Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Tudo sobre a história dos Renault 5 produzidos em Portugal

Tópico em 'História e Cultura' iniciado por Pedro E Silva, 26 Abr 2011.

Tópico em 'História e Cultura' iniciado por Pedro E Silva, 26 Abr 2011.

  1. Este tópico serve para partilhar informação relativa aos Renaults 5 comercializados em Portugal (cronologia, pormenores, diferenças e semelhanças com as versões estrangeiras).

    Pretendo ir construindo um documento informativo sobre estes carros e, quando concluido, publicar aqui para todos.


    Peço que se vão publicando e debatendo as informações por ordem cronológica.
     
  2. Para começar importa saber a data do início do R5 em Portugal.
    Segundo sei, em França foi em 28 de Janeiro de 1972 com os modelos L e TL. Corrijam-me se estiver errado.
    O R5 português mais antigo que conheço é de 1973 e é um C. Será o primeiro ano em Portugal?
     
  3. Aqui fica um pouco da história do Renault 5 em Portugal,

    Na semana passada (em Abril) em ante-apresentação em Portugal, foi dada oportunidade aos órgãos de informação de uma primeira tomada de contacto com o mais recente produto da régie Renault, o R5. No entanto será no próximo dia 15 de maio, durante a primeira convenção das industrias lusitanas Renault, que os agentes e concessionários poderão dispor das primeiras unidades a eles destinadas e será "dada a partida" para a campanha de lançamento deste modelo que já se encontra nos mercados de França (evidentemente), Espanha, Itália, Inglaterra e Alemanha. De vocação essencialmente citadina, o Renault 5 é um dos mais válidos concorrentes no mercado das pequenas cilindradas, entre os "mini" de mil centímetros cúbicos de cilindrada, uma classe que se tem alargado consideravelmente nos últimos anos devido a um crescente interesse manifestado pelos principais construtores europeus, que assim procuram fazer frente aos pequenos carros Japoneses. Mas as pretensões do Renault 5 não se limitam a uma utilização citadina, tendo sido estudado para corresponder igualmente às solicitações de um emprego de "longo e médio curso". Estas características mistas ficaram bem patentes no curto percurso para a experiência dos automóveis por parte dos elementos da informação convidados para a ante apresentação, revelando-se sempre muito manejável e de condução simples, muito equilibrado como seria de esperar de um modelo compacto como é o R5. No referente a linhas, o R5 mantêm a originalidade que tem sido característica em todos os produtos da Renault. De aspecto agradável, chama a atenção da inexistência dos para-choques tradicionais, preteridos em favor dos para-choques em "Polyester" capazes de absorver sem qualquer deformação, choques entre os 7 km/h e sem que a carroçaria seja afectada, apesar da deformação do "Polyester", choques até 15 km/h. A carroçaria foi estudada também de modo a permitir uma grande funcionalidade de utilização que se revela pela grande habitabilidade e pelas possibilidades oferecidas pela terceira porta a que se junta a grande capacidade de arrumação de bagagens uma vez dobrado o banco de trás. A suspensão de rodas independentes e os travões dianteiros de disco são factores de segurança que convém não menosprezar, sobretudo se considerarmos que o primeiro factor é essencial para obtenção de uma excelente estabilidade, a que também não é estranha a tracção à frente. Embora o preço não esteja ainda homologado, deverá rondar os oitenta mil escudos, e a comercialização será feita rapidamente pois o Renault 5 está já a ser montado em Portugal.

    Carateristicas técnicas: Potência Fiscal - 5cv
    Cilindrada - 956cc
    Velocidade - 135 km/h

    In Revista Motor, Nº7 - 4 de Maio de 1973

    -------------------------------------------------------------------------------------

    Tenho vários manuais do Renault 5, um deles datado de Janeiro de 1973 em Português,

    7701435985
    NE 259
    Edição portuguesa
    Janeiro de 1973
     
  4. Mas então podemos afirmar que o primeiro R5 comercializado em Portugal o terá sido em Maio de 1973?

    Obrigado por esse precioso excerto, João!
     
  5. Bom tópico vou estar atento e se souber algum dado vou informando :D
     
  6. A acreditar pela revista diria que sim, mas se for pelo manual diria que não pois este é de Janeiro de 73:D:gear_wink2:

    De nada, haver se arranjo mais um tempinho para acrescentar algo;)
     
  7. Bom, é uma questão de 4 meses. O manual já podia estar feito 4 meses antes do início da produção e comercialização do carro.

    Ficamos então com a ideia de que foi entre Janeiro e Maio, porém sem uma data concreta.
    Se alguém souber ao certo agradeço a informação.
     
  8. Ah, agora estive a pensar e... a ante-apresentação foi em Abril (segundo a publicação), logo já tinham sido fabricados anteriormente para estarem prontos nessa data. Assim sendo, justifica-se a disparidade entre a data do catálogo e a da data anunciada de início de comercialização.


    Concluo que o primeiro Renault 5 produzido em Portugal o foi em Janeiro de 1973 e o início da comercialização foi em 15 de Maio do mesmo ano.

    Sabendo agora estas datas importa saber qual o modelo(s) disponivel(eis) nesse momento. Calculo que tenha sido apenas o "C" (R1242).

    Peço que confirmem ou que me corrijam, caso esteja errado.
     
  9. O "R1242" foi fabricado entre 1972 a 1980 (TL Fasa, penso que seja o 5C Português ou o Espanhol, pois Fasa é a montagem Espanhola, não referem os ILR :wacko:)
    foram produzidos 191.966 exemplares.
     
  10. Mas será que o R1224 foi o primeiro comercializado em Portugal? E, se o foi, foi o conhecido "C"?
     
  11. Lembrei-me de algo que também não sei ao certo e é importante. Os Renault 5 comercializados em Portugal foram todos (ou pelo menos os primeiros) montados cá?
     
  12. R1224?

    É o "LS/TS" com 1289 de cilindrada por isso não pode ser o 5C que só tem 956cm3.
     
  13. Os primeiros penso que sim, mas não tenho certezas, pois havia as Industrias Lusitanas Renault a laborar na Guarda (I.L.R), penso que depois em meados de 80 já eram montados em França.
     
  14. Enganei-me. Queria dizer 1242, como os nossos.
     
  15. Pela informação que tenho é que na altura da apresentação aos media, os 2 R5´s (1 cor de laranja e outro branco), vieram de França ;)

    Quem poderia esclarecer isto é a Renault Portuguesa;)
     
  16. Os Renault 5 foram montados sempre em Portugal, basta ver pelos assentos molaflex (isto nos anos 80´s);)
     
  17. Os Renault 5 foram montados sempre em Portugal, basta ver pelos assentos molaflex (isto nos anos 80´;)

    E digo vos mais que os R5 TX também eram montados em Portugal;)

    Os Alpines Turbos é que não acho terem sido feitos por cá B)
     
  18. O 1222 é identico ao 1242, agora saber precisamente se este 2 foram montados cá não sei, mas que se vê alguns 1242 em Portugal, vê se ;)
     
  19. Já pensei contacta-los. Não sei é se darão importância a isto.
     
  20. Em 80's até devem ter começado a ser montados também na fábrica de Cacia, pois foi nessa década que esta arrancou.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página