Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Saab 900, o meu novo vício.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Eduardo Flôr, 4 Mar 2009.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Eduardo Flôr, 4 Mar 2009.

  1. O Saab 900 marcou os anos oitenta. Este automóvel sueco foi apreciado particularmente pelo seu conforto e segurança. O Saab 900 possuía características originais que distinguia-o outros dos automóveis da sua geração.
    Saab 900 "Classic"

    2535714349_6f1ffddc4a_o.jpg

    O Saab 900 foi produzido durante cerca de quinze anos. Ainda hoje em dia, o carisma deste veículo de excepção reside intacto, tanto que na gama Saab, o modelo 900 anterior a 1993 é o grande " Classico". Os modelos 900 produzidos após esta data e fabricados sob a tutela da General Motors são conhecidos por 900 " NG" ( Nova Geração), sendo que estes nunca gozarão do mesmo prestígio.
    Durante os anos 70 os construtores automóveis mundiais preocupavam-se cada vez mais com às normas de segurança dos seus veículos. O construtor sueco Saab, fez disso uma das suas preocupações principais e as suas investigações nesta área conduziram à concepção do modelo 900. O Saab 900 foi concebido essencialmente para satisfazer os novos regulamentos de segurança (crash-tests) em vigor aos EUA. Embora o seu antecessor, o Saab 99, teria passado nas provas apenas com algumas modificações, mas o Saab agiu inteligentemente , achando melhor conceber para esse efeito um veículo inteiramente novo. Novo, este foi-o, com efeito. Novo e inovador.

    Do projecto à concepção
    O projecto Saab 900 era muito ambicioso, um projecto nunca antes empreendido pelos construtores de automóveis escandinavos. Essencialmente baseada no modelo anterior da gama, o Saab 99, o Saab 900 marcaria um avanço importante nos métodos de concepção de automóvel. Saab decidiu criar um veículo maior cujos elementos, a nível de condução, de conforto e de segurança excederiam em qualidade os do Saab 99. Os projectistas os engenheiros passaram assim inúmeras horas de trabalho para finalizar o projecto e, para esse efeito, utilizaram as primeiras concepções assistidas por computador desenvolvidas pelo sector aeronáutico de Saab. O trabalho foi colocado sob a direcção do talentoso Björn Envall, chefe do departamento da firma de Trollhättan. Ele já tinha provado as suas capacidades na Opel, seguidamente fez o mesmo na Saab, concebendo projectos notáveis com orçamentos reduzidos.

    2536547616_110b786998_o.jpg

    Protótipos e fabrico
    Destinados a ser as matrizes de um veículo eficiente e de uma fiabilidade elevada, os protótipos Saab 900 foram testados por toda a parte e em condições extremas. Enfrentaram assim frias as temperaturas da Escandinávia mas também o calor tórrido do Vale da Morte, na Califórnia. A fim de construir o Saab 900 na Suécia, realizou-se o investimento sem nenhuma ajuda governamental, este envistimento era muito pesados. Para privilegiar o fabrico do modelo, o construtor de motores deslucou a produção do Saab 99 das cidades de Arlö e de Uusikaupunki na Finlândia, sendo que estas viriam a produzir o 900.

    Nascimento de uma lenda 1978
    O Saab 900, apresentada aos meios de comunicação social em Maio de 1978, foi posto a venda no Outono de 1979. O automóvel era baseado no chassis do Saab 99, ao qual devia o seu sucesso técnico e estético, sendo que aqui o parentesco não engana. A Saab/Scania sempre fora um pequeno construtor (a nível mundial)

    As configurações
    A oferta comercial era vasta, talvez a mais vasta do mercado. O Saab 900 tinha dois tipos de carroçaria, berlina e a combi-coupé (hatchback), e motorização múltiplos. Mais tarde acrescentarão as configurações sedan (Saloon) e cabrio. Versões especiais, limitadas ou desportivas também foram produzidas ao longo dos anos de produção.
    Baseado no chassi do Saab 99,outro modelo fantastico, o 900 tinha o motor montado a frente, tracção dianteira, 4 cilindros, suspensão “ double wishbone” a frente e “beam axle” atrás. Confortável, seguro e pratico. Como seria de esperar o 900 em termos de design não degenerou ao seu antecessor 90, sendo essa uma das principais características que o fizeram sobressair na época. Mas houve 2 factores que estabeleciam maioritariamente a diferença. Primeiro o motor foi montado ao contrario literalmente,ou seja, a força era directamente distribuída pelo eixo dianteiro. Em segundo lugar,a transmissão , tecnicamente uma transaxle, colocada por de baixo do motor, a semelhança do Mini, a diferença residia no facto de não partilhar o óleo do motor
    Ao longo sa sua produção os pormenores foram sendo afinados, mas no geral a suspensão sempre se manteve muito devido ao facto de providenciar boa condução e transmitindo segurança na estrada.
    A suspensão traseira era típica mas com algumas especificidades, os pontos de ligação entre o eixo e o chassi tinham uma configuração peculiar, apelidada de Watt's linkages em ambos os eixos, este sistema que me vi grego para perceber e mesmo assim não captei bem, por isso fica a imagem.

