Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Restauro- Austin Healey Sprite MK I Frogeye 1959

Tópico em 'Austin' iniciado por Jorge Manuel Antunes, 30 Abr 2009.

Tópico em 'Austin' iniciado por Jorge Manuel Antunes, 30 Abr 2009.

  1. A descoberta, la estava ele no quentinho todo cheio de pó em cima de uma charrete não estava la muito mal.
     

    Ficheiros Anexados:

  2. No transporte estava a chover que pena tiroulhe o pó
     

    Ficheiros Anexados:

  3. A estadia antes de começarem os trabalhos.
     

    Ficheiros Anexados:

  4. 5 estrelas Jorge...

    Continua que vais bem :)
     
  5. O estado em que estava, ferrugem, grande dor de cabeça.
     

    Ficheiros Anexados:

  6. Ja na garagem, para começar a desmontar.
     

    Ficheiros Anexados:

  7. Ola Filipe, o carro ja esta restaurado, estou so a relatar e por umas fotos do restauro.
    Diz me uma coisa Filipe pensas que é chato por tantas fotos aqui no portal?

    Abraço
     
  8. Farto-me de olhar, mas tenho de começar por algum lado
     

    Ficheiros Anexados:

  9. Teve que ser, mãos à obra, coragem Jorge
     

    Ficheiros Anexados:

  10. As surpresas, pensei que as embaladeiras estivessem boas, tinha era embaladeiras a mais, 4 de cada lado soldadas umas em cima das outras, 2 interiores e duas exteriores, era so chapa para cortar.
     

    Ficheiros Anexados:

  11. O chão ja foi descravado, surpresas boas, até a data nenhuma, custou tanto decapar a traseira, tive que beber umas cervejolas para animar, cortar os guarda lamas que dor, mas ainda bem que cortei porque a chapa estava soldada uma por cima da outra uns 8 cm.
     

    Ficheiros Anexados:

  12. Parabens pela máquina. Considero o Frogeye bem simpático.
    À uns anos fui ver um, mas estava num estado lastimável debaixo de um telheiro e para além disso com uma serie de alterações, que iriam dificultar ainda mais o restauro. A juntar a isso, o preço tambem era pouco agradável...
    Foi o Jorge que fez o restauro?
    Cumprimentos
     
  13. Ola Alfredo, obrigado pelos cumprimentos,
    Foi pena não ter adequerido o frog, verdade que é um carro muito simpatico, as peças para o restauro não são muito caras e ha tudo tanto em chapa como de mecanica, a unica peça que não fazem é o volante original, para este modelo para os outros modelos ha, talvez um dia destes descubra um.
    Quanto ao restauro eu so fiz a parte de aprendiz, desmontar, montar, limpar peças, decapar,descravar, cortar e não foi tudo, os cortes mais delicados foi o bate chapas que fez, a preparação para a pintura e pintura foi o pintor que fez, a montagem fui eu que fiz porque é o 2° que faço, o outro é o mk IV que é mais o menos igual no que toca a restauro.
    Cumprimentos
     
  14. Olá jorge.

    Podes colocar as fotos que achares bem... Aqui o pessoal é mt curioso e gosta de ver tudo :)

    abraços
     
  15. muito bem!

    levou um tratamento condigno!
     
  16. Antes de o levar para o jato de areia, claro sem capot e com a traseira ja decapada, o dito capot, uma so peça, a fazer a frente toda do carro, é tão grande que faz desanimar, com aqueles olhos, a olhar-me de lado como que a dizer, vais ter de beber mais umas cervejolas para me tirares esta tinta todo, tens de sofrer para que o prazer, seja maior depois. Aquele olhar do capot tinha razão, é um prazer conduzir este magnifico carro, tão simples e tão lindo, ( é a minha opinião ).

    Á chegada do jato de areia, até ja parecia outro e com o anti ferrugem em cima aí sim, animei mais um bocado, mas foi ânimo de pouca dura, porque ainda havia muito trabalho pela frente, mas enfim tambem se hade fazer.
    As peças pretas foram termolacadas e aquela chapa cinzenta fui eu que fiz e pinguei, estou orgulhoso, nunca tinha soldado, mas o resto das soldaduras não fui eu, foi o chapeiro.
     

    Ficheiros Anexados:

  17. Foi mesmo até ao osso.
     
  18. Mais algumas fotos, sem comentarios.
     

    Ficheiros Anexados:

  19. Que bonito modelo, não conhecia.
    Vai ficar lindíssimo, continuação de bom trabalho.
     
  20. O trabalho do bate chapas, um Homem espetacular em todos os sentidos, como pessoa e como profissional.
     

    Ficheiros Anexados:

Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página