Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Rali Automobilia Princesa Stª Joana

Tópico em 'Rallys, Velocidade e Regularidade' iniciado por Francisco Lemos Ferreira, 23 Fev 2015.

Tópico em 'Rallys, Velocidade e Regularidade' iniciado por Francisco Lemos Ferreira, 23 Fev 2015.

  1. Boa noite,

    Francisco onde é que posso consultar o regulamento e eventualmente "descarregar" o boletim de inscrição?
     
  2. Em breve estará disponivel aqui
     
    António José Costa gostou disto.
  3. Obrigado Francisco.
     
  4. entao o rally vai arrancar de Anadia..... assim fica tentador participar =D
     
  5. Com os horários, mais as confusões dos bólides, ando perdido não sei qual deles vou levar, neste momento não está nenhum em condições decentes para participar...
    O Flecha está à cabeça do pelotão, vamos ver se o Endiabrado não se estica para o sprint Final:)
     
  6. Desde já a comissão organizadora do Rali Automobilia Princesa Santa Joana agradece a todos os nossos amigos a atenção que dispensam e venham a dispensar ao evento que promovemos.

    Este "Rali" de Regularidade História, a realizar no próximo dia 23 de Maio, data da Feira / Exposição Automobilia, é uma prova já inscrita na FPAK e organizada pelos membros do CAAA que em 2014 fizeram renascer o saudoso Rali da Automobilia, três anos interrompido, acessorados por elementos dos Amigos do Rallye Princesa Santa Joana, que também em 2014 fizeram renascer o espírito desta saudosa prova do início dos anos 70.

    Este Rali é "criado" segundo o modelo da prova de 2014, um pouco mais elaborada e recorrendo a percursos e manifestações de ordem social fortemente relacionadas com os Rallyes Princesa Santa Joana de 71, 72 e 73.

    A prova,com inicio em Anadia e fim em Aveiro, encontra-se totalmente montada e a sua apresentação, momento em que serão divulgados todos os pormenores, será efectuada no próximo dia 2 de Abril.

    A prova conta com a sua página de facebook para o acompanhamento constante, sendo que todos os acontecimentos de importância serão divulgados no site do Classicclube.

    Toda a documentação básica : Regulamento , Programa e Ficha de Inscrição, estarão disponíveis tanto no site do Classicclube como no do CAAA.
    O "Projecto de Regulamento" o qual espera a aprovação definitiva da FPAK, será divulgado amanhã.

    Esta página, como é óbvio, esperamos que seja um instrumento de diálogo permanente, que possa contribuir para o melhoramento constante do trabalho que estamos empenhados em efectuar.
     
  7. Que local, bom bonito e barato recomendam para dormir uma noite em Aveiro, parques de campismo não incluídos:)

    PS: Convém a máquina ficar guardada!
     
  8. estou a ver que vais voltar a atacar...
     
    António José Costa gostou disto.
  9. Grande Vasconcelos, ando com saudades de ler os artigos especiais do Raio de Sol:).

    Á partida sim, portanto os últimos 5 podem contar com luta:)!
    Estive a ler o regulamento é pena a inscrição ter subido um bocado, mas posso ir tanto com o Flecha como com o Endiabrado, está tudo um pouco indefenido, quero ir mas não sei se consigo (outras prioridades se tem levantado) e não sei com que máquina (nenhuma está minimamente em condições). Só no ínicio de Maio confirmarei ou não a nossa presença.
     
  10. As inscrições para o Rali Automobilia Princesa Santa Joana, a decorrer no dia 23 de Maio de 2015, estão abertas e com um preço bonificado até dia 10 de Maio.

    A Ficha de Inscrição em anexo.
     

