Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Se comprasses um hothatch dos 80s' hoje...

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por HugoSilva, 21 Out 2015.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por HugoSilva, 21 Out 2015.

?
  1. Golf GTI

  2. Daihatsu Charade GTti

  3. Alfa Romeo 33 1.5 QV

  4. Renault 5GT Turbo

  5. Lancia Delta HF Turbo

  6. Peugeot 205 GTI

  7. Ford Escort XR3/XR3i

  8. Renault 11 Turbo

  9. Ford Fiesta XR2

  10. Outro...

Multiplos votos são permitidos.
Resultados visíveis apenas após votar.
  1. É hoje!

    Têm o guito!
    Têm a vontade!
    Têm o espaço!
    Abrem o OLX... qual era?...

    (escusado será dizer que muitos ficaram de fora e a lista foi apenas copiada de um artigo por isso podem escolher o vosso TOP 3 ou mesmo indicar outro qualquer dos anos 80!)

    883a2cff8caec6761cea8393263a4356.jpg

    205-2_2678007b.jpg

    red-12.jpg

    7431362506_1d25400e1d.jpg
     
  2. Outro...

    Faltam aí opções bem mais válidas do que outras que aí estão.

    O Escort, o Renault 11 e o Alfa 33 nem são hatch, são sedan.
    E faltam aí o Fiat Ritmo, o Alfasud, os Opel...

    A minha escolha seria sempre o Fiat Ritmo 130 TC ou o 125 TC - dupla árvore de cames à cabeça, dois carburadores duplos, motor 2000, etc. Mangiava Golf per colazione...
    Em alternativa seria o Lancia Delta ou o Alfasud Ti.

    Se não fosse italiano teria de escolher o Peugeot 205... Mas na versão Rallye.
     
    joao ruivo quelhas gostou disto.
  3. Confesso que o Ritmo/Strada Abarth estava na lista mas como por estas paragens é unobtainium acabei por deixar de fora ;)
     
    joao ruivo quelhas gostou disto.
  4. @HugoSilva, grande tópico... ando cá com os anos 80 (e não só) a ferverem-me nas veias.. e ando um bocado chateado com um certo "marasmo" a que vamos assistindo aqui no fórum... e esse tema pode muito bem dar "pano para mangas"!

    Atenção que a escolha de "hot hatch" dos anos 80 não se esgota nestes.
    Há também que referir que no caso dos Golf, os anos 80 servem para Mk1 e Mk2...

    O ideal era a malta justificar as suas escolhas e assim dar inicio a debates interessantes e até troca de conhecimentos!

    De facto eu não enjeitaria a possibilidade de ter qualquer um dos "hot hatch" dos anos 80 mas... aquele que eu mais gostaria de ter na garagem (e pelo qual quase era capaz de "matar") seria um Ford Escort RS 1600i... porque este foi o 1º carro do género que "bateu" o Golf Gti e porque se tratava de um "homologation special" com uma produção prevista de apenas 5000 unidades mas que no final acabou por ultrapassar as 8000 (não me recordo ao certo quantas).
     
  5. Claro que são hatch... então não têm todos eles uma 5ª porta?... têm é um design que na época os levou a serem apelidados de 2 volumes e meio ao invés de 2 volumes como os hatch tradicionais. Nomeadamente o Escort e o 33 porque o 11 é mesmo um hatch, escarrado e escarrapachado...

    Tanto o Escort como o 11 tinham versões sedan... davam pelo nome de Orion e 9...
     
    joao ruivo quelhas gostou disto.
  6. Ok, Carlos, analisando por esse prisma, que é o correcto, tens razão.

    Eu é que sou "vidrado" e separo-os não pela existência da 5ª porta mas sim pela existência de 3º volume. O 11 pode não o ter, mas aquele "aileron" de plástico atrás sempre me pareceu isso.

    Vou-te explicar com mais detalhe e mais autenticidade. Eu fiz o exercício de me lembrar quais eram os carros que na minha infância eu metia no mesmo saco. E, nessa altura, ou tinham "rabo" ou não tinham.

    Mas voltando ao tópico...
    Preferes o Escort ao Ritmo que tem motor 2000 e dá para dar mais calor? :ph34r:
     
    joao ruivo quelhas gostou disto.
  7. Realmente a minha 2ª escolha seria o Ritmo 125 TC (com a carburação do 130, ou eu não fosse eu!)... a preferencia pelo RSI é muito pouco racional... de resto já nem são exactamente da mesma altura. Giraria sempre em torno destes 2 e de um Golf II 16v... pela ordem indicada. Mas a ter que escolher um, seria de facto o Escort!
     
    joao ruivo quelhas gostou disto.
  8. De facto também vejo as coisas assim mas de facto o conceito de hatchback baseia-se puramente na premissa da porta da bagageira hehe

    @João Luís Soares, nesse duo pessoal e provavelmente iria para o Ritmo por ter a histórica sigla Abarth mas principalmente pois uma das críticas que mais oiço a todos os carros desta década com motorizações sobrealimentadas é o lag do Turbo que deve ser frustrante e tornar o carro bem mais difícil de prever a menos que se conduza sempre nos regimes "turbinados".
     
