Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

O preço dos clássicos, ou não...

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Nuno mp Alves, 18 Fev 2010.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Nuno mp Alves, 18 Fev 2010.

  1. Boas,
    Provavelmente vou arranjar aqui uma série de inimigos mas já há muito tempo que preciso de fazer este desabafo que se relaçiona com as quantias absolutamente absurdas que se pedem por carros que apesar de terem o seu valor estarão muito longe do que por eles se pede.Basta dar uma vista de olhos aqui na secção de classificados ou em qualquer site/revista da especialidade para nos depararmos com casos que não lembram a ninguém: Um Mercedes 220s que pelo aspecto não vê a cor do Sol à mais de 20 anos, 5.000 eur???? Os restos de um Honda S800 por 2.500 eur???? alguém me sabe dizer o que dali se aproveita???? Perdoem-me os donos destas viaturas, mas será que sabem quanto custa o restauro bem feito de uma carro desses? A meu ver situações destas condenam inúmeros carros à sucata. Vou dar um exemplo dos muitos que comigo já se passaram: Por volta de 1998 quando iniciei o restauro do meu Celica TA22 alguém me disse que havia um velhote lá para os lados de Santa Cruz que teria um carro igual ao meu, batido de frente, e que equacionaria vender. Lá fui à descoberta e após algum tempo lá cheguei ao homem. Conversa para cá, conversa para lá, e vamos lá ver o carro...
    Quando entro na garagem deparo-me não com um TA22, mas sim com um muito mais raro por estes lados, TA27. Começo a olhar para o carro e vejo que tinha tido um encontro imediato de 1º grau com um poste, mesmo de frente, frente essa que estava com a forma de um V. Quanto é que quer pelo carro? R: 500 contos! - Ofereci 100 cts (estamos a falar de à 10 anos, e o carro era relativamente raro). Não quis, "tenho aqui um grande tesouro, nem pensar vendê-lo por essa quantia!!"; resultado: Actualmente no meu TA22 tenho duas jantes desse carro, que comprei cerca de 5 anos depois numa sucata lá perto. Tirei-as directamente do carro, completamente irrecuperável...
    Como esta tenho mais histórias, envolvendo um Golf GTI MK1, um 2002 Tii, um carocha oval, etc, etc, tudo carros cujos donos preferiram telefonar para o gajo da sucata para os vir buscar, a vendê-los pelo preço justo...
    Não culpo quem põe à venda um Datsun 1200 por 10.000 eur!?, culpo quem os paga...
    MAs acima de tudo fico triste por ver pessoas que preferem não vender, deixar apodrecer, e depois ainda dizem com grande hipocrisia que gostam de clássicos...
    Uma das coisas que faço questão em fazer depois de acabar de restaurar um carro meu, é levá-lo à presença dos seus anteriores proprietários, e mostrar o resultado final. A aprovação e a alegria de quem tanto tempo fez dele um comum meio de transporte é a cereja no topo do bolo.
    Como nota final, nas situações acima descritas neste momento "namoro" as seguintes viaturas:
    Porsche 356 sc, parado à mais de 25 anos numa garajem - Ofereci 9.000 eur
    BMW 1600 Cabrio, parado à 12 anos numa garagem - Ofereci 6.000 eur
    Ford Capri 1600 GT Facelift - Parado numa garagem à 8 anos - Ofereci 2.000 eur
     
  2. Compreendo a situação.... :huh:
     
  3. Infelizmente para os carros e para quem quer ter um classico e até está disposto a fazer uns sacrificios para lhes dar uma nova vida existem pessoas assim :wacko: só pensam em eur não sou contra ganharem alguns eur pois a vida está dificil para todos,ou quase todos mas dai até pedirem absurdos,perde-se a vontade e o gosto de ter um classico por responsabilidade de certos srs :wacko::p
     
  4. Eu creio que os preços em Portugal estão inflacionados porque infelizmente temos um sistema Fiscal que nos tira qualquer hipótese de alternativa. Se fosse possível enriquecermos o património autom´vel em Portugal importando veículos ao preço justo estes casos já não aconteceriam... E sinceramente estou farto disto... Ainda hoje comentei com o Ângelo Miguel... Nunca mais aparece um aficionado num governo futuro, que nos proteja e tenha o discernimento de perceber de uma vez por todas que não é nos clássicos que se vão resolver os problemas do país...
     