    Ficheiros Anexados:

  11. COmp.jpg
    Prova Complementar de Anadia
    Prova Complementar Princesa Sta Joana
    As provas complementares de Anadia e Princesa Sta Joana serão disputadas sob a forma de CHSP´s. Terão
    Auto partida, mas, como refere o regulamento da prova, não contará para a classificação geral,
    pontuando apenas para o trofeu Cavalinho.
    Será fornecido a cada equipa o tempo de passagem nos CHSPS´s do percurso onde deverá passar lançado.
    Cada segundo de atraso ou avanço em cada um destes pontos, será transformado em 1 ponto.
    Outras penalizações:
     Derrube de obstáculos (cada cone) 10 Pontos
     Erro de percurso 60 Pontos
     Não executar a prova 600 Pontos
     
    #13 Francisco Lemos Ferreira, 3 Abr 2015
    Última edição: 3 Abr 2015
  12. Rali Automobilia – Princesa Santa Joana

    Projeto de Regulamento

    PROGRAMA
    Segunda-feira, 30 de Março
    22:00 horas Abertura das Inscrições
    Sexta-feira, 15 de Maio
    23:00 horas Encerramento das Inscrições
    Terça-feira, 19 de Maio
    22:00 horas Publicação da Lista de Inscritos no website da Prova
    Sexta-feira, 22 de Maio
    21:30 horas Abertura do Secretariado no Hotel Mélia - Aveiro
    21:30 horas Verificação Técnica e Documental – Inicio no Hotel Mélia - Aveiro
    23:00 horas Verificação Técnica e Documental – Encerramento no Hotel Mélia - Aveiro
    Sábado, 23 de Maio
    08:00 horas Verificação Técnica e Documental – Inicio no Museu do Vinho na Anadia
    09:00 horas Verificação Técnica e Documental – Encerramento no Museu do Vinho
    09:30 horas Afixação da Lista de Participantes - Museu do Vinho na Anadia
    10:00 horas Partida para 1ª Etapa – Câmara Municipal da Anadia
    10:10 horas Prova Complementar da Anadia – Parque desportivo na Anadia
    12:15 horas Almoço na Casa dos Maias
    14:00 horas Partida para a 2ª Etapa - Casa dos Maias
    17:30 horas Prova Complementar Princesa St. Joana – Av. Lourenço Peixinho em Aveiro
    17:45 horas Visita a Automobilia – Parque de Exposições em Aveiro
    20:00 horas Afixação dos resultados – Hotel Mélia em Aveiro
    21:00 horas Jantar – Hotel Mélia em Aveiro
    22:30 horas Cerimónia de entrega de prémios – Hotel Mélia em Aveiro

    1º Organização
    1.1 - Definição
    O Classic Clube de Portugal, titular de Alvará de Organização de Provas de Automobilismo e Karting, em colaboração com o
    Clube Aveirense de Automóveis Antigos, organiza a 23 de Maio de 2015 uma competição destinada a automóveis antigos /
    clássicos, denominada “Rali Automobilia Princesa Santa Joana“. Esta prova será disputada em conformidade com o Código
    Desportivo Internacional (CDI) e seus anexos da Federação Internacional do Automóvel (FIA), com as Prescrições Gerais
    Aplicáveis às Provas de Automobilismo em 2015, Prescrições Especificas de Regularidade Histórica e com o presente
    Regulamento Específico, visado aprovado em xx de xxxxx de 2015 com o VISA FPAK Nº xx/REG/2015.
    1.2 - Comissão Organizadora
    Clube Aveirense de Automóveis Antigos, Amigos do Rallye Princesa Santa Joana, representados por:
    Pedro Silva Dias
    Eduardo Almeida
    Elizabete Martins
    António Pedrosa
    Miguel Brito
    Endereço do Secretariado Permanente:
    Clube Aveirense de Automóveis Antigos
    Centro Cultural Fernando Távora, 3º -- sala 5.5
    Praça de República
    Apartado 646
    3810 - 156 Aveiro
    Fax : 234 420 487 Mail : rali.automobilia.stajoana@gmail.com
    Telef. : 917 55 37 30 / 939 08 33 93 / 919 15 45 47 / 965 05 00 20
    1.3 – Oficiais da Prova:
    Colégio de Comissários Desportivos
    José António Santos
    Paulo Tavares
    Luis Almeida
    Director de Prova:
    Pedro Jacinto Silva Dias
    Adjuntos da Direção
    Iolanda Santos
    Branca Carvalho
    Relações com os concorrentes
    Isabel Santos
    Comissários Técnicos
    Nelson Coreia
    Resultados
    MY TIME/ANUBE
    Médico da Prova
    Dr. Antonio Menano

