Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Motorizadas Portuguesas: Um Património A Salvar

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por Mike Silva, 19 Fev 2008.

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por Mike Silva, 19 Fev 2008.

  1. [​IMG]
    Temos um problema! É que passámos a nossa vida a relacionar a indústria nacional com o velho de boina e de garrafão na traseira, e com o servente que ia para as obras de manga cava e botas de bico. E com o capacete "Blade" debaixo do braço. Ou Motassis.

    Passamos a vida inteira a ver velhotas de aventais ressequidos a venderem-nos castanhas embrulhadas em listas telefónicas, em triciclos já sem motor e guardados nas imediações durante a noite.

    Passámos a vida a ver pessoas de fracos recursos a viajar de mota com os filhos empoleirados em frente da mãe, sem capacete, porque " não tinham idade para usar capacete". E isto tudo não junta muitos pontos na hora de decidir recuperar um destes veículos. Não existe muito "glamour" em idolatrar um aparelho que emitia um fumo azul e um barulho doentio que fazia riscos na televisão, quand passava la fora. Com um velho de boina.

    MAs estes veículos, por causa destas coisas, fazem parte compulsivamente da nossa memória colectiva, e representam um esforço considerável do tempp em que havia empresários empenhados em proporcionar motorização ás pessoas.

    Portugal evoluiu com o "velho da motorizada" e com o " servente da V5". e com os triciclos das castanhas a circular pais acima e pais abaixo. Îsto vem a propósito de quê? Vem a propósito que veio parar ás minhas mãos um triciclo de caixa á frente , com motor Zundapp, que devido a obras num barração as pessoas iam "deitar para o lixo".

    Uma " dica" de um amigo, e um voo de urgencia para Portugal, pedindo depois emprestado um atrelado, permitiram que eu ficasse com aquele exemplo de veículo comercial 100%Portugues , que outrora proporcionou a um chefe de familia por o comer na mesa para a sua familia.

    Está completo e está parado desde 1976. Vou trazê-lo para Inglaterra, para me entreter a restaurá-lo. Depois de terminar a minha KTM Ponny II sem documentos, lá mais para o fim do ano. ( Documentos? Primeiro está a preservação, depois o resto, logo se vê...)

    Temos de colocar de novo interesse nesta fatia importantíssima da nossa História, atribuir-lhe importancia, porque para outros povos, são exemplos interessantíssimos de uma indústria pouco conhecida e divulgada. A Zundapp ,Casal ou a Sachs do Ti Almerindo, podem crer, fará furor em qualquer "International classic Motorshow" do mundo e redondezas.

    Já agora, visitem o meu espaço na Net, actualizado sempre que posso, em www.saladasmaquinas.blogspot.com
     
  2. concordo inteiramente com o que escreveu e adorei os pormenores:" servente da V5" e ( Documentos? Primeiro está a preservação, depois o resto, logo se vê...)
    cumprimentos
     
  3. Parabéns pela compra!! É um belo triciclo!:D

    Há mais fotos?
     
  4. Viva Mike,

    Tenho que lhe agradecer as inumeras risadas que emergiram ao devorar os seus depoimentos no recém criado blog com um sucesso (já) notável!
    Tem um sentido de escrita apuradissimo, altamente contagiante e com um humor sarcástico da mais fina qualidade!

    Já sou um seguidor seu...vou-lhe atazanar a vida quando não me fizer rir com a qualidade dos seus textos!
    Junto-me a si para apertar o pescoço a muitos "palhaços" que insistem em nos chatear a moleirinha quando vamos a disfrutar da calma, sentados ao volante de uma máquina! Quantos são, quantos são?! Não tenho medo de ninguém...só de uns perfeitos anormais que compraram "cagança" na Baviera! Dessa raça está o país cheio...e como insiste em resistir sabotando o nosso quotidiano, eu começo a ter medo dessa raça que é efectivamente persistente.

    Por falar em motorizadas portuguesas, e como até hoje não me preocupo com os conflitos freudianos que relacionam o tamanho do sexo ao carro escolhido (neste caso, motorizada escolhida), decidi ser um feliz proprietário de dois bonitos "chassos" de fabrico nacional e que poucas pessoas têm o privilégio de conhecer. São as EFS Mini Puch (http://www.portalclassicos.com/forum/showthread.php?t=5245&highlight=mini+puch) que já divulguei por estas andanças há uns tempos atrás. São das que fazem fumo azul mas o seu "grunhido" caracteristico não é ensurdecedor. Tem uma breve apresentação no link anterior e também conduz a um "Grupo de Amigos da EFS Mini Puch" que tenta juntar os raros e dispersos proprietários destas beldades assim como simpatizantes da mesma. Como nós, já nos anos 80 tendiamos a ser idiotas e meros tradutores de ideias, esta motorizada é mais uma aproximação "rafeira" da Honda Monkey...

