Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Quartelas das portas

Tópico em 'Ajuda no Restauro e Manutenção' iniciado por Ricardo Neves, 2 Fev 2011.

Tópico em 'Ajuda no Restauro e Manutenção' iniciado por Ricardo Neves, 2 Fev 2011.

  1. Boas malta!

    Venho aqui colocar uma questão que se calhar não tem cabimento nenhum, mas como "quando não sei...pergunto..." :D

    A minha questão é se é possivel ou existe algum tipo de tinta ou colorante, que possa ser utilizada para "pintar" as quartelas das portas e traseiras de preto!

    Pergunto isto porque as que o meu carro tem estão em bom estado e se der para pintar a napa, trona-se muito mais simples o seu "restauro/aproveitamento"!
    Obrigado
     
  2. É uma boa pergunta.

    De facto existem no mercado produtos para coloração de peles naturais e sinteticas, mas não aconselho, é preferivel deixar isso para os profissionais.
    Varias empresas fazem esse processo e dão garantia.
     
  3. Obrigado!
    Mas e contactos alguém tem? Será mais barato que estofar?E a qualidade é garantida?
    Abraços
     
  4. Depois de ter falado com duas lojas que fazem os restauros dos interiores, achei que valia o trabalho de procurar outras soluçoes.
    Depois de ter falado com um estofador, ele disse-me que em tempos havia restaurado/tratado um estofo de um taxi e que o serviço ficou bastante bom. Indicou-me uma casa na Baixa do Porto onde fui comprar uma garrafa de tinta, que de acordo com o rótulo... tinge pele, couros, mármore, ferro e celuloides!
    Comprei, experimentei numa parte de napa que tinha rasgado ao retirar e até agora o resultado foi bastante bom!
    Amanhã vou lavar e desengordurar uma das quartelas e depois vou pintar com o produto que comprei.
    Depois meto cá fotos do resultado final...
     
    Vitor Dinis Reis gostou disto.
  5. Isso é que é , fotos.
    Por vezes há pormenores que não se melhoram, por desconhecimento. Essa é uma delas.
     
  6. Boas!

    Tal como disse, achei por bem seguir o conselho do estofador e comprei a tinta, bem como duas esponjas para trabalhar.
    O material usado...
    Ver anexo 213151

    Como os bancos do carro têm mesmo que ser reestofados, porque se encontram bastante rasgados, resolvi começar por testar a tinta num canto do banco!

    O resultado foi este...
    Ver anexo 213150

    Depois de estar bem seco, pude verificar que passando a mão, estava um pouco "aderente" e deixava os dedos escuros, mas resolvi esfregar a parte pintada com uma esponja para dar brilho em calçado e o resultado foi bastante animador! Deixou de "largar tinta" e ficou muito macio.
    Assim resolvi experimentar nas quartelas.
    Amanhã vou dar-lhes outra demão e depois com a esponja também e logo vejo o resultado.
    Para já gostei muito do aspecto e também da facilidade da tinta em tingir/pintar. As duas quartelas da frente e os apoios dos braços das traseiras, "gastaram" cerca de 40 ml.
    Ficam as fotos do antes e do depois...
    Ver anexo 213160

    Vamos ver se vale o trabalho. Quanto à faixa cromada que tinham, logo procuro uma solução para isso, até porque está melhor em preto do que antes, porque estava a descascar.
    Abraço
     

    Ficheiros Anexados:

  7. Tá espectacular!
    isso é de um bmw?
     
  8. Viva,

    Na WN á cartelas novas... Eu comprei lás as minhas e em preto não é dificil.
     
  9. Sim!É de um BMW 1602! :D :feliz:


    Pois...eu sei! Mas as minhas estão em bom estado...
    Depois temos o factor t€€€€€mpo que não existe para substituir tudo por novo!
    E convenhámos... um frasco de tinta e as duas esponjas custaram cerca de 8 euros!!
    Se me conseguirem quartelas novas a esse preço eu compro todas!!:D

    Vá... agora a sério... eu sei que o ideal é meter novo, mas as minhas estão em muito bom estado de conservação e acho que é deitar dinheiro fora só porquer decidi que as quero de cor diferente do que estão!
    Depois acho que só porque se está a restaurar algo, não temos que substituir por novo! Se der para poupar uns cobres no material que está bom e aproveitável, eu prefiro aproveitar!Até porque vou precisar mesmo de comprar outras peças novas e o dinheiro de umas coisas vai dar para outras!:huh: :huh:
    Reciclar é palavra de ordem!
    Abraço
     
  10. Grande trabalho! Em relação ao cromado podes tentar limpar pois quase de certeza que a tinta não agarrou lá bem.
    Também sou fã da reciclagem por vezes substituímos coisas que com um pouco de trabalho podiam ser renovadas aliás, se pensarmos no assunto de uma maneira mais vasta nunca restaurávamos carros, comprávamos novos (se calhar já estou a ser fundamentalista) mas concluindo às vezes temos de ser criativos para pouparmos qualquer coisa.