    2º Desenvolvimento da Prova
    2.1 – O “Rali Automobilia Princesa Santa Joana“ é uma competição de Regularidade Histórica, que consta de uma prova de
    estrada com 2 etapas. Em cada etapa serão disputadas Provas de Regularidade e Controles Horários, nunca se solicitando o
    cumprimento de médias horárias superiores a 50 km/h, conforme Artigo 1.2 das PERRH 2015.
    2.2 – O percurso será descrito por Road Book e nele estão incluídas as seguintes provas, melhor descritas em Anexo
    específico:
     Regularidade Hectométrica
     Regularidade por Figuras
     Controlos Horários Sem Paragem (CHSP)
     Controlos Horários (CH)
    2.3 – Todas as Provas de Regularidade, Controles Horários e respectivos tempos e condições, encontram-se definidos na
    Carta de Controlo.
    2.4 – O percurso indicado no Road Book deverá ser cumprido integralmente, salvo se no decorrer da prova existirem
    indicações contrárias da organização;
    2.5 – A organização reserva o direito de introduzir as alterações que julgar convenientes ou as impostas por razões adversas à
    sua vontade, sob reserva de aprovação das autoridades competentes.
    2.6 – A organização não aceita qualquer responsabilidade por Acidentes, Infracções às Leis, Regulamentos, Portarias e demais
    legislação rodoviária, bem como danos materiais ou pessoais ocorridos no desenrolar da Prova.
    2.7 – O Director da Prova é o responsável pela aplicação do presente regulamento e todas as suas disposições, bem como dos
    Códigos Desportivos. Deverá no entanto informar o Colégio de Comissários Desportivos de todas as decisões importantes que
    tiver tomado no âmbito da regulamentação geral ou particular do Rallye.
    2.8 – Para além de condutor e navegador o veículo poderá levar mais passageiros até o número permitido no livrete ou
    documento único.
    2.9 - É permitida a utilização de instrumentos auxiliares.
    2.10 - Durante as verificações iniciais ou em cada parque de partida, serão entregues, dois dispositivos de cronometragem,
    que cada concorrente deverá instalar na sua viatura, após as instruções recebidas. A recolha do aparelho será efetuada no
    final da última etapa/secção. Em caso de desistência o concorrente deve entregar os dispositivos à organização, no carro de
    encerramento, ou no CH final da secção/etapa:
     O dispositivo não necessita de qualquer alimentação elétrica da viatura.
     O concorrente terá apenas de acondicionar dentro do veículo a caixa do dispositivo, com as dimensões de
    aproximadamente 10x10x3cm, no “tablier” ou na chapeleira.
     O local onde são colocados os dispositivos, será a referência de cronometragem nos controlos secretos.
     Durante as provas não é permitido parar nem andar a velocidades inferiores em 50% ao indicado para cada
    percurso, exceto em casos de força maior devidamente comprovados como aqueles decorrentes de tráfico,
    enganos de percurso ou sinais de STOP. Uma aproximação a um posto de controlo secreto abaixo desta velocidade
    poderá ser penalizada pelo colégio de comissários.
     Se numa prova de regularidade, por razões técnicas, o dispositivo de um concorrente não funcionar, será atribuído
    a esse concorrentes uma penalização por controlo igual à média das penalizações da prova anterior ou da posterior,
    cabendo aos comissários desportivos a decisão.
     A má utilização, ou não utilização do sistema que seja da responsabilidade da equipa, implica a não classificação do
    concorrente. Também se aplica esta sanção a quem provocar danos no equipamento.
    2.11 – O “Rali Automobilia Princesa Santa Joana“ terá duas provas complementares que não contam para a classificação
    geral. A soma das pontuações destas duas complementares (descritas no programa), ditará uma classificação especial, cujo
    vencedor receberá o Prémio Cavalinho.

