1º carro em Portugal

  • Thread starter Jorge Aguiar
  • Data de início
J

Jorge Aguiar

Guest
O 1º carro a ser comprado foi um Panhard & Levassor . Veio de França , no ano de 1895 para o IV conde de Avilez.

A chegada em 1895 a Portugal do primeiro automóvel - Panhard Et Levassor - propriedade do 3º. Conde de Avillez, vem para Santiago.

O mesmo automóvel é hoje pertença do Automóvel Clube de Portugal e encontra-se na cidade do Porto.

Assemelhando-se ao coche descapotável , as luzes eram velas , e era posto em funcionamento à manivela .

Ninguém conseguia pôr a máquina a andar e foi um rapazinho galego , que passava pela rua, a troco de umas moedas, que o conseguiu fazer.

Este carro provocou o 1º acidente em Portugal, atropelando um burro mortalmente.

Como não sabiam que nome lhe haviam dar e porque fazia muito barulho chamavam-lhe Máquina do Diabo.

Quando circulava, à falta de buzina, o condutor gritava: Arreda! Arreda!
 

Anexos

Paulo Baião

Clássico
Matou o burro logo na 1ª viagem que fez, ou seja de Lisboa para Santiago do Cacém.

Eu acho que eles iam a "assapar" muitá malucos...:p:cool:
 

Manuel Ferreira Dinis

Dinis Vila Real
Portalista
Rúben Farinha disse:
Muito bom post! Por acaso não haverá especificações técnicas da máquina?
Panhard e Levassor
Características
Motor Gottlieb Daimler
2 cilindros em V
1290 c.c.
75X146 mm
Potência 4 cv 750 rpm
Caixa de quatro velocidades para a frente e um inversor de marcha que dá a possibilidade de ter também quatro velocidades para trás.
Velocidade máxima de cerca de 20 Km/h
Construído entre 1890/92.
Entro em Portugal em 12 de Outubro de 1895
 

Rúben Farinha

Jon aka Y10Assassin
Dinis Vila Real disse:
Panhard e Levassor
Características
Motor Gottlieb Daimler
2 cilindros em V
1290 c.c.
75X146 mm
Potência 4 cv 750 rpm
Caixa de quatro velocidades para a frente e um inversor de marcha que dá a possibilidade de ter também quatro velocidades para trás.
Velocidade máxima de cerca de 20 Km/h
Construído entre 1890/92.
Entro em Portugal em 12 de Outubro de 1895
Boa! Obrigado! :D
 

Manuel Ferreira Dinis

Dinis Vila Real
Portalista
Rúben Farinha disse:
Arreda! Arreda! Oh Diabo! :huh::huh::huh:


Arreda arreda…

É uma expressão atribuída ao Infante D. Afonso, um adepto incondicional do novo desporto e que originou a popular alcunha de “Arreda” .
O automobilismo no inicio do século XX, era um novo e divertido hobby, somente praticado por monarcas e pessoas extremamente ricas.
 
Jorge de Aguiar disse:
O 1º carro a ser comprado foi um Panhard & Levassor . Veio de França , no ano de 1895 para o IV conde de Avilez.

A chegada em 1895 a Portugal do primeiro automóvel - Panhard Et Levassor - propriedade do 3º. Conde de Avillez, vem para Santiago.

O mesmo automóvel é hoje pertença do Automóvel Clube de Portugal e encontra-se na cidade do Porto.

Assemelhando-se ao coche descapotável , as luzes eram velas , e era posto em funcionamento à manivela .

Ninguém conseguia pôr a máquina a andar e foi um rapazinho galego , que passava pela rua, a troco de umas moedas, que o conseguiu fazer.

Este carro provocou o 1º acidente em Portugal, atropelando um burro mortalmente.

Como não sabiam que nome lhe haviam dar e porque fazia muito barulho chamavam-lhe Máquina do Diabo.

Quando circulava, à falta de buzina, o condutor gritava: Arreda! Arreda!

Consta que o dito rapaz apenas foi chamado a pôr o carro a trabalhar, pois, após várias tentativas de colocar o motor a funcionar com petróleo alguem se lembrou da "perigosa" gasolina. Para tal era necessário um "voluntário":DD:D.

O carro foi muito posteriormente oferecido ao ACP, com a condição de que nunca saísse do Porto.
Já foi restaurado pelo menos uma vez.
 
Sr. professor, belo tópico.
só mesmo em Portugal, maquina do diabo :DD muito bom...
o Filipe eu vou explicar-te como uma maquina daquelas que so anda a 20 conseguir matar a pobre alma.
antigamente os carros era ferro, puro e duro, agora é so plásticos.
hoje em dia bates contra um burro mandas o carro para sucata:huh:
 
Pedro Tiago disse:
Sr. professor, belo tópico.
só mesmo em Portugal, maquina do diabo :DD muito bom...
o Filipe eu vou explicar-te como uma maquina daquelas que so anda a 20 conseguir matar a pobre alma.
antigamente os carros era ferro, puro e duro, agora é so plásticos.
hoje em dia bates contra um burro mandas o carro para sucata:huh:
Realmente.... estou de acordo consigo...

Não há nada como os maravilhosos pára-choques de ferro:DD:D


Os carros de hoje são, maioritáriamente, de plástico...

Posso dar o exemplo de um vizinho meu que, durante a noite, não viu um javalí a atravessar a estrada, foi contra ele de uma maneira que a barra de protecção do motor estava completamente dobrada....

Só pagou 2500€ de arranjo por uma frente completa... coisa pouca

Cumprimentos
FF
 
Filipe Fraga disse:
Realmente.... estou de acordo consigo...

Não há nada como os maravilhosos pára-choques de ferro:DD:D


Os carros de hoje são, maioritáriamente, de plástico...

Posso dar o exemplo de um vizinho meu que, durante a noite, não viu um javalí a atravessar a estrada, foi contra ele de uma maneira que a barra de protecção do motor estava completamente dobrada....

Só pagou 2500€ de arranjo por uma frente completa... coisa pouca

Cumprimentos
FF
e com a resistência que os javalis têm o mais certo foi o animal ter dado a sola:D
bem que se comia um bom bife de javali
 
Pedro Tiago disse:
e com a resistência que os javalis têm o mais certo foi o animal ter dado a sola:D
bem que se comia um bom bife de javali

Não deu à sola não...

E olhe que serviu para bifes....:DD:D


Já viu a roubalheira, vai uma pessoa "comprar" um javalí e paga 2500€ por um bicho destes!!!!:DD:D


Cumprimentos
FF
 
Topo