Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Rui Madeira- Piloto de rally Almadense...

Tópico em 'Rallys, Velocidade e Regularidade' iniciado por Jorge Aguiar, 7 Out 2008.

Tópico em 'Rallys, Velocidade e Regularidade' iniciado por Jorge Aguiar, 7 Out 2008.

  1. Rui Adelino Pinto Madeira (01/03/1969) é um piloto português de ralis nascido em Almada, que conquistou o primeiro grande título na modalidade para Portugal, ao sagrar-se campeão do mundo da classe de produção em 1995, ao volante de um Mitsubishi Lancer preparado pela Ralliart Germany. Do seu palmarés constam também vitórias no troféu Marbella (no campeonato português de ralis - inicados), e bicampeão português de Gr.N em 1993 e 1994, ao volante de um Ford Sierra RS Cosworth 4X4 (ex. Fernando Peres). Depois do seu título em 1995, ainda disputou duranmte alguns anos, rondas do WRC, tendo ganho o rali de Portugal de 1996, com um Toyota Celica da equipa italiana Grifone. Actualmente encontra-se semi-retirado, exercendo arquitectura na empresa familiar.
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Em 1995, após dois anos (em 93 com o Ford Sierra RS Cosworth 4x4 e em 94 com o Mistsubishi Lancer Evo II) em que foi o campeão nacional do Grupo N, Rui Madeira efectuou, pela primeira vez, um programa bastante completo no Campeonato do Mundo de Ralis (Grupo N). Ao todo foram 7 participações nos ralis internacionais com resultados muito interessantes:
    - Rali de Monte Carlo – 12º Lugar (3º do Grupo N)
    - Rali de Portugal – 9º Lugar (1º do Grupo N)
    - Volta à Córsega – 18º Lugar (1º do Grupo N)
    - Rali da Nova Zelândia – 10º Lugar (2º do Grupo N)
    - Rali da Austrália – Desistência
    - Rali da Catalunha – 11º Lugar (1º do Grupo N)
    - RAC – 7º Lugar (1º do Grupo N)
    No final do campeonato, Rui Madeira sagrava-se Campeão do Mundo no Grupo N. Um feito inédito para Portugal. Muito antes dessa consagração acontecer, no Rali de Portugal de 1995 Rui Madeira teve que se bater com os melhores pilotos portugueses (Fernando Peres no Ford Escort RS Coswort e Jorge Bica no Lancia Delta), e a concorrência do Grupo N. Rui Madeira reconheceu que a experiencia dos ralis internacionais deram-lhe alguma vantagem e no final do rali português festejou a posição do melhor português. No Grupo N, Madeira teve que enfrentar a oposição de Jorge Recalde (argentino) também num Lancer Evo II. Mas o piloto português liderou sempre, e sendo conhecedor do nosso rali, manteve uma distância que o pôs a salvo de qualquer ataque do argentino, para no final festejar também a vitória no agrupamento N.

    YouTube - Rui Madeira - Winner Group N 1995
     
  3. Sim senhor, há que lembrar os da "nossa" (tua) terra (Almada):DB)
     
  4. É inquestionavelmente o português com melhor currículo internacional, daí que a reintegração do Vodafone Rally de Portugal no calendário do Mundial constitua o tônico perfeito para o regresso de Rui Madeira, um ano depois desde a sua última participação.

    "Lutar pelos primeiros lugares na Produção". Aos comandos de um Mitsubishi Evo IX e de novo com Nuno Rodrigues da Silva como navegador, os objetivos do almadense passam pela disputa dos primeiros lugares no competitivo grupo Production.

    A vitória absoluta conquistada na edição de 1996 do Rali de Portugal ainda hoje está na memória dos portugueses,além de muitos outros sucessos, como a conquista da Taça FIA do Production no Mundial de Ralis, um feito ímpar, nunca mais alcançado por outro piloto português.

    Como confessa Rui Madeira,"o regresso do Rali de Portugal ao Campeonato Mundial constituiu um fator de motivação extra para viabilizar o projeto. Consegui reunir alguns apoios, a AR Vidal Racing (uma prestigiada equipe espanhola) também apresentou uma proposta muito interessante com base num Mitsubishi Evo IX e não hesitei, inscrevendo-me numa prova que já me proporcionou algumas das melhores alegrias da carreira!"

    O piloto de Almada afirma com evidente entusiasmo que "os objetivos são lutar pelos primeiros lugares na Production , ainda que ciente das dificuldades por que vou passar, face ao valor de estar entre os melhores pilotos internacionais e nacionais que vou ter como adversários. Isto , para não falar do fato de estar parado há um ano, com todas as implicações em termos de ritmo!".

    No entanto, esta é uma questão que Rui Madeira pretende atenuar com testes: "Na semana passada efetuei cerca de 40 Km na Galiza, sob condições atmosféricas verdadeiramente adversas. Mas estou todo o possível para fazer uma nova sessão naEspanha, talvez no meio da semana e, eventualmente, uma última já no Algarve, num dos dias que antecedem o início do Rali de Portugal».

    Em tempo de regresso está a famosa dupla que brilhou nos ralis internacionais, com Nuno Rodrigues da Silva voltando a se sentar no banco direito. A assistência técnica será da responsabilidade da AR Vidal Racing, com os espanhóis a centrarem na equipe portuguesa todos os esforços de um bom resultado.

    Apesar de ainda estarem decorrendo negociações com potenciais patrocinadores "para ´fechar´ o orçamento", Rui Madeira faz questão de agradecer "a confiança que a Concretope e a Roca depositaram no projeto, pois permitiram que o mesmo avançasse".