  5. Boas. concordo, mas atenção a uma coisa como você proprio diz o restauro não fica barato. Não culpo as pessoas que vendem um clássico a preço de restauro, mas sim as pessoas que querem vender um clássico por restaurar ao preço de um restaurado!Isso é que é lastimavel!Temos de ter em conta que por ex uma borracha de para brisas para um datsun 1200 custa cerca de 100 euros quando se arranja!
     
  6. Sim Ricardo mas uma coisa é vender um carro restaurado outra é ter o carro durante anos não passar puto e depois pedir um balurdio com já me aconteceu um sr que tinha um carocha esteve á chuva ao vento ao sol etc etc durante 4 anos colocou o carro á venda por 750 eur e quando lá cheguei apesar de estar num estado lastimoso teve a lata de dizer que tinha muita pena de vender o carro blá blá e tinha quem lhe desse 1500eur ora bem ele é que tinha idade para ser meu pai SENÃO....:wacko::p
     
  7. Cada um é como cada qual ...cada qual como eveidentemente :D
     
  8. Acho que um grande problema é que algumas pessoas têm um classico parado durante anos e até se esquecem do carro mas ouvem falar de um manel gt qualquer que vendeu esse mesmo cmodelo por x e pronto mesmo sem saberem as condições do outro o deles vale logo isso ou mais!

    Acho que um carro restaurado, bem restaurado com várias peças novas e uma pintura sem 5cms de betume se é que entendem vale sempre 4-5mil euros, mas facilmente pois para reparar um qualquer classico seja ele o mais barato de todos muito facilmente se gasta esse valor em chapa, pintura, reparação do sistema de travagem, direcção, motor etc... e algumas peças novas.

    É cada vez mais dificil arranjar quem sabe e gosta realmente de mexer em classicos , as peças nem sempre são fáceis de encontrar, os conhecimentos necessários para trabalhar com carros já com estas idades não se arranjam na internet apesar de se arranjar muita coisa e a paciencia a acabar aqueles pequenos pormenores que fazem a diferença no fim do restauro, tudo isso tem que ser pago.

    Eu já aprendi da pior forma que neste carros não vale a pena andar a ir a mecânicos normais pois normalmente dá barraco e acaba-se por ter que gastar dinheiro duas vezes.

    Mas tambem compreendo que quem vende tenta sempre vender pelo preço mais elevado assim como quem compra pelo mais baixo, é pena é que realmente existam pessoas que pensam que têm realmente ali um tesouro e por causa disso não negoceiam, até ao dia em que o carro já não pode ser recuperado...
     
  9. Concordo no geral com o primeiro post, já me aconteceram situações identicas.

    Não concordo com essa mesma opinião quando extrapolada para viaturas raras no pais, caso do Honda S800, infelizmente em Portugal com a actual legislação em relação a importados, legislação que só pode ter sido elaborada por incompetentes que não entendem minimamente o que é um classico, provoca que só os documentos de qualquer classico raro valem 1500Euros! se juntarmos mais umas quantas peças facilmente se chega aos 2500Euros.
     
  10. Nuno,

    Parabens pela exposição. Não posso estar mais de acordo.

    O caso do Celica é paradigmático e infelizmente não é nem de perto nem de longe o único.

    Básicamente não temos mercado, nem a maioria dos vendedores tem a mínima noção do que tem à venda, por isso atiram barro à parede e normalmente perdem, muitas vezes perdendo-se o carro no processo.

    Salvo algumas excepções também não vejo os carros fora de preço a serem vendidos, arrastam-se anos a fio no Stand Virtual, em stands reais ou no pior dos casos numa berma de estrada ou campo.

