Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Ponto de ignição

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por M. João Pina, 28 Out 2011.

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por M. João Pina, 28 Out 2011.

  1. Alguém sabe quais as diferenças e/ou vantagens da alteração do ponto de ignição (avanço ou atraso).

    a minha motorizada com motor casal está com atraso de 1.5cm, ou seja, a faísca da-se quando o pistão já esta a descer, cerca de 1.5cm do máximo que sobe.

    não sei se esta situção é a mais favoravel para a durabilidade e rendimento do motor.
     
  2. É pistão...
    deves estar enganado, se fosse assim o motor não trabalhava.
     
  3. Olha que não estou enganado, com uma chave de fendas medi o ponto máximo que o pistão sobe, depois medi quando o platinado faz o contacto, quando os 2 polos encontam.

    Resultado : a faisca dá-se quando o pistão está a descer(cerca de 1.5cm) do movimento total, quase 4cm.

    O motor funciona mas, a frio é muito dificil de pegar (pra pegar bem tenho que bombear muita gasolina, carburador Bing 1.19), puxa pouco e demora a desenvolve.
     
  4. Espera lá...., a não ser que a faisca se dê quando os polos do platinado se desencostam, é que é certinho quando o pistão se encontra no ponto máximo.

    Eu acho pouco provavel que assim seja, mas como não sou um especialista em volantes magnéticos coloco todas as hipóteses.

    Os mecânicos e os entendidos que digam como funciona.
     
  5. É isso mesmo, a faisca dá-se umas décimas antes do ponto morto superior, ou seja umas décimas antes de estar totalmente em cima, mas é uma diferença que só se pode medir com um comparador.
    E é quando o platinado abre, não quando fecha.
     
  6. Simplificando vou tentar explicar:

    Diz-se que um motor tem tem demasiado avanço, quando a faisca da vela, se dá quando o pistão ainda nao chegou ao ponto maximo superior.
    O inverso (atraso) é precisamante o contario.
    As principais consequencias do ponto do motor estar mal afinado, sao as seguintes:
    Motor aquecer em demasia
    Falta de potencia do mesmo
    Motor grilar


    Espero ter ajudado.

    Cump

    Claudio
     
  7. para um normal rendimento do motor é necessário q o ponto de ignição esteja correcto,convém regular depois de verificar a folga dos platinados
     
  8. Sendo assim está explicado. A faisca parece ser certinha quando o pistão está no ponto máximo superior que é quando o platinado desencosta, mas estou a ver a olho.
     
  9. Acabei de fazer o download do Manual de Instruções e Cuidados Motor Casal M-151, M-152 e M-154, (o meu é o M-154), na página do dados técnicos diz entre outros:

    Gerador : Bosch 6V 25 /4/5W,..............tenho um Bosch 6V 17W, é mais fraco.
    Vela : Bosch W260T1 (antiga), equivalência Bosch W3AC (nova designção)
    a Bosch nova, a W3AC equivale à NGK B8HS,...........eu na mota tenho
    uma B7HS, ou seja, uma vela mais quente do que a indicada pelo fabricante.
    Ignição : 1.5mm de avanço,.....talvez na mota não esteja,mas estou só a ver a olho.
    Platinados : 0.35 a 0.4mm,.........este não sei.

    E por todas estas alterações, se calhar é por isso que a motorizada pega mal, puxa pouco e o desenvolver da aceleração é demorada.

    Que dizem, estou certo, errado ou assim assim?
     

  10. Meu caro:

    Esta certissimo.

    A vela e os componentes da igniçao, tem que ser os que a fabrica determinou.

    Se utilizar outros, estes nao terão a potencia necessaria, para produzir um bom desempenho do motor, e as consequencias, sao aquelas que refere no post.
     
  11. ok ...... obrigado a todos os intervenientes neste tópico por me terem esclarecido.

    Até breve....
     
  12. Mandei-lhe um email já o viu!?!?

    Abraço
     
  13. Pois é, meu caro é que a faísca dá-se exatamente no momento em que o platinado abre, para proporcionar a extra corrente de rotura na bobina e provocar a alta tensão que é descarregada na vela. Durante todo o resto do ciclo, o platinado está fechado.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página