Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Renault 5Gt Turbo Vs Vw Polo G40 Vs Fiat Uno Turbo I.e

Tópico em 'Off-Road' iniciado por Helio Fernando, 27 Set 2013.

Tópico em 'Off-Road' iniciado por Helio Fernando, 27 Set 2013.

  1. Boa tarde a todos os membros,este modelos marcaram década do incio anos 90.Na vossa opinião quais deste modelos é o vosso favorito e porque?
     
  2. Eheheh!

    O meu favorito seria um Gt turbo com o motor do G40! lol

    O Gtturbo indubitavelmente tem o melhor chassis e é o mais divertido e eficaz na condução. Tem como contra um motor de antes do diluvio (creio que é o velhinho cléon) que só ganhou alguma vida com o turbo... em qualquer das 2 gerações sempre de carburadores.

    O G40 é enquanto conjunto o pior (desportivo) dos 3 exibindo no entanto o motor talvêz mais poderoso, ou pelo menos ao ter um compressor não tem o "lag" que os outros 2 exibem e que era caracteristico dos motores turbo da época.

    O Uno acaba por ser um conjunto bem melhor do que habitualmente se comenta, com uma adaptação turbo do mais moderno que existia na época e com um chassis que sem nunca se aproximar do brilhantismo do Renault acaba por ser melhor que o VW.
    Qualquer um deles é relativamente mal construido, mas a qualidade (ou falta dela) do Renault dá-lhe o titulo do piorzinho da época.

    No geral, o carro mais aclamado desta categoria é o 205 Gti, mas sou da opinião que com um condutor que saiba o que faz, o GT turbo é mais rápido num troço caom curvas... mesmo contra o 1.9!

    Assim, dos 3 referidos, a minha preferencia vai para o "ranhô"!
     
  3. 205GTilaugh.png ou AX Sport (carburadores...). Sei que não está na lista mas são os que mais gosto. O bom do atmosférico e chassis divertido.
     
    HUGO NORTON gostou disto.
  4. Eu por acaso tive um 5 gt turbo e deixou saudades para mim mais bonito de todos e bastante seguro e andava que chegasse , o fiat era conhecido como o caixão com rodas , segurança pouca andamento muito algo nao batia certo hehe ,o vw nunca gostei muito da linha do carro para mim parecia carro estranho , de resto eram tudo grandes maquinas para época deles


    Enviado por Sergiotaxista
     
  5. Hum.... vou dar a minha opiniao , embora concorde na integra com o Carlos Vaz .
    O GT turbo é sem duvida o que tem mais "fama" dos 3 , sendo ainda hoje em dia um modelo muito adorado por todos , infelizmente a manutenção é algo " trabalhosa " ( para mudar o turboangry.png ) e algo dispendiosa .
    O G40 é de todos eles o que tem a aceleração de ponta mais rápida . Aquele compressor é malucobiggrin.png . Cá fazem muito a adaptação do G60 para o encaixar lá , mas o compressor do CLK á que ébiggrin.png . Infelizmente os compressores são de pouca dura ou de dispendiosa reparação ( kits algo caros ).
    O Fiat tem a apelativa mais antiga de todas e apelidado como o pocket rocket . Chassis algo surpreso , nunca se sabe o que vai nos fazer . Mecanica fiável . Electronica ja se sabelaugh.png
     
    Helio Fernando gostou disto.
  6. O GTT, para mim, é o melhor HH dessa geração. Mesmo contra o 205 GTi ou o Golf GTi.
     
    Helio Fernando gostou disto.
  7. Para mim é sem sombra de dúvida o Fiat! Aquelas letras "Turbo I.E." ainda hoje me deixam agradado. O Renault era também especial. Aqueles alargamentos eram do mais bonito que havia na época. Em relação ao Vw, faz jus á marca: pouco vistoso, era (quase) um "sleeper" mas, não sei porquê, não me diz nada, quando era conhecido na época por ser um canhão a andar e uma bela cag... a curvar.
     
  8. Number one...
    Peugeot 205 GTI, seja em 1.6 ou 1.9. Um mais revvier outro com o acrescento da força ou binário espantoso desde baixas..incrível!
    Mas o "special one" é o 205 Rallye! Mais minucioso mas mais especialista e raro. Ai,ai...lindo, simples, a lembrar sempre o turbo 16 grupo B.
    O peugeot 205 GTI é o Deus a curvar...envergonhando muita coisa mais moderna. Tem é que ser bem..guiad...pilotado!

