Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Também são clássicas...Chafarizes / Fontes

Tópico em 'Também são Classicos' iniciado por Jorge Viegas, 17 Set 2010.

Tópico em 'Também são Classicos' iniciado por Jorge Viegas, 17 Set 2010.

  1. Aprecio muito estas obras do antigamente, quando serviam as populações locais B)

    Abro o tópico com este belo Chafariz de Palhaes na Santa Iria da Ribeira de Santarém.

    Descrição: Tanque de água com uma guarda de ferro e duas bicas que brotam de duas carrancas. Possui um paredão ornamental, setecentista, apresentando, ao centro, o brasão real.
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Perto, na Estrada que liga a Ribeira de Santarém para a Estação com o mesmo nome...

    Não sei a idade nem tenho nenhuma informação acerca desta, muito mais simples mas com uns azulejos em bom estado.
     

    Ficheiros Anexados:

  3. A Fonte das Figueiras situa-se na cidade de Santarém, na freguesia de São Salvador, num vale entre o planalto, onde se erguiam os principais bairros da vila medieval, e a Ribeira. Esta fonte, Monumento Nacional desde 1910, é um dos raros exemplos que chegaram até aos dias de hoje da arquitectura civil gótica e de abastecimento de água às populações na Idade Média Portuguesa.

    A fonte encontra-se localizada num ponto estratégico fundamental da vila medieval, dentro da antiga cintura de muralhas que ligava a Porta de Atamarma, que dava acesso a Marvila, à Ribeira, situada junto ao Tejo. Esta obra data do século XIV, provavelmente do reinado de D. Dinis ou de D. Afonso IV, e resultou da acção conjunta do Município e do Rei, facto comprovado pela presença das respectivas pedras de armas.

    A fonte, que se encontra adossada a um troço da antiga muralha, tem uma planta de forma quadrangular, delimitada por cunhais que sustentam um alpendre ameado, com arco quebrado aberto em cada alçado. Estes arcos descarregam sobre colunas com capitéis vegetalistas. A cobertura da fonte é em abóbada de cruzaria de ogivas.

    Fonte: Wikipédia

    Acessos: Estrada empedrada limpa e em bom estado de conservação.
    Fotos tiradas a 20 Setembro de 2010.
     

    Ficheiros Anexados:

  4. Bem este tópico é só meu :D

    Fonte do Calão ou Joaninho

    Localização: Freixedas EN340 em direcção a Alverca da Beira.
    Concelho de Pinhel - Distrito da Guarda

    Ano de construção: 1957

    Descrição: Tem duas bicas a correr para um bebedouro rústico que escorre para um tanque, situado nas traseiras e que serve de lavadouro público.

    Actualmente tem pouco uso.
    Junto tem duas mesas feitas de granito bem como os bancos, algo toscas.

    Foto de Maio de 2004.
     

    Ficheiros Anexados:

  5. Esta Aldeia está "minada" de fontes e bicas :D

    Mais uma....

    Chafariz de São Cristovão.

    Localização: Freixedas, no cruzamento da Estrada Nacional 221 com a Estrada para o Arco
    Concelho de Pinhel - Distrito da Guarda

    Ano de construção: 1957

    Descrição: Tem o feitio de uma torre em tudo semelhante a outro chafariz que existe no adro da Igreja Matriz.
    Com uma bica que corre para um bebedouro em granito e com um pequeno painel de azulejos com o santo que lhe dá o nome.

    Foi deslocada do local original à uns anos com o intuito de alargar o entroncamento onde se encontrava.

    Foto de Maio de 2004.
     

    Ficheiros Anexados:

  6. Mais uma....

    Chafariz do Tanque Velho.

    Localização: Freixedas, junto à Estrada Nacional 340.
    Concelho de Pinhel - Distrito da Guarda

    Ano de construção: 1844

    Descrição: Chama-se Tanque Velho para o distinguir do Tanque Novo de construção mais recente, ambos tiram o nome dos tanques adjuntos, onde se reunem as águas e que servem de lavadouros públicos.
    Foi a 1ª fonte de bica da aldeia e tem a data de construção gravada no seu frontispício.
    É majestoso, alto e bem proporcionado, nunca seca, mesmo no pino do verão.
    Tem duas bicas a deitar para um bebedouro que corre por baixo de terra para um tanque que serve de lavadouro.

