Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

para quem nao aceita as leis dos nossos classicos

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Pedro Tiago, 24 Fev 2008.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Pedro Tiago, 24 Fev 2008.

  1. Este tópico como o próprio nome indica será para quem não está satisfeito, com o que está a ser feito, ou melhor o que não está a ser feito em defesa dos nossos clássicos.
     
  2. eu por mim só tenho pena de não ter o carro pronto a curto prazo para me juntar a malta, pelo menos com o clássico. o que não quer dizer que vá com um modernoB)
    mas acho que deviamos primeiro.
    criar um objectivo
    pensar em algo que seja facil para todos e eficas.
    falar ao informar outros fórum e blogs para ter mais aderência
    e antes de fazer-mos o que quer que seja informar revistas e porque não em ultimo recurso comunicação social.
     
  3. As leis a mim não me dizem nada, os meus clássicos é que ninguém me tira :D:D
     
  4. Boas a todos, eu cà continuo na minha, desfile de quantos carros conseguirmos mobilizar e depois desfile frente a Assembleia da Republica em marcha moderada, no meio do movimento, tendo em conta que os nossos velhinhos podem ter problemas de varias ordens, pois bem, algumas avarias poderiam surgir,e agora imaginem carros avariados , prontos-socorros em força para retirar as viaturas, imaginem a confusao naquela zona numa hora do dia bem escolhida.
    avisa-se a comunicaçao social escrita e falada para o movimento mas nao para as avarias!!!!
    A data ideal penso que seria aquando do debate parlamentar mensal, com presença do PM e todos os outros!!
     
  5. Vamos marcar um dia.
    O clube Lusoclássicos está ao dispor.
    Trataremos de arranjar um grupo de carros clássicos a entrar na auto-estrada na Mealhada, em marcha lenta em direcção a Lisboa.
     
  6. Marcha lenta na Autoestrada é 51 Km / hora para não se ir abaixo do limite mínimo; mas é o que chega para fazer uma marcha lenta na Autoestrada
     
  7. Mas devemos saber bem o que queremos

    O QUE DEVEMOS REIVINDICAR – A minha proposta:

    1- De acordo com a FIVA são considerados clássicos todos os veículos que tenham sido produzidos há mais de 25 anos.
    2 – Os Veículos clássicos terão as seguintes regalias:
    a) Não pagam IUC (seja quando da legalização da importação, seja posteriormente anualmente)
    b) Se Homologados pela entidade competente (actualmente é o ACP Clássicos, o CPAA e também o Museu do Caramulo para os seus próprios carros), ficarão isentos de IPO (actualmente só estão isentos os carros anteriores a 1960)
    c) Têm direito a matrícula de época (actualmente só o CPAA pode passar certificado, obviamente pago, para que se possa requerer matrícula da época, mais uma vez paga)

    Relativamente às homologações, devemos reivindicar que estas possam ser feitas por outras entidades, nomeadamente outros Clubes de Clássicos (mas tem de ser legislado quem poderá fazer e quem avaliará se são correctamente feitas, de forma a não banalizar um acto que defende os clássicos).

    EM RESUMO:
    TODOS OS VEICULOS CLÁSSICOS (ie, produzidos há mais de 25 anos) FICAM ISENTOS DE IUC, DE IPO (desde que homologados) e TÊM DIREITO A MATRICULA DE ÉPOCA

    Este tema já esteve em discussão em
    http://www.portalclassicos.com/forum/showthread.php?t=5939&page=6
     
  8. subscrevo na totalidade ;)
    ter esses direitos como adquiridos era o máximo
     
  9. penso que começou o "countdown" para essa marcha lenta e podemos se calhar começar a contar espingardas!!
     
  10. Um buzinão em frente a Assembleia é muito complicado de organizar,o espaço é reduzido e certamente não seriamos autorizados a levar as viaturas,sim,porque não se esqueçam que teriamos de informar os Governo Civil,etc etc para ter a devida autorização.
    A marcha lenta neste caso parece-me mais vantajosa.
     
  11. Venha lá essa manifestação:D!!
     
  12. penso que não fui muito explicito na forma de protesto que eu tinha idealizado!
    Junta-se 30 clássicos, vamos todos passear e almoçar mas o trajecto obriga-nos a passar junto a AR, e por azar pode ser que meia dúzia das nossas "mais que tudo" possam avariar, será que é preciso pedir autorização ao governo civil, não sendo manifestação nem buzinao , não creio.
     
  13. Mostrar meia dúzia de carros avariados não me parece a melhor forma de fazer ver as nossas razões, podendo até ser contraproducente. Estou mesmo a ver os comentários dos populares: "estes gajos querem deixar de pagar impostos para importarem carros velhos que estão sempre a avariar"
     
  14. Caros amigos,

    Isto parece-me bem, mas a forma de o demonstrar de facto deve ser mais ponderada de forma a ter o melhor resultado possível.

