Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Porsche

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Vitor Dinis Reis, 15 Fev 2013.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Vitor Dinis Reis, 15 Fev 2013.

  1. Dr. Ing. h.c. F. Porsche AG geralmente abreviado para Porsche AG, ou somente Porsche, é uma das principais marcas de automóveis desportivos do Mundo, criada na Áustria e, hoje, sediada em Estugarda na Alemanha.
    in
    Porsche – Wikipédia, a enciclopédia livre

     
    Nuno Almeida Santos gostou disto.
  2. Esse tipo do video, apropriou-se da minha vida!
    Tem o meu carro, a minha garagem... será que também tem a minha mulher?
     
    HUGO NORTON gostou disto.
  3. Tenho na garagem esta beleza! É o tal "patinho feio" da Porsche
    Motor boxer, central, 4 cilindros refrigerado a ar, 1700cc, injecção mecânica, 80 cv. Ano de construção 1970
    Há quem diga que Porsche só o 911 ...
    O primeiro Porsche, o 356, tinha um motor herdado da VW ( tal como o 914)
    O 912 é hoje considerado, talvez, o mais equilibrado de todos os 901 à época(motor herdado da VW)
    O 924 tem motor dianteiro herdado da Audi
    O 996 é um boxer traseiro mas refrigerado a água
    O Boxter tem motor central ( o 914 foi o 1º Porsche com motor central)
    O Cayenne é um monovolume. O Touareg da VW é igual
    Enfim todos são Porsche
    Há quem diga que o 914 é um VW disfarçado (porque lhe chamaram, na Europa, VW Porsche?)
    Mas a Porsche tem as suas raízes na VW ( Foi Ferdinand Porsche que criou o carocha)
    Resumindo - todos os Porsche são na essência VW ...
     
    Rui B gostou disto.
  4. Hiiiii.... Agora ri-me à brava! Vê lá se ela fugiu ou ainda está aí ao teu pé?


    Olha, falando em Mulheres encontrei uma gaja toda maluca a roubar-me o carro...já viste?


    :)) :)) :))
     
    Rui B e Nelson Rocha gostaram disto.
  5. Está no quintal ao pé do 106! Por isso é que deve fazer parte de um mundo paralelo onde fiquei "preso"!

    Ai se ela lê isto!!!!!! :lol: :lol: :lol: :lol: :lol:

    Continuando o "off tópic" esse gajo sou eu, mas num estádio mais avançado!
    O "centsseis" é carro de familia, tem a cadeirinha do Tiago, faz provas (quando o dono tem "papel") pseudo desportivas e track days. Como garagem tenho o quintal, 4 "preguiças" e 2 cx de ferramentas!

    Agora vê lá se não é precisamente a mesma coisa?
     
  6. Voltando ao tópico!

    A Porsche é uma marca que desde miudo sempre me tocou... ainda hoje o meu pai conta um episodio giro: segundo me dizem, eu aos 4 anos reconhecia as marcas praticamente todas dos carros. Numa viagem em que fomos acompanhados por um tio, este vinha no carro a perguntar-me as marcas dos carros que iamos avistando, até que a certa altura vimos um 911. Quando ele me perguntou que marca era aquele eu não sabia! Mas... sabia pelo aspecto do carro que devia andar como o caraças e logo a minha pronta resposta foi: é um VITAMINA! É que para ser mais rápido que os outros deveria tomar vitaminas!

    Durante muito tempo para mim a marca era o 911 e... durante a minha adolescencia jurei vezes sem fim que aos 40 anos, esse seria o meu carro! Lembro-me de ler um teste a um 911 Club Sport e de durante dias e dias desejar ardentemente ter um. Ao ponto de não ter ainda a carta de condução mas fazer mentalmente todas as curvas da estrada em que me deslocava diariamente para ir para a escola! São quase 50 kms de uma estrada que dizem ter 356 curvas e enquanto ia no autocarro mentalmente estava a descrever cada curva ao volante do sacana do carro... "sabia" em cada curva, qual era a zona de travagem, em que mudança a fazia, onde é que a traseira derrapava, etc, etc, etc...

