Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Motorizada Esail 301m Zundapp

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por JoãoAbreu, 9 Jan 2016.

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por JoãoAbreu, 9 Jan 2016.

  1. Ora bem , o meu sogro tem esta motorizada parada na garagem já faz alguns (20 anos) e agora gostava de a por a andar, devo já dizer que de motas /motorizadas não pesco nada .Como é obvio a máquina não pega, não tem faisca na vela (tenho de comprar uma mas ainda não sei a referencia mas do que andei a ler deve ser qq coisa como b8hs da NGK).
    duvidas.
    1- quando dou ao pedal(start) deve saltar faisca na vela?
    2- se não saltar a causa será dos platinados, bobina?
    3- para tirar o "volante" (não sei se é o termo certo) dos platinados e necessário um saca? e que cuidados devo ter ao tirar?

    [​IMG]
     
    JoaoFonseca gostou disto.
  2. atenção se vais tirar o volante, pois nunca mais vais conseguir que a vela faique !
    Digo eu !
     
    JoãoAbreu gostou disto.
  3. boas João, o que pergunta está correto tecnicamente se não salta faísca é porque a corrente está com anomalia, para alem do que foi mencionado pode ter mais origens e pode ser mais simples do que parece uma das hipóteses mais certa é o platinado, veja se tem a folga correta e se está limpo(sem ferrugem ou impurezas) nos contatos como disse não é nenhum expert na matéria nem é necessário ser para por isso a trabalhar se não sabe a folga nem tem o medidor (papa-folgas ) uma folha de serra serve perfeitamente como medida e nem sequer tem que retirar o volante para executar essa reparação
    - mas pode ser bobine/condensador ou o platinado e aí tem que retirar o volante logicamente precisa de um saca que custa cerca de 10 euros numa casa de peças de motas, na cambota existe uma porca que no caso da Casal e Zundapp a sua rosca é fina e desaperta para a esquerda como regra geral é só desapertar e ter cuidado com o escatel , ao retirar isto tem acesso a toda a parte elétrica exceto se a mota possuir a bobine exterior
    - pode ser um fio cortado /cachimbo da vela a própria vela o fecho da ignição danificado enfim há muita coisa que pode originar a falha de corrente
    só para terminar eu aconselho a perder algum tempo e ver estas coisas com especial atenção se a faísca saltar bem ao encostar no motor este tem que trabalhar!!!!
    espero ter ajudado se tiver duvidas disponha
     
    JoãoAbreu gostou disto.
  4. Desde já obrigado pelas respostas, já tirei o volante do motor e passei uma lixa fina , nos platinados não consegui ver bem como estavam porque já era noite,a bobine desta mota penso que esta fora mais ou menos por baixo do guiador , tenho de dar uma vista de olhos aos fios e limpar a ferrugem que anda pelas partes elétricas.
    Já agora qual a referencia da vela alguém sabe?
     
  5. Boas João
    se a sua mota tem a bobine exterior o que eu presumo que tenha, se tiver original está aparafusada no quadro por cima do motor e debaixo do deposito da gasolina é só percorrer o fio preto que sai da vela e ver onde está a bobine, atenção que estas bobines de 6v têm dois encaixes de terminais um é para a massa o outro é para a entrada de corrente que vem do motor, se desencaixar este fio e o encostar ao motor e dar em simultâneo ao kiks (cuidado com as mãos) a faísca salta se tudo estiver em conformidade
    -se não saltar o problema está parte elétrica anterior á bobine e testa desta forma a bobine pois se der faísca no fio azul e não saltar na vela a bobine tem que ser substituída o outro fio que sai do motor ( amarelo ) é o das luzes não se esqueça disso e não troque as mãos!!!!
    - a vela nesse tipo de motor(Zundapp) de 4 tem obrigatoriamente que ser de canhão curto, o modelo da vela esqueça!!!! pode optar por colocar uma vela" fria " a sua referencia só vendo em catalogo mas se a mota tiver boa de motor com boa corrente qualquer vela serve Amigo
    -só se tiver encharcada de gasolina é que pode dar chatice caso contrário isso fica a bombar igual desde que obedeça ao critério do cumprimento(canhão curto/comprido)
    qualquer duvida disponha
    Cump
     
    JoãoAbreu e Carlos Vaz gostaram disto.
  6. Mais uma vez obrigado pelas ajudas, e devo dizer que já "patanisca",entretanto descobri que a cabeça do cilindro estava mal apertada devido a um dos pernos estar moído, e a junta que lá estava já era , entretanto já andei pela net a procura das peças e penso que o perno será este não tem as medias no site.

