Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Pré-classico: Qual comprar?

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Antonio Pedroso Rosa, 31 Jul 2011.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Antonio Pedroso Rosa, 31 Jul 2011.

  1. Caros Portalistas,
    decidi abrir este tópico uma vez que a médio prazo (cerca 6 meses) vou ter que comprar outro carro cá para casa para minha utilização.

    Com o orçamento limitado que tenho, tenho 2 opções: ou compro um carro com menos de 10 anos mas muito provávelmente desinteressante, ou compro um carro com mais ou menos 20 a 25 anos que me dê prazer de conduzir e que talvez tenha potencial de se tornar um clássico.

    Não pretendo aqui discutir casos particulares ou carros actualmente anunciados. Nada disso.

    O que pretendo é uma troca de ideias sobre modelos que se podem encaixar nas minhas necessidades e condições/limitações.
    Essas condições/limitações serão as seguintes:

    O carro será usado nas deslocações diárias casa / trabalho / casa. Serão cerca de 40 km por dia. Por vezes mais. Dormirá na rua.

    As condições que terá que respeitar são as seguintes:

    - terá que ter ar condicionado (afinal é para usar quase todos os dias e esse é um luxo do qual não prescindo num carro do dia-a-dia);
    - não pode ter consumos muito elevados (por razões óbvias), no máximo 9l/100km de consumo misto se for a gasolina;
    - não pode ter uma manutenção muito dispendiosa. Penso que esta condição põe fora um dos meus favoritos - o Saab 900 - e talvez um ou outro japonês;
    - e finalmente a principal condicionante: não posso gastar mais do que 3200€.

    Claro que já tenho um ou outro nome em mente:
    - o Volvo 480 ES (sempre gostei deste carro). A mecânica em parte Renault e o facto de conhecer um mecânico com muita experiência Volvo facilitariam esta escolha.

    - O Alfa Romeo 75 1.6. Aqui estaria indeciso entre carburador e inj. electrónica. Há vantagens e desvantagens em ambos os casos. Também aqui tenho um mecânico de confiança. O que gostaria mesmo era de um Sprint Veloce ou Alfasud, mas duvido que se arranje com A/C. O facto de ter um Alfa de 1974 pode inclinar a balança para este lado.

    - O BMW 316 (E30). Mais antigo deve ser dificil arranjar com A/C.

    - Nos japoneses gosto muito do Honda Prelude (2ª e 3ª série), tambem gosto, embora seja já um carro menos antigo do Mazda MX3. Mas tenho dúvidas na condição respeitante aos custos de manutenção.

    Bom, chega de conversa. Gostaria de receber criticas (positivas e negativas) dos carros que acima listei. Agradeço também sugestões de outras escolhas possiveis.

    Melhores cumprimentos,
     
  2. Pessoalmente, e dou a minha opinião baseada no meu gosto pessoal, o Bimmer, ou o Alfa! :D
     
  3. Qualquer um dos que fala é uma boa escolha... No entanto, o Volvo 480 tem fama de se estragar facilmente quando exposto aos elementos.

    Puxando a brasa à minha sardinha, ou seja, falando de Fiats, o Croma pode ser uma alternativa interessante...
     
  4. Volvo 850 ou V70; GLT ou T5, ou melhor ainda, a R. Carrinha, claro! Inconveniente: preço de uma manutenção cuidada. Vantagens: muitas!... Boa escolha.
     
  5. Se pretender gastar pouco ao longo do tempo, escolha um Honda em bom estado, se quiser paixão para conduzir um Alfa.

    Quanto a Volvo, Saab e BMW prepare a carteira para ir investindo periodicamente especialmente os dois primeiros.
     
  6. Um Corolla GT Coupé a bom preço, com ar-condicionado (porque os há) e bem estimadinho (consumos de 8/9) é um excelente investimento. Pena é ser impossível isso acontecer em Portugal.

