Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Pagar ou não pagar..

Tópico em 'Legislação' iniciado por Álvaro Pacheco, 20 Jul 2008.

Tópico em 'Legislação' iniciado por Álvaro Pacheco, 20 Jul 2008.

?
  1. Pagar por fora

    0 voto(s)
    0.0%
  2. Não pagar por fora

    4 voto(s)
    100.0%
  1. Meus amigos,

    estava à pouco a ver um tópico que falava de cartas de condução e custos associados à mesma, e lembrei-me de uma questão que ainda hoje debato com o meu grupo de amigos (e resolvi trazê-la para aqui):

    Deve ou não "pagar-se" por fora?

    E passo a dar exemplo do meu caso, eu tirei a carta para B e A, e passei nos dois exames à primeira sem "pagar" por fora.
    Como tive instructores diferentes para cada categoria, vou transmitir as minhas expriências com eles. No primeiro caso, para B, eu tinha uma instructora, e sendo eu ainda muito verdinho e cheio de ouvir histórias que se não pagasse, não passava mesmo que fizesse tudo certinho, fui falar com ele sobre o "pagamento". Ela disse-me que era comigo, que parte ia para ela e para a escola e outra para o engenheiro, mas que naopinião dela eu não devia pagar porque (além de ser imoral) se eu tivesse que reprovar, reprovava à mesma. Foi remédio santo, não paguei e passei na boa.
    Já no segundo caso, da A, era um instrutor, e foi ele próprio que veio ter comigo a dizer que achava que eu devia pagar, porque a miuda que ia fazer o exame comigo também ia pagar e que ele achava que eu ia reprovar, etc etc. Mesmo a fazer pressão. Eu disse que não pagava, e se reprovasse.. olha.. reprovava..:rolleyes O facto foi que não reprovei, pelo contrário passei e tive o prazer de olhar pa cara de lixadodo meu instrutor quando o engenheiro disse "Você também passou" :D:D

    Por isso é que digo para não se pagar! Eu não paguei e passei à primeira nos dois!!B)B)

    Vá, digam a vossa opinião, situações e expriências.. :p:p

    Já agora, paguei 900 pela carta (600 B, 300 A), e o instrutor da mota queria que eu pagasse 60€ por fora! (devia querer ir jantar à minha pala :D:D tramou-se :huh:)
     
  2. É por estas e outras razões que existem tantos incapazes na estrada.
    Quando comecei a ler pensei que a historia que contaste fosse do arco da velha, mas depois vi a tua idade e vi que nao foi assim a tanto tempo...acho incrivel como nos dias de hoje estas coisas ainda acontecem e passem impunes.
    Eu passei sempre a 1ª e sem vigarices tal como tu, mas conheço uma miuda que passou por ter um papa conhecido, no exame de condução bateu noutro carro e nem isso a fez reprovar...enfim.
    Tristeza.
     
  3. Por acaso também tenho conhecimento de casos desses actuais e menos actuais, mas depois mais pa frente vou contando.. ;)

    Também conheço outros casos como o meu e o teu, e ainda bem. Mas menos que os outros :(-
     
  4. Outch.. :nah::wacko:
     
  5. Haverá certamente várias opiniões...ou seja: Se perguntar mos a quem não a consegue tirar normalmente a resposta será (sim) Agora para quem a tem e tirou naturalmente a resposta será (não)
    Eu tirei naturalmente de carro e moto no mesmo dia ( com um erro na prova de carro ) mas como ia fazer o de moto logo de seguida...foi me dito "qualquer erro...chumbas" :huh: :D mas passei :huh:

    Agora se o tópico tivesse como titulo deverão os instrutores receber por fora? claro que não!! Vão trabalhar :p :huh:
     
  6. Nunca me aconteceu tal coisa. Acho que isso se pagava bem com um telefonema para a PJ.
     
  7. Que raio de historia invulgar.

    Esse tempo ja acabou. Nao se pode pactuar com isso. Sabendo de casos desses, ha que denunciar.

    Eu denunciava o instrutor a entidade reguladora das cartas.

    Pra mim, o engenheiro nao levou dinheiro nenhum, quem ficou com ele foi o instrutor.

    esse tipo de pessoas aproveitadoras mete-me nojo.
     
  8. Acredito tambem que haja casos destes mais complexos, em que os alunos são totalmente chantageados e que normalmente passariam nos exames, mas por algum tipo de imbirração por parte de que toma a decisão de o passar ou não, preferem dar algo por fora e não se meter em chatisses.~
    É algo que não devia acontecer nos dias de hoje, era denunciar as entidades competentes e um soco no nariz ;)
     
  9. Na altura pensei mesmo em fazer nisso, até porque conhecia gente na polícia.. Mas não dá porque é só a minha palavra, e depois, pelo menos no meu caso não houve crime porque não houve pagamento.. Só houve a ameaça, que nem chegou a ser concretizada.. :D:D

    É naquela, quem não paga, não se vai queixar, e quem paga também não se vai queixar porque também se vai estar a comprometer.