  9. Pois... vem precisamente dessa data o meu "desagrado" por versões Turbo... pelo "lag" que costumavam exibir e os tornava menos fluídos numa condução empenhada... ainda assim havia 2 tipos de motor turbinado... a Renault usava um motor "pré diluviano" com arvore de cames no bloco e que foi dopado com um turbo mantendo o uso de carburador... a Fiat, tanto no Delta como no Uno usou bases mais modernas e (com exepção da 1ª série de Delta) sistemas de injeção bastante evoluídos para a época... a considerar ainda algumas realizações japonesas da época com o seu interesse... a 2ª geração de Colt (Mirage no mercado interno, é importante a ressalva pois houveram outros Colt mais antigos) Teve um Gti que usava um 1.6 turbo em que já na época era virtualmente isento de lag... li isso na época numa L'automobile e posso estar enganado mas... a menos que a memória me atraiçoe, estava equipado com um turbo IHI de dimensões mais pequenas que o habitual e que fazia até 125mil rotações, isso tornava-o isento de lag.

    Eu... ainda assim, um turbo bem conduzido/pilotado era temivel... eu ainda hoje mantenho que um GTT bem guiado nunca sai da traseira de um 205 1.9 Gti (em estradas de curvas, que em ponta, morre muito cedo)... e aliás, o palmarés desportivo de um e de outro atesta o que digo.
     
  10. Da maneira que sou, tinha pelo menos 1 de cada, mas a lista era bem mais longa...

    A escolher 3, era o R5, Lancia e o Alfa, entre estes 3, apesar de adorar conduzir tudo que é turbinado, possivelmente o Alfa, pelo som e porque acho que tem um equilíbrio em estrada a curvar que nenhum dos outros tem.
     
    Hugo Viana da Silva gostou disto.
  11. Já agora chamar a atenção que tal como na vw com o Golf, a Renault nos anos 80 teve o 5 Alpine turbo e o Supercinco Gtturbo...

    Os 5 Turbo e Turbo2 já são outra coisa!
     
  12. @Carlos Vaz, mesmo hoje existem motorizações turbo praticamente sem lag, pessoalmente já conduzi um 1600cc em que o turbo começava a fazer pressão logo às 1400rpm, e porque do relantim até às 1400 é um piscar de olhos, praticamente nem se notava lag. Por outro lado atualmente a apesar de o ter à venda, o Coupé precisa de mais 1000rpm para começar a dar gás, só começa entre as 2000rpm e as 2500rpm, e diga-se de passagem, é um boi furioso, mas o lag está lá, não é para todos os gostos. Já num Impreza ou num Evolution não faço ideia do feeling.

    Alfa_Romeo_75_Turbo_Evoluzione_15pop.jpg

    Sinceramente desde que vi o David Cironi a testar o 75 Turbo Evoluzione (lindo!) e ele próprio achar o carro imprevisível porque o kick do turbo, numa tração traseira, a curvar, pode ser perigoso vá, a minha pica com carros turbinados diminiu.

    Acho o Renault 5 muito "engraçoso" mas tenho extrema curiosidade de o conduzir e experienciar o seu famoso lag.
     
  13. @HugoSilva, mas isso não é novidade... hoje com a evolução da electrónica a novidade é haver carros com muito "lag" do turbo... o proximo passo vão ser turbinas electricas...
    Nos anos 80 é que não havia soluções para o "lag"... por isso referi a da Mitsubishi pois na época era um grande avanço... recordo-me perfeitamente do ensaiador dizer que a sensação não era a de um turbo mas sim a de conduzir um atmosferico com 2000cc... tratava-se de um 1600cc turbo. Isso hoje é a regra, na época não.

    Já agora o Colt em questão é isto:
    zz-mitsubishi-hist-100.jpg

    mitsubishi-mirage-2-73.jpg
     
    #13 Carlos Vaz, 21 Out 2015
    Última edição: 21 Out 2015
  14. Se tivesse o "guito" ia para o Lancia ...mas o intergale!
    Há uns anos trouxe este desde o Porto até Beja e é uma "coisa" diferente de tudo o resto que conduzi até hoje.

