Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Mini Honda (história da)

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por Ricardo Duarte Kadypress, 29 Nov 2008.

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por Ricardo Duarte Kadypress, 29 Nov 2008.

  1. Pode-se considerar esta a primeira Mini Mota Honda, a qual viria a ser a percussora e toda a família Mini Honda. Este modelo foi criado em 1961 e destinou-se a ser usado por crianças no Tama Tech Park que funcionava dentro do circuito de Suzuka, no Japão.A Z100 é basicamente uma mota muito simplista cujo motor de 4T de 50 cc fica ancorado num quadro rígido tubular sem suspensão, onde ancoram ainda um depósito e gasolina especificamente feito para esta mota e também um pequeno assento. As rodas são de 5 polegadas.Os logos são inspirados nos logos dos automóveis Honda de então.

    Imagens da Z100
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    Tama Tech Park / Suzuka - Japão
    [​IMG]
    Arrumando uma Z100 num Fiat 1500 (só para a fotografia...)
    [​IMG]
    [​IMG]
    Embora não se conheça onde estão eis uma foto de 1961 em Suzuka onde se podem contar mais de 10 unidades...
    [​IMG]
     
  2. Em 1963 a Honda resolveu deixar de ter só um brinquedo, reservado para os parques fechados, e lançou a CZ100 destinada a poder circular em estrada embora destinada a viagens curtas pela falta de conforto. Há quem considere esta a primeira Monkey (sobretudo os franceses) mas não partilhamos dessa opinião.Este modelo foi exportado em quantidades limitadas para a Europa, sobretudo Inglaterra e França. O quadro era também tubular mas diferente do da Z100. A mota volta a dispor das rodas de 5 polegadas e da ausência da suspensão (quadro rígido). O motor é inspirado no conhecido motor da Super Cub C100 de 50 cc, e o tanque de combustível é derivado directamente da Honda (single) C110 de 50 cc. O modelo fabricou-se até 1966 tendo sofrido apenas pequenas modificações.

    Imagens da CZ100

    Modelo France Export

    [​IMG]
    Modelo England Export (igual ao do nosso companheiro Amândio Carvalho)
    [​IMG]
    [​IMG]
    Miúdo japonês "com rodinhas de apoio"
    [​IMG]
    Miúdo japonês mais atrevido "sem rodinhas"...
    [​IMG]
     
  3. Nascida em 1967 ("since 1967" vidé logo nas novas Monkey) a Z50M foi,para nós, a primeira Honda Monkey ,embora alguns franceses teimem também em chamar, mas mal, Monkey à CZ100.Foi a primeira Mini Honda comercializada em escalas consideráveis para os mercados Europeus e Japonês (interno). Contudo temos notícia de ter chegado a outros mercados: o australiano, provavelmente através do corredor do Oceano Pacífico - Oceânia, pois a marca Honda (motorizadas) é e era muito forte nas ilhas da Oceania.Existem pequenas diferenças, não substanciais, entre os modelos comercializados na Europa e no Japão / Oceânia como veremos adiante.
    O quadro mantém-se rígido (sem suspensão) mas assume um formato mais homogéneo, embora discutível. O depósito de 2,5 litros em forma de "meio ovo" viria a ser adoptado nos modelos posteriores (Z50A e Z50Z) e até 1975. O assento forrado com uma napa em xadrês escocês era semi-rebativel, assim como o volante (repartido em duas peças e rectratil) para possibilitar a arrumação da moto na bagageira de um automóvel.O motor deriva directamente da Honda CD50/CS50, com arvore de cames à cabeça (rolando sobre chumaceiras de bronze) mas com a particularidade de ter só 3 velocidades (em vez de 4 como a CD/CS50) e gozando ainda da particularidade de ter embraiagem semi-automática em vez da manual (CD/CS50). O carburador é um Khei-In de 12 mm para não permitir grandes velocidades e ser adaptável ao comportamento ciclístico de um quadro rígido.Há um pormenor importante nestas motas só conhecido de quem as possui ou já andou nelas - a caixa de velocidades é escalonada como as "grandes" CD/CS50 - 1ª para baixo e as 2 seguintes para cima, daí a mota dispor de um pedal de mudanças duplo sem ser necessário utilizar a biqueira do sapato por debaixo do pedal para mudar de velocidade porque a mota é muito baixa (estes nipónicos pensam em tudo!!!). As rodas voltam a ser de 5 polegadas, já vistas nos modelos anteriores e os travões são accionados por manete (frente) e pedal (trás).Esta mota só tem uma manete (contrariamente à Z50A/Z50Z). A ferramenta desta mota, muito completa - estojo de 12 peças - vem acondicionada num pequeno cofre cilíndrico metálico que fica ancorado do "tail light" logo por cima do guarda lamas traseiro.

    JAPÃO / OCEÂNIA - escape por cima, cromado com protecções também cromadas, côco do farol igual ao da Mini Trail, e , especificamente para a Oceânia, o mostrador do velocímetro (conta kms), sempre Nippon Seiki, neste caso, conta milhas, a marcar 30 mph e não 50 kph.Para o Japão o côco de farol é em matéria plástica (idêntica à do côco de farol da single C110).

