Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Um ano a olhar para o lado

Tópico em 'Clássicos na Net - Multimédia' iniciado por Mike Silva, 20 Jan 2009.

Tópico em 'Clássicos na Net - Multimédia' iniciado por Mike Silva, 20 Jan 2009.

  1. Olhamos pouco para o lado!

    Normalmente, costumamos olhar para cima, para baixo, mas raramente para o lado. E por isso deixamos coisas ,precisamente,passarem-nos ao lado_O Sala das Máquinas, faz esta semana o seu primeiro aniversário.
    Há precisamente um ano, desisiti de olhar as coisas pelos olhos dos outros, e partir á descoberta de máquinas que genuinamente me interessam, sem me importar muito com que as outras pessoas possam gostar ou desgostar.

    Caí nesse erro, adquirindo carros cujas cabeças abanariam em aprovação lá para os lados da Quinta da Terrugem ou num qualquer "Pedras". Mas retirei tanto prazer de condução como se estivesse estado internado com uma perna em gesso. Tenho tantas Histórias interessantes para contar com esses carros, que mais vale dar-vos a lista telefónica para ler. Fui atrás do " Esses carros são bons", ditos pela quadrilha do sapatinho engraxadinho que almoça em grupos nos encontros, destacando-se da "multidão" que trouxe para ali Minis e Carochas, sem se saber muito bem porquê.

    Os anúncios de encontros de clássicos, onde figuram relíquias como Armstrong Siddeley ou Bugattis Atalante, sempre me preocuparam um pouco. " XIX Grande Encontro de automóveis antigos de Alguidares de cima"...E no anuncio, um Isotta Franchinni, ou um Hispano-Suiza. Temo encontrar um "desses", que seja logo convidado para a mesa da "organização" e deixe a malta dos "carochas" a falar sozinhos...

    Possuir um Clássico, ( O termo "antigo", é para os incautos pouco esclarecidos nestas coisas...) na minha humilde opinião, tem de ser por causa das sensações que ele nos proporciona. Não achei graça nenhuma percorrer 50 KM em Hora e meia, olhando pelo espelho sempre à espera de ser abalroado, só para poder aparecer na "Caras" , ou numa peça de reportagem fatela no Telejornal, onde metem sempre música dos anos 20 a ilustrar a peça ....Mesmo que apareçam Datsuns 120Y ou Carochas. ( Metam Joe Satriani e AC-DC,caraças. Ou Sigur Ros!)

    Nem achei graça nenhuma, ter gasto 20 Contos para ir a Birmingham e vir, ( 140 KM), e depois ter de mandar vir um elevador de vidros ( Em segunda mão) que custava 100 contos. Não! Quero um clássico que possa usufruir, encher de sal por baixo e ervas, dar uns encontrões no supermercado, e percorrer o Mundo! Não quero um vaso da dinastia Ming para ter na sala, sempre a passar-lhe um paninho! Não trabalho num Museu.

    Para terminar, se eu mandasse, os AX,BX,ZX,CX, e tudo com X iam todos para a Siderurgia, juntamente com os MGB e os Passat de injector-bomba. E os Rover série K.E os Ibiza de dois lugares. E mais uns que não me lembra agora. A indústria precisa urgentemente de matéria prima para fazer latas de salsichas.

    Paciencia: Não posso agradar a todos com o que escrevo, e não espero receber cartões de Natal de toda a gente. Vou continuar a escrever o que penso sobre carros, porque não sei fazer mais nada. Portanto não se macem. Cada um tem a sua opinião. Se fosse para estar aqui a abanar a cabeça uns com os outros a dizer que este carro é bom, e aquele também, não valia pena, não é verdade?

    Cumprimentos aos participantes deste forum que debatem o tema dos automóveis clássicos de espírito aberto. E visitem "mais do mesmo", em

    www.saladasmaquinas.blogspot.com
     
  2. Quem fála assim não é gago :)
     
  3. Parabens ao "sala das maquinas e ao seu criador!:D
     
  4. Sinceramente um tópico bem dado Sr Mike;)
    Concordo grande parte com as suas palavras:D:gear_wink2:
     
  5. Parabens pelo aniversário da 1ª instituição de crítica em português dentro do mundo dos clássicos... Creio não estar enganado quanto a ser mesmo a 1ª, embora a sala das máquinas não se resuma só à critica...

    Sou um admirador deste teu estilo sarcástico sem papas na língua... Não implica que concorde a 100% com as tuas perspectivas, mas que as consegues expressar mt bem disso não há dúvida.

