Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

tintas para motores

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por daniel cabeceiras, 20 Jul 2010.

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por daniel cabeceiras, 20 Jul 2010.

  1. boas
    ando a arranjar o motor da minha kawasaki 750 e queria aproveitar que esta aberto para o pintar todo( preto).
    agora a questão é qual será a melhor tinta para o pintar que parece igual a de fabrica?
    arranjei uma que supostamente aguenta 650 graus, mas mal lhe passo gasolina ou derivados ela vai-se toda.
    falaram-me de uma tinta americana que era igual as de origem e muito boa (VHT) mas creio que não vendam em portugal
    alguem que tenha pintado motores recomenda alguma coisa?
     
  2. Boas...tinta amerite fica bem nos carters e não sai com gasolina...no cilindro uso aquela em spray acrílica de alta temperatura...amanha posso colocar a marca da de alta temperatura...cumps
     
  3. grande post
    já agora também aguardo por novidades para os restauro do motor da minha casal!

    cumps
     
  4. Restaurei uma Casal K161 de 1968 com motor de 2V, a minha primeira mota. As tampas laterais foram pintadas de cinzento metalizado brilhante como o de fábrica, e está muito bom; um pintor experiente sabe como fazer para não descascar com o calor.
    Em relação ao preto do motor da sua Kawasaki, o melhor é lacar (powder coating) como fazem aos alumínios que é como vem de fábrica. Neste momento estou a fazer isso num motor de uma Suzuki RM 125 de 1984. É preciso decapar, de preferência com jacto de microesferas de vidro (ou areia fina, limalha de ferro não), para ficar no alumínio toda a parte exterior da peça. Cuidado com os furos de retentores e rolamentos, é melhor tapá-los.
    Cumprimentos
    Carlos Ramos
     

    Ficheiros Anexados:

Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página