Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

(Tutorial) O Que É Um Relé E Como Funciona

Tópico em 'Sistemas Eléctricos' iniciado por Eduardo Relvas, 15 Abr 2008.

Tópico em 'Sistemas Eléctricos' iniciado por Eduardo Relvas, 15 Abr 2008.

  1. (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Olá a todos,

    Demorei um bocado mas aqui fica este pequeno tutorial que prometi.

    Automotive_Relays.jpg

    Uma das armas mas interessantes das instalações eléctricas dos automóveis (e não só) é o relé, porque permite fazer a "ponte" entre circuitos muito diferentes.

    relay-intro.jpg

    Basicamente, um relé é um interruptor actuado electricamente. Ou seja, tem um circuito de comando (ou primário), que quando alimentado por uma corrente, acciona um electroíman (a bobine da figura acima) que faz mudar de posição outro par de contactos (as lâminas na parte de cima) ligados a um outro circuito (circuito secundário ou comandado).

    Vamos então tentar esclarecer melhor para que servem estes "cubinhos", com formas tão variadas:

    [​IMG]

    A grande vantagem do uso dos relés é que permite controlar circuitos de grande consumo, que exigem uma grande potência, através de sinais fracos, porque enquanto os platinados do relé podem suportar grandes correntes, o circuito de comando exige um sinal muito fraco.

    Uma das aplicações mais vulgares nos clássicos é na modificação das lâmpadas dos faróis dianteiros para a versão de halogéneo, mais potentes e muito mais eficazes que as antigas. Mas a potência extra destas lâmpadas sobrecarregaria o comando das luzes do carro, já de si velhinho e desenhado para uma corrente inferior.

    Assim, a solução é integrar um relé no circuito. O comando das luzes passa a ligar apenas o relé, com um sinal bastante mais fraco, logo perfeitamente seguro para o comando, e o relé encarrega-se de enviar o "sumo" mais concentrado para os faróis.

    Aqui vemos um esquema simplificado de como a instalação ficaria:

    headlight-relays.gif

    Como podem ver, a corrente para os faróis passa a vir directamente da bateria (convém utilizar uns fusíveis na linha para protecção), enquanto os platinados do comando de luzes passam agora a alimentar apenas o pequeno relé. Os relés a usar nesta situação seriam relés simples, normalmente desligados, de 12 V.

    Estas designações todas pretendem esclarecer que existe uma grande diversidade de relés disponíveis. A maioria são interruptores simples, e normalmente desligados. Isto quer dizer que quando o relé não recebe corrente no circuito de comando, não passa corrente no circuito comandado. São os utilizados no esquema acima, e na maioria dos controles comuns. Outro exemplo de onde são muito utilizados é no comando das ventoínhas eléctricas dos radiadores, porque o interruptor termostático tem pouca capacidade de condução e assim o relé encarrega-se da "carga pesada".

    O relé normalmente ligado (ao contrário, está ligado e quando recebe corrente desliga) encontra-se normalmente nalgumas instalações para por exemplo assinalar a existência de corrente gerada (quando o alternador produz carga, o relé corta a corrente para o circuito da luz de aviso de falta de carga).

    Outros relés usuais nos automóveis são os relés de pisca (vulgarmente designados de intermitentes) e os temporizados que comandam as resistências de pré-aquecimento nos motores diesel.

    Existe ainda outro tipo de relé relativamente comum que comuta a corrente entre duas saídas diferentes. Um exemplo de como isto pode ser útil para nós posso dar na primeira pessoa, pois instalei um no meu Spider para controlar a bomba de gasolina eléctrica.

    Basicamente, o que eu receava era que a bomba pudesse continuar a deitar gasolina numa situação anormal (tubo cortado, acidente, etc), por isso queria ter um controlo de segurança. O que fiz foi simplesmente utilizar um relé de comutação controlado pelo circuito da luz avisadora da pressão de óleo.

    O circuito principal passou então a funcionar apenas quando o motor tem pressão de óleo, e quando não tem alimenta um interruptor de pressão que me permite atestar o carburador quando o carro esteve parado algum tempo e a gasolina da cuba evapora. Assim a bomba só trabalha directamente com o motor em funcionamento, mas se precisar de um toquezinho antes de o motor pegar, posso fazê-lo fácil e convenientemente.

    Espero que isto ajude alguém, se tiverem alguma dúvida ponham aqui e eu esclarecerei.

    Um abraço a todos!
     
    Vitor Dinis Reis gostou disto.
  2. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Muito bem,não sei se o conceito esta completamente certo,pois de eletrecidade percebo pouco.
    É de louvar a iniciativa.
     
  3. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    mto bem...gostei.
     
  4. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Quem sabe, sabe!