    Continuando em Toyotas, um famoso desportivo amarelo completamente assucatado e apirosado, está ( ou estava) à venda na berma da EN1 há anos...ao relento.

    Por outro lado como lembrou e bem o David não podemos ir ao mercado lá fora, situação que espero que mude rápidamente, a união europeia já anda em cima do governo nessa matéria.

    Vou lendo umas coisas nas revistas da especialidade e parece que lá fora, o preço tem a ver com a oferta/procura, condição do carro, tendências e situação economica de cada país. Hoje são Pagodas a subir amanha sobem os 911 2.4, ontem os japoneses vinham a Inglaterra comprar MGBs RV8 e amanha são os ingleses que os vão lá buscar... e por ai fora.

    Artistas de todo o género parece que tambem por lá existem, só que o mercado é vasto e funciona, a percentagem de gente decente é superior à dos artistas, ambos os lados tendem a estar mais bem informados e sobretudo não faltam opções.

    Cá é tudo inversamente proporcional.

    nuno g
     
  11. Exacto, concordo com tudo o que foi dito
     
  12. Um dos grandes problemas dos clássicos é que há muitos que pensam que podem fazer muito dinheiro com os carros...
    Compram a preços até simpáticos e depois metem na net á venda pelo preço que querem(não quer dizer que os vendam).
    Depois há o seguinte problema:
    O Manel tem um Capri á venda por 2000€ em estado razoável, o Joaquim vê o anuncio e decide vender o Capri que é dono, mas como está num estado um pouco melhor já pede 3000€ e assim sucessivamente. Se o carro do outro custa x e está pior que o meu, então o meu vale mais.
    Outra é ver clássicos á venda por 1000€ sem sequer ter documentos?! basta dar uma vista de olhos nos anúncios por aí espalhados...

    Ás vezes até fico maluco quando dou uma vista de olhos nos clássicos no ebay inglês. Vendem carros a um preço brutal, ás vezes fico mesmo tentado. Até carros americanos que cá custam uma fortuna se vendem a excelentes preços!

    Mas também temos disto:

    http://cgi.ebay.co.uk/Ford-Escort-1...ewItemQQptZAutomobiles_UK?hash=item19ba0a9364
     
  13. Tenho um bom testemunho de um caso identico que se passou no fim de semana passado no Domingo numa tentativa de comprarum botija de gás das grandes 45kgs fiz fiz 50 kms de cidade em cidade acabei na golegã onde a muito custo consegui comprar a dita botija , quando estou a carregar o gás vejo ao fundo do armazem dos carros
    1 Fiat Topolino
    1 Ford Anglia

    Obviamente perguntei logo de quem eram e se estavam para venda , resposta afirmativa lá se chamou o dono que amávelmente me mostrou as peças e me contou a historia de cada um o Anglia foi comprado novo e o Topolino em segunda mão pelo Pai que entretanto morreu , Final de conversa
    EU: então e quanto pede por eles ?
    Dono : só vendo o Topolino e estou a pedir 8 mil contos
    EU: 8 mil contos ? ou 8 mil Euros ?
    Dono: não não 8 mil contos
    EU: 40 mil euros ??
    Dono: pois essas contas já não sei mas em contos quero 8 mil (o Sr deve ter ums 80 anos)
    EU: épá não me leve a mal mas isso é um valor muito alto para este carro , mas poruqe esse valor ?
    Dono : sabe é o valor que presiço para arranjar o telhado deste armazem , e só por isso é que o vendo .
    Eu : ok pois eu não estou interessado mas talvez tenha um amigo que esteja , bom dia e obrigado .

    Ainda estou a pensar 8 mil contos ???????? por um topolino ainda por cima a nessecitar de obra (chapa , pintura , cromados )

    Aos interessados posso dar contacto . eh ehe ehe

    Cumprimentos
    Paulo de Carvalho
     
  14. este episódio dava um bom documentário......

    vender carros para fazer obras



    :huh::huh::huh::huh:
     

  15. Já está meio explicado....

    E já não sei quanto é um conto ou escudo.. isso já não existe e não há razão para pessoas continuarem ainda hoje a fazer contas assim! Parece que estão a aguardar o dia que o escudo volta... :huh:
     
  16. Ando a alguns meses a consultar anuncios diariamente e há com cada um... não sei se rir ou chorar..
    Não me admira que o mercado de classicos esteja "parado". Os preços absurdos justificam isso. Esta nova lei de importação só beneficia os vendedores que tem carros nacionais a venda porque se o mercado EU fosse realmente aberto e livre os preços baixavam de certeza.
     
