Mini Aventuras do MINI Speedy Gonzalez

António M. Vieira e Sousa

Gentleman Driver
Portalista
Começo por apresentá-lo:

É um MINI 1000 HLE Saloon nascido em 1984, tem motor de 998cc, tinha 1 carburador SU HS4, tem cx manual de 4 velocidades sincronizadas, debitava 41bhp às 5500 rpm, tem 4 travões de tambor e atingia aproximadamente 135 Km/h.

Consumos oficiais litros/100Km:
- Urbano 6,2
- A 90Km/h 4,7
- A 120Km/h 6,4

Os seus primeiros 2 anos foram passados no Algarve como carro de aluguer, julgo que da Avis que trocou a frota Mini por Opel Corsa A em 1986.

Comprei-o com 2 anos e pouco mais de 35.000Km, a prestações (única hipótese na altura e jamais voltarei a usar esta modalidade, sem dinheiro não há carro!), na Rolmeta (representante Opel) em 15/10/1986 para a minha namorada na altura, hoje minha mulher, que o utilizou diáriamente até Junho de 1991 quando passou para as minhas mãos como segundo carro após o meu enforcamento.

Recibo de entrada inicial:
Recibo Entrada Inicial.JPG

Contrato de venda a prestações:
CVP Mini.jpg

Factura de compra:
Factura Mini.JPG

Em Março de 1987:

5.jpg 6.jpg

Depois de muitos Km e estar a precisar de pistões e segmentos novos por já estar a queimar muito óleo, em 1994 mandei vir de Inglaterra, da Minisport, um kit de transformação do motor que lhe aumentou a potência para valor entre os 55 e os 60bhp às 6000/6500rpm juntamente com 4 pistões “Hepolite Flat Top”.

Transf.Motor (b).jpg Transf.Motor (a).jpg

Entre Novembro de 2005 e Fevereiro de 2008 sofreu um profundo restauro de chapa numa oficina em Felgueiras:

R1.jpg R2.jpg R3.jpg R4.jpg


Num belo dia de finais de Janeiro de 2008 recebo uma chamada do Sr. Helder:

- O Mini está pronto, pode vir buscar!

R5.jpg R6.jpg

Fui de 106 de prego a fundo e mulher ao lado em grande berraria (ainda não consegui guiar dois carros ao mesmo tempo, tinha de levar alguém calhou ser ela). Chegados lá, “test drive” e uma p#[email protected] de uma rela entrega a alma ao criador.

Rela.jpg


- Sr. Helder, ponha lá isto direito, substitua todas as relas e já agora dê uma pintadela no motor que está a destoar num carro todo pintadinho de novo! Quanto tempo demora?

- Mais ou menos 15 dias!

- Força Sr. Helder, ande lá com isso! Teresa, vamos embora já te safaste de conduzires até casa.

- Agora vais MAIS DEVAGAR!

- Sim, sim!

Prego a fundo e mais berraria.

Chegados a casa diz a Teresa:

- NÃO VOLTO A IR CONTIGO A FELGUEIRAS!

- Ok… ó pra mim preocupado!

A meio de Fevereiro volta a ligar-me o Sr. Helder:

- Pode vir buscar!

- Não vou ter “surpresa”?

- Não, Não, pode confiar, já lhe fiz alguns Km e está tudo impecável!

- Ok, amanhã darei aí um salto!

Arranjei boleia de um dos meus cunhados que tinha de ir para aqueles lados (a Teresa cumpriu com a palavra).

Pouco tempo depois de lá ter chegado e meia de treta, dirijo-me ao carro e levanto-lhe o capot.

- Sr. Helder… o que é isto…???

- É o motor, todo pintadinho conforme pediu!!!

- Pois! Então não ia ter “surpresa” ? Compreendi-te!!!

O [email protected]§!?o é que quando lhe disse para pintar o motor julguei não ser necessário dizer que era para manter a côr de origem (amarelo dos 1000 A+) e o homem pintou-o de… VERMELHO!!??
Ora F§#@-$€!!!

