Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Daihatsu O restauro do meu Daihatsu F50.

Tópico em 'Outras Marcas' iniciado por Bruno M Azevedo, 4 Mai 2009.

Tópico em 'Outras Marcas' iniciado por Bruno M Azevedo, 4 Mai 2009.

  1. Olá a todos!
    Chamo-me Bruno Azevedo, sou de Felgueiras e comprei o meu Daihatsu à cerca de 3 anos. Quando o comprei sabia que tinha muito trabalho para fazer, mas não imaginava o que estava por baixo da pintura vermelha brilhante. Quando comecei a lixar é que percebi naquilo que me tinha metido. Enfim...
    No entanto, depois de poder aproveitar o que este bicho dá comecei a gostar e agora só tenho vontade de o por em ordem. E é isso que estou a fazer.
    Deixo aqui as fotos de como estava quando o comprei e de como vão agora os trabalhos.

    daihat15.jpg

    daihat16.jpg

    daihat17.jpg

    daihat19.jpg

    recupe10.jpg

    recupe11.jpg

    recupe13.jpg

    recup_10.jpg

    recup_12.jpg
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Tudo o que está podre ou danificado de alguma forma é para ser substituído por novo. Todas as peças mecânicas com ferrugem ou outros danos vão ser desmontadas, decapadas e pintadas de novo. Vai ser um trabalho daqueles... :? Como podem ver tem muita ferrugem :x e vai ser para sair tudo e meter chapa nova. Vai ficar um brinco. Umas mais actuais:

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
  3. Como o tempo não é muito durante a semana não dá para fazer muito, mas dá para trabalhar nas coisas pequenas que também têm de ser feitas...

    Tampa do filtro de ar já lixada e pronta para o primário:

    [​IMG]

    Tubo de ligação entre o filtro ar e a admissão:

    [​IMG]

    As peças já com o primário aplicado:

    [​IMG]

    Plano para a construção da moldura das portas traseiras que tem de ser substituída por causa da ferrugem:

    [​IMG]
     
  4. Parabéns, continua que esse jeep até sobe paredes lol.
     
  5. Bem vindo e boa continuação de restauro!! Tem um motor que "nunca" mais acaba..um 2530cc tál como o da minha Portaro Campina ;)
     
  6. Obrigado Ângelo!
    É isso mesmo, um 2530cc. Grande motor!
    Curiosamente o primeiro jipe que tive intenção de comprar era um Portaro. Infelizmente não se concretizou porque estava muito pior do que este meu Daihatsu.
    Obrigado pela força.
     
  7. Parabéns pelo Daihatsu. Agora é força no restauro!

    Isso ainda tem muitos quilómetros de estradas em areia para andar:D
     

  8. Obrigado pelo apoio André.
     
  9. É muito giro o seu Daihatsu,tem ares de Toyota BJ mas em tamanho pequeno:D
    força nesse restauro;)
     
  10. É verdade João. O F50 é muito semelhante ao BJ40 no aspecto. É quase como olhar para um BJ40 em ponto pequeno. Suponho que pelo facto de a Daihatsu estar desde sempre relacionada com a Toyota tenha influenciado na semelhança de modelos.
    Para além dos aspecto, o motor do Daihatsu é um 2.530 c.c. que é muito parecido com o 3.000 c.c. do BJ40. Força não lhe falta... :D
    Obrigado pelo apoio João.
     
  11. A moldura das portas já feita. Dá para ver o estado do interior do canto direito traseiro.... cheio de ferrugem, diga-se de passagem. Fiz o plano para a moldura das portas traseiras e também para as zonas que vão ser cortadas.
     

    Ficheiros Anexados:

  12. Para ver melhor o estado interior do canto decidi abrir um pouco a chapa e está a desgraça que se pode ver. Definitivamente é para sair fora e substituir por novo. Cortei já a parte do chão que é para substituir e também a parte inferior da moldura. Comecei a lixar o lado esquerdo e começo a pensar que vai estar tão bom como o direito :(
     

    Ficheiros Anexados:

  13. O canto direito já foi todo retirado e já tenho as "cópias" das peças cortadas de novo.
    Seguindo o exemplo do excelente restauro que tenho seguido do nosso companheiro Ricardo, fui a uma loja da Robbialac de produtos para automóveis e aconselhei-me com o homem que me atendeu. Segui os conselhos dele e comprei o que de melhor existe neste momento (tal e qual o do restauro que tenho seguido).
    A lista de produtos é:
    - 1 litro de Desengordurante Anti-Silicone para limpeza da chapa antes da aplicação do primário
    - 1 litro de Primário Epoxi da Standox 2:1
    - 1/2 litro de Endurecedor Epoxi da Standox 2:1
    - 1,5 litro de Protector Insonorizante e de Oxidação Vaber Tex

    Vou começar a fazer a aplicação destes produtos e ver o resultado. Comecei também com a reparação dos guarda-lamas interiores dianteiros.
     

    Ficheiros Anexados:

  14. Hoje preparei as chapas para substituir o chão na traseira. São 2 chapas de 2mm cada uma, sobrepostas para apoiar no chassis. Coloquei-as no sitio, mas infelizmente acabou-se o fio de soldar e agota tenho de ver onde o vou comprar. Não faço ideia... Cortei também a moldira lateral e a superior.
     

    Ficheiros Anexados:

  15. espetacular, ainda ai tens muito trabalho, mas com dedicação chegas la ;)
     
  16. Boas Bruno, também tens aí muito trabalho, mas com vontade chegas lá.
    Cuidado com o que cortas, para depois conseguires fazer igual com chapa nova, para ficarem as juntas das portas certinhas.
     
  17. Ao menos a coisa está a avançar! Força nisso.
     
  18. Avança sempre. Com coragem e com gosto pelos nossos clássicos tudo se consegue. Por vezes fico triste e um pouco indignado quando vejo pessoas dizerem que "não há recuperação possível" e vamos a ver nas fotos e até há. Penso que depende da vontade de cada um. Não quero criticar ninguém até porque muitas das vezes envolve questões de dinheiro disponivel para o restauro. No entanto, posso dizer que eu próprio não tenho muito dinheiro disponível para este meu gosto, mas aos pouquinhos acho que tudo se consegue. E quem gosta como eu, gosta mesmo.
     
  19. Enquanto o rolo do fio fluxado para a máquina de soldar não chega, vou tratando de outras coisas.
    Ficam aqui as minhas recentes aquisições:

    Mala de ferramenta (muito completa por sinal):

    [​IMG]
    [​IMG]

    Berbequim novo porque o antigo foi-se de vez:

    [​IMG]
    [​IMG]

    Máscara de solda com apoio na cabeça:

    [​IMG]
    [​IMG]

    Carregador de bateria de 11 Amperes:

    [​IMG]
    [​IMG]

    Aproveitei para começar a desmontar a frente. Já sem radiador:

    [​IMG]
    [​IMG]
     
  20. Eu tive um jipe desses, são uma máquina.
    Força no restauro, e vai colocando fotos dos trabalhos.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página