    São apaixonantes, têm uma linha ainda hoje fantástica. Os méritos de pininfarina...
    Os binários em baixas fantásticos...sem recorrer a turbos e a certas modernices que fazem perder a cabeça na hora de pagar aos mecânicos! Apresentam uma relação divertimento/valor seguro/estética/comportamento/facilidade de manutenção e utilização imbatíveis nesse segmento. São fiáveis e á prova de muita coça!
    Bancos supimpas, caixa ultra mega rápida apesar de engrenagem ruidosa, travões às 4 nos 1.9 satisfatórios face a outros...e curvam que eu sei lá! Pedais no sítio certo e bem alinhados, volante pequeno, manete alta à "mão" e voilá!

    O pior...a qualidade dos plásticos em geral! O tuning que os andou a tentar matar...mas agora as coisas estão a mudar!
    Olhar para ele pode provocar mossas na carroçaria de tão leve e fina que é...isso é quase apanágio destes pequenos excepto o Golf, mais bem construído.
    Apesar disso tem um chassis magnífico! Simplesmente a verdadeira fórmula ganhadora!
    Um pedigree a par com o GTT e o Golf...

    Depois...

    Golf GTI...mkI é eterno...a fórmula perfeita e o primeirinho! Sem dúvida um ícone!

    Adoro mesmo um bom Golf G60.. Mas esse é de segmento acima!
    O civic CRX MKII 1.6 Vtec (IVT) é outro...mas encontrar estes dois originais e direitinhos é como a agulha...no palheiro!

    Depois...

    Renault 5 GTT...

    Tem pedigree...muito mesmo! E é um pocket-rocket! Faz tudo mais ou menos bem, curva e anda! Andou nos trofeus, rallyes, etc...tem um estigma e carisma. Mas não gosto muito de renault...não sei bem porquê...

    Anda que nem um desalmado apesar de que a fiabilidade não é a mesma de um mero 205 GTI... Andamos mais insossegados...e aquele turbo..ui, ui...quantos partem? Muitos....
    Em termos de curva, prefiro o 205 pois acho que no GTT há mais perdas de motricidade devido às entradas explosivas do turbo e às pequenas rodas. Em termos de qualidade estão a par...plásticos... Mas prefiro mesmo assim o 205 em design, bancos, posição de condução.
    Para dia-a-dia...este é mais melindroso...gasta mais e requer mais atenção.


    AX Sport...
    Carburadores...carro minimalista...curva como um demónio...tomba gigantes...muito, bom! Segredo do baixo peso!
    Mecânica simples e nada complicada.
    Qualidade medíocre...e uma raridade em bom estado original e bem mantido.

    Aquilo é frágil, sem dúvida!




    Fiat Uno Turbo ie

    Gosto mais da primeira versão, mais pura.. Mais rara! O cockpit é muito engraçado e é jeitoso para gente grande, sobretudo no espaço para as pernas. Relativamente confortável em bom piso e com alguns pormenores deliciosos da Abarth.
    Esqueceram-se do chassis...
    Não são um primor em relação ao comportamento(outra vez), ficando atrás (muito) dos concorrentes franceses. Tem um super-motor explosivo..para os semáforos é brutal! Mas o resto....meu deus! Drag-race é com ele...mais tarde o Punto GT...mas sem nenhum pedigree...bah!

    Diria que numa qualquer estrada secundária seria difícil acompanhar um GTT ou um 205 GTI. Só se tivesse muitas rectas tipo indianapolis.. Lol
    Falta a agilidade sempre bem vinda, falta uma caixa rápida e precisa, falta mais aderência naquelas rodas dianteiras..

    Um pormenor delicioso...o quadrante...magnífico! Fantástico! Desde que não avarie...
    Posição de condução alta...pouca segurança em altas velocidades..Direcçao e caixa melhoráveis..a sensação de que vamos desta para melhor na primeira curva! Apaixonante...
    Adoro as suas reprises...
    Para dia-a-dia...consumos elevados, manutenção algo melindrosa (turbo), sistema eléctrico "à italiana" e construção abaixo da média.
    Foi muito massacrado na ponte Vasco da Gama...tentando matar os saxos e vtis..

    Já disse que aquilo não foi feito para curvar...lol :)


    Mais. Tarde...

    Clio Williams...sem palavras apesar de não apreciar a marca! É fabuloso! Quem os tiver que os guarde...
    Clio 16v...alma em altas., boa linha....mas prefiro um GTi dos primos.

