Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Topos e Classicos Nº 89 Setembro 2008

Tópico em 'Imprensa e Publicações' iniciado por Vitor M G Lopes, 30 Ago 2008.

Tópico em 'Imprensa e Publicações' iniciado por Vitor M G Lopes, 30 Ago 2008.

  1. Topos e Classicos de Setembro (em final de Agosto) fresquinha...

    De louvar o retorno das fichas tecnica de afinação (pag. 92;93) desta vez da Citroen Ami 6, isto sim é muito util.

    Artigos interessantes alem de varios encontros e passeios, documentario sobre o 41º circuito de Vila Real, o 14º Internationales Kafertreffen (festa em Wolfsburg acerca do 70º aniversario do carocha), reportagem do Miguel Martins em Goodwod Festival of Speed 2008, Le mans Classic 2008 (3 artigos), e um resumo sobre a historia da GM.
    Suplemento sobre o Autoclássico.

    Resumo, muito para ler, esta revista melhorou um pouco a meu ver...

    A encardenação esta boa....
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Também já cá mora.... eheheheheheh!!!!:D:D:D
     
  3. vou ver se a consigo comprar hoje!
     
  4. Já cá está em casa!!
     
  5. De louvar é a extensa referência à concentração de quase uma centena de clássicos do Portal na Póvoa de Varzim....

    Continuo a dizer que são todos uns facciosos e chupistas... já para não falar em centralistas....

    Concentrações de bicicletas onde o Judas perdeu as botas, merece umas quantas páginas... mas Rolls Royces, Corvettes, Escorts BDA, Jaguars, Porsches (e claro Mokes) à beira mar... nem vale a pena mencionar....

    Ainda há pessoal que os defende.... e lhes dá de comer...
     

  6. é por isso que eu nao as compro;)
     
  7. Epa....oh malta ok,ok eu sei a que se referem e lamento, mas é mesmo assim, existe liberdade de imprensa...cada um publica o que quer.
    E volto a dizer só compra quem quer, eu prefiro comprar as revistas pois não fumo. Mesmo com referencias a este ou aquele encontro de alguma malta porreira afinal nem passo bola as paginas dos encontros, isso é só jet7 do mundo automovel e eu nem estou ai para eles....fazem-me lembrar os Teixeiras da Cunha e as "Tias" de Cascais...

    Eu gosto é dos arquivos que descrevi, por mim a revista pode começar a perder as primeira 8 a 10 paginas....lol
     


  8. concordo contigo!! cada um compra o que quer e cada um escreve o que quer!! se assim nao fosse a vida era uma chatice tudo a consumir os mesmos produtos... como diz o velho ditado " gostos nao se discutem" :D :D :D

    saudações
     
  9. Bem observado Riicardo

    Eu não so por esse tipo de atitudes , mas também pela notoria quebra de qualidade nos artigos deixei de comprar a dita...


    Cumps
    FS
     
  10. se calhar sai nos próximos meses..


    os artigos dos encontros de motos/carros que se realizam em famalicao, só 2 ou 3 eses depois é que aparecem na revista..

    por ex. o rali do clube foi em junho e só saiu na revista de setembro..
     
  11. Não diria melhor, Ricardo!
     
  12. Enfim, e que hei-de pensar eu... o_O É triste.

    cumprimentos.
     
  13. :p
    Sinceramente...
    Estou farto de Rolls Royces, Corvettes, Escorts BDA, Jaguars e Porsches! Não há revista que não faça artigos sobre carros de "Teixeiras da Cunha".
    Bicicletas que mobilizaram o povo em locais ermos tem todo o direito de ser referenciadas, e felizmente há quem as referencie!
    Mas esta é apenas a minha opinião tão valida como as anteriores.:huh:
     
