Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Restauro Alfa Romeo 33 1.7 QV

Tópico em 'Alfa Romeo' iniciado por David Castro, 20 Jul 2007.

Tópico em 'Alfa Romeo' iniciado por David Castro, 20 Jul 2007.

  1. A primeira vez...
     
  2. Vou tentar ser breve no resumo da história do Alfa.

    Quando tirei a carta andava com um Alfa Romeo 33 1.7 QV, que era do meu pai e acreditem, quando se tem 18 anos e um carro apaixonante (como acho que este é), somos um bocadinho mais felizes, LOL.
    O tempo passou, e por motivos que não interessam, o Alfa ficou parado no pátio à chuva e ao vento durante +- 6 anos sem trabalhar.

    Acreditem ou não nunca desisti daquele carro e fui o responsável pela sua estadia até hoje. O meu pai queria "desfazer-se dele" porque não compensava a quantia que pediam para o efectuar algumas reparações que ele precisava e comprou outro carro. E eu fui adiando o dia da triste despedida.

    Actualmente decedi TENTAR trazê-lo de novo à vida, porque é impossível esquecer os bons momentos e adrenalina (isto não era para dizer...) que me ofereceu naqueles anos.
    Por isso vou-me iniciar no restauro automovel (ou melhor - TENTAR).

    Como esteve parado 6 anos tirei-lhe as velas e deitei um pouco de oleo "lá para dentro". Li algures que se deve fazer isto quando um carro está parado muito tempo e pretendemos po-lo a trabalhar. Depois engatei uma 5ª e empurrei-o, para ver se o motor estava muito preso. Mas ele andou sem problemas.

    O passo seguinte era comprar oleo, filtro do oleo e liquido refrigerante para o radiador. É nesta fase que surge o primeiro problema: o filtro de oleo recusou-se a sair. Estava muito, mas mesmo muito apertado e só o consegui tirar com algumas invensões e muita paciência. Mas consegui:feliz:

    A ansiedade cresceu com o momento de dar à chave. Rodei-a com alguma hesitação e só se ouviu o motor de arranque nas poucas tentativas que efectuei. Como tem 2 carburadores duplos e estava parado há "séculos" (o circuito devia estar sequissimo), tirei o filtro de ar e entornei um pouco de gasolina para os carburadores.
    Rodei a chave novamente e "voilá", o motor boxer fez-se ouvir timidamente mas foi abaixo várias vezes até que começou a funcionar (embora com alguns rateres e algo desafinado).
    Os tubos de gasolina que ligam aos carburadores estavam podres, o que provocou a fuga de gasolina. Cortei as estremidades e mudei o tubo que liga à bomba de gasolina. Problema resolvido.
    Estas foram algumas das aventuras até agora. Mas não me posso queixar - foram 6 anos:oo

    E é este o ponto de situação.

    Agora preciso da vossa ajuda para outro problema. Mantive o Alfa a trabalhar para aquecer e testar a ventoinha do radiador, mas nada. A temperatura subiu até aos 100 graus e depois tive medo de provocar um sobreaquecimento e desliguei o Alfa. Parece-me que a ventoinha deveria ter disparado a esta temperatura. ALGUMA SUGESTÃO?
    Alguem tem um Alfa 33 1.7 QV para me dizer quando é suposto disparar a ventoinha?

    Devo adiantar que percebo pouco de mecanica e conto com a preciosa ajuda de quem puder contribuir para os problemas que irei enfrentar neste restauro sem data de conclusão :D Desde já obrigado.
     
  3. 6 Anos parado o radiador deve estar cheio de porcaria, se calhar lavando em condições resolve.


    No meu Ax tive esse problema devido á sujidade a ventoinha só arrancava muito acima do normal.

    ;)
     
  4. Podera ser isso, mesmo com agua no radiador, o circuito pode estar sujo, aconselho que tire um dos tubos e faça correr aqua dentro do circuito, depois podera por liquido de radiadores.

    cumprimentos.
     
  5. O melhor é testar o termoestato e a tubagem toda, tanto tempo parado deve ter imensa ferrugem no circuito da água.
     
  6. Obrigado pelas dicas.

    Ainda nao limpei o circuito porque não vejo nenhuma "valvula" para depois o sangrar. Nem no termostato, nem nos tubos, nem no radiador!
    Se alguem souber onde é que elas andam, agradeço.

    Como vos disse, não sou nenhum conhecedor :(-, apenas um curioso dedicado aos automoveis.

    Sempre pensei que mesmo com o circuito entupido ou com o termostato avariado o "sensor" da temperatura obrigasse a ventoínha a trabalhar.
    Estou errado?
     
  7. Parabéns, tens aí um belo carro.se isso é o 1.7 de carburadores então tens aí 118 cavalinhos;);) já agora de que ano é? e umas fotos também vinham a calhar...

    em relação ao teu problema da agua, tens em baixo do motor (nas cabeças, acho) dois parafusos para drenar todo o sistema de refrigeração. tiras os dois e com uma mangueira metes agua para dentro do depósito, para lavares o circuito. liga a chaufagem no quente para também limpar essa parte. quando vires que sai agua limpa, voltas a apertar os parafusos em baixo do motor, e enches o circuito com anticongelante. este carro não precisa de ser sangrado, basta deixá-lo trabalhar um bocado e acertar o nível.