    Excelente explicação. ;)
     
  5. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Um pequeno pormenor que me esqueci:

    Não precisam de comprar relés novos, chegam a qualquer sucata e apanhem uma mão cheia deles num carro moderno qualquer, junto ao quadro dos fusíveis há-de haver uns quantos. É isso que eu tenho feito, e tenho um stock imenso... :D

    Como o relé em si é bastante simples e está fechado numa caixinha selada, é altamente fiável, pelo que muitas vezes funciona na perfeição durante décadas sem problemas.

    A maioria são dos normalmente desligados, e mesmo que não sejam muitas vezes têm o diagrama do seu circuito interno desenhado na caixa, pelo que facilmente se deduz de que tipo são.

    Um abraço a todos!
     
  6. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Parabens pelo Tutorial e obrigado pelo que me toca...
    São sempre bem vindas ajudas deste genero !
     
  7. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Obrigado Eduardo pela tua inciativa.

    Muito bom tópico.

    Abraço
     
  8. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Muito bom Eduardo :feliz:
     
  9. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Um trabalho muito interessante e esclarecedor, mesmo para os amadores e onde os profissionais não deixaram de se elucidar e melhor entender o seu funcionalmente.
     
  10. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Parabéns Eduardo pelo excelente trabalho! e obrigado pela partilha..;)
     
  11. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    isto é chines?:D
    desculpem, sou um novato nestas andanças o_O
     
  12. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    O tópico está muito interessante e explica numa linguagem muito acessível o funcionamento de um relé. 5 estrelas!
     
  13. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Mais algumas achegas:

    Este é o aspecto típico das tomadas na traseira de um relé:

    1098relay.jpg

    E isto é o que cada uma delas representa:

    rele.jpg

    Reparem que as saídas podem ser separadas (no caso dos relés de comutação), mas normalmente estão juntas, pelo que há passagem de sinal entre os terminais 87. Em caso de dúvida, deve-se testar com um multímetro.

    Agora aqui fica outra aplicação que já usei em vários clássicos meus (e de amigos). Como a maioria dos nossos clássicos não tem circuito de luzes de emergência (4 piscas), esta é uma forma simples de os passar a ter:

    scheme.jpg

    Como basicamente o comutador dos piscas do carro é apenas um interruptor com uma entrada e duas saídas diferentes, basta arranjar uma bifurcação tanto do fio de entrada como das duas saídas (identificando previamente cada um dos fios com o esquema eléctrico do carro, obviamente), e ligá-las como se indica no esquema. Os relés devem obviamente ser os dois do tipo normalmente desligado.

    A tomada de corrente para activar os relés pode ser tomada de qualquer circuito protegido, basta ir buscar a uma saída do quadro de fusíveis, porque o consumo dos relés é insignificante, logo não sobrecarregará o circuito. O interruptor deixa-se montado numa posição conveniente, e os relés podem ficar escondidos dentro do tablier, consola ou afins. É um acrescento simples mas que dá jeito, especialmente quando conduzimos os nossos clássicos com frequência.

    Se tiverem alguma questão ou dúvida, basta dizer... ;)

    Um abraço a todos!
     
  14. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Boas Sr.º Eduardo Relvas, antes de mais um muito obrigado pela sua completa explicação sobre relés. No meu 2002 tenho uma bomba electrica de combustivel Facet a alimentar dois Weber DCOE 40, no entanto é apenas controlada por um regulador de pressão King, nunca se desligando, receando que a bomba possa continuar a deitar gasolina numa situação anormal, faria o favor de divulgar num esquema como fez no seu Alfa para a bomba de gasolina ficar a funcionar apenas quando o motor tem pressão de óleo, e quando não tem alimenta um interruptor de pressão que me permite atestar os carburadores quando o carro esteve parado algum tempo e a gasolina das cubas se evapora. Assim a bomba só trabalha directamente com o motor em funcionamento, mas se precisar, levar um toquezinho antes de o motor pegar. Peço-lho que o faça num esquema simples visto os meus conhecimentos de electricidade automovel serem muito diminutos. Muito obrigado e até breve. Boas curvas.
     
  15. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Caro amigo,

    Aqui fica um esquema. Aproveitei um esquema que encontrei na internet com o interior de um relé de comutação, ou seja, que faz a tal comutação entre duas saídas (as 87 e 87a).

    Basicamente interrompe-se o fio que liga a massa da luz de pressão mínima ao sensor no bloco, e insere-se o circuito de comando do relé nessa linha. O circuito de aviso é simplesmente uma lâmpada que recebe corrente do comutador da ignição, e acende quando o sensor no bloco do motor está ligado (motor sem pressão de óleo), este sensor desliga quando o motor tem pressão e o circuito fica interrompido.