    Cilindros : Perno de cilindro Zundapp

    e as juntas serão estas.

    Juntas : Jogo de juntas de motor Zundapp 4 velocidades

    entretanto também queria por valvolina na caixa mas por onde posso ver o nivel nem por onde tirar a velha , já li algures que será aproximadamente 500ml.

    peço desculpa tanta pergunta mas de motas não pesco quase nada de carros ainda dou uns pequenos toques mas motorizadas/motas sou um ZERO.
     
  7. Boas ´
    Uma bela maquina que ai tens .:thumbs up:

    Tens aqui este tópico
    Oleo do motor | Fóruns Portal dos Classicos

    Do outro lado do motor da foto tens um parafuso a meio para ver o nivel, por baixo tens uma porca por onde sai o óleo.
     
    #7 JoaoFonseca, 10 Jan 2016
    Última edição: 10 Jan 2016
    JoãoAbreu gostou disto.
  8. boas João, o nível da valvulina é do lado direito do motor(lado da embraiagem) tem um parafuso ao meio que serve de nível quando lhe colocar a dita valvulina (89/90) para colocar valvulina é o parafuso vermelho que se encontra por cima no motor
    -quanto ao perne deve colocar um novo, assim como as juntas (metálica e papel) verifique o estado do pistão e camisa para ter a certeza que isso está em condições
    - mais uma vez lhe digo que não é preciso ser mecânico para por a mota a bombar!!! só se tiver algum problema com caixa de velocidades ou embraiagem já se torna mais complicado tirando essas possíveis avarias o resto é tudo simples de resolver (motores 2 tempos)
    mas qualquer questão é só dizer
     
    JoãoAbreu gostou disto.
  9. João Fonseca obrigado pelo link sobre os óleos.
    Filipe Spa quanto a junta de papel não sei onde fica mas estou a pensar que seja entre o cilindro e o "bloco" do motor, caso troque essa junta depois para colocar o pistão outra vez no cilindro sem a ferramenta apropriada é complicado ou não?
    Quanto aos pernos estava a pensar em trocar os 4.

    já agora que lojas online recomendam
     
  10. João,
    está certo em relação á junta é colocada entre o cilindro e os carteres
    lojas tem muita coisa como por exemplo :- motocinquenta /gasolina Super, etc, ...
    quando mudar a junta se não tirar o pistão da biela e só apertar o /os seguementos no respectivo encaixe/ guia e encaixar no cilindro com cuidado para não forçar pois pode partir o seguemento (os)
    isso é muito simples não precisa de ferramenta apropriada se tiver que mudar pistão
    tira os freios do pistão, a cavilha e o pistão sai fora da biela
    para o colocar novamente eu faço da seguinte forma:
    1º -coloca-se o pistão no cilindro (a abertura do seguemento é sempre para o lado da admissão ou seja para o lado do carburador normalmente tem uma seta no próprio pistão que indica o sentido escape)
    2º o cilindro encaixa nos 4 parafusos e com a biela acerta a furação para entrar a cavilha depois é só encaixar os freios
    essa junta de papel/cartolina não é a mais importante a outra sim (metálica) essa tem que vedar em conformidade, caso contrário vai-se a compressão por lá, o que pode acontecer é aparecer uma humidade/babaela de óleo, não da caixa mas sim da camara de combustão misturado com gasolina para evitar essa situação mude, aconselho sempre!!!
    espero ter ajudado
    Cump
     
  11. Peças a caminho vamos lá ver se este fim de semana tenho tempo para a por a trabalhar.
    Recomendam a por um bocado de óleo no cilindro nesta primeira utilização?
    que procedimento recomendam a ter neste primeiro arranque uma vez que está parada à muito tempo(pelo menos 13 anos)
     
  12. Boas João
    eu não procedo dessa forma de modo algum, mas pode fazer isso não prejudica nada, antes pelo contrário ao lubrificar o cilindro / pistão colocando óleo pela vela vai criar excesso de óleo no interior da camara de combustão e consequentemente fazer com que a mota custe mais a pegar ainda assim aconselho-o a fazer a mistura da gasolina /óleo com mais um pouco de óleo que a percentagem recomendada
    - isto para trabalhar a 1ª vez
    -vai ter que mudar uma ou duas vezes a vela ela vai encharcar
    - mas com o ar fechado no carburador sem acelerar ela acaba por pegar após insistir várias vezes
    é de facto uma solução sem duvida
    não coloque gasolina no deposito sem o lavar (13 anos deve estar bonito!!!) para além do filtro que tem a torneira meta um outro intermedio e assim evita estar constantemente a limpar o carburador
    como referi no inicio eu não trabalho dessa forma porque quero sempre ter a confirmação de que tudo está em bom estado por essa razão desmonto e vejo primeiro só depois a meto a trabalhar só por isso
    se precisar de ajuda informe
    bom trabalho
     