Motor.jpg


Aqui para nós até nem ficou mal, hoje o homem está perdoado! Talvez um dia volte à côr original.

A partir de Março de 2008 o MINI passou a ter duas grelhas, uma para o inverno (mais fechada protegendo melhor da humidade o distribuidor e a bobine) e outra para tempo quente mais aberta deixando entrar mais ar fresco para o compartimento do motor.

Radiador Mini 011.jpg Radiador Mini 012.jpg


Para poder usar legalmente as jantes Revolution 6”x10” REV 6x10.jpg , Em Junho de 2008 pedi no IMT homologação de todas as possíveis medidas de pneu para o MINI, apresentando a seguinte declaração que obtive solicitando-a à Sertel:

Sertel (a).jpg



O MINI para além de ter o papel de segundo carro, é principalmente o meu brinquedo predilecto; adoro conduzi-lo! A Teresa recusa-se a guiá-lo, faz muito barulho, tem muitos botões para pôr a trabalhar não basta rodar a chave, custa a travar, a direcção é muito pesada (eu não acho que seja mais pesada que a do 106 XSI, mas são ideias) e não tem rádio… ainda bem pra mim, é SÓ MEU!

Tenho-me divertido muito com ele em alguns encontros e “trackdays”:

- O 1º - Braga TD ANPAC 12/09/2009 quando conheci os nossos amigos Alberto Silva e Nuno Andrade, tipos muito porreiros! Após algumas voltas ao “Vasco Sameiro” um BMW 1600 ao pisar fora da pista levantou uma pedrita que deixou marca no pára-brisas, ainda novo, do MINI e a bomba principal da embraiagem deu o berro, regressei a casa a trocar as velocidades levando a alavanca ao ponto-morto, 1 aceleradela e engrenando a velocidade necessária. Dias depois apliquei-lhe uma bomba nova vinda do UK. Pra começar até nem foi mau!

ANPAC TD 12-09-09.jpg Clutch pump.jpg

- O 2º - Braga TD CAM 28/11/2009 mais um dia muito bem passado e a chuva até ajudou à diversão. Conheci outro tipo muito porreiro o nosso amigo David Silva que levou uma grande frota, foi MINI 1000, foi FIAT 124, foi PORSCHE 914 e foi a estreia da sua “Bella Giulietta”. Grande David!

CAM TD 28-11-09 (a).jpg CAM TD 28-11-09 (b).jpg CAM TD 28-11-09 (c).jpg 2.jpg



- O 3º - Braga TD CAM 20/02/2010 mais diversão tendo a bomba dos travões entregado a alma ao criador, deu para chegar a casa e dias depois chegou do UK uma bomba nova para ser aplicada.

CAM TD 20-02-10 (a).jpg CAM TD 20-02-10 (b).jpg Brake pump.jpg
 

Anexos

Última edição:

António M. Vieira e Sousa

Gentleman Driver
Portalista
- O 4º - Braga GDCG 13/03/2010 máxima diversão, a minha filha foi de pendura, adorou, no fim baptizou o MINI de Speedy Gonzalez. Gostei da ideia e lembrei-me de mandar fazer os autocolantes.

GDCG 13-03-10 (a).jpg GDCG 13-03-10 (b).jpg GDCG 13-03-10 (c).jpg GDCG 13-03-10 (d).jpg

- O 5º - Vila do Conde Revival 12/05/2010 SUPER! SUPER! SUPER! I-NES-QUE-CÍ-VEL! E conheci mais dois tipos muito porreiros, pai e filho, Francisco Gouveia e Miguel Gouveia. Levei de pendura um primo, Pedro Condé, com a esperança de conquistar um familiar para estas brincadeiras. Não resultou!