    Trata bem dele que serás bem recompensado em divertimento e prazer de condução:p
     
  8. Bemvindo! de que ano é? ...207 Km/h é o que tens aí :D
     

    Ficheiros Anexados:

  9. Obrigado pelos posts. Estou admirado com o espírito de ajuda entre os utilizadores deste forum. Alfistas ou não;)

    O carro é de 1988 (serie 2) e era do meu pai ainda eu não tinha carta.
    Sim, tem dois carburadores duplo corpo (acho que se diz assim).
    Já tirei umas fotos. Quando conseguir vou colocá-las aqui para irem acompanhando.

    Quanto ao problema da ventoínha, vou tentar mexer na válvula, que está no radiador, para ver se será um mau contacto, ...

    Já descobri o parafuso para drenar, mas só queria limpar o circuito, trocar alguns tubos e, provavelmente, o termostato depois de saber que a ventoínha está a trabalhar quando a temperatura sobe.

    Cumprimentos
     
  10. Está quase a cumprir os requisitos de um clássico...:D
     
  11. se a ventoinha não trabalhar, trocas a válvula.simples. olha que tens 2 parafusos em baixo para drenar, um de cada lado.

    este foi o meu 2º carro, um 1.7ie com 110cv. grande carro:feliz:
    [​IMG]
     
  12. O meu tem a mesma cor. Deixa recordações, não deixa? ;)

    Aparentemente consegui resolver o problema da ventoinha. Lixei os contactos da valvula que está no radiador e de uma ficha que, penso, alimenta o motor da ventoínha. Depois foi dar à chave e esperar. Agora parece estar tudo bem, a ventoinha funcionou.

    Tenho de comprar tubos (de água e gasolina) porque estão quase todos podres . E já agora o termostato e a válvula também devo comprar.
    Lojas no Porto/Gaia com preços razoáveis, alguém conhece?

    Cumprimentos
     
  13. em qualquer casa de peças auto deves encontrar o que precisas, os 33 carburados partilham os componentes (1.3 / 1.5 / 1.7). Talvez os tubos sejam mais difíceis de encontrar... eu sou de Lisboa, mas aí em cima tens a Ralpi, casa de borrachas.
     
  14. Grande bomba!!! E estou a ver que o numero de alfistas aumenta de dia para dia, não sou o único a olhar o céu! As minhas "miúdas" só são clássicas em 2017... ainda tenho mt q fazer nelas! Mas acredita que o trabalho q estás a ter (e que vais ter) no 33 é recompensado cada vez que o conduzires e ouvires o cantar do boxer a alta rotação ;) Tb sofro de alfite aguda, e do mesmo mal (leia-se 33). Reconstrui 1 33 1.5 IE de 92, aparece sp + 1 coisinha pa fazer, mas isso é o quotidiano de 1 alfista! O 155 já n me "chateia" tanto, mas n tem aquele cantar do 33... e n vai tantas vezes à oficina.... vai é mtas + à bomba de gasolina! :huh:

    Boa sorte no restauro e saudações alfistas a partir dos Açores
     
  15. Aqui estão algumas fotos do Alfa em 1990.
    O "kit" que ostenta (coisa rara na altura), foi feito por encomenda em chapa e à mão por uma oficina. Na altura ainda se via pouco a fibra de vidro, lol.
    Mas agora o 33 vai ficar de origem.

    Cumprimentos
     

    Ficheiros Anexados:

  16. E agora, umas fotos actuais :(
    A última foto, refere-se ao que, para mim, vai ser o grande problema do restauro - a traseira (o lado esquerdo em cima está podre).
    Podia deixá-lo com um chapeiro, mas gostava mesmo de ser eu, e vocês (que serão a minha salvação), a fazer o restauro completo do carro para que o prazer seja diferente e eterno ;)
    Por isso estou a pensar numa solução "kamikaze" - comprar uma maquina de soldar e aprender a utilizá-la.
    Algum dia teria de dar o passo, lol.

    Obrigado pelas respostas e incentivos (que bem vou precisar).

    P.S.: A fiabilidade deste 33 foi, até ter sido "abandonado", INTOCÁVEL. Se bem me recordo só precisou de trocar o servo-freio, o radiador e o termostato (o meu pai usava agua no circuito :(-). Sem questionar quem diz o contrário, fico sempre admirado quando falam mal destes carros.
    Será que a única coisa que precisam é que cuidem deles?

    Cump.
     

    Ficheiros Anexados:

  17. Se o unico podre que tens no carro é esse na traseira, aconselho a mandar para o chapeiro. Essa zona, devido aos pormenores não é das mais faceis para começar a aprender, e o investimento na máquina pode não compensar.

    A não ser que tenhas algo mais em mente de futuro para esse tipo de trabalhos, se fores mesmo em frente reproduz primeiro a zona em chapa antes de cortar.

    Só um pequeno aparte, quando soldares, não te esqueças da proximidade do deposito de combustivel, mesmo vazio não deixa de precisar de cautelas.

    Força com esse restauro que a máquina merece. ;);)
     
  18. eu nao sei qual e a sua profissao, mas eu n arriscava! cada qual entende da sua area. o restauro do carro no chapeiro nem ha-de ficar tao caro como isso. cuidado ao poupar uns euros nao va gastar depois mtos mais!!!
     
  19. e um conselho de amigo. o carro ja esteve demasiado tempo na rua! ta na hora de lhe arranjar uma garagem!lol
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página