Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Seguro para danos próprios em clássicos?

Tópico em 'Legislação' iniciado por Rui Guedes, 27 Out 2011.

Tópico em 'Legislação' iniciado por Rui Guedes, 27 Out 2011.

  1. Alguém aqui do fórum já conseguiu fazer um seguro destes num clássico?

    Coloco a questão, porque como todos aqui sabem, um automóvel deste tipo representa um investimento considerável de tempo e de dinheiro.

    Ora no meu entender da questão, os clássicos devidamente certificados (pelo CPAA, ACP ou Caramulo), provavelmente são abrangidos por uma tabela de cotações própria e não pela habitual "tabela dos usados" tantas vezes mencionada pelas seguradoras quando se aborda esse tópico.

    Assim sendo, não entendo a dificuldade que estou a ter em encontrar uma seguradora que me faça um seguro para danos próprios (todos os riscos) num clássico certificado! Na maior parte dos casos dizem que isso "não existe", um mediador da defunda Real Seguros chegou-me a dizer que "dependia do cliente" e que o carro tinha de ser "certificado". No geral só tenho ouvido balelas relativamente a este assunto...

    Ora a mim custa-me a crer que os proprietários de pérolas tipo Jaguares XK140 ou Porsches 356 andem felizes e contentes com o habitual seguro contra terceiros "low-cost" em carros que valem mais de 100.000 euros!

    Talvez esteja a ser ignorante, mas parece-me lógico que se o veiculo está contemplado numa tabela de preços idónea ou reconhecida pelas entidades competentes e se possui um certificado que atesta a sua condição perfeita, deverá ser alvo de um critério diferente do utilizado por exemplo num Honda Concerto de '93 (sem ofensa para os proprietários desta bela máquina, entre os quais me incluo), que não é manifestamente um clássico no pleno sentido da palavra!

    Peço desculpa pelo desabafo, mas este assunto tem sido uma longa e frustrante guerra para mim :(-

    Alguém tem alguma ideia de como se pode obter este tipo de seguro?

    Grato pela ajuda e cumprimentos a todos!
     
  2. sera que ja conseguiu resolver este assunto...estou com o mesmo problema.
     
  3. Pois realmente é um problema, quando se tem um acidente as seguradoras fogem com o rabo a seringa...por exemplo certifiquei o meu Capri pelo clube automóveis antigos de Aveiro e disseram-me que em caso de acidente dão apoio jurídico de modo a salvaguardar o investimento do clássico, avaliaram o meu Capri por um valor que achei justo...espero não ter acidentes mas se tal acontecer espero ter esse mesmo apoio que por acaso vem mencionado no "contrato" assinado.
     
  4. Não sei se o pessoal já resolveu este assunto, mas na página do museu do caramulo eles têm lá uns contactos. Mais não sei
     
  5. É a segunda vez que ressuscito este tópico. Isto porque a maior parte dos utilizadores do forum tem um clássico, e suponho tem seguro e não acredito que não exista ninguém que consiga falar deste assunto por experiência própria.
    Hoje senti-me bastante frustrado.
    Tentei obter simulações para seguro de um clássico, tentei ter seguro contra danos proprios nomeadamente preocupado com vandalismo e furto. A resposta que me deram:
    é impossível!
    É impossível?????? Cada vez acredito mais que os seguros só seguram coisas que não precisam de seguro e se não fosse obrigatório nem os de responsabilidade civil faziam!
    Ou seja, só tenho seguro se usar o carro 2 vezes por ano para ir a exposições e tenho que o ter dentro de uma garagem fechado a 7 chaves!! Meus amigos, para isto não preciso eu de seguro, compro um cão e está feito! Ridículo! não admira que os carros fiquem a apodrecer em descampados, e os que há não saiam há rua!!!! eu percebo que sejam mais fáceis de roubar ou de ter um acidente, por outro lado estatisticamente (coisa que os seguros gostam tanto) isto não acontece pois os donos são por norma pessoas que tomam certos tipo de cuidados! até digo, agravem o seguro, agora não faz sentido ser impossível pois o seguro é sempre um quociente entre um valor monetário e um coeficiente de risco, tenha o carro 50 ou 5 anos! Será que o risco é assim tão grande? duvido!
    Eu quero um seguro que me proteja principalmente em caso de me baterem por culpa de terceiros, para não me darem 100€ pelo carro. Já nem peço mais! mas até para isso me põem limites de km's ou para exposições. Ridículo, um carro com mais de 25 anos não é um carro obsoleto!!!
    Como é que vocês fazem?
    A seguir vou me virar para o ACP mas já sei que têm limite de km's!!
    Não me interessa os seguros baratos pois esses não protegem de nada nem a mim nem aos outros. Pelo menos não me dão essa segurança!
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página