VC Revival 12-05-10 (a).jpg VC Revival 12-05-10 (b).jpg VC Revival 12-05-10 (c).jpg VC Revival 12-05-10 (d).jpg

- O 6º - Braga TD CAM 02/10/2010 não correu muito bem, antes da brincadeira não lhe fiz a revisão que se impunha, o distribuidor estava mal regulado e o nível do óleo estava baixo de mais para andar lá às voltas que resultou em sobreaquecimento e falta de pressão no óleo durante as curvas para a direita. Poucos dias depois, junta da culassa queimada. A Inês (minha filha) voltou a fazer de pendura e fiz um vídeo com a câmara presa ao meu capacete. Apesar de tudo foi engraçado!

CAM TD 02-10-10.JPG

- O 7º - Braga GDCG 19/02/2011 também SUPER! SUPER! SUPER! I-NES-QUE-CÍ-VEL! Já com os autocolantes do Speedy Gonzalez e mais uma vez a Inês como pendura que se sacrificou a segurar, o tempo todo, a câmara de vídeo porque o suporte do meu capacete partiu-se pouco antes de entrarmos em pista. Saí de lá com os dois pneus da frente pró lixo e os outros dois em mau estado, voltam ao serviço as jantes de aço originais que ainda tinham pneus utilizáveis.

GDCG 19-02-11 (a).jpg GDCG 19-02-11 (b).jpg GDCG 19-02-11 (c).jpg GDCG 19-02-11 (d).jpg Speedy.jpg

- O 8º - Braga Desfile ANPAC 16/09/2012 e piquenique com um grupo “Portal dos Clássicos” de tipos muito porreiros aliás aproveito aqui para dizer que todos os que tenho conhecido através do “Portal dos Clássicos” só os posso considerar como “tipos muito porreiros”. Foi um dia de verdadeiro salutar convívio. Muito bom mesmo! Também SUPER! SUPER! SUPER! I-NES-QUE-CÍ-VEL!

Desfile ANPAC 16-09-12 (a).JPG Desfile ANPAC 16-09-12 (b).jpg Desfile ANPAC 16-09-12 (c).jpg


Encontros (onde tenho conhecido pessoalmente os tais “tipos muito porreiros” que por formarem uma multidão não vou nomear):

- Senhora da Hora – sempre ao 4º domingo do Mês

- Laúndos – 1 vez por ano

- Parque da Devesa (Famalicâo) – sempre ao 3º domingo do Mês



Em Setembro de 2013 a bomba mecânica de gasolina deixou de funcionar (por sorte ainda estava na garagem), aproveitei e troquei-a por uma electrónica Facet, acho que foi mesmo um bom investimento.

Facet.jpg


Em Agosto de 2014 substituí as cintas dos travões dianteiros.

Em Fevereiro de 2016 o casquilho plástico superior da coluna de direcção e o parafuso de aperto à caixa foram substituídos.

Como calcularão, até hoje eu e o Speedy teremos muitas peripécias e aventuras para contar mas vou cingir-me às mais recentes porque isto já está demasiadamente longo.

24 de Abril deste ano, dia de encontro na Sra. da Hora. Por estar muito atrasado fui pela “autobahn” e o cabo do velocímetro partiu-se quando o ponteiro chegou aos 170 e notei que o termómetro marcava um pouco acima do normal para o esforço pedido. Temperatura alta… hum… aqui há grelo!

Findo o encontro, regresso a casa pela N14. Depois do Castêlo da Maia, temperatura demasiado elevada e o pára-brisas salpicado de gotículas de água castanha… hum… isto já não é grelo é mesmo merda! Parei de imediato na estação de serviço Azoria, levantei o capot e vi logo o filho da p#[email protected] do tubo by-pass da culassa para a bomba de água a espichar, tinha um pequeno furo o [email protected]$rão. Esperei que arrefecesse e pedi água e um recipiente cheio dela ao funcionário que muito prestável arranjou-me este Radiador Mini 010.jpg para eu poder chegar a casa acrescentando pelo caminho quando necessário.