    EUROPA CONTINENTAL - escape por baixo, preto mate com protecção cromada sobre a curva, côco do farol majorado para abarcar óptica maior (legislação), mostrador do velocímetro Nippon Seiki a marcar 50 kph.

    EUA - o modelo, salvo opinião mais abalizada, não foi comercializado nos Estados Unidos. Contudo, e disso tenho a certeza, houve um importador/comerciante de motas , um ex-corredor americano - Hap Jones, que fez uma parceria com a Honda Japão (?) importando quadros Z50M e componentes Z50M montando uma Z50 M com ligeiras diferenças da japonesa e europeia: Côco de farol pequeno, igual ao japonês, mostrador do velocímetro de 50 kph de marca Victor (não Nippon Seiki, embora igual) e , inicialmente , motor da CZ100/C100 (?), passando depois ao motor Z50M (arvore de cames à cabeça).O depósito não tinha a asa da Honda, mas sim um emblema, também redondo, com as siglas HJM (Hap Jones Motorcycles)

    Imagens Z50M
    Japan & England Market
    [​IMG]
    Japan Market only (2 Fotos LFM)
    [​IMG]
    [​IMG]

    France Market (farol grande, igual ao do meu amigo Mini Hondista Pedro Aquino)
    [​IMG]
    [​IMG]

    EUA (Montagem Hap Jones/Victor, motor C100 e carburador vertical igual ao da CZ100 - OBS:não garantimos originalidade no uso deste motor)
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    Taiwan / USA (Montagem Hap Jones, motor 2T - OBS:não garantimos a originalidade no uso deste motor)
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
     
  4. Depois de dois anos de sucesso da Honda Monkey Z50M , a Honda decide lançar, em 1969, uma mota similar mas com rodas de 8 polegadas - a Honda Z50A (MiniTrail) e com a particularidade de ter uma suspensão dianteira, embora de curto curso, para proporcionar um maior conforto aos condutores.O assento, também mais cheio e confortável, é rígido mas permite 2 posiçoes de altura. A ferramenta básica desta mota (chave de velas) ficaria colocada por debaixo do assento presa em dois ganchos-mola ali aparafusados. A facilidade de transporte deste pequeno veículo em automóveis "obriga" a Honda a manter a solução já testada na Z50M - volantes rectráteis. O modelo foi exportado para quase todo o mundo com a referência Z50A sendo que os modelos vendidos no mercado interno japonês (Japan Market) têm outra referência - Z50Z .
     
  5. USA Market - Nos Estados Unidos foram lançados, primeiramente as K0 disponíveis em duas cores - amarela e branca (ivory white & bright yellow) e vermelha e branca (ivory white & scarlet). Este modelos diferenciam-se dos outros pela sua extrema simplicidade - punhos e manetes brancos marfim, escape sem "pilinha"e tamponado com anilha, ausência de chave de ignição (apenas swich on-off), ausência de iluminação, guarda lamas pintados em cinza prata fosco, banco mais corrido, sem o alto traseiro e também (aparentemente) mais comprido. A primeiríssima K0 (houve dois modelos diferentes) distingue-se da segunda pelo detalhe da protecção do escape ser inclinado - daí o seu nome de baptismo ser Slant Guard. A segunda versão da K0 já detém a protecção do escape horizontal.Qualquer delas usa um logotipo redondo - asa da Honda com as inscrição MiniTrail em redor.
    Mais tarde foi lançada a K1 disponível em três cores - amarela e prata (bright yellow & cloud silver), vermelha e prata (candy red & cloud silver) e azul e prata (candy blue & cloud silver). Estes modelos já possuíam iluminação dianteira e traseira, buzina, bateria sem protecção lateral, escape com silenciador (pilinha), guarda lamas cromados, côco de farol sem conta kms (no local deste usa uma tampa com o H - logo dos automóveis Honda).Os logos dos depósitos são iguais aos da K0.
    Por fim a Honda lançou no mercado americano o modelo K2 que se distinguia do K1 em alguns pequenos detalhes - travão traseiro duplo (manete e pedal), uso do logotipo do depósito oval com as inscrições MiniTrail.As cores disponíveis são o vermelho e branco (candy ruby red & white) e azul e branco (candy shappire blue & white).

    Imagens Z50A (USA Market)
    K0 USA Slant Guard (2 fotos LFM)
    [​IMG]
    [​IMG]
    K0 USA (2ª série)
    [​IMG]
    [​IMG]
    Pormenores da K0 - escape, guarda lamas e interruptor swich on/off
    [​IMG]
    [​IMG]

    K1 amarela - (2 fotos amarela LFM), e azul
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
     