    3º Admissão e Classificação de Veículos

    3.1 – São admitidos a esta prova todos os automóveis ligeiros de passageiros, devidamente segurados e inspecionados, com
    data até 31 de Dezembro de 1990 de acordo com o Artigo 2 das PERRH 2015.
    3.2 – Os veículos inscritos serão integrados nas seguintes categorias e classes:
    CATEGORIAS CLASSES
    E - Até 31/12/1960
    1 Até 1500 cc
    2 Mais de 1500 cc
    F – Até 31/12/1970
    3 Até 1600 cc
    4 Mais de 1600 cc
    G – Até 31/12/1980
    5 Até 1300 cc
    6 Até 1600 cc
    7 Até 2200 cc
    8 Mais de 2200 cc
    H – Até 31/12/1990
    9 Até 1300 cc
    10 Até 2000 cc
    11 Mais de 2000 cc
    3.3 – A Comissão Organizadora poderá aceitar outros veículos de reconhecido interesse desportivo ou histórico, com ano
    após o indicado em 3.1.
    3.4 – Sempre que qualquer classe ou categoria tenha um número inferior a três inscritos a mesma será anulada, devendo os
    inscritos passarem para a classe / categoria imediatamente superior ;
    3.5 - O veículo inscrito só poderá ser substituído por motivo de força maior e por outro da mesma categoria, mediante pedido
    expresso à direção de prova. Qualquer exceção deverá ser analisada e autorizada pelo Colégio de Comissários Desportivos.

    4º Inscrições/Seguros
    4.1 – As inscrições serão recebidas no secretariado da prova, utilizando-se as referências que constam neste regulamento
    4.2 – A taxa de inscrição é de 145,00 €, deverá ser paga integralmente no acto de inscrição e inclui:
     Seguro de prova contratado pela organização com a FPAK
     Dois números de competição
     Duas placas de Rallye
     Dois crachás identificativos
     Um Road Book
     Duas refeições por pessoa
    Único: O seguro será somente válido enquanto o concorrente se encontrar em prova e não abrange qualquer acidente
    causado entre qualquer concorrente e outra viatura de competição, o qual será de inteira responsabilidade dos concorrentes.
    4.3 – Recomenda-se a licença nacional D da FPAK, que inclui seguro.
    4.4 – A Organização reserva-se o direito de não aceitar a inscrição qualquer concorrente, sem que para tal tenha que o
    justificar.
    4.5 – Serão aceites inscrições de equipes (Team ’s) de um mínimo de três concorrentes, com um preço de 25,00 € por equipe,
    independentemente do número de concorrentes constituintes.

    5º Verificações
    5.1 – As verificações administrativas serão efetuadas nos locais e horários mencionados no programa da prova, devendo os
    concorrentes serem portadores de Carta de Condução do Condutor, Livrete e Registo de Propriedade do Automóvel, ou
    Documento Único, Seguro e Ficha de Inspeção Periódica, todos válidos.
    5.2 – As verificações técnicas efetuar-se-ão nos locais e horários, referidos no programa e após colocação das Placas de Rallye
    e Números de Prova.
    5.3 – A organização poderá efetuar verificações à viatura, em qualquer momento da prova, devendo os concorrentes, facilitar
    aos comissários, total acesso a todas a partes do veículo.

    6º Partidas e horas de partida.
    6.1 – A hora oficial de prova é a hora UTC portuguesa e estará disponível à partida da 1ª etapa.
    6.2 – O horário de partidas, que consta no programa, corresponde à partida do primeiro concorrente, saindo os restantes por
    sequência numérica, e com intervalos de 1 minuto.
    6.3 – Qualquer concorrente que se apresente atrasado à partida, até um máximo de 10 minutos, poderá partir de imediato,
    devendo assumir a sua hora oficial de partida inicialmente prevista. Após 10 minutos ficará excluído dessa etapa.
    6.4 – De modo a poder verificar-se o sistema de cronometragem, os concorrentes devem dar entrada para o parque de
    partida até 45 minutos antes da hora de partida (Museu do Vinho), prevista para o primeiro concorrente.
    .
    7º Penalidades
    7.1 – A partida será recusada a quem apresentar irregularidades em qualquer das verificações, a quem não tenha pago a taxa
    de inscrição e a quem se tenha apresentado com atraso superior a 10 minutos, em relação à sua hora prevista de partida em
    cada secção/etapa.
    7.2 – As penalizações serão:
     1 Ponto por cada segundo de avanço ou atraso em qualquer controlo das provas de regularidade;
     600 Pontos por passagem em qualquer controlo com tempos de avanço ou atraso superiores a 10 minutos em
    relação à sua hora ideal de passagem, ou por não passarem nesse ponto de controlo.
     60 Pontos por paragem indevida numa prova de regularidade
     60 Pontos por perder carta de controlo, Placa de Rali ou Número de Porta.
     Cabe ao concorrente, assegurar-se que o dispositivo de cronometragem permanece no seu lugar. A má localização
    do mesmo poderá acarretar uma penalização de 600 pontos por cada posto de controlo.
     Exclusão por conduta anti desportiva e tratamento indevido às autoridades desportivas e oficiais de prova.
    7.3 - A cronometragem será efetuada pelo sistema My Time/Anube.

