Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Todos os registos com zero comentários e sem visitas ao Portal nos últimos 12 meses serão removidos definitivamente da base de dados.
    Fechar Aviso
  3. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Platinados vs ignição electrónica Ford Escort MK1

Tópico em 'Sistemas Eléctricos' iniciado por José Manuel, 17 Set 2016.

Tópico em 'Sistemas Eléctricos' iniciado por José Manuel, 17 Set 2016.

  1. José Manuel

    José Manuel Clássico

    Registo:
    27 Out 2006
    Local:
    Alverca
    Boas,

    Tenho um 1300 GT-HC e tou a pensar em trocar os platinados por um kit de ignição electrónica, Já alguém o fez? e sabem-me dizer se depois temos de acertar o tempo do motor?
    Obrigado.
     
  2. evandro costa

    evandro costa YoungTimer

    Registo:
    5 Nov 2013
    Local:
    penafiel
    se meter um kit de ignição eletronica depois tem de acertar o ponto do motor
     
    José Manuel gostou disto.
  3. José Manuel

    José Manuel Clássico

    Registo:
    27 Out 2006
    Local:
    Alverca
    Ok obrigado.
     
  4. Rafael S Marques

    Staff Portalista Delegado Regional

    Registo:
    14 Fev 2008
    Local:
    Seia - Serra da Estrela
    Veículos nas Garagens:
    2
    Tens que avançar bastante o ponto do motor.
     
  5. José Manuel

    José Manuel Clássico

    Registo:
    27 Out 2006
    Local:
    Alverca
    Boas,
    Ainda em relação a este tópico. Alguém me recomenda onde posso mandar instalar um kit aqui na zona de Lisboa?
    Obrigado.
     
  6. Francisco J. Borges

    Registo:
    2 Fev 2009
    Local:
    Lisboa
    Eu comprei o meu da accuspark (ebay) e até agora 5 estrelas.
    Já lá vão uns anos embora kms talvez nem 5mil.
    Fui eu que instalei o meu, é super fácil, procura no youtube para veres como é.
    Precisas é de uma pistola de ponto para depois afinares o carro/distribuidor. Se depois precisares de ajuda diz que eu levo a pistola e ponho-te o motor a ponto.
     
    José Manuel gostou disto.
  7. Eduardo Relvas

    Eduardo Relvas fiat124sport
    Portalista

    Registo:
    31 Jan 2007
    Local:
    Portalegre
    Acho que já em tempos se discutiu isto aqui, mas já nem sei aonde... acho que convém fazer aqui algumas distinções.

    Aquilo que vocês chamam de ignição electrónica eu chamo de substituto dos platinados. Porquê? Porque é só isso que fazem. Estão a substituir os platinados por algo que tem menos perdas e um sinal mais consistente, mas nada faz para dar ganho significativo à potência da ignição em si. Já fiz ensaios com carros equipados com esse tipo de sistemas e o ganho é negligível, simplesmente se omite a inconsistência dos platinados e condensador. Em termos de fiabilidade é de facto um ganho, mas no desempenho não há diferenças.

    Aquilo que eu chamo de ignição electrónica é um amplificador, que usa um circuito de controlo para alimentar a bobine não com os 12V nominais do circuito mas algo bem mais elevado, com a consequência de produzir uma faísca muito mais forte e consistente, capaz de tolerar todo o tipo de interferências e dificuldades.

    Já aqui referi várias vezes que monto nos meus carros de uso diário um amplificador da MSD, no meu caso ainda utilizando os platinados (que não sofrem desgaste nenhum pois deixam de passar a corrente toda que a bobine precisa para passar a usar um sinal muito fraquinho só para referência do amplificador) mas que alimenta a bobine com 475 V.

    A diferença é extraordinária, e posso dar-me ao luxo de abrir os eléctrodos das velas a mais de 1 mm sem problemas, a faísca é uma descarga estrondosamente mais forte. Além disso, o modelo que eu uso faz 3 eventos de descarga seguidos a regimes baixos, por isso a combustão é mais completa e o motor mais suave. Já uso disto há mais de 10 anos, e conheço quem os use há mais de 20, sem qualquer queixa e com uma diferença considerável no desempenho dos carros, a começar logo pelo arranque em frio.

    Estes amplificadores são bastante bem feitos e podem funcionar com qualquer tipo de distribuidor (platinados, magnético, óptico), por isso não é preciso ter uma conversão XPTO para funcionar. O que recomendo é uma bobine em condições que possa aguentar o desempenho potentíssimo, as originais que eu usava meteram a reforma ao fim de 3-4 anos porque o isolamento já não aguentava mais. E escusado será dizer que antes disso o primeiro passo é ter cabos de velas modernos em vez dos tradicionais de núcleo de cobre, pois nada disto tolera essas ligações mal isoladas.
     
  8. Francisco J. Borges

    Registo:
    2 Fev 2009
    Local:
    Lisboa
    Eduardo, completamente de acordo.
    Aliás, já tinha lido as diferenças noutro tópico e faz todo o sentido pois a diferença de preço é substancial.
    De referir apenas que o que tenho (substituto dos platinados e condençados) era chamado de electronic ignition kit mas agora foi sabiamente corrigido para Electronic Ignition Points Conversion Kit.
    Não te sei dizer quanto aos ganhos, posso apenas dizer que estou muito satisfeito com o meu e nunca mais mexi no distribuidor.
    Agora tb tenho de referir que muitos outros aprimoramentos (velas, cabos de vela, rotor, tampa do distribuidor, etc etc) foram feitos pela altura desta alteração e se o motor funciona bem com certeza que não é apenas por este.
     