  6. Japan Market - alguns destes modelos Z50Z possuem uma nova particularidade - trem dianteiro amovível - para melhor acondicionamento e transporte em automóvel. Trata-se de um eixo amovível o qual prende o forqueta dianteira ao corpo do quadro. As Z50Z na versão de 1969 apelidam-se Z50ZA2 são também algo diferentes - por exemplo: possuiam bateria, tampa lateral para protecção da bateria com os dizeres "Monkey", piscas, pneus de rastro de estrada (tipo Vespa), filtro de ar cilíndrico (igual ao da Z50M), escape por baixo , logo igual ao da Z50M no depósito de gasolina e as cores dos quadros são azul claro, vermelho claro e e amarelo claro com o depósito de gasolina sempre cinzento prata (monocolor). A versão Z50Z1 de 1970 mantém o logo redondo (= ao da Z50M) no depósito o qual passa a bicolor (faixa em baixo), adopta o escape por cima, mantém a bateria e os piscas, é adicionado o travão traseiro duplo (pedal e manete) e, alguns modelos, têm descanso central. A única côr conhecida é vermelho brilhante e cinzento (candy ruby red & silver cloud).Admitimos que possa também ter sido disponibilizada em azul brilhante e cinzento (candy shappire blue & silver cloud). Em 1971 é lançada a Z50ZK1 com pequenas diferenças do modelo predecessor mas da qual se destaca o logo oval (igual aos das K2 europeias).

    Imagens Z50Z (Japan Market)
    Z50ZA2 (1969)
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    Z50Z1 (1970)
    [​IMG]
     
  7. Europe Market - para a Europa apenas foi disponibilizado o modelo K2 muito idêntico à K2 americana com alguns pormenores distintivos e obrigatórios face à legislação rodoviária - farol e stop de maiores dimensões, incorporação de conta kms no côco do farol, guarda lamas traseiro mais comprido e ausência de bateria. Pormenor interessante é a adição de uma chapa com o número de quadro fixada no tubo central do quadro (debaixo do banco), deslocalização do número do quadro para a coluna de direcção e adição de um sistema de tranca da direcção. O logo do depósito era oval com a inscrição da palavra Monkey. Este modelo retoma o filtro de ar cilíndrico das Z50M e Z50Z. As cores disponíveis foram vermelho e branco (candy ruby red & white) e azul e branco (candy shappire blue & white).

    Imagens Z50A K2 Europe Market e pormenores
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
     
  8. Portugal / Angola / Australia Market - para estes países o modelo disponibilizado foi também somente a K2 mas com algumas alterações específicas - côco de farol pequeno (igual ao da Z50M UK market) com o conta kms incorporado graduado até 50km/h para Portugal/Angola e até 30 mp/h para a Australia. Ausência de bateria e farol de stop específico (igual aos de algumas Honda de maior cilindrada). Os logos dos depósitos são ovais com a inscrição MiniTrail. As cores disponíveis foram vermelho e branco (candy ruby red & white) , azul e branco (candy shappire blue & white) e amarelo torrado e branco (mexican yellow & white).

    Z50A K2 - Portugal(IBA) /Angola(Socar)
    [​IMG]
    Pormenor do farolim de stop
    [​IMG]
    Pormenores Socar/Angola
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
     
  9. Z50A K2 Portugal / Angola nas 3 cores disponíveis na época
    Cores:vermelho e branco (candy ruby red & white) , azul e branco (candy shappire blue & white) e amarelo torrado e branco (mexican yellow & white).

    (As imagens foram colhidas por kadypress numa das Concentrações de Góis)

    [​IMG]
    [​IMG]
     
  10. ola eu sou de sintra e lembro me de alguem do algueirão que veio de angola ter uma e pelo cantar ou tinha caixa de quatro ou cinco sei que aquela minuscula mota voava, nunca tive o prazer de andar em nenhuma mas faz parte do imginario essas bombas.

    um abraço
     
  11. Vou tentar encontrar uma minimota pro meu filhote;)
     
  12. Olá pessoal

    RD, tb cá andas ??

    Mostra fotos das tuas...
     
  13. Olá Hugo. A seu tempo.;)
     
  14. Publicidade à Honda Z100 (1961)
    Aqui em 2º plano
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    Tamatech Park - Suzuka -Japão
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
     
  15. Publicidade à Honda CZ100 (1963)
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
     
  16. Mais publicidade à Honda CZ100 (1963)
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
     
  17. Ainda mais publicidade à Honda CZ100 (1963)
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
     
  18. Publicidade à Honda Monkey / Z50M
    France market (farol grande)
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    UK market
    [​IMG]
    France market
    [​IMG]
    [​IMG]
    Japan market
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    France market
    [​IMG]
    Japan market
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    France market
    [​IMG]
    Japan market
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
     
  19. Mais publicidade à Honda Monkey / Z50M
    France market
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    O malogrado Jochen Rindt em 1965, o qual foi campeão do Mundo de F1 (o único que ganhou este campeonato depois de ter morrido!!)
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    Japan market
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    France market
    [​IMG]
    Japan market
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    France market
    [​IMG]
    Japan market
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    France market
    [​IMG]
    Japan market
    [​IMG]
    [​IMG]
     
  20. Publicidade à Honda MiniTrail / Z50A
    USA market (K0)
    [​IMG]
    Japan market
    [​IMG]
    USA market
    [​IMG]
    Japan market
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    USA market
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    North Europe market
    [​IMG]
    [​IMG]
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página