    8º Classificações
    8.1 – A pontuação final de cada concorrente será dada pela soma das pontuações acumuladas nas diversas provas e
    controlos, bem como das penalidades sofridas, sendo o melhor classificado o concorrente com menor pontuação, dentro dos
    critérios abaixo definidos.
    8.2 - Em caso de empates será decidido a favor do concorrente que tenha efetuado mais controlos, com zero pontos; se este
    persistir, a favor do concorrente com mais controlos com um ponto e finalmente como ultimo critério, serão privilegiados os
    concorrentes com veículo mais antigo;
    8.3 – Serão estabelecidas as seguintes classificações:
     Geral
     Por Categorias
     Por Classes
     Equipes totalmente femininas
     Provas Complementares
     Trofeu Cavalinho que é a soma das pontuações das duas provas complementares.
     Classificação por Team ‘s é ditada pelo somatório das pontuações na classificação geral das três melhores equipas
    de cada Team

    9º Reclamações
    9.1 – Qualquer reclamação deverá ser apresentada por escrito, directamente ao Director de Prova, acompanhada da taxa de
    500,00 € e no prazo de 30 minutos após a fixação das classificações oficiosas; tal quantia não será devolvida caso a
    reclamação seja julgada improcedente;
    9.2 – As reclamações serão apreciadas pelo Director de Prova em conjunto com o Colégio de Comissários Desportivos e da
    sua decisão não existe recurso.

    10º Prémios

    Serão atribuídos pelo menos os seguintes prémios:
     Prémios de presença a todos os concorrentes
     Troféus aos condutores e navegadores dos cinco primeiros classificados da Classificação Geral
     Prémios Vista Alegre aos condutores e navegadores dos três primeiros classificados da Classificação Geral
     Troféus aos condutores e navegadores do primeiro classificado de cada Categoria
     Prémios SIM aos condutores e navegadores do primeiro classificado de cada Categoria
     Troféus aos condutores e navegadores do primeiro classificado de cada Classe
     Troféus à condutora e navegadora, vencedoras da classificação de equipas femininas.
     Prémios Cavalinho à melhor condutora e navegadora da classificação de concorrentes femininas
     Troféus às três melhores equipas concorrentes na geral entre as que tenham sócios do CAAA
     Troféu ao Team melhor classificado
     Prémios Cavalinho aos condutores e navegadores dos três primeiros classificados do “Troféu Cavalinho”
     Troféus aos condutor e navegador da equipe melhor classificada na Super Especial de Anadia
     Troféus aos condutor e navegador da equipe melhor classificada na Super Especial Princesa Santa Joana

    11º Publicidade obrigatória
    A publicidade obrigatória conta nos números de prova, que deverão ser colocados de ambos os lados da viatura, nas portas
    da frente ou de trás e as placas de rali, que deverão ser colocadas na viatura uma atrás e outra à frente, em locais bem
    visíveis. A publicidade obrigatória está descrita em anexo especifico a este regulamento.