Três dias depois, aproveitando uma ida ao Porto, dei uma saltada a Matosinhos ao A&M (muito careiros, €44,05) para comprar o material necessário:

- Cabo do velocímetro

- Tubo by-pass

- Tubo inferior do radiador – verifiquei que o que lá estava já não oferecia confiança

- Junta da bomba de água

Radiador Mini 003.jpg Radiador Mini 004.jpg Radiador Mini 005.jpg


Aproveitei e dei uma pintadela nisto:

Radiador Mini 001.jpg Radiador Mini 002.jpg


Tudo montado, líquido de refrigeração Radiador Mini 009.jpg ao nível, há que experimentar.




Dia seguinte (30/4) é dia de irmos a Caminha visitar familiares, levamos o Speedy a ver que tal.





A temperatura continua alta, desconfio do termostato. Tiro-o e ensaio-o, o [email protected]$rão não abre está encontrado o causador de tanta febre e do falhanço do velhinho tubo by-pass, termostato substituído e voltou tudo ao normal, impecável. Suspeito que isto tudo deixou “mossa” na junta da culassa, o tempo o dirá!

Entretanto, muita correria, alguns encontros, várias idas a Caminha e chegamos a 7/10/2016 dia do Speedy participar sossegadinho no Autoclássico, até parece que o descanço lhe fez mal. Dia 9 à noite depois de eu ter sido dispensado pelos nossos amigos (Paulo Oliveira, Alberto Silva, João Luís e Paulo Sérgio; acho que quiseram ficar com a Micas só para eles e mandaram-me embora), com o Speedy fiz-me ao caminho, N14, a certa altura alcançamos um Ford S max que ultrapassamos, não gostou, de imediato vestiu a pele de Silvester e toca de perseguir o Speedy que teve de dar às pernas para se manter na dianteira; por alturas da Trofa desistiu e deixou o Speedy em paz até chegar a casa, mas o esforço feito terá sido de mais para a junta da culassa que julgo já não estivesse nas melhores condições. Estacionado na garagem ficou a descansar até à manhã do dia 23 dia do encontro na Sra. da Hora. Ponho-o a trabalhar, custou a pegar e ficou a trabalhar em 3 cilindros, até é costume encharcar uma vela depois de ter estado tanto tempo parado, não dei grande importância, normalmente depois de aquecer e uma aceleradelazita acorda totalmente. Dirigi-me à estação de serviço para abastecer de gasolina e pelo caminho comecei a torcer o nariz, estava a cheirar-me mal. Quando voltei a ligar o motor foi isto que ouvi (som de merda):



Ainda deu para regressar a casa!

Os cilindros 3 e 4 adormeceram completamente; a junta da culassa entre o 3 e o 4 deu o berro? Só desmontando saberei!

Já mandei vir da Mini Spares (compradas cá é um roubo) uma junta nova e mais algumas coisitas que precisam de ser substituídas. Aguardemos! Dentro de dias começarei a desmontar e voltarei a dar notícias.
 

Anexos

Última edição:

António M. Vieira e Sousa

Gentleman Driver
Portalista
Hoje, por volta das 16h 30, estava eu na garagem a aspirar o interior do 106 e aparece-me à frente a Teresa com esta caixa nas mãos:
001.JPG
A encomenda da Mini Spares acabou de chegar. Estes tipos são espectaculares, fiz-lhes a encomenda no dia 25 e hoje está cá! :thumbs up:

Abro a caixa com um sorriso de orelha a orelha e diz a Teresa:

- Pareces um puto na noite de Natal a abrir os presentes, porra....!