    Lembro-me também da 1ª vêz que vi um 924... e do efeito que me produziu... e eu até já os tinha visto em fotos, o meu pai era assinante de uma revista "Mundo Motorizado" e eu comecei a comprar a unica revista que por cá se encontrava quando tinha 10 anos, a L'automobile. Ainda assim, esse 924 pareceu-me o carro mais espectacular do mundo... e claro com matricula alemã, pois por cá quem é que teria dinheiro para uma coisa dessas... estavamos ainda nos anos 70!
    Anos mais tarde tive a possibilidade de comprar um 924 Carrera Gt... era caro, mas eu até o poderia ter comprado... teria falido um ano mais cedo, mas... caramba, fali na mesma e nunca tive o sacaninha!

    Ao longo do tempo, com a saída do 996 e com os 40 anos a aproximarem-se sem vêr a mais pálida possibilidade de ter um, o "mito" começou a desvanecer-se.

    Ainda assim, ao dia de hoje, se houvesse papel, entre novos e antigos, era certamente marca para ter mais que um exemplar em casa!

    Pelo menos um Cayman S dos novoe e um 911 "AutoArt by Paul Stephens"... e isto para não entrar no mundo mais ou menos estratosferico dos Singer em que concordo contigo que são muito provavelmente o pináculo dos 911!

    Já agora, um dos fétiches que tenho passa por um 914 com a motorização que a marca nunca comerializou, um 2.4 de 190cv mas sem alargamentos!
     
    Rui B e HUGO NORTON gostaram disto.
  7. Sacrilégio!!
    Realmente esqueci-me dele! Corrijo o que disse no meu post!
     
    HUGO NORTON gostou disto.
  8. O meu 914 não é virtualmente igual ao do David. Era do David, mas em Novembro de 2011 passou para as minhas mãos!
    Adoro o carro! Neste momento estou a recondicionar o motor e a cx de velocidades foi toda refeita há um ano.Está a ficar um mimo.
    Tenho combinado com o David um teste de estrada logo que fique pronto,
     
  9. Boas.
    Sempre fui um grande apreciador da Porsche desde pequeno meus colegas até me gozavam quando havia aquela pergunta qual é o teu carro de sonho e eu respondia sempre Porsche eles diziam fogo és moderado na escolha, para mim Porsche é Porsche seja qual o modelo. Andei sempre á procura da altura e o momento ideal até que em Outubro passado comprei o meu primeiro Porsche um 924 de 1977 concretizei um sonho que era ter um Porsche agora os que me gozavam dizem quando é que deixas andar nisso, e eu digo anda a pé que faz bem. Por isso Porsche será sempre a minha paixão.
    [sharedmedia=core:attachments:299193]
     
  10. Só duas correções.


    1>
    O motor do 912 só tem em comum com o motor VW ar (type 1/carocha) a tipologia, são ambos boxer/4 cil./refrig ar, de resto é um motor 100% Porsche herdado dos últimos 356 Sc de 90cv.

    Os únicos Porsche com motor a ar derivados da VW são os primeiros 356. Logo após a primeiras séries Porsche começou a desenvolver motores proprios, embora sempre boxer/4 cil./refrig ar e muito rapidamente deixou de usar peças VW.


    2>

    O 924, começou por ser um projecto desenvolvido pela Porsche no ambito de uma encomenda da Audi, embora todo o desenvolvimento seja 100% Porsche, tinha de usar o máximo possivel de peças VAG o que é compreensivel numa lógica de rentabilização. Dai que do K70 ao 181 passando pelo Golf 1 GTI á lá peças VAG qb. No entanto é um projecto com dna Porsche ( transaxle....).

    O projeto ficou pronto, mas a Audi entretanto mudou de ideias. A Porsche aproveitou e comprou-o à Audi por um valor bastante inferior a que o tinha vendido.

    Ficou assim com um "entry level model" que lhe permitiu endireitar as finanças no fase complicada em que o 911 estava a vender pouco e o 928 não foi o sucesso que se esperava.
    Podemos dizer que no fim dos anos 70 e início dos 80, o 924 manteve a Porsche "à tona".

    Lentamente , como aconteceu com os 356, a Porsche foi desenvolvendo o produto com inputs Porsche , 924 Turbo, 944 (vários modelos turbo e aspirados) 924 S (um 924 com travões porsche e motor do 944) e por fim o 968 que de Audi já não deverá ter nada.


    nuno granja
     
  11. Fantástico.. Comum a muita gente, mas a grande diferença é que a acessibilidade para a marca Porsche pode ser bem mais próxima de nós do que aquilo que a generalidade pensa!
    Não é o mesmo que ter um..lamborghini, ou um exótico que custe centenas na aquisição e milhares para restaurar..um Ferrari clássico não será muito mais fácil, uma marca ainda menos generalista então, estamos tramadinhos de concretizar seja o que for. Não passam dos antigos papeis de parede (posters) ou de uma fotografia e nunca vamos ter acesso a nossa paixão.