  17. Boas,

    Estes episodios davam uma novela Argentina :D

    Mas não é so com os carros que isso acontece, acontece com as motos, com os motores, com os acessorios, ou seja com o mercado de classicos em geral :wacko:o_O

    Basta vermos os mercados nos varios foruns de classicos para termos essa prova, ou entao nas revistas ditas da especialidade o_O

    Mas é assim, quem vende, na maior parte das vezes, pensa que tem uma galinha de ovos de ouro em casa.

    Tambem existem aqueles que tentam aplicar o truque de mostrar um e depois no dia do levantamento tentar entregar outro, ja me aconteceu :wacko::wacko:

    Mas como ja foi dito varias vezes por aqui, enquanto houver quem compre...

    Abraços
     
  18. Temos alguns carros raros não haja dúvida, mas esses não se enquadram utilitário de maior mas sim bons carros media alta, pedem se balúrdios(até 5000€ se não mais) por carros dos anos 60,70 e 80(que ainda não são clássicos )nos dias de hoje por Datsun´s, Citroën´s, Renault´s, Fiat´s, Minis´s, isso é que é vergonhoso carros do povo com preços de carros dos anos 50 para não dizer antes disso, a tabela existente na revista motor clássico só vem provar a palhaçada que alguns levam nesta vida do comercio de clássicos e de algumas revistas, basta olhar pela Europa os preços praticados pelos clássicos, cada carro vale o que vale, na vizinha Espanha não valorizam os Seat´s em vez dos Fiat´s?! e visse versa, os carros restaurados valem o preço que valem e não aqueles exageros que vejo diariamente reflectidos no mercado português, claro que sei que um restauro é caro, mas isso é um risco de quem o faz para a posteriori vender, mas também quem o faz é porque não tem o devido amor pelo seu clássico desculpem esta franqueza. Não seria de estranhar que os carros vindos de fora valem sempre menos €€€ do que os nacionais, mas isso já se passa em carros novos, sendo antigos, clássicos jamais estariam de fora, esta paixão é para os espertos e raro é algo que pouco ou nada existe, o que não acontece por aqui nestas bandas portuguesas onde não faltam é clássicos mas sim €€€B) É um tema controverso, com diversas opiniões, mas que acabam sempre por quinar para o mesmo lado, já me faz lembrar um sr que aparece nos encontros mensais do portal em Lisboa com a mesma cantiga, "é um fiat 600 D de 1970 logo vale 4000€" à com cada um vai lá vai:D já para não falar nas sucatas que por aqui e não só andam à venda, como dizia o outro não à pão para malucos, se surgir algum bom negócio de carro clássico à venda no estrangeiro não hesitarei, antes fora e barato para não dizer honesto, do que ser enganado cá, sou português para umas coisas e estrangeiro noutras:huh::D:gear_wink2: Deixem se estar que com esta conversa o "Bom português" jamais pensará diferente...
     
  19. Eu sou da opinião de que cada um vende ao preço que quer!
    O "bem" pertence a essa pessoa, e ela é livre de lhe por o preço que bem entender.
    Só compra quem quer... ou quem poder!

    Realmente, é lixado querermos comprar alguma peça ou algum carro, e nao o podermos pagar por estar a um preço muito acima da media, mas o dono tem o direito de o vender ao preço que ache melhor.

    Um preço acima da media é uma loucura, um roubo, uma ofensa.
    Um preço a baixo da media é uma maravilha, um negocio da china, uma festa.
     
  20. era um topolino azul? ja a precisar de um restaurozito? :D
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página