    Cumprimentos
     
  11. Concordo contigo André! Não se restaurava...comprava-se novo!
    Quanto ao cromado não dá para limpar, por dois motivos, porque a tinta agarrou em grande, mas principalmente porque a faixa é de plástico que tem cromado por cima e que estava a descascar, tendo inclusivé sitios onde já não existia, pelo que o retirei todo. Foi só pegar numa ponta levantada e puxar...podes ver como estava preso!! :huh:
    Com calma hei-de encontrar uma solução. Ainda tentei retirá-la mas pareceu-me muito colada e não queria estragar a napa da quartela. Mais lá para diante vai surgir uma solução!
    Amanhã já devo deixar as de trás pintadas também!
    Abraços
     
  12. Isso não é reciclar!É sim o verdadeiro termo "restaurar", que hoje em dia já ninguém faz ao restaurar um automovel!
    Hoje coloca-se tudo novo, e quando se acaba afinal o que restou do carro?Nada, é tudo novo e o carisma foi perdido! Nem houve dificuldade nenhuma a fazer qq coisa, foi chegar á loja e comprar!
     
  13. Não posso deixar de concordar com vocês, estou na fase final de um restauro de um 1600-2 de 1971, e acreditem hoje não faria algumas coisas. Gasta-se muito €€€s.

    A história de perder identidade é apenas uma fábula, o carro está lá altera-se peças que estão menos bem.

    Continuo a olhar para o carro como olhei para ele durante os 31 anos da minha existência, e o meu pai é vê-lo a sorrir pois faz relembrar o ano de 1971 quando o comprou novinho em folha (o km).

    Mas volto a dizer, não fazia algumas como fiz, agora deixo ao critério e liberdade de qualquer um. “A cada cabeça sua sentença”.

    E também sei que quando daqui a 20 anos olhar para ele vou dizer que valeu a pena… Isto é se ainda houver gasolina para o fazer andar… E claro se ainda andar por cá….

    :feliz: :huh:
     
  14. E também sei que quando daqui a 20 anos olhar para ele vou dizer que valeu a pena… Isto é se ainda houver gasolina para o fazer andar… E claro se ainda andar por cá….

    :feliz: :huh:[/QUOTE]

    Isso é muito importante! Poder desfrutar da máquina daqui a muitos e longos anos!

    Eu vou tentar fazer o mesmo, aliás já estou em pulgas para dar umas voltas com o carro e ainda nem comecei o verdadeiro restauro!:D
    Até lá... vou tentando recuperar a maioria das coisas que puder e restaurar o melhor que conseguir e souber.
    Abraços
     
  15. Também sou fã do "se podemos restaurar, porque comprar novo..."

    Quanto tira cromada, existe nas lojas dos chineses uns frisos cromados que se calhar faz o serviço são de colar e existem em varias espessuras.
     
  16. Obrigado! Tenho que ir à loja dos chineses procurar, pode ser que seja uma solução!
    Obrigado
     
  17. Estou de acordo nessa questão do restaurar-comprar novo. Por vezes estou de volta de uma coisa qualquer a tentar pô-la em condiçôes, e o meu rapaz diz que ficava melhor comprar aquilo novo.
    Até pode ter razão, mas digo-lhe que perde a piada toda. Um restauro, é restaurar o que o carro tráz, e não substituir por novos. Se não der, então comprasse se os €€ chegarem e se houver.
    Posso dar um exemplo. Tenho um BX trd turbo em restauro há mais de um ano. O ultimo problema mecânico, depois é a pintura, é uma fuga no filtro do gasóleo. Ainda não está feito por falta de tempo para arranjar aquilo, com o que há. Podia ir comprar um novo, que até não é caro, mas quero montar aquele que é o do carro há 20 anos. E há-de lá ficar.
     
  18. já arranjei amostras dessas tiras cromadas para colar nas portas mas no local aonde experimentei uma pequena porção de porta ela descola muito facilmente e o resultado não foi animador para fazer isso ao resto dos frisos das quartelas
     
  19. Pois...Eu concordo! Só procuro novo se não conseguir consertar o que lá está e em boas condições! Ai vou tentar procurar um igual a funcionar em condições e em ultima hipotese procuro novo! Mas nem tudo dá para recuperar. Eu tenho um tablier todo estalado (que não dá para recuperar) e já procurei outro igual em boas condições (que não consigo encontrar), por isso vou ter que o mandar estofar e como a solução mais em conta é ter que ficar com umas costuras a ver-se...lá terá que ser. :rolleyes

    Tenho que experimentar e logo vejo o resultado, nem que tenha que "acrescentar" cola!:D
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página