Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Sustentabilidade, preocupação social e DESIGN

Tópico em 'Off-Road' iniciado por Joana Vanderbuilt, 22 Fev 2011.

Tópico em 'Off-Road' iniciado por Joana Vanderbuilt, 22 Fev 2011.

  1. Trabalho executado por alunos de design da Universidade de Aveiro num trabalho gráfico e sobretudo humano sobre temas actuais que nos tem vindo a alertar.

    badNEWS /:D
     
  2. Olá Joana,

    Esta é uma área pela qual tenho algum interesse, e o projecto parece muito interessante, gostava era de o conseguir ver todo... já está terminado?

    É que consigo ler a parte da sustentabilidade, e do projecto, mas nada mais... os links não dão acesso a nada novo.

    De qualquer forma, está bastante engraçado e promete ser interessante.
     
  3. Caro eduardo sim já está a funcionar na totalidade, este e apenas o trabalho no seu apecto digital .
    Ao iniciar deverá carregar na direcção da bússula que desejar N(natureza) S(sociedade)E (economia) W (bem-estar) a direcção que escolher irá dar a um trabalho no âmbito desse tema. A minha contribuição foi para a natureza e as novas soluções energéticas :) obrigada pela visita espero que tenha ficado esclarecido! Beijinho joana
     
  4. Olá Joana,

    Obrigado pela resposta. Tentei novamente e desta vez deu, da outra vez não chegou a carregar a parte da bússola.

    Gostei do layout e do conteúdo no geral, mas há algumas informações que não são as mais correctas. Este é um tópico que tenho discutido extensamente com muita gente ligada a esta área, e lentamente começam-se a mudar perspectivas.

    Uma que me diz muito (e aqui já se discutiu também) é o incentivo á compra de híbridos... quando o impacto ambiental destes é bem maior que o de um carro normal. Faz mal continuar a fomentar a sua produção, pois só as baterias por si poluem mais do dobro ao serem produzidas que todo um carro normal. E o balanço real do uso no dia-a-dia também é discutível, mas isso já são conversas mais longas...

    No geral, ainda assim, está muito bem conseguido e passa muita da mensagem que tem de se fazer chegar às pessoas.

    Para mim só tenho pena que muitas das pessoas que estão por trás destas coisas se movam por interesses comerciais e não motivos verdadeiramente dignos. Há muita falsidade nesta área. Basta ver aquele palhaço a quem deram o Nobel, o da "Mentira conveniente"...

    Bem, por hoje não resmungo mais disto... :D

    Beijinhos!
     
  5. Eduardo, essa da mentira incoviniente...quantas guerras ja eu tive para demonstrar que esse senhor é so marketing
     
  6. Infelizmente a preocupação que deveria ser genuína e uma luta pelo equilíbrio social, económico e natural do planeta é cada vez mais utilizada pelos motivos errados, utilizando a imagem verde de uma empresa ou produto apenas como resposta as massas e não a aproveitando para posteriores objectivos verdadeiramente activos e parte contribuinte desta mudança que as poucos começamos a fazer.
    Este trabalho foi realizado apenas aliando as capacidades do designer para um contributo sustentável.
    Fico feliz por ter gostado :) É sempre gratificante chegar ás pessoas com o nosso trabalho e ver o seu reconhecimento.
    Beijinho Joana
     
  7. Eu como estudante do curso de Design Industrial, a ecologia é sempre um assunto em cima da mesa, até porque não é algo muito linear. A colher de pau feita com madeira exportada da China é sempre mais poluente que a de plástico feita na Marinha Grande e assim por diante. Estive a ver o site e acho o trabalho realmente importante até para desmistificar certas ideias e dar a conhecer o que realmente deve ser conhecido. E agora trazendo o assunto "ecologia" para o gosto comum dos portalistas que são os carros clássicos, tenho reflectido devido a práticas como o incentivo ao abate e outras que o Estado tem apoiado para acabar com os clássicos, se estes carros realmente são os mais poluentes e cheguei à conclusão que não. Vamos pensar no assunto desta forma, hoje em dia o mercado automóvel tem uma produção de novos modelos cada vez maior totalmente diferente do que acontecia à trinta anos atrás que um determinado modelo mantinha-se muito mais tempo no mercado, ou seja existem muito mais automóveis para venda e uma produção muito maior logo existe também uma necessidade muito grande de escoar esses modelos cheios de tecnologia amiga do ambiente como se publicita, o Estado (quase de certeza com interesses económicos) apoia o incentivo ao abate para que as pessoas tenham esses carros ditos mais amigos do ambiente. Se pensarmos na energia gasta para abater um carro e a compararmos com a manutenção/restauro de um carro usado é muito menos poluente manter o carro antigo, mesmo que o consumo de combustível seja maior, do que abater e comprar um carro novo.

    Bem, podia ficar aqui o resto da noite a escrever sobre o assunto pois é uma coisa que me enche de comichões, principalmente a utilização do "amigo do ambiente" como forma de marketing. Em relação ao design do site está interessante talvez um pouco confuso ao principio mas depois de alguma exploração chega-se lá.

    Cumprimentos
     
  8. André,

    É exactamente isso. Temos discutido esse tópico por aqui em várias ocasiões e a realidade dos factos é mesmo essa. Os fabricantes, quando interpelados sobre o impacto da produção, nunca têm dados concretos... esquivam-se.

    É um facto que o impacto ambiental de produzir carros actuais é provavelmente superior aos de há uns anos atrás. Sim, agora temos tintas à base de água, que dispensam solventes. E depois? Onde fica o negócio do lítio para as baterias dos híbridos e eléctricos puros, que dá duas voltas ao mundo antes de ser posto no carro? Só isso polui 3 vezes mais que montar um carro convencional. "Amigo do ambiente" é acima de tudo no mundo actual uma falácia inventada pelo marketing, infelizmente.

    E os governos são igualmente culpados. O impacto ambiental da reciclagem compulsiva de todos os carros que se incentiva as pessoas a largar serve apenas para alimentar a máquina do consumismo desenfreado, e para gerar mais impostos e ainda o bónus de muito metal para reciclar e vender à China e à Índia a bom preço, que o mercado está em alta... e o ambiente? Qual quê...

    Um abraço!
     
  9. O exemplo da Bentley :

    O que algumas marcas 
de prestígio estão a fazer para adquirir uma atitude mais ecológica

    Bentley: AUTOMÓVEIS
    O que fez Lançou o seu primeiro 
modelo com motor flex, o Continental Supersports, em Outubro. Segundo 
a construtora, o automóvel emite cerca de 70% menos carbono. Isto se for considerada toda a cadeia de fabrico do etanol, desde a produção até a queima do combustível.
     

Partilhar Página