Afinal para que serve o ACP clássicos, o CPAA e outras entidades?

:DBem...
tenho estado a ler estes posts e agora respondo eu.
O ACP é um clube de elevadas tradições automobilisticas em portugal desde o tempo da monarquia.
Tem as suas utilidades mas deixou-se corromper completamente pela politização do sistema.
Neste momento não se observam tomadas de atitude em relação a nada que afecte os seus membros. e havia muito por onde lutar pois o seu nº de sócios faria bastante mossa caso os seus orgãos associativos quisesem mais que poleiro gratuito.
Por exemplo os preços absurdos do combustivel, As facadas anuais dos seguros, a caça á multa entre muitas outras questões...
O ACP Classicos ainda pensei que teria uma capacidade reguladora e que permiti-se defender o vasto patrimonio classico do pais mas afinal só serve para sorver mais uns tostões.
O CPAA tem fortes tradições elitistas e os seus membros acham que tudo o resto é menor. tiveram a sorte de conseguir inscrever-se na FIVA e com isso serem a entidade reguladora dos carros antigos em portugal.
Acho bem que defendam a sua posição pois a sua existencia é importante. porem a sua acção está longe de ser util. Tornaram-se gordos e anafados e com poucas capacidades crediveis de avaliação de classicos e antigos e a prova é a existencia deste topico assim como alguns classicos muito mal homologados.
Agora o que nunca nenhum clube pensou é que o papel do CPAA não está tão inacessivel como isso e que se calhar bastava uma candidatura para o trono ser dividido...
Quanto ao facto de só fazer uma inspecção de vez em quando... vejam quanto pagam por cada uma delas e depois dividam pelo numero de anos que dá em inspecções normais.
Alem disso tendo conhecimento de como os orgão de segurança de um veiculo se estragam pelo pouco uso pensem no estado de travões e borrachas ao longo de anos sem inspecção.
setrá realmente uma mais valia?
 

Elio Gil

FISHERMAN
Está mais do que à vista que o ACP e o CPAA estão 100% obsoletos !!!

Ou nós nos assentamos à mesa para fazer algo que mexa com a situação actual ou temos de continuar a arranjar estratagemas para contornar estas leis absurdas e arcaicas...
 

Ricardo P Faria

Portalista
Portalista
Elio Gil disse:
faz como eu, o meu esta no nome do meu brother com matricula estrangeira, assim não preciso legaliza-lo...
Sim mas isso é ilegal.
Não tenho nenhum familiar no estrangeiro, senão já tinha residência desse mesmo país, como fazem milhares e milhares de Portugas, principalmente aqueles com carros de matricula espanhola, na minha terrinha são às duzias de carros "espanhois".
 

Elio Gil

FISHERMAN
Ricardo P Faria disse:
Sim mas isso é ilegal.
Não tenho nenhum familiar no estrangeiro, senão já tinha residência desse mesmo país, como fazem milhares e milhares de Portugas, principalmente aqueles com matricula espanhola, na minha terrinhas são às duzias de carros "espanhois".
Ilegal é se :

eu tiver residência ou actividade profissional em Portugal...
(felizmente os meus pais tiveram a exclente idéia, quando eu nasci em Inglaterra de NUNCA me nacionalizar português...)
 

Ricardo P Faria

Portalista
Portalista
Elio Gil disse:
Ilegal é se :

eu tiver residência ou actividade profissional em Portugal...
(felizmente os meus pais tiveram a exclente idéia, quando eu nasci em Inglaterra de NUNCA me nacionalizar português...)
Duplamente sortudo, pelos pais inteligentes e pela nacionalidade,LOL.
 
Ricardo P Faria disse:
Duplamente sortudo, pelos pais inteligentes e pela nacionalidade,LOL.
O meu caso é semelhante. Tenho passaporte inglês e BI português, como em Inglaterra não existe BI, eu apenas apresento o Passaporte.
Mas não é por isso que não deixo de lutar pelo que é de direito comum.
 

Elio Gil

FISHERMAN
Fabricio Estebes disse:
O meu caso é semelhante. Tenho passaporte inglês e BI português, como em Inglaterra não existe BI, eu apenas apresento o Passaporte.
Mas não é por isso que não deixo de lutar pelo que é de direito comum.
Partilho a mesma opinião, apenas salientei este facto para esclarecer a situação...

Alias neste topico estão aqui muitas boas sugestões, amelhoramentos de leis, e certas idéias muito pertinentes das quais os nosso dirigentes politicos deveriam ter conhecimento ! e depois fazer os necesarios ajustes, isto no melhor dos mundos :)
 

Rui Coelho

Clássico
Fabricio Estebes disse:
O meu caso é semelhante. Tenho passaporte inglês e BI português, como em Inglaterra não existe BI, eu apenas apresento o Passaporte.
Mas não é por isso que não deixo de lutar pelo que é de direito comum.
Mas atenção, que embora tenham residência ou nacionalidade de outro País, basta terem actividade em territorio nacional para não poderem conduzir, senão vejam o que se passou com os médicos Espanhois, embora a residência fosse Espanha, tendo cá trabalho já não podem conduzir os carros de matricula Espanhola
 
Rui Coelho disse:
Mas atenção, que embora tenham residência ou nacionalidade de outro País, basta terem actividade em territorio nacional para não poderem conduzir, senão vejam o que se passou com os médicos Espanhois, embora a residência fosse Espanha, tendo cá trabalho já não podem conduzir os carros de matricula Espanhola
Essa situação apenas deve ocorrer em Portugal.
Dou um exemplo.
Tenho diversos carros registados em Portugal, com BI português e Passaporte do Reino Unido.
Numa das minhas voltas europeias visitei 7 paises, incluindo a Suiça que é extra comunitário, e sempre que me foi solicitado a identificação apresentei o passaporte. Nunca ninguém me chateou por tal facto, e cada vez que sai e entrei na Suiça, tive de apresentar a documentação. Tudo isto com um carro registado em Portugal. Será que se eu apresentata-se o Passaporte cá me iriam chatear?
 

Rui Coelho

Clássico
Se conduzir um veículo registado em Portugal com documentação de outro Estado não tem qualquer problema. Não pode é conduzir veículo de outro Estado, tendo cá residência ou trabalho, basta um dos requesitos. O problema é quem tem cá carros de outro estado e anda com eles cá por matricular, se exibirem documentação desse Estado e não tiverem cá actividade profissional tudo bem, mas como todos trabalha-mos deixa-mos de os poder conduzir

Espero ter ajudado
 

Dias Gonçalves

Abílio Gonçalves
Portalista
É UMA PENA

Um Forum que estava tão interessante, passou da reivindicação dos direitos dos clássicos para "cada um vai tentar enganar o fisco", cada um por si, salve-se quem puder.

Eu quero continuar Português e a morar em Portugal, mas quero ter pelo menos os mesmos direitos que têm em Espanha, ie, pagar menos impostos pelos automóveis e ter matricula de época.

VAMOS VOLTAR ÀS REIVINDICAÇÕES ?
 

Carlos M Ramos

YoungTimer
Tudo isto é o espelho do país que temos ! O povo tem aquilo que merece !
Eu já não coloco o meu voto em ninguem á 15 anos,lembrem-se de todas as injustiças no dia das eleições,dos impostos,das leis feitas á medida dos governantes,dos tribunais que não funcionam,do sistema de saude que temos,das reformas que não vamos ter,enfim de todas atrocidades a que somos sujeitos por vivermos em PORTUGAL !!!!!
Temos de começar pelo principio !!!!!
Por favor, LEMBREM-SE !
 
Topo