    É uma cena complicada, que pelo que me contou a instrutora e carro, as escolas também estão metidas nisso. Por exemplo, o meu pai tinha um amigo que era dono de uma escola e dizia-lhe que hoje em dia só se passava se se pagasse.. O que ele queria era que o meu pai me mandasse para lá e pagasse.. lixou-se que eu sem falar com o meu pai fui para outra :huh::huh:
     
  10. Também acho, mas nesse caso ia direitinho à PJ, porque aí já tinha provas.. B)B)

    E se a PJ não atuasse.. Bem, há outros métodos :D:D
     
  11. Simples. PJ. Dizer o que se está a passar e pagar com o conhecimento da PJ. Só não denúncia quem não quer...

    E a tentativa é crime, obviamente. Mesmo sem haver pagamento, houve crime.
     
  12. O problema passa muito pela falta de provas...
    Ha realmente uma grande mafia nas escolas de condução..
    Na escola em que andava pagava bem, as pessoas eram profissionais e nunca ouvi historias dessas.
    Secalhar agiam de maneira diferente, quando chegavas a altura de fazer o exame de condução diziam que tinhas de fazer mais 2 ou 3 aulas pagas porque nao estavas preparado.
     
  13. Também achei, mas pelos vistos é só tentativa. E quanto a pagar com conhecimento, não tenho nada contra a PJ, mas a nossa legislação é muito complicada e eles não podem fazer esse tipo de acção como oa americanos o_O Têm mesmo que ser apanhados no acto e haver prova que houve beneficio.. a cena é que normalmente não há.. o pessoal passa na boa.

    Agora os casos em que são chantageados mesmo, do genero, fazer o exame direitinho e depois o engenheiro.. "Ah e tal, não me vai pagar?" Esses já dá pa denunciar e lixar a vida ao engenheiro, e acho muito bem.

    Enfim corrupção.. Por isso é que digo não paguem. Mas vamos ver como sai a votação.:huh:
     
  14. Nao ha duvidas que se isto esta a acontecer, que estamos em presença de suborno e corrupção. Não acredito que os Eng.s da DGV que se sujem por tão pouco. Estou convicto que se tratará de falta de transparencia da escola ou instrutores para receberem mais algum sem descontar para o IRS/IRC.
    Nao tenho qualquer ligação a escolas de conduçao nem com a DGV, mas estou convicto de que aqui onde resido que nao existem esquemas desta natureza.
    Nao pagar será a forma mais correcta de proceder.
    Esta historia faz me lembrar antigamente quando a tropa era obrigatoria, havia aqui no DRM um sargento que tinha a fama de livrar mancebos da tropa, a troco de 500 contos, que na altura era muito dinheiro, ele fazia desaparecer os processos quando se deveria proceder a selecçao. Convencia os lesados que o dinheiro nao era para ele, mas para o Coronel e para os funcionarios do ministerio. 20 anos depois toda agente se admirava de como o sargento tinha boa vida, carro, etc. etc. Alguem do ministerio da defesa mandou averiguar os factos e foram surgindo provas concretas com valores extraordinarios. Pois o Sr. Sargento quando viu a coisa a correr mal para ele, deu entrada na casa de saude, ficou apenas suspenso do serviço e nao ha noticia de ter devolvido a ninguem o que estorquiu. Os processos dos lezados foram depois encontrados num cofre a que so ele tinha acesso. Viver bem a custa dos outros, é facil e neste caso deu Milhoes...
     
  15. tal e qual eu denunciava o instructor que me pedisse para subornar !!!!
     
  16. Isso dizes tu e digo eu também porque tirámos a carta honestamente! Mas para aqueles que por alguma razão chubaram várias vezes e têm como "unica" e mais facil forma ( pagar ) para conseguirem a carta... Não pensam como nós ;) e os "chulos" aproveitam se destas fraquezas...:))
     
  17. certo ! havera sempre quem se aproveite das fraquezas dos outros.
    ha coisas neste pais que sao inacreditavéis !
    e tenho um exemplo disso na minha familia, a minha sogra têm a carta (que comprou) e nem sequer a primeira sabe meter :wacko::wacko::wacko:
     
  18. AH! Quer dizer.... Fazem tópicos destes e esperam que eu não mande bocas incendiárias.... Ora pois, com certeza!!!!
     
  19. :D:D:D Ta tudo dito!

    Depois há acidentes e tal.. pois é..
     
  20. :D:D:D

    Vá lá Luís, não incendeies nada, mas diz lá a tua opinião que o pessoal quer ouvir. ;)
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página