    Foto de Maio de 2004.
     

    Ficheiros Anexados:

  7. Hoje já não nos detemos na beira da estrada, no jardim ou praça da aldeia para matar a sede no chafariz que era ponto de encontro da garotada e pretexto para algum namorico.
    Os tempos mudaram e talvez a qualidade da agua o não justifique, mas não poderemos deixar no esquecimento este património, quer pelo seu significado quer pela beleza arquitectónica que muitos possuem.
    Por isso aqui vos deixo o meu contributo, com o chafariz da Vela, que por "magia" foi deslocado desta aldeia para a Guarda e ai passou a chamar-se de Santo André.


    CHAFARIZ DA VELA

    A decoração do fontanário, tendo por motivo a
    água, inspirou-se na mitologia grega. Ocupando
    uma boa parte do tímpano, cruzam-se dois tritões
    formando arco com as caldas sobre a cabeça
    do Tritão, filho de Neptuno, a quem os tritões
    obedecem. As bocas lançam água num elegante
    tanque trilobado com baixos relevos. Do lado direito,
    junto de uma bica, flutua um golfinho. Na
    vertical, a partir da cabeça do Tritão, alonga-se
    uma coluna rectangular, plana, rematando em
    girândolas, com forma de capitel.
     

    Ficheiros Anexados:

  8. Olá a todos,
    Ainda aqui não tinha vindo dar a minha contribuição.
    Mas aqui fica este bonito chafariz de Lisboa, sito na Largo da Paz na Ajuda.
    Abraço amizade
    Carlos Caria
     

    Ficheiros Anexados:

  9. Obrigado Alberto e Carlos pelo contributo :feliz: estava a pensar que era só eu que gostava de chafarizes, pelo que tenho fotos de muitos mais mas como ninguém colocou fotos, deixei de o actualizar :))

    Venham mais :D
     
  10. Caro Jorge Viegas
    Não é por haver menos pessoas a participar num tópico que poderemos pensar que é menos interessante.
    Certamente este já foi apreciado por centenas de aficionados, só que não se lhes deparou a oportunidade de guardar um registo para depois poder pôr aqui.
    Espero que continue a actualizar este tópico de grande valor histórico, arquitetónico e sentimental.
    Para complementar o que digo,deixo o apontamento de um fontenário que já conhecia há alguns anos mas que só agora fotografei.
    Para mim tem a particularidade de ser tão antigo como eu.

    Abraço
    Alberto Alves
     

    Ficheiros Anexados:

    António Jesus gostou disto.
  11. Fonte dos Namorados na Vila da Marmeleira.
     

    Ficheiros Anexados:

    António Jesus gostou disto.
  12. Réplica de Painel de azulejos de uma fonte na Marmeleira.
     

    Ficheiros Anexados:

    António Jesus gostou disto.
  13. Ficheiros Anexados:

    António Jesus gostou disto.
  14. Olá a todos,
    Antiga sinalética da Casa do Gaito, perto de Algeruz / Setúbal.
    Abraço amizade
    Carlos Caria
     

    Ficheiros Anexados:

    Jorge Viegas gostou disto.
  15. Fonte da Pipa - Sintra
     

    Ficheiros Anexados:

    Carlos Caria e Jorge Viegas gostaram disto.
  16. Ficheiros Anexados:

    Carlos Caria e António Jesus gostaram disto.
  17. Ficheiros Anexados:

  18. Mercês (Algueirão-Sintra)
    Fonte do pinhal Esculto
    Praticamente abandonada, que recuperada seria uma beleza, água não lhe falta e com um túnel enorme no seu interior.
     

    Ficheiros Anexados:

    Carlos Caria e Jorge Viegas gostaram disto.
  19. E já partiram os azulejosangry.png
     

    Ficheiros Anexados:

    Carlos Caria gostou disto.
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página