    Ficam os parabéns pelo novo triciclo onde o puto de 8 anos poderá saír do corpo de adulto!

    Boas gasadas...e não ultrapasse a lotação com filhos, sobrinhos e vizinhos sem capacete e com os "cavelos" ao "bento"...

    Boas curvas e votos de bons artigos!

    Um abraço
     
  5. Muito obrigado pelo vosso amavel feedback, e de facto as EFS deixaram de ser uma visao comum nas ruas, desde ha uns tempos para ca. Esperemos que tenham sobrevivido fechadas nalgum barracao por ai, a salvo dos putos que descascam as DT para darem 63 Km/h em vez de 61.

    Estes pequenos aparelhos que por norma ostracizamos em favor de maquinaria mais apelativa visualmente, foram importantes meios de locomocao para uma importante camada da populacao que nao podia aceder a um automovel.

    Devemos respeita-las e salvaguarda-las para que outros possam perceber que nem sempre andamos por ai em aspiradores de plastico com um prazo de validade dum iogurte.

    E ja agora, para fazer umas interferencias na TV quando estiver a dar a "Floribella"...
     
  6. Boas!

    É verdade que os triciclos nacionais marcaram muito o panorama urbano e rural até há bem pouco tempo.
    Para além do que foi dito, havia ainda venda de peixe, de frutas/legumes, gelados... Aqui fica um link para vários triciclos.
    Houve também muitas motorizadas que serviram activamente para ganhar o "pão nosso de cada dia", alguns exemplos: amolador, carteiro, comida rápida...
     
  7. Felizmnte nos ultimos 2/3 anos o panorama relativo as motorizadas mudou muito e felizmente para melhor!

    Já se começa a notar no preço pedidos por ela, por exemplo na zona da minha avó outro dia perguntei se não se arranjava um motorizada para mim baratinha ao que me responderam logo que não que agora andavam todas a ser vendidas e por bom preço!

    Ou seja, as nacionas começam a ser valorizadas! B)

    Infelizmente começam a pedir balurdios por elas o que tambem as tornam menos apeteciveis

    Já ando há imenso tempo a sonhar em ter um casa Boss ou um ainda menos comun triciclo, seja naked seja dos cabinados... ou quem sabe um assador de castanhas ! :huh:

    Continua a minha buscar por uma igual à tua principalmente no preço...
     
  8. Concordo plenamente tambem como o que disse e parabens pela nova aquisição...já agora em que localidade de Inglaterra está?...eu estou em Peterborough...
     
  9. boas ja vi a sua pagina e gostei bastante concordo consigo em quase td lol, muitos parabens, e já agr sabe quanto é que dao as dt´s hoje em dia? :huh:
    olha que eu adoro classicos mas tbm nao digam mal das dt´s :( CUMPRIMENTOS
     
  10. Começo por felicitar pela viagem que fez "apenas" para buscar o triciclo e principalmente pelo excelente blog....
    Em cima, parte do seu texto com o qual nao concordo.... há cada vez mais uma procura pela cinquentinhas tornando-se ás vezes até ridiculo os preços pedidos por pessoas que, acredito, não fazendo parte deste meio, meio de quem efectivamente gosta de uma "boa velharia", de meter mãos á obra e ter o prazer de a restaurar sem se preocupar s gastou meses á volta dela não dando atenção á mulher e filhos :D e sem se preocupar com o dinheiro que gastou e se quando a/o vender ai ganhar ou não..... dizia (escrevia) eu, não fazendo parte dete meio exploram uma área em que cada vez mais se dá atenção ao que os nossos (pouco) antepassados usavam.....
    Boa sorte para o restauro.
    Áh, e já é permitido em Portugal as peliculas nos vidros.....
    Cumps
    LT
     
  11. Não deem importancia aos comentários das DT, moto que muito admiro, por conseguir resistir aos putos do boné ao contrário e brinco na orelha.

    Os comentários acerca deste veículo extremamente competente, visam apenas ridicularizar uma camada dos utilizadores da estrada, que consideram o facto de por uma Mica "HP", levantar o assento e colocar um "escape por baixo" mais importantes do que tirar a licença e fazer um seguro .

    Tive uma "LC", e guardo boas memórias. Não! não tirei o escape, nem sequer o suporte da matrícula! Estava toda "À betinho", para enervar os gajos do café. Até o pequeno reflector redondo por debaixo da matrícula e a ponteira do escape tinha.

    Claro, que diáriamente recebia inúmeros pedidos de "competição", que envolviam ver quem chegava primeiro á rotunda. E mal vendi a "LC" para comprar um carrito, no dia seguinte, já nem a conhecia...

    Vivam as "LC".
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página