    Currículo / Estatística

    Provas no WRC: 22
    Primeira: Portugal 1992
    Última: Portugal 2001

    Resultados

    Ralis nos Pontos: 8
    Total de Pontos: 17 (Pilotos)
    Desistências: 4 (18.2% of starts)
    Vitórias em especiais: 4
    Melhor resultado: 6º (Catalunha 1997)
    Primeira Prova: 1992 Portugal
    Primeira desistência: 1995 Austrália
    Primeiro ponto: 1994 Portugal (9º)
    Primeira especial ganha: 1997 Portugal (SS13)

    Texto e foto:Divulgação
     

    Ficheiros Anexados:

  5. O Rui Madeira é, sem sombra de dúvidas, o piloto português com o melhor currículo. Mas, para mim, o mais importante é o homem.

    Ele é amigo do Paulo Louro (piloto da Marinha Grande) e quando está de férias no Algarve, vai passar sempre um dia (ou mais) com o Paulo e família. Eu tive um café no sítio onde o Paulo tem casa e sempre me dei muito bem com o Paulo, esposa e as 3 lindas meninas.

    Um dia, o Rui passou lá pelo meu café e eu aproveitei para meter conversa. Afinal, não é todos os dias que se fala com um Campeão do Mundo, não é? Tanto ele como a esposa foram de uma simpatia extrema dessa e de todas a vezes que falámos, mas quem os conhece sabe que eles são assim mesmo...

    No Rali de Portugal do ano passado, estavam os 2, o Paulo e o Rui, cada um com as suas ambições, mais limitado o Paulo por força do carro (206 de Troféu). No 1º dia consegui falar com o Paulo, mas não consegui acesso ao parque dos prioritários B, portanto não consegui desejar boa sorte ao Rui, como era minha vontade. Falei no entanto com a esposa em Alcaria do Cume, e pedi para transmitir ao Rui os meus votos de sucesso. Quem não viu o troço, aconselho vivamente que em ocasiões futuras o faça, porque é talvez o mais espectacular (para mim é) deste Rali Made in Algarve. No fim do rali, consegui ir finalmente ao parque B e lá estava o Rui, falando com um jornalista: Parou logo a conversa para me cumprimentar, a mim e ao meu filho e ficámos ali á conversa um bom bocado. Mal sabia ele que nesse instante estava a ser desclassificado por algo de que não tinha culpa absolutamente nenhuma...

    Resumindo, um Senhor dentro e fora do carro!
     
  6. Um excelente piloto, a quem faltaram os apoios financeiros na hora H...
     
  7. Caros Amigos
    Ao vêr este Tópico referente ao Rui Madeira, tambem eu tinha de deixar aqui a minha opinião do HOMEM do PILOTO e fundamentalmente do AMIGO.
    Conheci o Rui, ainda "menino". Quando um dia me batem á porta de casa (em Arganil) dois jovens que pretendiam saber o itenerário de um Rallye Figueira da Foz (?) que iria passar nas florestais de Arganil e como ainda vinha distante a prova e não havia ainda Caderno de Itinerários necessitavam da minha ajuda, não sabia eu nessa altura que estava em frente do mais consagrado e admirado Piloto de Rallyes Português do nosso tempo.
    Foi até por este facto, que anos mais tarde quando aparecia na Televisão, fruto do prestigio alcançado aquem e além fronteiras, os meus filhos diziam com orgulho perante os amigos - "este corredor já esteve em minha casa sentado no meu sofá". Ainda hoje são seus admiradores pois reconhecem-no como grande piloto mas fundamentalmente como amigo.
    Desde essa altura priva-mos por diversas vezes em encontros mais ou menos regulares, quer em alturas de Rallyes quer por passar ou vir a Arganil, pois muito embora nascido em Almada seu Pai é de Oliveira do Hospital.
    Obrigado Rui por tudo o que fizeste pelos Rallyes em Portugal.
    Obrigado Rui por seres amigo de todos os que gostam de Rallyes em Portugal
    Obrigado Rui por fazeres o favor de ser meu amigo.
    Arganil - 09 - Out - 2008
     
  8. Um grande piloto... Merece este destaque...

    cumprimentos.
     
  9. Tive sempre interesse e admirei a carreira deste piloto.

    Lembro-me bem da primeira vez que o vi, quando estava a assistir ao TAP, com 7 ou 8 anos de idade, na descida da serra da Lousã.
    Nesse troço o Rui Madeira saiu de frente numa curva (junto à casa do guarda florestal) com o seu Citroen AX, acidente que infelizmente teve consequencias trágicas para um espectador, que mesmo estando protegido por dois pinheros e uma placa de cimento, acabou por perder a vida. Não estou certo mas na altura lembro-me de se ter falado num problema na caixa de direcção do carro...

    Nao sei bem porquê, talvez pelo impacto que este acidente teve na minha inconsciencia infantil, que desde esse dia que o nome "Rui Madeira" me despertou a atençao.

    Grande piloto!
     
  10. Almada, grande Cidade de pilotos.

    Conheci o Rui desde os tempos do Seagull(Setúbal), em que todos nos juntávamos lá aos fim de semana para "abanar" o capacete, tempos em que ele andava de Patrol ou de Mini 1275 GT e que neste mesmo carro um dia decidiu colocar um roll-bar e o carro perdeu quase 20km/h de velocidade de ponta, devia ser ferro de algum andaime da Construciv...:D
    O irmão não lhe emprestava muito na altura o Golf GTI...B)
    Hoje em dia tem um 124 Spider(que eu nunca vi), muito bom, contado por o padrinho do meu filho que por questões profissionais costuma estar com ele.

    Uma pessoa extremamente educada e sempre bem disposto.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página