrimento que já durava há +/- um mês), chegou via telefone do hospital por volta das 23:45 : a Mãe Amélia, grande lutadora, aos 89 anos e 274 dias deixou de lutar contra um anunciado invencível mieloma que a atormentava há já quatro anos. É incrível como ao sabermos do inevitável nunca o esperamos e quando acontece é como se levassemos com um aríete no estômago. Alivia-nos pensar que ela agora está nos braços do Pai Domingos, grande lutador, que há 17 anos foi à frente preparar terreno; como no início dos anos 50 que devido ao ‘estado novo’ deixaram tudo para trás e foram para Luanda tendo lá criado algum património mas que em 75 foram obrigados a deixar tudo, grande "porrada" levaram, tendo regressado praticamente só com a roupa do corpo e sem direito a qualquer indemnização, como muitos outros Heróis que passaram pelo mesmo e que deploravelmente um iluminado e sem vergonha se lembrou de os apelidar de retornados. É melhor ficar-me por aqui, para não infringir acertadas regras.

P.S.: - Já agora... assim se escreve antidepressivo, sem hífen!!!:mad:
Nem sei o que dizer, é como dizes por muito que se espere nunca estamos preparados....
 

Helio Fernando

Portalista
Portalista
António fico felicíssimo ao saber que tudo correu pelo melhor..Também os meus avós e mãe vieram de Luanda com uma mão cheia de nada :mad:..
A nova toca do Speedy é mesmo ao lado da minha casa,havemos de nos encontrar:)..
Cumps
 

Helder Manuel Oliveira

Portalista
Premium
Portalista
Grande? Não... não posso! Já não me lembrava de que pouco tempo depois de uma boa notícia recebo sempre uma má, já é sina!

Dia 28/07 o Speedy marcou presença na Sra. da Hora, mas só até às 11 horas, hora do início das visitas aos doentes internados no Hospital Pedro Hispano que fica ali a dois passos.

Até às 11 horas esteve aqui parado junto de um raro companheiro:
Ver anexo 1145244

Mais alguns companheiros:
Ver anexo 1145245

Ver anexo 1145246

Os três veículos que até aquela hora achei mais interessantes:
Ver anexo 1145247

Pouco depois das 11 horas e até perto das 20 (às 19:30 terminam as visitas aos doentes) esteve estacionado no parque do Hospital Pedro Hispano tendo a seguir regressado a casa:
Ver anexo 1145248

Off-Topic
A má notícia, mas que no fundo até foi um alívio (para todos terminou o sofrimento que já durava há +/- um mês), chegou via telefone do hospital por volta das 23:45 : a Mãe Amélia, grande lutadora, aos 89 anos e 274 dias deixou de lutar contra um anunciado invencível mieloma que a atormentava há já quatro anos. É incrível como ao sabermos do inevitável nunca o esperamos e quando acontece é como se levassemos com um aríete no estômago. Alivia-nos pensar que ela agora está nos braços do Pai Domingos, grande lutador, que há 17 anos foi à frente preparar terreno; como no início dos anos 50 que devido ao ‘estado novo’ deixaram tudo para trás e foram para Luanda tendo lá criado algum património mas que em 75 foram obrigados a deixar tudo, grande "porrada" levaram, tendo regressado praticamente só com a roupa do corpo e sem direito a qualquer indemnização, como muitos outros Heróis que passaram pelo mesmo e que deploravelmente um iluminado e sem vergonha se lembrou de os apelidar de retornados. É melhor ficar-me por aqui, para não infringir acertadas regras.

P.S.: - Já agora... assim se escreve antidepressivo, sem hífen!!!:mad:
Os meus sentimentos António. Força! A minha família passou pelo mesmo processo. O meu avô foi para Angola porque era perseguido por motivos políticos...:mad:
 

António M. Vieira e Sousa

Gentleman Driver
Portalista
13/08/2019, precisamente 2 anos depois da aventura: " O SPEEDY E OS CARAMELOS " que não correu lá muito bem, o Speedy portou-se lindamente não dando a mínima importância ao dia 13.

A seguir ao almoço e depois de umas voltas por Famalicão para resolver alguns assuntos, levou-me e à Teresa até Santo Tirso por causa dos melhores “jesuítas” que conhecemos, a mamãe Cristina com os seus 85 valoriza muito alguns miminhos:
2019.08.13 (01).jpg


Já no Porto, pela VCI em direcção à ponte do Freixo para chegar a V. N. de Gaia, encontramos um belo Datsun 1200 que muito provavelmente terá vindo, na altura certa, na época da:
2019.08.13 (04).jpg
(África Oriental Portuguesa)

2019.08.13 (02).jpg

2019.08.13 (03).jpg

Adorei :wub: quando percebi que era conduzido por uma linda “rolinha de dois papos” com um engraçado penteado e um belíssimo sorriso na face, notava-se perfeitamente que estava a curtir ao máximo aquela condução, liiindooo. A tal “rolinha de dois papos” é de longe muitíssimo mais recente do que o início da época:
2019.08.13 (05).jpg



Desde as 16:44 até às 23 esteve estacionado à porta da mamãe Cristina tendo contribuído para os cofres da Câmara de Gaia até às 19; pelo menos não falta estacionamento:
2019.08.13 (06).jpg

Dá para perceber o quanto cresceram os "citadinos" e quão desactualizadas estão as dimensões das áreas marcadas no asfalto para o tamanho dos carros actuais. :eek:


P.S.:- A mamãe Cristina adorou os “jesuítas” , um com o cházinho (estava na hora) e… guardou o outro para o dia seguinte… estas guloseimas, de longe a longe, só lhe fazem bem. ;)
 
Última edição:
Topo