Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Prova derradeira...

Tópico em 'Mecânica' iniciado por Hugo Ferrer, 26 Ago 2007.

Tópico em 'Mecânica' iniciado por Hugo Ferrer, 26 Ago 2007.

  1. Boas...
    Para os mais e menos entendidos qual será a prova derradeira de testes para os nossos classicos a fim de testarmos a sua resistencia....
    -Viagem longa;
    -Circuito em serra;
    -Circuito citadino;
    -etc...

    Dêm a vossa opinião ... tenho essa curiosidade (ando sempre desconfiado desde que queimei a junta da cabeça do meu bolite...)o_O:(:D:gear_wink2:
     
  2. eu acho q sao as viagens longas!
     
  3. Na minha opinião circuito em serra sem duvida, mta caixa, algum travão e comportamento em curva...lol
     
  4. sou da opiniao da serra... pelos menos nas minhas maos.. é o pior... viagens longas é velocidade cruzeiro e nada de coisas bruscas... agora a serra!! vale tudo!
     

  5. Se o teu carro for igual ao do avatar partilho a mesmo opnião...
     
  6. Na minha humilde opinião todos têm as suas dificuldades.
    O mais duro talvez seja serra, mas por vezes na cidade ocorre o chamado para-arranca que também é desgastante e a falta de deslocação do ar pode provocar sobreaquecimento...
     
  7.  
  8. Pois... eu também partilho esta opinião, um carro devidamente mantido tem por obrigação andar sem problemas e travar sem problemas independentemente da idade.
    Todos nós devemos ter consciência de que há muitos componentes fundamentais e que devem ser alvo de especial atenção e substituição para que não haja surpresa alguma pelo caminho. Tubagens, bombas, radiadores, são exemplos de componentes fundamentais.
    Com isto tudo revisto garantidamente não vamos ter problemas, claro que imprevistos há até com carros novos.
    Geralmente as coisas cedem por fadiga, e não me parece boa ideia andar "testar" um carro em diversa situações para ver o que rebenta...:rolleyes.
    Depois, é só ter uma ideia do carro e dos seus pontos fracos, no caso do meu 1602, não me pode passar pela cabeça em descer uma estrada de serra em ritmo acelerado pois já sei que os travões não vão aguentar, é o defeito deles, dos 02... o_O Tirando isso vou ao fim do mundo com ele sem qualquer duvida, seja serra, autoestrada, ou lá o que for.
     

  9. Em relação a esta desconfiança, é fundamental perceber o que deu origem à queimadela da junta. O aquecimento pode extra pode ter origem em varias coisas que vão desde o circuito de refrigeração à auto detonação. Se está mesmo tudo ok pode ter sido apenas...fadiga da junta.
    Eu percebo-te bem que tive o mesmo problema. Parecia estar tudo ok mas... neste momento tenho cá uma desconfiança relacionada com a folga da correia que aciona a bomba de agua...:huh:
    Para poderes dormir, ou melhor, andar descansado opta por montar um tremómetro da temperatura de agua fiável.
     
  10. o meu pequenino coitadinho! pra fazer uma viagem longa tenho de parar algumas vezes pra ele nao aquecer. é o q faz ter o motor atras, pois nao entra vento! mas eu acredito que qualquer carro pode fazer as mais diversas viagens, mas temos de ter obviamente em conta as suas limitaçoes e nao as desafiar! um carro de baixa cilindrada nao pode nunca fazer uma grande viagem carregado, a subir. quanto aos travoes do 02, creio q sao o calcanhar de aquiles dele, mas tendo conhecimento disso, nao abusemos! mesmo assim o 02 e um mito!
     
  11. Ora aí está, é preciso saber o que temos nas mãos. Não há carros perfeitos e há "defeitos" que são conhecidos em determinados modelos, uns podemos resolver com algumas modificações outros... temos de aprender a viver com eles.
     
  12. Nao ha maquinas perfeitas como nao ha condutores perfeitos! mesmo assim esses "defeitos" sao algo de menor com que nos conseguimos viver! so uma pergunta, o 02 nao foge de traseira? eu adorava conduzir um... nao sei porque desde mto criança esse carro sempre me fascinou!
     
  13. Obrigado pelas vossas opiniões, deu para perceber a essencia das makinas, não posso dizer que ja conheço o meu escort mas posso dizer que é algo duro de travões mas tem uma coisa boa é bom a curvar ... ( embora o volante exija pelo menos 60cm de bicipe lol :p ) se alguem tiver algum escort xr3 que divulgue algumas manhas da makina que eu infelismente não conheço ninguem que tenha um... :(-
     

  14. :D:D:D:Do 02 foge tanto de traseira como um tracção à frente foge de frente… :D:D:D
    Desde os meus 18 anitos que conduzo assiduamente, mas só à 5 anos tive o primeiro tracção a trás. Claro que tive de modificar o tipo de condução, mas rapidamente aprendi a usar estes tipos de carro, de tal modo, que hoje me sinto um bocado perdido com as rodas da frente a puxar…
    Numa condução normal tipo, passeio com a família, ou uma ida ao super mercado, as diferenças são quase imperceptíveis apenas sentimos uma maior necessidade de acelerar em curva com o ritmo um pouco mais ligeiro.
    O único problema da tracção traseira é o facto de não perdoar os erros do mesmo modo que um tracção à frente, trazendo sérios problemas à maioria das pessoas que geralmente nem sabem as diferenças entre puxar à frente ou a trás.
    Dentro de certos limites se um tracção à frente foge basta levantar o pé e ele vai ao sitio, nos outros… levantar o pé significa chicotear e perder o controlo… Há que ter outros conceitos presentes como “dosear o acelerador” e “equilíbrio do conjunto”.
    Dominada a técnica tudo se torna óbvio, mais eficaz e até divertido.
    O que eu gosto mesmo num RWD é de poder usar as rodas de trás para orientar o carro na direcção que quero ;)
     
  15. O 02 continua a ser um carro de sonho pra mim e adorava conduzir um!lol
     

  16. Nao te preocupes que o 600 tambem é RWD!:D
     
  17. eu sei que é! o meu pai comprou-o quando tirou a carta e chegou a andar em duas rodas com ele porque perdeu o controlo! por sorte voltou ao sitio!lolol! mas o 2002 e um sonho de criança!
     
  18. :D:D

    Olha que um 02 é realmente um mimo, mas também é possível brincar com o 600. Quando casei a minha maria tinha um e eu ainda andei muito com o "azeitona de Elvas", portanto sei do que falo ;) e por falar nisto agora me lembro que ao contrario do que disse o_O pelo meio ainda tive um RWD:D:D mas prontos esse não conta :D:D porque era quase sempre conduzido nas palminhas pois já estava velhote e nunca tinha sido alvo de grandes atenções... Aquecia também :D:D
     
  19. A minha mae teve ma história mt parecida num 600 que teve.... e ainda hj se pergunta como é que nao se espetou!
     
  20. pois! era frequente esse tipo de situaçoes acontecer!

    eu quero começar/acabar o restauro do meu 600 e depois, logo q possa quero arranjar um BMW 2002 do modelo ate 73, com a grelha frontal metalica e farois redondos atras!
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página