    Optaria no entanto por um bimmer!

    Abraço
     
  7. Tens o Corolla AE 92 (também conhecido por Corolla GTi) e que tem uma cotação bem mais baixa do que o AE 86 devido ao facto de ser tracção dianteira.

    Quanto ao Volvo, tens que ter noção que esse modelo é bastante problemático a nível electrónico e bastante propenso a corrosão se deixado aos elementos.

    Aliás, se é mesmo para ser deixado na rua eu evitava mesmo qualquer carro de origem italiana (apesar de serem bastante interessantes). Os italianos exigem instalações à prova de água para durarem mais tempo.

    Apesar disso, o Croma é uma belíssima opção devido à generosa dotação de equipamento e conforto.

    O Honda Civic também é uma belíssima opção e se for na versão coupé melhor.
     
  8. Olha! O AE92! A versão GTi partilha o mesmo motor do AE86! Nem me lembrei desse! Deve ser fixe de conduzir... nunca tive o prazer! =)
     
  9. O E30 só tem um senão, mas isso é relativo, que se prende com o facto de ser um carro pouco espaçoso principalmente atrás.
    Se procurar por um 518i ou 520i E34 resolve este problema, além de serem carros com muito mais equipamento.
     
  10. Pessoalmente preferia o e30

    Abraço
     
  11. o meu pai tem um saab 95 de 2000 e o carro é muito fiável. É raro precisar do que quer que seja...
    Penso que entre Saab ou Volvo está bem servido.

    A minha marca do coração é a Alfa. Com 4000 eurarios compra um bom alfa 156 1600, carro relativamente recente, bonito e dizem quem o conduziu muito interessante...
     
  12. Com esse orçamento em termos de Alfa 75 já dá para procurar um TS que consegue acumular as vantagens do 1.6 de injecção e de carburadores. Não se deixe assustar por ser 2.0 que a andar mesmo muito rápido gasta 10. Com cuidados vai facilmente aos 8/9.
    Por outro lado um 156 1.6/1.8 é uma opção moderna e com muito estilo. Com esse orçamento ou um pouco mais já se apanham. Mas terá que ser rápido pois com o "desafio unico" vão começar a escassear.
     
  13. Perfeitamente de acordo relativamente ao 75 TS. Sem dúvida a melhor opção dentro dos valores pretendidos. Fiável, potente, emocionante, e com basstante potencial de valorização.

    O Alfa 156 1.8 TS é também uma excelente opção apesar de ser um FWD. Na versão Sport é um carro que proporciona excelentes momentos de condução, tenderão a ser raros caso o troféu UNICO III avançar com estes carros...
     
  14. Caros amigos Portalistas,
    agradeço as vossas sugestões e comentários que obviamente serão tomadas em conta na minha decisão.
    Gostaria de fazer alguns breves comentários:
    Bento Amaral: Não é por acaso que BMW e Alfa estão na lista. Tenho um Alfa de 1974 que me dá muito prazer conduzir. Mas se o seu Fiat 850 tivesse A/C....gostei muito de ver a performance em Oiã.
    João Luís Soares, Ricardo JSF e Luís Miguel Rosa: Desconhecia os problemas de corrosão e eléctricos no Volvo. De facto é uma surpresa para mim. O Fiat Croma é um carro muito grande para as minhas necessidades. E francamente não gosto muito do seu desenho. O Toyota Corolla é de facto uma boa opção. Idem o Civic, especialmente na versão coupé. Tanto quanto sei a manutenção não é muito onerosa. Estou certo?
    João Correia Filipe: O Volvo 850? Gosto. Mas teria que ser a GPL.
    Vitor Patricio: Eu também gosto do Saab, especialmente do 900. Mas a manutenção...hummm. Sei que para o 900 já há alguma escassez e o custo é relativamente elevado. Por isso já tinha descartado o Saab.
    José M. Soares: Tem razão o que refere do 518/520. É mais confortável e melhor equipado. Mas aplico o mesmo que disse sobre o Croma e 850. Vou conduzir quase sempre sozinho. Não necessito de muito espaço atrás. Por outro lado um carro maior pesa mais, logo consome mais.