  14. Dêem lá algum crédito aos homens, vá lá!!! Voçês já estão cansados de saber que isto funciona na base do dinheiro!!! Os ricaços têm dinheiro para mandar decapar os parafusos da matrícula, logo aparecem em todas as revistas! A maior parte de nós, que vai restaurando á medida que pode e, ás vezes, até fica um bocadito mais "mal acabado" não tem direito a 4 ou 5 páginas! Vá lá se juntarmos umas boas dezenas, a gente tenha direito a um quadradinho numa página... Isto infelizmente funciona assim!!!
    Por exemplo, chego a ter desprezo por esses ricaços que fazem esse tipo de restauro! Vê-se perfeitamente que não é pelo prazer de disfrutar do carro! É apenas para mostrar!
    Quem pega num carro, vai restaurando e usufruindo ao mesmo tempo, é que mereçe uma ovação em pé!!! Esses é que cá andam por amor á camisola....
     
  15. Hoje tive com as duas na mao a motor classico e esta a topos ...
    Começo a desfolhar penso que na motor classico e aparece uma coisa muito gira - tipo o melhor e o pior de cada carro. entretanto tinha la um golf 1 cabrio a dizer que o pior era a motorização, pois o motor GTI so tinha sido lançado no hatchback e que o cabrio ficava a pecar pela falta de alma ....Grande ERRO
    Para quem nao sabe foram equipados com a mesma motorizaçao dos GTI, tanto 1.6 como 1.8 passando a ser designados por GLI.
    Se ainda fosse um carro raro, agora um golf, basta uma simples pesquisa no google e sabem logo as versoes e as motorizaçoes correctas

    abraço

    jose guimaraes
     
  16. Relamente tem boa solução, começa a comprar por 1 euro a "Velharias e Bicicletas" e deixa de dar o preço que pedem pela "Topos e Clássicos". Assim sempre pode ler a matérias mais adequadas ao preço de capa e ao seu gosto.

    É que a falta de qualidade da revista (e o interesse no dinheiro que metem ao bolso) já desceu à falta de respeito pelas pessoas.

    Será que a meia dúzia de proprietários de Indians têm mais peso na revista que os 50 ou 60 membros do portal que apareceram na Póvoa?

    Vejo que a sua opinião acaba por legitimar este tipo de atitudes e acaba por viabilizar este tipo de publicação.
     
  17. Pessoalmente não dou essa importância às referidas publicações, acho que nós nos encontramos, seja na Póvoa do Varzim seja em Ílhavo, ou no Cais de Gaia, porque gostamos dos nossos clássicos.

    Pessoalmente sinto-me suficientemente satisfeito com o grau de apreciação que a comunidade Portalista tem dado ao meu clássico, e faço por que todos os membros deste Portal sintam o mesmo relativamente aos seus Clássicos, as revistas serão quando muito um complemento da nossa actividade.

    Não se compara ir a um encontro, ou lêr sobre ele numa qualquer revista, por muitas fotos que essa revista possa ter...
     
  18. Boa tarde,

    Eu, pessoalmente, acho as publicações portuguesas sobre clássicos bastante pobres e ''confusas'', se bem que essa ''confusão'' pode derivar da reduzida dimensão do nosso mercado... Se em Inglaterra, por exemplo, há espaço para vários tipos de publicações, umas sobre clássicos própriamente ditos, outras sobre os ''pratical classics'' (carros antigos mas de grande série, cujo valor hsitórico e patrimonial não os qualifica como clássicos segundo nomeadamente a definição das ''finanças inglesas''), também, possivelmente, haverá revistas sobre motos clássicas, bicicletas antigas, miniaturas, etc, etc...

    Nós por cá, devido á reduzida dimensão do mercado e talvez também a alguma confusão editorial, temos tudo á mistura... Talvez daqui a alguns anos as nossas revistas também venham a cobrir desde o Rolls Royce ao skate e aos patins em linha quando estes ultimos tiverem mais de 25 anos...

    A unica solução que me parece viavel é, para quem o possa fazer, comprar revistas estranjeiras de qualidade e focadas no segmento que pertendemos Inglesas ou outras (há algumas espanholas bastante focadas em clássicos) e ''ir comprando'' as portuguesas para ver o que se vai passando por cá...