    Deixemos as "florzinhas de cheiro" do mundo dos clássicos com os seus respectivos "não me toques", e quando estes fazem questão de as expor (já que não servem para mais nada), a malta só para os irritar enche-os de dedadas, de preferência com as mãos sujas de óleo dos nossos clássicos plebeus...:huh:

    Venham muitos mais aniversários da sala das máquinas... Parabéns Mike...
     
  6. Eu simplesmente adoro o seu trabalho Mike mas como não tenho palavras nem conhecimento suficiente para me exprimir,contento-me a ver e ficar maravilhado com o seus comentários sempre directos,expressivos,realistas e sobretudo muito justos do qual este último é o que mais prezo.
    Só desejo que continue assim com essa sua personalidade, da qual respeito muito.
     
  7. Um ano a ouvir algumas verdades...

    cumprimentos.
     
  8. Parabéns pela trabalho que tens realizado no teu blog.

    Apesar de já ter sido visado por uma das tuas críticas, (tenho um ibiza de 2 lugares) sei ouvir e encaixar o que escreves.
    É sempre agradável ler os teus textos, pois são sempre escritos com humor e muito bem construídos.

    Um abraço
     
  9. Parabéns pelo 1º aniversário, que venham muitos, aniversários e sarcasmos (também sou visado, Rover 416 SLi 16V Tourer)
     
  10. Obrigado pelo vosso feedback, e embora não pareça, gosto de ouvir as opiniões boas e más acerca do que escrevo, de modo a adaptar a minha aboradagem.

    A minha realidade do dia-a-dia, é feliz ou infelizmente inglesa por circunstancias da vida, e as pessoas com o seu respectivo estado de espírito com que lido no dia-a-dia, são evidentemente diferentes das que lidava quando estava em Portugal. Viver num País onde existe por exemplo um clube de betoneiras, e um "Classic car gay club", é uma experiencia sem dúvida diferente que nos molda a visão do Mundo que nos rodeia.

    Apesar de saber que vou provocar um choque frontal com alguns dos meus amigos que têm uma visão diferente da minha, infelizmente o sentimento que me empurra para o teclado, metralhado a uma cadência impressionante que não consegue debitar capazmente a avalanche de palavras que jorra da minha cabeça, é mais forte do que eu.

    Tenho apenas uma preocupação em mente quando escrevo, que é a de não cair na resposta despeitada fácil, nem faltar ao respeito ( Tás mas é com inveja,ò palerma!), de quem já não tem argumentos válidos para apresentar, e a de trazer para a praça assuntos que as pessoas não têm a tendência para discutir.

    Vivo bem com os pontos fracos, e não me importo que desanquem em alguns dos meus gostos motorizados pouco comuns, pois sinto-me confortável com eles. ( Autocarros e tanques de guerra,por exemplo) Espero que os meus amigos não percam a capacidade de rirem de si próprios, um sinal de inteligência de que eu por exemplo não prescindo. Só quem teve um Matiz sabe o que é ser permanentemente achincalhado.( Moto 4,"mata-velhos" etc) Mas aprendi a rir, e a conseguir ver para além da floresta...

    Obrigado pela vossa opinião, e por favor não hesitem em dizer o que vos vai na alma, se isso contribuir para que todos possamos evoluir e abrir o nosso pensamento.

    Cumprimentos, e não percam o ultimo artigo sobre o melhor veículo do Mundo :

    www.saladasmaquinas.blogspot.com
     
  11. Mike qualquer dia tem de nos presentear com uma biografia sua. Apesar de não concordar com algumas coisas que escreve (só algumas, não muitas), adoro ler os seus textos. Revestem-se de um tom descontraído, agradável e que revela a opinião de uma pessoa que tem todo o direito de a manifestar.
     
  12. cada vez mais aprecio os seus textos.
    nunca desista de escrever, pois são pessoas como o Mike que conseguem lutar contra a maré e fazer com que a vida seja tudo menos rotina. costumo comprar a topos e clássicos e dou sempre uma vista de olhos as imagens na rubrica "Inglaterra" e acho fantástico como consegue passar por tantas aventuras e abordar tantos e tão variados assuntos, no qual dou o exemplo das que mais me marcaram: o "festival of speed" e o "super sentinel de 1924"...
    que inveja:D
    volta e meia vou a "casa das maquinas" ver os seus textos e tenho reparado que muitas vezes gosta de comparar Portugal com outros países, e encontro situações que para nos são completamente banais e se calhar para alguém que vive em UK ou em qualquer outro país dava tudo para ter o mesmo que nós.
    os meus sinceros parabéns pelo seu trabalho, principalmente pela "casa das maquinas" e que continue por muitos e longos anos...
    abraços
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página