    Watts_linkage.gif

    [​IMG]
     

    Ficheiros Anexados:

  2. estes carros não são valorizados como deviam!

    talvez um dia mais tarde as pessoas se arrependam de desperdiçar.

    não é que eu seja grande fan da marca mas adorava ter um Cabrio!

    o problema são as peças.

    esperemos que SAAB não desapareça
     
  3. O cabrio tem muito que se lhe diga, é dos poucos que me fazem inveja quando vejo passar um.
     
  4. :huh:
     

    Ficheiros Anexados:

  5. Há aqui um Cabrio na minha rua, o motor tem cá um som..
     
  6. Manda vir :huh:
     
  7. Eduardo boas ,não sei se comprou ou vai comprar mas digo-lhe desde já que faz muito bem ,é uma boa maquina de motor,um pouco caro na manutenção,(peças) ,
    Tive um, 900 SE 2.0 T Cabrio (185cv),desfies-me dele em Dezembro com 146000 km,ainda está á venda num stand aqui perto,mas digo-lhe que quando la passo ainda me toca no coração,não só por ser bonito ,mas também porque era na realidade um automóvel muito seguro e de fácil condução.
    O modelo cabrio de 86 é para mim dos mais belos.:D

    .
     
  8. Estou a ponderar, a versão cabrio acaba por ser muito cara, por isso esta fora de questão, quanto as outras...em aberto.
     
  9. Um feliz proprietário de um Saab 900 realizou uma façanha. Peter Gilbert, um representante de vendas que costumava viajar muito, dirigiu seu bólido até a impressionante marca de 1.001.385 milhas rodadas, o que dá mais de 1.6 milhão de quilômetros rodados.

    Isso dá mais de 40 vezes a distância ao redor do globo, em seu pequeno Saab 900 SPG modelo 1989. Na trajetória do veículo, apenas manutenção preventiva e peças repostas, além da constante troca de óleo. Após uma verificação por parte da empresa, o carro foi doado ao Wisconsin Automotive Museum, nos EUA

    [​IMG]

    peter_gilbert_wisconin_auto_museum.jpg
     

    Ficheiros Anexados:

  10. Agora comprei o Volvo, mas andava de "olho" nos Saab, mas no 99.

    Mas sempre gostei muito da linha destes carros, e o cabrio então........B)
     
  11. Eu lembro-me de termos umas conversinha sobre isso, por isso me espantou teres ido para o Volvo.
     


  12. A minha mulher preferia outro "Sueco"........

    ..........o Ikea, mas consegui convence-la com o Volvo.:D
     
  13. Nem te digo nada Eduardo:D
    Não é que tive à minha beira em 2006 de adquirir um de 92 Saab vermelho 900 Turbo Cabriolet igual a este,por apenas 3000€,:(-:(
    Mas infelizmente acabou nas mãos de um empreiteiro de Leiria:D
    O carro tinha acabado de ser revisto,pintura nova e capota nova que relíquia,
    mas quando me disseram que mais valia levar um tanque de gasolina atrás porque o que dava nas vistas consumia que nem um cavalo:D
    Mas conheço ainda alguns,não cabrios mas normais de 3 e 4 portas...
    Sinceramente só conheço a versão turbo pois acho que nunca tive ao pé de um normal:D
    Igual a este,
    Ver anexo 98310
    mas com as jantes deste,
    Ver anexo 98311
    O carro é superbo,boa escolha Eduardo;)

    E o projecto Audi 80?!
     

    Ficheiros Anexados:

  14. É um dos meus maiores medos, deve beber que nem um porco.
    O 80 continua a espera, 2010 vai ser o ano dele, precisa de levar uma grande revisão na caixa de velocidades, melhor dizendo, uma nova, nessa altura deve levar o tratamento de chapa e nova pintura. Depende de muita coisa. Mas não o esqueci nem eide esquecer.
     
  15. estes carros estão carregados de adjectivos.

    a estética é mais ou menos feliz, consoante as perspectivas.

    já a segurança, robustez, qualidade de construção e fiabilidade são mais que evidentes.

    o unico ponto contra é a manutenção...
     
  16. Desgraça, devias ter ido para o Saab, mas o Volvo também não te fica mal.
     
  17. bebe um bocadinho mas também não era pra ser carro de dia a dia...

    mete-se um bocado de gasolina da-se um passeio e arruma-se.

    eu adoro o cabrio
     
  18. Não é tanto como dizem no tocante ao consumo,o meu gastava 9 litros ,é claro que se fosse acima dos 140 passava a 11,5 ,mesmo a 12,e até chegou o meu filho a fazer 13,6 de media no computador de bordo, :Dclaro que tudo depende do pé.Para ser sincero o Rave 4 gasta mais,nas voltas do dia a dia.

    .
     
  19. era tao bom e desfez-se dele?

    e o mercedes /8? que é feito dele?
     
  20. É tudo muito bonito Sr António,
    mas quando se tem um 900 Turbo geralmente o pé afunda...:huh::D:D
    e os consumos também é claro;)
    Dá um prazer enorme ver aquele ponteiro do turbo o da gasolina é que nem por isso:D
    Ao principio fez me confusão o lugar da ignição,ao menos a Saab é uma marca de prestigio para também não dizer diferente...
    Ver anexo 98317
     

    Ficheiros Anexados:

Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página