    12º Itinerário de Estrada
    ANEXO I - Provas de regularidade
    Disposições gerais
    Nos sectores onde disputam as Provas de Regularidade, o organizador instala controlos, que podem ser secretos, para a de
    verificação de velocidade. Estes controlos destinam-se a recolher a hora de passagem de passagem da equipa e compará-la
    com a sua hora ideal de passagem em cada ponto. O regulamento particular da prova estabelecerá quais as penalizações, a
    atribuir às diferenças entra a hora de passagem efetiva, e a hora ideal de passagem.
    Nos controlos secretos instalados nas provas de regularidade, os relógios estarão aferidos pelo relógio padrão existente à
    partida das respetivas Etapas/Secções. Todos os controlos funcionarão tomando-se por base a "hora ideal” de passagem de
    cada Concorrente em cada um deles, independentemente de qualquer atraso ou avanço, nos controlos secretos anteriores.
    Durante as Provas de Regularidade, os Concorrentes não devem parar, exceto em casos de força maior, ou onde a
    especificidade da prova o permita, ou mesmo o obrigue. Cabe neste caso ao Colégio de Comissários Desportivos avaliar a
    situação com vista a aplicação ou não das sanções regulamentares.
    As Provas de Regularidade podem ser do seguinte tipo:
    Regularidade Hectométrica:
    Prova onde a equipa tem de percorrer um sector de regularidade, obedecendo às médias ou tabelas fornecidas pelo
    organizador. Neste tipo de prova, o concorrente tem como referencia, as marcações hectométricas da estada. Neste tipo de
    prova, não deverá ter em conta a distância padrão. O organizador instalará vários pontos de controlo secretos, mas sempre
    em marcos hectométricos do sector.
    Regularidade por Figuras:
    Prova onde a equipa tem de percorrer um sector de regularidade, obedecendo às médias ou tabelas fornecidas pelo
    organizador. Neste tipo de prova, o concorrente tem como referencia, as figuras do Road Book. O organizador instalará vários
    pontos de controlo secretos, mas sempre em figuras do Road Book.
    Regularidade por Sectores:
    Prova onde a equipa tem de percorrer um sector de regularidade, que está dividido em vário subsetores. O tempo
    despendido para percorrer um dos subsetores será tido como referencia para estabelecer o tempo ideal para percorrer os
    outros subsetores. Os subsetores poderão ou não ser consecutivos, mas o seu início e final terão sempre de ser assinalados
    com sinalética descrita no regulamento particular da prova.
    Controlos Horários Sem Paragem (CHSP):
    Os CHSP podem ser colocados em qualquer parte do percurso de estrada ou preferencialmente devem fazer parte de um
    sector de regularidade. O organizador terá de informar o concorrentes, no Road Book ou carta de controlo, em que local está
    localizado cada CHSP e qual a sua hora ideal de passagem. Os CHSP devem estar assinados com a colocação da placa,
    vermelha normalizada para CH com as letras SP (Sem Paragem). Como o nome indica a passagem nestas placas deve serlançada.
     
    Vitor Dinis Reis gostou disto.
  13. O Moke vai lá estar, Francisco?
     
  14. Vou participar! só não sei ainda em que carro, Flecha ou Endiabrado?
     
  15. Flecha, ele já conhece o enredo. Além de ser mais giro ver um "clássico popular" a bater-se pela vitória :D:
     
    António José Costa gostou disto.
  16. Era bom Vitor, como tudo ou quase tudo em que temos de escolher existe um lado passional e um lado racional, o lado passional diz-me: Leva o Flecha é "clássico", é popular:lol:, pode concorrer à classe e geral, é um rally para acabar na automobilia e vais-te divertir como o caraças com o pendente natural, a minha cara metade também me diz para o levar:).

    Depois temos o racional: Nunca pensei no Flecha para estas lides, o Flecha é para passear em família, nas calmas e pelas marginais, andar nestas lides desgasta um "ente" querido que não foi concebido nem pensado por mim para estes Rallies mesmo sendo "softs", além disso com o calendário do fim de semana já em mente, terei de sair antes das 5 da manhã e levar o Flecha por AE o que não me agrada, a juntar a estas razões existem algumas mais talvez menos influentes para já mas que levam o lado racional a dizer para levar o Endiabrado, menos esforço para fazer o mesmo, aguenta mais porrada e terei menos receio de puxar pela máquina (menos paixão talvez), além de que assim não teria de "comprovar" a sorte de principiante anterior, o Endiabrado não conta para a classificação geral e livro-me da pressão:lol::lol::lol:.

    Ambos precisam de uns carinhos, vamos ver qual vai, estou indeciso, mas vou informar antes da participação;).

    Abraço,
     
  17. Olha que este de soft não vai ter nada é para dar calor é um mundo diferente da figueira e vais ter muita serra para curvar e médias de 50
     
  18. O preço Baixou de 145€ para 125€ ;)) até 10 de Maio
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página