Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Não é só em máquinas exóticas

Tópico em 'História e Cultura' iniciado por António Barbosa, 12 Jun 2015.

Tópico em 'História e Cultura' iniciado por António Barbosa, 12 Jun 2015.

  1. Estamos de certa forma habituados a que quando esta ou aquela celebridade morrem ao volante, ou neste caso ao lado, estamos seguramente a falar de máquinas exóticas, às vezes italianas, mas sempre de alta cilindrada.
    A 16 de setembro de 1977 não foi assim. O cantor rock Marc Bolan, lider dos T-Rex, morreu num Mini igual ao meu, um 1275GT.
    bolancrash.jpg

    A história do acidente terá sido uma relativamente comum, vinham de pub de madrugada, despistaram-se e entre um poste e uma árvore a coisa aconteceu.
    Rock king.jpg

    Rock king1.jpg
    Não conheço nenhuma música desta banda ou deste cantor, mas que ele tinha bom gosto a escolher automóveis lá isso tinha!
     
  2. Dados os sistemas de segurança avançadíssimos destes Mini as equipas médicas devem ter apanhado um belo cenário... talho... horror... =X
     
  3. Coitado....:(- Se tivesse comprado um Rover tinha mais chapa pela frente....e possivelmente até estaria vivo.
     
  4. Nestes casos de velocidade a mais e capacidade de controlo a menos, não há carro nem chapa que valha, o caso da Princesa Diana será o paradigma disso mesmo!
     
  5. Os Mini eram autênticas picadoras de carne, as pessoas morriam em acidentes a 50 km/h! O acidente da Diana foi bem mais brutal e segundo os media ninguém levava sequer cinto de segurança.

    Ainda bem que os tempos evoluíram, mas não deixa de ser algo assustador conduzir carros clássicos que em questões de segurança são apenas "velhos" =\
     
  6. Sem querer iniciar um debate sobre esse assunto, não acho os Minis especialmente inseguros em caso de colisão. O caso acima citado, velocidade+álcool, trouxe os tristes resultados que as fotografias retratam, mas conheço vários sobreviventes de acidentes com Minis (eu por exemplo, ver Mini azul em Gentleman Driver Março2014 ) em que os Minis foram para a sucata, mas protegeram os ocupantes. O António Ruão foi outro caso!
     
    #7 António Barbosa, 15 Jun 2015
    Última edição: 15 Jun 2015
  7. Acredito que sim António e felizmente não posso contrapor nada disso com experiências pessoais mas recordo-me faz uns anos de ver um documentário que incidia sobre os problemas dos Mini a acidentes mesmo a baixas velocidades, pormenores como o facto do canhão da ignição estar praticamente alinhado com o joelho o que facilmente provocada encontros imediatos do 5º grau entre as cartilagens da rótula do joelho direito (LHD) e a chave metálica ou o facto do espelho retrovisor interior ficar facilmente alinhado com a testa do condutor o que dava em cenários de verdadeiro horror.

    No YouTube encontra-se este vídeo mas não creio que fosse este, acho que era algo mais moderno.
     
    António Barbosa gostou disto.
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página