    Golf MKII ..um tanque! Fantástico! Já referi o G60 mas o 16v é fabuloso!

    Pug 106.. Rallye, XSI, e mais tarde o GTI. Um fórmula perfeita, um pequeno pocket-rocket..falta o pedigree e a história bonita do irmão mais velho. Não gosto de saxos...gosto de AX Sport!

    Suzuki Swift...
    Bom carro...boa rotação...curva benzinho...exçelentes baquets (mkII) e uma linha engraçada à japuna. Faz bons consumos mas só tem alma lá em cima... Era muito avançado tecnologicamente. É uma boa aposta!

    VW Polo g40
    Super motor! Ai meu deus! Aquele compressor faz milagres....

    Onde está o charriot??!!

    Parte tudo... E em recta parte todos...em curva parte-nos todos...morremos! Caput!

    Onde está a formula Golf aqui...esqueceram-se ou fizeram o G40 num domingo quando os turcos estavam sozinhos na fábrica de Wolfsburg???


    E mais..muito mais...

    Talbot sunbeam Lotus...verdadeiro pocket-rocket e RDW... Por exemplo! Outro preço, outro segmento...mas não deixa de ser pioneiro, antigo e um primor dos pocket-rockets.

    Isto tudo sem falar em preços e tamanhos das bagageiras..(como quem diz)
     
  9. Ah..e seguindo o tópico...na escolha entre polo G40/ uno Turbo ie/ GTT

    Desses 3... Sem dúvida alguma o renault 5 GT Turbo!!

    Por todas as razoes apresentadas e pelo prazer de condução.

    Os outros apesar do mérito e de alguns pormenores deliciosos, o fulgor E som do motor G40, a pujança do uno turbo em reprises e arranques..(além do seu equipamento muito completo) o renault curva e anda que é o que se quer!
    E tem um pedigree que os outros nem almejam...
    E isto sem gostar especialmente da marca renault e dos seus produtos.

    Se estivéssemos em "santa pod" levava o G40... Demónio!
     
  10. Totalmente de acordo!


    Não concordo inteiramente que o GTT será mais rápido num troço com curvas contra um 205 GTI 1.9. O maior poder de fogo do turbo contrapõe o binário linear e disponível imediato do PUG. Em subidas de serra acredito na maior rapidez do GTT. Quando se apresentam perfeitamente de goelas abertas a precisar da máxima força em carga...tal como num arranque parado. Se apanharmos um encadeamento de curvas seguidas e de grande tecnicismo...duvido!
    Na fase do...."faca nos dentes" Curva, trava, pequena recta, troca caixa, trava, curva, direita, esquerda, ponta-tacão, curva sim, curva sim, pequena recta, etc... o GTI é uma delícia nesse campo...curva sob carris sem grandes understeers...menos understeer que o renault. O Renault mostra-se mais plantado, mais baixo sobretudo de traseira mas a falta de motricidade quando entra o turbo faz acentuar a tendência natural de um FWD, foge ligeiramente mais de frente obrigando a aliviar mais a aceleração. Se o piso estiver irregular penso a que a suspensao do 205 será mais adequada, absorvendo mais irregularidades apesar de ser cavalo de pau, assim como a relativa (melhor) qualidade de construção do chassis, do conjunto do carro em si. o GTT pode ficar massacrado em estradas com ondulações de serra e se fossemos fazer 50km a fundo nos dois tenho a certeza que um 205 seria mais resistente na hora da chegada, sem ter problemas de aquecimento de motor, travões, etc..plásticos a ranger...tampas de tablier partidas...etc..
    A caixa do 205 GTI(sobretudo a BE3 mais curta) torna-o um carro de corridas..com passagens ultra-rápidas de 3ª para 2ª e vice-versa e tem um fulgor muito forte até quase às 7000rpm sem poços em nenhuma faixa de rotação. Não tem turbo, não tem cabeça múlti-válvulas mas está tudo bem afinado para 130hp cheios de alma, com um chassis fenomenal. A concepção do motor Renault é mais antiga e penso ser menos fiável em termos globais. As capacidades são diferentes.
    Em comportamento são muito semelhantes, com o PUG a ter tendência mais oversteer (menos acentuada no 1.9 face ao 1.6 devido às vias, taragem de amortecedores e rodas maiores) mas que pode ser uma vantagem nas mãos certas...a frente entra sempre e é só dosear o acelerador e volante com rapidez para fazer curvas a velocidades de rectas..temos é que estar atentos e ser rápidos a reagir.
    Em potência a disparar o GTT leva alguma vantagem devido ao sopro do Turbo mas...a facilidade com que o PUG 1.9 faz as curvas e joga com o trinómio motor/caixa/chassis é fabulosa. Eu diria quase imbatível nesta gama de pocket-rockets.
    Em ponta são semelhantes mas penso que o GTT será ligeiramente mais veloz, assim como em algumas recuperações. O 205 é curto nas relações e fica-se pelos 200 e pouco reais. Em circuito...venha o diabo e escolha..são ambos máquinas muito eficazes e depende de factores como os pneus, o condutor..e a coragem de os levar ao limite, portanto, curvar em 3 rodas muitas vezes.
    Considerando carros de série e em estado bom.
    Em travagem vejo alguma vantagem do 205, sobretudo o 1.9. Resiste bem à fadiga. Quase todos os carros destas épocas não foram idealizados para travar bem. O G40, os corsas A GSI e outros..são má miséria neste campo.
    O GTI em termos de manutenção leva igualmente vantagem por ter uma mecânica menos melindrosa, sobretudo por não ter turbo a atrapalhar a despesa e o consumo. Penso que ao nível de peças de carroçaria específicas são ambos chatos...
    Em pedigree, status, ou mediatismo ficam....a par e par, e dividem opinões. Para mim, o mais mediático é o 205 GTI, sobretudo pelo seu palmarés nos rallyes, sendo o renault mais mediático em circuitos, apesar das suas incursões (grupo N) nos rallyes mundiais.
    O renault Alpine turbo esse sim tem mais mediatismo do que o super5 GTT.