    Tipo comprar o ''Expresso'' para ler as noticias e artigos de fundo e o ''Correio da Manhã'' para consultar os anuncios e a necrologia...

    Cumprimentos a todos,

    Jorge

     
  19. "Teixeiras da Cunha"...

    Eheheh!

    Nem eu faria melhor.

    Quem tem acompanhado as minhas intervenções e crónicas , nomeadamente na revista que estão hoje aqui a falar, sabe que não nutro grande simpatia por movimentos associativos que encaram a fruição de um veículo clássico como uma mera mostra de posição social. Eventos recheados de "tios" a propangadear até á exaustão quanto custaram as suas montadas ( Provavelmente á custa de não pagarem salários aos trabalhadores e a deslocalizarem empresas...),são um mero desperdício de tempo e paciencia. Ao frequentarmos um evento "desses" sentimo-nos tão bem vindos e enquadrados, como irmos vestidos de Sportinguista para o meio campo do Estádio da Luz no intervalo de um jogo.

    Estive a ler os vossos comentários, e a vossa preocupação parece-me genuína. No entanto, a nível estritamente pessoal, posso confidenciar-vos que não é fácil gerir tamanha quantidade de infromação referente a clássicos, principalmente nos meses de verão.

    O critério de escolha, pode sempre ser criticado e debatido, mas infelizmente quando é aplicado, significa sempre que alguém terá de ficar de fora.É justo que tanto o "Tio" do Jaguar de 70 000 contos , que trouxe a filha a guiar um Rolls de 140 000, tenham o mesmo destaque que uma quermesse de Zundapps na província. Ambos contribuem para a difusão da diversidade do veículo clássico.

    Reparem que o meu artigo de Goodwood, apenas foi publicado em Setembro, tendo decorrido em Julho. Acredito que foi justificável, para poder permitir a publicação de outras notícias nacionais.Eu próprio faço a sugestão, sempre que o espaço se torne "apertado". Acho de importancia primordial a divulgação de noticias nacionais.

    A minha participação nesta publicação, entre outras a nível internacional, justificam-se no meu entender, por divulgarem a realidade do panorama dos automoveis clássicos em Inglaterra, um País com forte tradição na produção de ícones do automobilismo, e cuja a indústria e realidade se encontram na vanguarda no que toca ao desenvolvimento de legislação e tecnologia que nos permite continuar a usufruir de um veículo clássico.

    Acredito sinceramente, que todos os eventos do "Portal dos clássicos" sejam alvos de um tratamento condigno sempre que possível, pois este site é uma força incontornável do panorama dos clássicos, e não pode de maneira nenhuma ser desprezado.

    Acho que devem demonstrar a vossa preocupação junto das publicações , pois estas existe sobretudo por causa dos clássicos e das suas actividades, e nunca o contrário.

    Já agora, o termo " Practical Classics", tão em voga no Reino Unido, é uma corrente de pensamento em crescimento que advoga o uso do clássico no dia-a-dia, em vez de os deixar entregues a "Teixeiras da Cunha" e suas garagens com desumificadores.

    www.practicalclassics.co.uk

    Um veículo clássico existe para ser apreciado e conduzido. Para ser usufruido. Não somos arqueólogos nem conservadores de museu. Nem operadores de máquinas de jacto de areia.

    Eu agora conduzo um Standard 10 ferrugento para o trabalho. Alguma coisa contra?

    Cumprimentos .
     
  20. Temos que comer o que nos põe na mesa... é assimo_O
    O adágio popular diz assim :" Temos que estar contentes com o que temos e não com o que não temos.." mais nada:huh:

    Deixam lá esses desgraçados, que por vezes são uns autênticos frustrados, gozar um pouco com os seus pópós de garagem "xpto"...
    Nós temos os nossos com muito sacrifico e lágrimas, mas gozamos mais que eles... ;)

    Enfim, cada um tem aquilo que pode...e siga a dança...B)
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página