Oh... ela não percebe nada!!! :cool:

- Ainda não viste que existe um puto dentro de mim?! Vai lá pra sala ver os teus programas e deixa-me em paz!!!! :mad:

002.JPG

Conferindo::)

003.JPG 004.JPG
- Platinados, condensador, rotor e tampa do distribuidor "Ducellier" - SIM
- Cintas para os travões dianteiros - SIM
- 4 velas NGK BP7ES - SIM
- Veio e vedantes da bomba secundária da embraiagem - SIM
- Molas duplas para as válvulas - SIM
- Jogo de juntas para a culassa - SIM

Veio tudo o que foi pedido e por £95,50. :thumbs up:

Agora é arranjar tempo para iniciar a reparação do Speedy. ;) :D
 

Anexos

António Barbosa

Red Line
Portalista
Hoje, por volta das 16h 30, estava eu na garagem a aspirar o interior do 106 e aparece-me à frente a Teresa com esta caixa nas mãos:
Ver anexo 427672
A encomenda da Mini Spares acabou de chegar. Estes tipos são espectaculares, fiz-lhes a encomenda no dia 25 e hoje está cá! :thumbs up:

Abro a caixa com um sorriso de orelha a orelha e diz a Teresa:

- Pareces um puto na noite de Natal a abrir os presentes, porra....!

Oh... ela não percebe nada!!! :cool:

- Ainda não viste que existe um puto dentro de mim?! Vai lá pra sala ver os teus programas e deixa-me em paz!!!! :mad:

Ver anexo 427673

Conferindo::)

Ver anexo 427674 Ver anexo 427675
- Platinados, condensador, rotor e tampa do distribuidor "Ducellier" - SIM
- Cintas para os travões dianteiros - SIM
- 4 velas NGK BP7ES - SIM
- Veio e vedantes da bomba secundária da embraiagem - SIM
- Molas duplas para as válvulas - SIM
- Jogo de juntas para a culassa - SIM

Veio tudo o que foi pedido e por £95,50. :thumbs up:

Agora é arranjar tempo para iniciar a reparação do Speedy. ;) :D
Vai ser uma revisão em grande! As válvulas já não tinham molas duplas? Adoro ler sobre peripécias em Minis bem rodados, fico descansado a pensar que não é só a mim que acontecem...
 

António M. Vieira e Sousa

Gentleman Driver
Portalista
Vai ser uma revisão em grande! As válvulas já não tinham molas duplas? Adoro ler sobre peripécias em Minis bem rodados, fico descansado a pensar que não é só a mim que acontecem...
É verdade António, tenho mesmo de arregaçar as mangas e esmerar-me. As molas duplas não faziam parte do kit da Minisport ( mas sim molas mais fortes) que foi pensado para a árvore de cames original, como eu lhe apliquei uma mais arrebitada as molas duplas impõem-se para o poder levar às 7000 mais descansadamente.
Esta "treta" sem estes "pequenos" contratempos não teria metade da piada! Tenho a certeza que concordas comigo! ;):D
 

António M. Vieira e Sousa

Gentleman Driver
Portalista
Hoje tirei um tempinho para dar atenção ao Speedy!

Pensei em começar por substituir-lhe as maxilas dos travões dianteiros, não o fiz porque depois de ter tirado os tambores verifiquei que os mesmos estão bons para serem substituídos, lá se vai o mealheiro (pretendo, já há algum tempo, substituí-los por uns "Superfin"), e as maxilas que lá estão ainda aguentam alguns Km, limpei-os e dei-lhes uma afinadela.

Então virei-me para o distribuidor.

Comecei por tirar-lhe a grelha e o capot para poder trabalhar mais facilmente.
Com os sistemas que tenho para os segurar, em menos de 5 minutos tenho o caminho livre.

Grelha 01.JPG Capot 01.JPG Capot 02.JPG Capot 03.JPG Strip-Tease 02.JPG


Distribuidor acessível, facilmente se substitui os; condensador, platinados, rotor e tampa:

Distribuidor 01.JPG Distribuidor 02.JPG Distribuidor 03.JPG
Devidamente afinada a folga dos platinados a 0,40, pus o motor a trabalhar :), pegou de imediato só que é claro a dois cilindros:(, mas pegou à primeira, até me custa acreditar! ^_^

Continua num próximo episódio!;):D
 

Anexos

António M. Vieira e Sousa

Gentleman Driver
Portalista
Desta vez virei-me à bomba secundária da embraiagem, estava incontinente.
Substituí-lhe os vedantes:
2ªBomb Emb 02.JPG 2ªBomb Emb 03.JPG 2ªBomb Emb 04.JPG
2ªBomb Emb 05.JPG 2ªBomb Emb 06.JPG 2ªBomb Emb 07.JPG

O interior da bomba e os vedantes novos (do lado direito da foto):
Int 2ªBomb Emb.JPG


Pronta para ir pró sítio:
2ªBomb Emb 08.JPG
Espero que o problema tenha ficado resolvido.