    Gostaria de relevar a questão do IUC, porque agora o IMTT está a emitir matrículas "de época" com datas de novas, para cobrar imposto de circulação como se fosse um caixote de plástico novo! Isto é uma palhaçada, então o meu carro em 40 anos não pagou já impostos que cheguem no país de origem (também pertencente à UE) para agora ainda ter de ser chulado (desculpem o termo mas é mesmo isto) aqui também? Até esta essa cambada de sanguessugas já se lembrou de ir mexer, vejam lá o desespero para sacar mais dinheiro!

    Continuo a relevar a questão que penso ser importante criar-se um grupo organizado para exercer pressão sobre as entidades públicas, mas nada de VIPs e figuras públicas como figuras de proa, porque esses cedem sempre ao politicamente correcto e lixam as intenções todas. Precisamos de uma Federação Nacional dos Clássicos, composta por nós que somos os entusiastas que dão o litro nas horas livres para arranjar e manter os nossos carros, não por aqueles que só "passam o cheque".

    Os clássicos fazem sentido, em todos os aspectos. Mesmo em termos ambientais, embora o "complot" mundial queira fazer crer o contrário. A conspiração entre governos, produtores de petróleo e fabricantes de automóveis nunca foi tão brutal como hoje, e a melhor desculpa é o ambiente... O petróleo fica mais caro, por isso rende mais a quem o vende, rende mais em impostos aos governos (ai a poluição, ai jasus, dê cá mais 100 contos pelo meio ambiente), e rende mais aos fabricantes que vendem modelos amigos do ambiente (que é uma treta porque a produção polui mais que um normal mas isso ninguém diz), e ainda mais amigos dos bolsos deles.

    Se nós mantivermos os nossos clássicos em bom estado (o que é do nosso interesse), não se polui muito, e ao evitar que o carro seja depositado numa sucata ou reciclado poupamos a poluição inerente a qualquer uma das situações. Além do uso reduzido que é inerente à maior parte dos veículos clássicos.

    Vamos à luta!
     
  15. Isso é tudo verdade...

    E volta lá outra vez o mesmo exemplo, polui-se mais o ambiente a costruir um Toyota Prius do que um Hummer...
     
  16. Meus amigos...
    Penso que ponderadamente podemos realizar os nossos protestos sem qualquer forma de pressão negativa.
    Buzinão transmite uma imagem de vandalos que resolveram ser mal educados o que não é verdade para nenhum amante de classicos.
    Marcha lenta dá a ideia de veiculos velhos obsuletos que andam só a empatar e que seguramente iriamos criar inimizades entre os normais automobilistas.
    Avarias... Aspecto de desleixo nos nossos carrinhos... discordo.
    Melhor protesto e mais eficaz...
    Um abaixo assinado entregue na assembleia da republica por um representante nosso (Obrigando á discução em parlamento) enquanto os restante aguardam cá fora elegantemente ao volante dos seus classicos que como é obvio vão dar nas vistas perante a comunicação social...
    Esta é a minha opinião!
     
  17. Pontos de vista são e serão sempre diferentes consoante as pessoas e o seu distanciamento consoante os problemas.
    Aceitando e acatando qualquer decisão que venha a ser tomada de futuro, sendo certo que ela sera tomada de maneira a resolver os problemas de todos e de cada um, penso que seja qual for a forma de protesto , terá de ser uma forma de sermos notados,não pelas populações mas sim pelos nossos governantes e que seja feito eco nos media nacionais e porque não internacionais dos nossos esforços para respeitarem um património individual, que muitas vezes foram criados a partir de sonhos enquanto crianças.
    marcha lenta, buzinao,entupir transito com falsas avarias,abaixo assinado , o que interessa nesta primeira fase será chamar a atenção de quem nos governa .
    Venham dai mais ideias, e não percamos muito tempo que este voa!!!!
     
  18. Se a legislação é o que está errado, então o já referido abaixo-assinado irá provavelmente "directo ao coração"!!! Será talvez o que mais notoriedade mostrará a quem nos interessa. Um bom texto irá ser talvez o essencial neste caso.
     
  19. Meus amigos
    temos aqui concerteza neste site homens de lei que sabem escrever um bom texto para pedir o que se pretende.
    meia duzia de clubes reunem sem dificuldade as 4000 assinaturas necessarias á apreciação em plenario.
    Porem é importante definir os varios pontos a reinvindicar, pelo que sugiro que aqui cada um de nós ponha as suas ideias que como é obvio terão de ser execuiveis e realistas.
     
  20. Assino por baixo do que disse o Luís!
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página