Apreensão de veículos pela Internet

Pedro Pires

pedrompires
A partir de hoje, dia 29 de Abril, entra em funcionamento um novo serviço on-line que permite fazer, via Internet, os pedidos de apreensão de veículos, incentivando por esta via a regularização e a actualização do registo automóvel.

Um cidadão ou empresa que tenha vendido um veículo sem que o novo proprietário o tenha registado em seu nome pode pedir a apreensão desse veículo, através do site www.automovelonline.mj.pt. Para tal, basta que o actual proprietário ou o seu representante preencha um formulário electrónico e submeta o pedido sem quaisquer encargos.

Até agora, a apreensão do veículo tinha de ser pedida junto do Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres – IMTT, I.P, das autoridades policiais ou das conservatórias do registo.

In: AHO
 

Rafael S Marques

Pre-War
Membro do staff
Premium
Delegado Regional
Portalista
Mas que boa noticia...nem dá vontade de comentar, isto é para acabar com o resto dos classicos que ainda se encontram na sucata. Convem antes de comprar saber se o carro nao terá sido aprendido...:rolleyes::wacko:
 
Obrigadissimo, Pedro, pela noticia, e já lá fui e preenchi o formulário para mandar apreender uma viatura. Andava para lá ir mas era complicado. Assim é muito bom.
Acho muito bem que se facilitem estas coisas.

No meu caso, vendi um carro à cerca de um ano, passados dias mudaram-lhe a cor, ainda no meu nome!!! sem minha autorização, ou seja, falsificaram a assinatura!!!, e neste momento parece que o carro até já está em Espanha!!! Não sei é se a matricula, no meu nome, e os respectivos docs, não estarão a rolar noutro carro qualquer!!!

Estou a falar de um carro de 1970. Por isso, essa coisa dos coitadinhos dos carros antigos e tal...sucatas... acho giro, mas é se estiver tudo na legalidade. Se de facto ouver trafulhice acho bem que abatam os carros, as matriculas e os documentos!!! Tudo!!!

(este caso passou-se através, ou seja, com responsabilidade, de um conhecido stand de venda de viaturas, clássicas e não só... de um "novo" membro do "jetset"...)

Ponham-se a "pau"!!!
 
João Dias Caldas disse:
Obrigadissimo, Pedro, pela noticia, e já lá fui e preenchi o formulário para mandar apreender uma viatura. Andava para lá ir mas era complicado. Assim é muito bom.
Acho muito bem que se facilitem estas coisas.

No meu caso, vendi um carro à cerca de um ano, passados dias mudaram-lhe a cor, ainda no meu nome!!! sem minha autorização, ou seja, falsificaram a assinatura!!!, e neste momento parece que o carro até já está em Espanha!!! Não sei é se a matricula, no meu nome, e os respectivos docs, não estarão a rolar noutro carro qualquer!!!

Estou a falar de um carro de 1970. Por isso, essa coisa dos coitadinhos dos carros antigos e tal...sucatas... acho giro, mas é se estiver tudo na legalidade. Se de facto ouver trafulhice acho bem que abatam os carros, as matriculas e os documentos!!! Tudo!!!

(este caso passou-se através, ou seja, com responsabilidade, de um conhecido stand de venda de viaturas, clássicas e não só... de um "novo" membro do "jetset"...)

Ponham-se a "pau"!!!
Depois podem é usar o carro em assaltos ou outra coisa :wacko:e quem paga :huh::huh:o antigo dono :wacko:é isto e multas de estacionamento e trânsito :wacko:
 

Pedro Pires

pedrompires
Na minha óptica, congratulo esta medida e só peca por ser tardia. Quantos e quantos de nós como o João referiu, já vendeu um veículo há sei lá quantos anos e o novo proprietário ainda não se dignou a alterar o seu registo de propriedade?

Acho que a desculpa de que isto irá ser o fim dos Clássicos, não concordo. Se tudo andar dentro dos trâmites legais nunca irá significar tal coisa. O problema é que as pessoas teimam em não andar legais e depois queixam-se.
 
Topo