    JoãoAbreu gostou disto.
  13. Filipe ,agora é que está tudo estragado:blink: onde é o ar ? será que é um pino que esta no carburador que quando se acelera ele levanta? ( eu bem avisei que não percebo nada de motas:D:)o filtro que fala na torneira é uma tampa cilíndrica de plástico que está acoplada a torneira como se vê na foto?
    Também já me tinha lembrado de limpar o depósito de combustível mas como é que ele sai já andei a espreitar e não vi parafusos :confused:
     
  14. boas João ainda diz que não percebe nada!!! o ar é isso mesmo !!! o pino desce fecha a entrada de ar (enriquece a mistura) para a mota pegar, isto sem acelerar e quando esta pega á medida que acelera o pino sobe e fica posicionado em cima como pertence
    -a troneira é o modelo antigo e tem esse filtro que desenrosca e pode ser limpo mas duvido que não tenha que meter uma diferente, igual não é fácil de conseguir encontrar
    - ela não vai vedar a gasolina vai ficar a pingar com toda a certeza é o costume e tem que comprar uma onde o filtro entra no próprio depósito
    - para tirar o depósito não me admira que não encontre parafusos, mas ele não esta soldado ao quadro
    se tirar o banco verifica como sai e mais não digo
    -a mexer a gente vai aprendendo e daqui por algum tempo é bom que consiga ajudar alguém também eu estou todos os dias a aprender e nunca sei tudo
    se entretanto surgir mais alguma questão que eu saiba!!!disponha Amigo
     
    JoãoAbreu gostou disto.
  15. bOAS
    Tens que tirar fora o banco e ai encontras um parafuso.
    Pela foto já tiras-te a mangueira onde passa a gasolina?
    podes tirar fora o resto da torneira aplicada no deposito, geralmente ou quase sempre esta entupido :thumbs up:
     
    JoãoAbreu gostou disto.
  16. Já está tudo fora, banco e depósito, aproveitei para comprar uns o-rings para a torneira da gasolina e tubo de gasolina novos porque já havia por lá umas fugas.
    Entretanto vou tirando umas fotos que mais tarde pode ajudar mais algum nabo :) como eu que apareça por cá.
    Entretanto tive que soldar o descanso que andava perdido pela garagem do sogro (os apoios partidos)-
    Os parafusos do banco só saíram com uma ajuda da rebarbadora.

    [​IMG]

    [​IMG] [​IMG] [​IMG]

    O cilindro não me parece nada mau :D
    [​IMG]

    O estado da junta :blink::eek:
    [​IMG]

    O ajudante B)
    [​IMG]
     
    JoaoFonseca e Alvaro Oliveira gostaram disto.
  17. Boas
    Já esta a ir no bom caminho :thumbs up:
    Também tenho um ajudante igual ao teu :D:

    Depois de se começar a desmontar, e simples a mecânica.
     
  18. Ainda pensei em continuar a desmontar e levar ao jato de areia mas agora o t€mpo não é muito para estas brincadeiras .
    Alguem sabe de valores para decapar uma mota (mais ou menos)?

    Devo anunciar que a ESAIL já ronca ,um pouco de gasolina num funil ligado ao carburador e á segunda pedalada pegou logo:D:, reparei que estava um pouco acelerada , dei um pouco de acelerador ( coisa minima) e custou a desacelerar , entretanto desmontei o carburador e a agulha ( penso que é o gigler ou gigler é o buraquinho onde passa a agulha?) tinha ferrugem , depois não voltei a testar mais nada , vamos lá ver se amanhã ao fim do dia experimento outra vez depois de lhe dar uma banhoca .
     
    JoaoFonseca gostou disto.
  19. Já agora faltou perguntar binários de aperto alguem sabe, ou algum manual para este motor ?
     
  20. Boas João esqueça isso de apertos e manuais é "apertar até um bocadinho antes de partir"
    estes motores de dois tempos não são refrigerados a água, daí levarem uma junta metálica (alumínio) no cilindro/colaça esta vai compensar um ligeiro empeno se houver e veda a compressão mais nada mas tem que ser apertada não tem importância se um dos 4 parafusos estiver com mais aperto que os outros desde que vede fica funcional os restantes parafusos é mesmo uma questão de estarem bem apertados o que deve ter em conta são as juntas estas sim têm que estar boas, caso contrário por mais que aperte os parafusos os cárteres vertem sempre valvulina
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página