Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Yamaha Dt 125 Ac

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por Joao L. Martins, 24 Ago 2008.

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por Joao L. Martins, 24 Ago 2008.

  1. Aqui está o meu "ferro" que uso diáriamente:lol:
    É uma Yamaha DT 125 AC de 1985 , já é a 2ª que tenho, a 1ª já foi em 1990 quando tirei a carta .
    É uma 125 que já se torna cada vez mais raro ver nas nossas estradas.
    Está toda original á excepção do guarda lamas da frente que vêm de uma dt 125 LC , tenho procurado mantê-la em boas condições na medida do possivel, afinal anda todos os dias praticamente.

    A DT 125 AC é a "famosa" 125 azul da musica de Luís represas
    Podem ouvir a musica enquanto vêm o resto...

    http://www.youtube.com/watch?v=HI6kv0UXivY

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    Os km são reais, ainda não deu a volta

    [​IMG]

    É curioso que todas as matriculas das DT AC são "ZZ", nunca vi uma diferente:huh:
    a DT 125 AC têm um som muito caracteristico devido á sua ponteira de escape unica...

    [​IMG]

    Nunca foi restaurada, é uma máquina do dia á dia, encontrei-a á uns 2 anos guardada numa cave á quase 8 anos sem vêr a luz do dia.
    Marcava cerca de 15.000km e acreditam que depois de a tirar e com a gasolina que tinha apenas dei 4 vezes ao kick e pegou logo normalmente e têm andado bem até agora.
    A unica coisa que depois fiz foi montar uma bateria nova,mudar o oleo da caixa e o oleo do autolube por oleo sintético.
    Ainda andou uns tempos que andava sempre a queimas lãmpadas mas felizmente já lhe passou:rolleyes
    um depósito faz praticamente 300km e são apenas 9L:D

    e aqui fica a minha 2ª DT 125 AC
     
  2. Tá muito fixe a mota, nunca tinha visto uma igual. Á primeira vista pareceu-me dt50.
    Estime-a tem um belo exemplar.;)
     
  3. Parabéns!! É uma bela Yamaha!:D
     
  4. Isso é mota de guerra, tipo pilhas duracell: dura e dura e dura...

    Parabéns, está em muito bom estado e esse modelo é de facto raro.

    Cumprimentos! ;)
     
  5. Parabéns!! A DT está muito fixe...
     
  6. Eu ja cheguei a ter um 50, que tratamento lhe dava... Aquilo não partia... Só partiu uma vez o apoio dos pés do pendura de um dos lados depois de uma pequena queda :D Bons tempos...

    Parabéns pela mota, tem ai coisa para durar muitos muitos anos...

    cumprimentos.
     
  7. Bela moto.Talves arranje os documentos de uma igual.Abraço
     
  8. Parabens pela maquina!

    Essa so para se um dia por acaso a bomba do autolube deixar de funcionar...


    Conheço alguns casos que griparam porque a bomba deixou de funcionar e não metia oleo. Uma hipotese para evitar isso (e que muitos adoptam por percaução) é fazer a mistura directa no deposito ;)

    Eu já tive mais que uma DTR (mais recentes) e apenas juntava mais um pouco de oleo no deposito. No caso da bomba não funcionar a gasolina já tinha la uma ajudinha para evitar o pior...Fazia mais um pouco de fumo, mas ao menos andava mais tranquilo :feliz:

    Boa sorte com a Dt!
     
  9. Eu tenho a versão anterior a AC, DT 125 anos 80
     
  10. Queima lâmpadas (de trás) porque quando passas de máximos para médios, o farolim traseiro leva momentaneamente com toda a potência e a de 6v não aguenta. Para não queimar lâmpadas, põe de 12 volts- como a bateria é de 6, fica luz ligeiramente mais fraca mas NUNCA mais rebenta. Boas curvas!
     
  11. Muito bonita. Essas motos eram uma versão "low cost" da DT125LC (pré-YPVS) e eram montadas em Portugal pela S.I.S.

    Já não via uma à uns anitos...
     
  12. Olá,

    Tenho uma DT 125 AC Vermelha, de 1985. A mota está na família desde 1988. Para mim, e para os meus dois irmão a mota é um fascínio.
    Vivi até aos 20 anos numa aldeia da serra da estrela, Lapa dos Dinheiros, Seia, com altitudes que vão dos 400 aos 1600 metros de altitude dentro do perímetro da freguesia. Portanto podem imaginar até onde é que a DT foi explorada. A ideia que tinhamos era de que não havia limites para a bichinha. Só mesmo os da física.
    Actualmente a mota está completamente restaurada e dou umas voltas com ela de vez em quando.

    Eduardo, Parede, Lisboa
     
  13. a DT 125 AC é de facto uma boa máquina.
    Tive de guardar a minha na arrecadação, já por duas vezes me fanaram o carburador na rua.
    Agora decidi que enquanto não tiver garagem fica guardada...
     
  14. Boas

    Tenho uma exactamente igual só que em tons de vermelho e muito mais maltratada.

    Excelente material


    Tenho que arranjar tempo para a restaurar.

    Crumpimentos
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página