    Da lista que o Hugo apresentou desperta-me interesse o R5.
    Era eu um miúdo talvez com 9 anos quando o meu Pai um dia chega a casa a me diz para ir dar uma volta com ele, que um amigo tinha-lhe emprestado um R5 GT Turbo!
    Recordo-me do pontapé que levei nos peitos e da sensação de ficar colado ao banco :oo
    Tive medo...:wacko:
     

    Ficheiros Anexados:

    João Pinheiro Pinta e HugoSilva gostaram disto.
  15. Eu não digo que o @HugoSilva tem qualquer coisa contra o Uno?
    Haverá Hothatch com tanta pinta quanto este?
    image.jpeg

    E o fabuloso Visa GTI, ou o exclusivamente português Visa Bicampeão?
    image.jpeg
    image.jpeg

    (Votei no 205, no Delta, e no outros)
     
  16. @Carlos Vaz Salvo erro esse também estava na lista, so para veres o que eu percebo disto hehe

    @afonsopatrao confesso que é um carro que não me diz mesmo nada, nem nas versões base nem nas versões apimentadas, por outro lado atualmente conduzo atualmente um cuja plataforma é a do Tipo, outro que não me faz o coração bater mais rápido, e como tal, também não me diz grande coisa... acho que dos Fiat pós 70's só o X1/9 é que não me importava que militasse na minha garagem
     
    nuno granja e afonsopatrao gostaram disto.
  17. O Opel Corsa GT \ GSI também ficou esquecido :( (bahh...esta lista é muito fraquinha :D...é só reclamações:D:)

    Ainda assim podiam-me dar a escolher um carro qualquer da lista que não o trocava pelo meu GT.

    img1108v.jpg

    Há gostos que o dinheiro não paga:wub:
     
  18. Excelente tópico, se bem que falta muito hothatch brutal dos anos 80:wub:.

    Como não podia deixar de ser votei no 5GT Turbo, se bem que para me manter fiel aos meus princípios votaria num R5 Alpine Turbo:D:.
    Esta década é brutal!

    Para mim um hothatch, tem 3 portas, não tem rabo e tem 4 ou 5 lugares, mas não pode/deve ser um coupé!

    Turbo lag, hoje em dia também tem atraso na resposta, mas os turbos de geometria variável e os biturbos com um mais pequeno (menos inércia) para as baixas rotações e outro maior (mais power) para as altas atenuam.
    O turbo lag, não existe apenas por os turbos apenas estarem disponíveis mais tarde nas rotações, como inicialmente, existem porque é necessário vencer a inércia inicial do turbo com os gases de escape, mesmo com turbos a "dispararem" ás 1400rpm, numa condução de faca nos dentes se sente o lag ou atraso na resposta, a única forma teórica de o mesmo desaparecer deverá ser com os turbos eléctricos;).
    Nos primórdios os turbos serviram para aumentar potência e rendimento, não só mas essencialmente, ao mesmo tempo sem controlos de tracção e afins o ideal era estarem disponíveis mais tarde caso contrário seriam muito mais difíceis de conduzir, nunca conduzi nenhum mas já li e reli que um 911 (930) acelerava-se na curva à espera que quando o turbo realmente entra-se já tivessem as rodas da frente direitas:D:.
    E sim o Kick do Renault 5 GT Turbo era qualquer coisa:wub:.

    Abraço
     
    nuno granja gostou disto.
  19. MG Maestro.jpg Pois para mim não era nenhum desses.

    Para mim seria um MG Maestro Turbo :D::D::D::D::D::D:

    Maximum speeds mph Km/h rpm Gear
    Top (mean) 126 208 5150
    (best) 131 211 5250
    4th (mean) 122 196 6000
    3rd 94 151 6000
    2nd 65 105 6000
    1st 39 63 6000


    Engine Spec.....

    Transverse, front, front-wheel drive.
    Capacity 1994cc, 4 cylinders in line.
    Bore 84.5mm, Stroke 89.0mm.
    Compression ratio 8.5 to 1.
    Head/block All alloy/Cast iron.
    Valve gear ohc, 2 valves per cylinder.
    Ignition and fuel Breakerless electronic ignition, single-choke, side draught carburetor.
    Max power 152bhp (ps-DIN) (113Kw ISO) at 5100rpm.
    Max torque 169Ib ft (229Nm) at 3500rpm.



    MG Maestro 2.jpgMG Maestro 3.jpg
     
  20. Já estou a ver o @Eduardo Relvas e o @João Luís Soares a terem vómitos ao ver isto!!!:lol::lol::lol:
     
    afonsopatrao e HugoSilva gostaram disto.
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página