    Andam a par e par.. E os gostos estéticos e impressões a bordo desempatam o confronto. A maior parte dos comparativos de época dividem opinões conforme a revista ou os pilotos. As diferenças nos comparativos são marginais....Uns preferem o GTT e a sua sensação de explosão com um comportamento à altura dos acontecimentos, além do tuning estético muito eighties, cheio de alargamentos, plásticos e autocolantes. O pequeno volante e bancos do renault são também supremos mas o tablier...e o chocalhar lá dentro penso ser ligeiramente pior do que o do 205. No entanto o Renault é mais confortável e menos cansativo (menos ruído do motor) em grandes viagens mas os consumos são superiores. O 205 é mais seco, talvez devido ao equipamento motriz.
    A direcção é ligeiramente mais directa (menos desmultiplicada) no Renault mas o feeling é superior no Peugeot.
    Outros testes de época preferem o 205 1.9 pelos motivos que apresentei, mais robusto, mais fiável, ,mais disponibilidade e uso do binário em todas as relações e em todas as situações. A caixa apresenta umas relações correctíssimas e é ultra-rápida tal e qual um carros de competição. É um conjunto muito bem atingido com uma estética cativante.
    O jeito do 205 a curvar é único e, para mim, a estética é, ainda hoje, divinal! vista de todos os ângulos.
     
    Carlos Vaz gostou disto.
  11. No geral até concordo contigo!

    Mantenho no entanto que ao nivel da pilotagem, um GTT consegue ser mais rápido que um GTI (mesmo até um 1.9)... e mesmo tendo sido usado nos rallyes o palmarés do 205 em competição é minusculo quando comparado com o GTT.

    Ainda assim, para mim também prefiro o Pug GTI.

    O "ranhô" só ganha o comparativo original do post.
     
    HUGO NORTON gostou disto.
  12. Gosto dos 3!
    O g40 é o único do qual guardo memórias desses tempos (talvez seja esta a principal razão de gostar delelaugh.png ).
    Escolher um? Eu ia para o Turbo i.e., principalmente por ser mais exclusivo...raramente vejo algum no dia-a-dia (até os Punto GT já são raros).
     
  13. Para mim, o R5 GTT. Aquelas linhas são indissociáveis dos anos 80, o comportamento é o tipico de um "jovem" rebelde e a manutenção tem de ser tida muito em conta.

    Caso opte por este, por experiência própria, tenha em atenção as peças de desgaste por manuseamento do interior. Volantes já não existem, assim como a moca do selector de velocidades especifica do modelo. Pequenos pormenores exteriores como os autocolantes, dificilmente alguém reproduz iguais devidos ao sombreado especifico. Do resto, mais ou menos rápido encontra praticamente tudo, até na própria marca.

    Cumprimentos,
     

Partilhar Página