Dei uma pintadela no suporte da bomba, estava com muito mau aspecto:
Suporte 2ªBomb Emb.JPG

Quando ia substituir o veio da bomba, reparei que o braço está com muita folga na cavilha (que não quer sair de maneira nenhuma :(, até parece estar soldada :confused:) que o segura; material que terá de ser encomendado. :)

Braço Emb A+.JPG
Já percebi que tenho aqui um grande berbicacho :eek: para tirar a badalhoca da cavilha, porra...! :mad:Parece-me que a serra de metal vai ser chamada ao serviço. Alguém me pode aconselhar?:rolleyes:

Continua...
 

Anexos

Última edição:

António M. Vieira e Sousa

Gentleman Driver
Portalista
Na manhã de hoje virei-me de unhas e dentes à badalhoca da cavilha.:)

Depois de aquecer bem a zona Aquecedor.JPG utilizei o spray milagroso e as ferramentas que o acompanham Spray Milagroso.JPG para a descolar e ao fim de meia hora de luta a malandra rendeu-se e saiu agarrada pelos meus polegar e indicador da mão esquerda, até nem foi muito difícil.:cool:

Nesta foto nota-se perfeitamente o desgaste do material que provocou as folgas que encontrei: Cavilha badalhoca.JPG

Tendo já o veio novo, agora há que encomendar o restante material de substituição que só poderei fazer depois do dia nove. :(:cool:
 

Anexos

António M. Vieira e Sousa

Gentleman Driver
Portalista
Ontem a seguir ao almoço, ganhei coragem e atirei-me ao Speedy. :)

Comecei por despejar-lhe o líquido de refrigeração desapertando esta abraçadeira 1.JPG (que fica num sítio lixado:mad:) com este conjunto 2.JPG 3.JPG devido à falta de espaço para lhe chegar. :oo

Depois tirei-lhe os carburadores 4.JPG que precisam de uma limpeza externa.

A seguir saíram a torneira da chauffage, a tampa e o termostato, e o tubo superior que vai ao radiador
5.JPG

Chegou a hora de tirar a tampa das válvulas e desapertar a culassa pela ordem inversa à do aperto
11.jpg desapertando as porcas 1/4 de volta de cada vez até ficarem soltas e saírem à mão.
6.JPG 8.JPG 10.JPG 9.JPG

Como suspeitei a junta deu o berro entre o 3º e o 4º cilindros :oo, impõe-se uma descarbonização; e julgo que uns segmentos novos vinham a calhar (o WD40 desaparece mais depressa dos cilindros 2 e 3 do que dos 1 e 4), mas isso é areia de mais prá minha caminheta, não tenho maneira de tirar o motor pró poder desmontar nem ferramentas próprias; estou indeciso :unsure:, não sei se acabe o serviço mantendo os segmentos ou pegue nesta tralha toda e a entregue a alguém que tenha possibilidades para o fazer. O consumo de óleo até nem era muito excessivo e o motor puxava bem :cool: (puxava tanto que até rebentou :lol:). Bom, vou limpar (descarbonizar) os topos dos pistões e as câmaras de combustão e ver se arranjo alguém que rode as válvulas e monte as molas duplas (lá está, não tenho ferramentas - comprá-las está fora de questão - para tirar as válvulas). :(

Tudo hei-de resolver da melhor maneira e amanhã também será dia! ;)

Abraços!
 

Anexos

Última edição:
Topo