    Assim, quando a chave está ligada e não há pressão de óleo (circuito fechado), o relé está ligado e só passa corrente para o interruptor de pressão para atesto. Quando passa a haver pressão, o sensor no bloco deixa de passar corrente e o relé desliga, deixando a bomba em alimentação directa.

    Como quando a chave está desligada o circuito de aviso da pressão mínima não recebe corrente para dar o sinal de aviso, o relé não liga, logo a alimentação fica em passagem directa, é por esta razão que a corrente de alimentação convém ser tomada através do interruptor de ignição ou um interruptor de segurança suplementar (ou idealmente ambos) que permita cortar a corrente ao circuito quando o carro está imobilizado, até pode servir o papel de um imobilizador rudimentar.

    Espero que isto ajude... Um abraço!

    P.S.: O meu Spider é um Fiat 124, não um Alfa... ;)
     

    Ficheiros Anexados:

  16. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Boas. Sr.º Eduardo Relvas venho desta forma agradecer-lhe a disponibilidade e celeridade com que me ajudou, já há algum tempo que andava para fazer este "upgrade" no 2002 mas ainda não tinha surgido oportunidade nem o "how to", e a sua contribuição foi de bastante importancia. Perdoo-me pela minha gafe em relação ao seu Fiat. Muito obrigado e boas curvas.
     
  17. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Caro amigo,

    Não tem nada que agradecer, é um prazer ajudar e partilhar estes conhecimentos.

    Quanto ao Fiat, não tem qualquer problema, fique descansado... ;)

    Um abraço!
     
  18. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Estive aqui a ler e reler este tutorial dos relés e está de facto muito bom. No entanto para quem percebe pouco de electricidade automóvel há sempre umas dúvidas que ficam...

    Pegando num exemplo concreto, vou expôr então a minha dúvida:

    O meu Mini utiliza nos faróis lâmpadas R2 12V 45W/40W com base ou casquilho P45T. Para uma utilização nocturna em ambientes menos iluminados estas lâmpadas são claramente insuficientes. A solução passaria pela utilização de umas lâmpadas H5, que utilizam a mesma base e se adaptam perfeitamente às ópticas. A minha dúvida tem a ver se com o "upgrade" para umas lâmpadas H5 12V 55W/60W é pacífica sem a utilização do circuito paralelo com relé, ou para qualquer incremento de potência nas lâmpadas é recomendável a sua utilização?
    Tenho a mesma dúvida para as lâmpadas dos manómetros, originais de 2.2W e eventualmente alterar para 5W (apesar destas lâmpadas não serem muito fáceis de arranjar).
    Agradeço desde já a atenção dada.

    Cumprimentos! ;)
     
  19. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Caro amigo,

    O funcionamento das luzes é sempre beneficiado pela presença do relé pois o elemento mais fraco no circuito é o comutador de luzes, e também aquele que é mais passível de criar resistência à passagem da corrente, por isso até é possível que as luzes fiquem mais fortes pela simples instalação do relé para evitar que a corrente que alimenta os faróis passe no comutador.

    De qualquer forma, o upgrade para as lâmpadas de halogéneo sem dúvida obriga à introdução de relés no circuito, pois a corrente exigida por estas lâmpadas versus as originais de incandescência é bastante mais intensa e corre-se o sério risco de derreter os platinados de contacto do comutador de luzes (já me aconteceu a mim justamente com as 55/60 no meu 127, que também usava as 40/45 de origem).

    Quanto às luzes dos manómetros, o problema é mais uma questão de calor, pois lâmpadas mais potentes dissipam mais calor, o que pode gerar problemas graves. A opção mais razoável seriam LED's de alta intensidade, mas não sei até que ponto seria viável e fácil a sua montagem... no entanto, querendo substituir as lâmpadas pelas de 5w, seria definitivamente recomendável a utilização do relé, mas acima de tudo recomendo é testar bem a montagem para ter a certeza que nada sobreaquece em funcionamento.

    Um abraço!
     
  20. Re: (Tutorial) O que é um relé e como funciona

    Isto realmente quem sabe... sabe!:idea:

    Muito obrigado pelo excelente (e rápido) esclarecimento.

    E já agora, não querendo abusar, seguindo o esquema que deixou na página anterior, não há uma alternativa viável para ir buscar a corrente para a entrada dos relés (entrada "30") sem ser directamente da bateria? É que o facto dos Mini's terem a bateria na mala não torna muito prático puxar de lá um fio (ou dois, sendo para dois relés) até cá à frente para a vizinhança dos faróis. Não é que o carro seja muito comprido, mas havendo uma alternativa viável... :biggrin:

    Cumprimentos! ;)
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página