    Performance acessível mas, atenção performance de outro mundo, realço!

    Que tal esse 924, porta-se bem?

     
  12. Nem mais, e o importante é que todos eles são carros extraordinários, sem grandes chatices ou problemas crónicos conhecidos, com um background Audi e VW que só abona de modo positivo. Claro que se falarmos em agressividade desportiva, a Porsche teve que aperfeiçoar alguns modelos de forma a colmatar alguma critica ou falta de performance estonteante. Os 924 Carrera GT (mais tarde aproveitaram para derivar para os GTS) foi uma pequena bombinha que hoje em dia poderia impressionar muito charuto actual e plástico que anda a circular... Aquilo era veneno da experiencia que as competições permitiam...a evolução da marca na competição era por demais evidente. Esse caminho fez a Porsche o que é hoje!

    O mais curioso é que a evolução que Porsche fez dos motores 356, ( e nao so ) nomeadamente os 1.6 foi incrivelmente notória face aos VW type , com um comportamento desportivo que colmatava o que faltava na marca mais generalista. Uma completava a outra, com orientações diferentes mas muito complementares.
    Noto que as pessoas que se opõe contra a Porsche, ou porque não apreciam, gostam e pensam que o calcanhar de Aquiles de um Porsche (abordam muito os 356, 924 e 914) é a semelhança com um VW. E eu pergunto. Qual o problema da derivação e partilha? A VW era uma marca desacreditada com maus produtos ou pouco fiáveis? Depois a outra questão tem a ver com a disposição traseira do motor...mas essa dá pano para mangas e casacos..!
     
  13. Bem me parecia...! Já estive a tocar no seu carro, mesmo ao lado... A primeira vez que o vi foi num passeio aos Arcos de Valdevez onde conheci o David e a Filipa.
    Depois do David ter enverdado por aqueles sedans italianos e ser convertido ao mundo do crime (máfia ) com uma pistola que lhe apontaram à cabeça , o 914 ficou com falta de mimo... Enciumado! Estou a brincar naturalmente e sei que o David se iria rir disto.. :h

    Penso que esse 914 bem afinadinho faz milagres..e é um classico muito distinto em qualquer evento ou concentração. O problema é que necessita sempre de um bom mecânico que saiba bem o que faz na hora de abrir ou fechar um motor a ar. Os cuidados a ter depois de isso estar afinadinho tem a ver com o grau de paixão que temos pelo carro.

    O que é que se passa com o motor?
    Abraço
     
    Paulo Almeida gostou disto.
  14. E porque não tentar concretizar esses sonhos? Excepto se a vida não o permitir de todo, claro!
    E a paixão por italianos? Como se divide essa parte?

    Mas este é um sentimento na primeira pessoa, sentido por muitos de nos ao ver um 911 pela primeira vez. Muito engraçada essa forma e VITAMINA descrita.. É bastante curioso ver a alma e o bichinho a criar-se dentro de nós relativamente a um carro ou a uma marca.

    O mais curioso é que ainda hoje olho para qualquer 911 e penso que a linha só por si já demonstra rapidez..mesmo parado! Mas também demonstra graciosidade ao mesmo tempo..depende! Não é o mesmo que olhar para um Countach ou um Cobra que parece que nos vão logo morder...rrrrrrrgggggghhhhhh.....

    Mas aquela traseira sexy do 911 bate muita coisa ...alargada o suficiente para nos pôr em sentido!

    Depois há cheiros, aromas..e som, muito característico , muito particular. Esses ainda são mais difíceis de fazer esquecer do que a visão de criança.
     
  15. Ainda estou a conhece-lo melhor, comprei-o já com a embraiagem a dar as ultimas, vou colocar uma nova em breve. Mas de resto impecavel uma condução espetacular.
     
    Paulo Almeida gostou disto.
  16. Não se passa nada de especial.
    O carro estava a andar que era uma maravilha, mas pingava muito óleo.
    O abrir do motor era só para mudar toda as juntas mas já que estava aberto optei por substituir algumas peças de desgaste, que embora estivessem aceitáveis, aproveitou-se esta intervenção para pôr tudo como deve ser.
    Vai levar, fundamental/, bronzes da árvore de cames e da cambota, segmentos, varetas dos balanceiros e um piston que está ligeira/ picado no topo, a respectiva camisa e biela e, obviamente, todas as juntas.
    Vai ficar novo!
     