    Para finalizar: Carlos Vaz/ David Silva: O que é o Trofeu que referem?
    Tiago filipe:Respondo amanhã. estou a ficar sem bateria no PC.

    Melhores cumprimentos.
     
  15. O E30 seria provavelmente a melhor opção. Pessoalmente tentaria encontrar um 318i, já que tem um pouco mais de andamento, e não consome muito mais que o 316. Idealmente deve ser pós-87 para ter o motor M40 em vez do velhinho M10, é um motor extremamente fiável e de boa performance.

    A única desvantagem é ser bastante mais raro encontrar um 318 que o 16... mas andam por aí.

    Um abraço!
     
  16. Tiago Filipe,
    o 940 a gasoleo parece uma boa opção. O Diesel ajuda na econimia. Não sei como é em termos de custos de manutenção. Como disse no inicio do tópico tenho um mecânico de confiança. A minha dúvida serão os custos das peças.
     
  17. Vê aqui António:

    Testes no Circuito Vasco Sameiro

    Continuo a insistir no cada vez mais procurado Alfa 75TS...
     
  18. Sem dúvida David.

    Escolha com cabeça? 156

    Escolha com coração? 75

    O 75 transmite emoções únicas,afinal de contas é um RWD com o sistema transaxle,onde a caixa de velocidades e o diferencial estão no eixo traseiro para uma óptima distribuição de pesos.

    Uma berlina desportiva,em tudo. Motor com uma boa performance,comunicativo. Já os deve conseguir arranjar dentro dos valores que procura. A nível de manutenção,os motores com quilometragem elevada,requerem um olhar mais atento. Procure fugas de óleo,ouça com atenção o trabalhar do motor. Outra coisa fundamental é avaliar o estado da carroçaria. Ver se existe corrosão e onde.

    O 156 é também uma berlina desportiva. Não se deixe iludir por ser um FWD! Como o David disse,na versão Sport(amortecedores e molas Eibach -30mm,saias laterais,jantes 16",consola interior em carbono,fundo dos manómetros em preto com escala em vermelho) e com a motorização 1.8 de 140cv,o carro fica bastante engraçado de conduzir.

    Nestes motores,devemos ter em conta vários aspectos:

    -Começar por ouvir o trabalhar do motor. Se o barulho fizer lembrar um diesel,o variador de fase está avariado. Normalmente é mudado com a distribuição. Este permite às arvores de cames adaptar posições angulares diferentes,com o objectivo de alterar o tempo de abertura das válvulas de admissão.Em mau estado tira 7% do rendimento ao motor,logo leva a um maior consumo de combustível.

    -Ver o óleo que está a ser usado. O óleo indicado pela marca (Selénia 20K) é o ideal. Este é capaz de manter uma pressão de 2.2 bar a 130ºC (temperatura do óleo numa utilização citadina). Uma má falta de lubrificação leva a que o motor gripe,como todos nós sabemos. Os motores que não usam este óleo,verifica-se um desgaste acentuado nas capas de biela,o que leva o motor a ceder.

    -Correia de distribuição trocada de 60.000 em 60.000 ou de 3 em 3 anos para evitar acidentes.

    -Velas. NGK Platinum. 60.000 quilómetros,enquanto as outras duram 20.000

    -Ralenti instável: MAF estragada/corpo da borboleta sujo/sonda lambda avariada ou até mesmo o sensor de ralenti.

    Agora cabe a si escolher! Como já tem um Alfa Romeo na garagem,porque não comprar mais um? Só eles nos deixam com um sorriso na cara!

    Cumprimentos
     
  19. Pedro e David,

    obrigado pelas dicas.

    Cumprimentos.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página