A Fantástica História da Citroën

André Santos

Portalista
Portalista
Que coisa tão maravilhosa.
Sou fã de uma marca rival, mas nisto de carros antigos não há rivalidade nenhuma: que coisa mais fixe!

Pelo que me lembro o que sentenciou os Birotor teria sido a crise petrolífera dos 70, mas o que mais me deixa abismado nisto era a opção que deram ao cliente, de poder trocar o carro.

Os sobreviventes tornaram-se, logo naqueles dias, clássicos automaticamente.
 
Topo