  17. Sempre bom levar o pack completo!
    Atenção à qualidade do silicone de juntas que vais meter nisso..aconselho VICTOR REINZ! O melhor para Porsche e não só.
    Tira fotos da operação , é sempre útil !

    Abraço
     
    Paulo Almeida gostou disto.
  18. Hoje comprei OCTANE e tem lá um artigo...nem vos digo nada... 935 K3 ...Meu Deus!
     
  19. Nem sei como dizer isto, mas espevitaste-me para escrever aqui no teu (nosso) tópico porsche.

    Já disse que não gosto de porsches no outro tópico, mas se pensar bem nem é o não gostar de porsches, se pensar mesmo bem... não gosto é das razões que levam a malta a comprá-los, não sei se me consigo fazer entender. Para tentar explicar o que penso por escrito é difícil, mas peço a vossa colaboração na melhor das leituras, porque a minha escrita não é das melhores e assim compensa-se! :D

    Agora a parte desagradável da conversa, que espero que todos compreendam, não estou a ser mau, nem mesquinho, estou a ser sincero e frontal (foi esta a palavra que o Hugo disse no outro tópico que me espevitou).

    Na maioria, atenção eu disse maioria e não todos, dos proprietários porsche têm um não porque gostam, mas porque o vizinho coça-se todo! É fixe ter um porsche. É muitas vezes um carro para mostrar e não para disfrutar. Quem o compra, compra-o para mostrar ao outro que conseguiu comprar um porsche, mas se ele pensar bem até nem gosta daquilo e o que lhe dava mais jeito era um bmw 320d... é como a malta dos descapotáveis: compram aquilo para estarem no Verão à torreira do Sol numa bicha interminável de carros... é para o vizinho ver. Gostam de descapotáveis? Não, claro que não, mas pensam que sim!!! Os porsches é na GENERALIDADE a mesma coisa. Quem não conhece alguém que comprou um porsche não porque gosta, mas apenas porque pode? Espero que me entendam e que tenham lido bem as palavras "maioria" e "generalidade". Estou a ser mesmo o mais franco possível.

    Com a conversa aqui do tópico (e com a do outro) já vi que o Hugo pertence à minoria dos proprietários porsche e tem um porque realmente gosta, percebe do assunto e defende-o com unhas e dentes. É desta malta que eu gosto nos clássicos, aqueles que defendem a sua dama até ao fim. Aprende-se e ajudam-nos a entender o outro lado das marcas, aquele para onde nunca olhámos por pura ignorância. Obrigado Hugo! Nos clássicos também temos aqueles que compram, sei lá, um MGB, porque foi o primeiro que lhes veio à cabeça e tem a vantagem de ser... descapotável! Será que na sua maioria eles percebem o que estão a guiar, será que gostam mesmo? Com os porsches não se passa o mesmo? Será que são os carros que são verdadeiramente o "supra-sumo da batata" ou, por outro lado o que esses carros representam é que conta e a nossa vaidade cega-nos?

    Bem, em relação ao tópico já aprendi umas coisas. Um 914 1700 cm3 de 1970 tem... 80 cvs! Tragam o Alfa Romeo! :lol: :lol: :lol:

    Brincadeirinha como é óbvio, hein! Não me levem a mal. O 914 é um carro que gosto imenso. Aquelas linhas são de facto 70's, aquelas cores de origem pintam uma época.

    Vou estando atento ao tópico, mas não vou escrever muito, porque não tenho mesmo nada para ensinar de porsches... tenho é muito para aprender! Força e obrigado mais uma vez.

    Um abraço.
     
  20. Não se esqueça do 550 spyder e do 718 rsk que para mim é o mais impressionante de todos...realmente os motores nada tinham a ver com o vw,no caso do 718 penso ter dos motores mais potentes com tão pouca cilindrada...
    Desde muito pequeno que vejo o meu pai produzir as replicas do 718 e passados quase 20 anos de dedicação a este modelo,posso dizer que a replica mais perfeita será a proxima...Assim que possivel posto aqui uma ou outra foto para terem uma ideia do que falo,desde moldagem do aluminio,á aplicação de motores centrais,tudo tem vindo a ser o mais proximo possivel dos poucos originais produzidos...
    Em relação á porsche,não sei se nos anos 50 alguem mais tinha um motor de 1.5Lt a debitar 150cv...é algo de louvar!
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página