  9. Rafael S Marques

    Staff Portalista Delegado Regional

    Registo:
    14 Fev 2008
    Local:
    Seia - Serra da Estrela
    Veículos nas Garagens:
    2
    Acho que a única vantagem destes sistemas é a facilidade a pegar e a fiabilidade em relação aos platinados e condensadores atuais que não têm qualidade nenhuma, no entanto uns platinados originais cumprem bem a sua função.
     
    Nelson C. Santos gostou disto.
  10. Eduardo Relvas

    Eduardo Relvas fiat124sport
    Portalista

    Registo:
    31 Jan 2007
    Local:
    Portalegre
    Francisco, os ganhos existem mas são mínimos, o desempenho mal se nota diferença. A fiabilidade essa sim deve ser melhor, porque de facto não há peças móveis além do rotor.

    O mal das coisas é que muitas vezes deixa-se chegar os componentes a um tal estado que o desempenho não tem forma de ser bom, depois descarta-se como velho e monta-se um modernaço todo XPTO. Os sistemas originais são bons desde que estejam em forma, tenho agora um 124 na garagem que parece veludo... e tem tudo original, até os cabos de velas de núcleo de cobre, só troquei as velas porque as que lá tinham eram do grau térmico errado.

    Podes crer... ainda a semana passada troquei uns platinados praticamente novos (não deviam ter mais de 6 meses) porque partiu a solda do perno que suporta a mola... material rasca. E já andei a coçar a cabeça com um motor de VW que trabalhava mal, e descartei tudo menos o distribuidor porque era novo... e era mesmo ele o culpado, não fazia avanço! Falei com o dono e pedi-lhe o velho (que já estava no lixo, por sorte não o deitaram fora), só troquei a tampa e o rotor e ficou a trabalhar na perfeição!

    Há marcas que são muito bem suportadas a nível de peças, mas a qualidade de algumas coisas é altamente duvidosa...
     
  11. Rafael S Marques

    Staff Portalista Delegado Regional

    Registo:
    14 Fev 2008
    Local:
    Seia - Serra da Estrela
    Veículos nas Garagens:
    2
    Quando já não vêm avariados...
     
  12. Francisco Viterbo

    Portalista

    Registo:
    18 Set 2013
    Local:
    Porto
    Eu meti um "kit substituição de platinado" e queimou ao fim de 2 meses.
    Estou a desenvolver um esquema simples transistorizado mas por enquanto o carro ainda não quis pegar a trabalhar com ele..
     
  13. Nelson C. Santos

    Nelson C. Santos Powered by Taunus
    Social Media Team Portalista Premium

    Registo:
    10 Abr 2015
    Local:
    Corroios
    Veículos nas Garagens:
    1
    Nem a propósito... enquanto estava a ler este tópico, estava a dar na TB o programa Garage Squad em que estavam a trabalhar num Carocha... e dizem "vamos colocar uma ignição electrónica" que vai ficar melhor...". Quando tentam colocar o carro a funcionar pela primeira... a ignição pega fogo! Foi pegar de volta e colocar os platinados :D:
     
  14. Eduardo Relvas

    Eduardo Relvas fiat124sport
    Portalista

    Registo:
    31 Jan 2007
    Local:
    Portalegre
    Este foi o caso, desde que tinha sido posto o carro nunca trabalhou bem e não tinha força, pudera... mas os mecânicos hoje em dia já não perdem tempo a diagnosticar nada. Este Carocha tinha tanta porcaria feita que foi uma cena surreal, levei semanas a livrá-lo de todas as enxertias. Desde o sistema eléctrico até um motor com tanto desgaste que até parece mentira como ainda tinha compressão, houve de tudo.

    Tens de ter atenção a quando é que o evento de descarga acontece, porque geralmente há um desvio e não acontece exactamente no mesmo ponto. E vê se não estás a desfasar o distribuidor 180º, porque durante o ciclo o pistão vem acima duas vezes (um pistão no PMS de disparo deve ter as duas válvulas totalmente fechadas e os balanceiros com folga). Como é o sistema que fizeste?

    Atenção, nem tudo é mau... mas há que saber muito bem o que se faz. Eu esta semana estive a afinar um carro que levou um daqueles distribuidores electrónicos da 123ignition, que nunca pegou bem, porque quem montou não acertou o ponto devidamente, devem ter-se orientado pelo antigo e pronto. Pegou (mal) e puseram-no porta fora... é velho, é natural que custe a pegar. Não pode ser assim...

    As instalações devem ser feitas por alguém que compreenda minimamente o que está fazer e as implicações de todos os movimentos que se faz, porque basta mudar uma variável e pode deixar de funcionar. A culpa não é necessariamente do equipamento (embora haja material de muito má qualidade), porque nestes carros há tanta maneira de mexer nas coisas que pode-se virar tudo do avesso.
     
    Marco Pereira e Nelson C. Santos gostaram disto.
  15. José Manuel

    José Manuel Clássico

    Registo:
    27 Out 2006
    Local:
    Alverca
    Viva Francisco,

    Isso era uma boa ajuda. Já andei a ver os kits no ebay e tb na pagina deles. Não tiveste que trocar a bobine?
     
  16. José Manuel

    José Manuel Clássico

    Registo:
    27 Out 2006
    Local:
    Alverca
    Entretanto fiz um pdf com as instruções da Accuspark se quiserem está no link abaixo. Se entretanto o link ficar indisponivel posso enviar por mail.

    AccuSpark Fitting guide_Ignition.pdf
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página