Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

MGB roadster vs Alfa Romeo Coupé

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Diogo Lucas, 24 Ago 2010.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Diogo Lucas, 24 Ago 2010.

  1. Olá a todos,

    Tenho dois clássicos favoritos e estou a considerar comprar um durante o próximo ano.

    MGB roadster (anos 60 ou até 74)
    ou
    Alfa Romeo coupé série 105/115: 2000 GTV, 1750 GTV (ou até GT Junior)

    O que procuro é um carro desportivo divertido de conduzir, com potencia e que me permita fazer alguma da manutencao básica.

    Eu sei que sao dificilmente compraveis até por ser um roadster contra um coupé mas eu queria saber de quem já tenha conduzido ou de quem conheca como é:
    - Conducao,
    - Reparacao e manutencao,
    - Facilidade em encontrar modelos para venda.

    Também consideraria um MG midget ou MGC mas sao demasido raros e para roadster nao sou grande fa dos Alfa spider.

    Agradeco todos os comentários. Obrigado!

    Diogo
     
  2. Amigo, perdoe-me, mas ainda tem dúvidas?


    Ambos têm fama de darem muitos problemas, mas na minha opiniao o Alfa é muito melhor que o Mg..

    Pela sinfonia do motor, pelo andamento, é mais bonito..B)
     
  3. Meu amigo...Alfa Romeo sem dúvida!
     
  4. Caro Diogo

    Sou proprietário de um alfa,e sempre adorei alfas antigos,seria fácil dar a minha opinião a favor deles,mas não o vou fazer. Aconselho a escolher um clássico ,os que indicou ou outro,mas pelo motivo que para mim é o principal,ter alguma coisa a ver consigo por algum motivo,todos nós tivemos uma marca , modelo de infãncia ou adolescência que nos chamou à atenção,para além de ter mais prazer em ser proprietário de uma viatura que lhe diz alguma coisa ,certamente não se vai fartar dele rápidamente ,mesmo que cause algumas dores de cabeça.
    Esta é a minha opinião.

    Abraço
     
  5. Eu gosto dos dois e os dois me dizem bastante. Sou um grande fa de carros ingles e de (quase) tudo o que é ingles. Mas tambem sou um fa de carros italianos.

    Acho que só me vou esclarecer quando exprimentar conduzir os dois. Mas gostava de ouvir mais opinioes e talvez um comparativo de quem tenha conduzido os dois.

    Obrigado e abraco
    Diogo
     
  6. Definitivamente, pelo que me diz que procura, será um MGB.

    As peças, além de serem novas e com várias origens à escolha, são de preços muito competitivos e às vezes até baixos.

    A manutenção é do mais básico que existe, arcaico mesmo.

    A caixa é normalmente de 4 velocidades mas tem o over-drive que permite rolar muitos Kms com consumos interessantes.

    Tem boa resistência à corrosão e é confortável com o maior habitáculo imaginável para os 2 ocupantes no que diz respeito a pernas. Existe um espaço atras do bancos para eventualmente transporte de mais 2 crianças.

    A mala é espaçosa o suficiente para levar o necessário num fim de semana de 2 pessoas.

    As linhas são a referência mundial de "intemporalidade" e o charme Inglês no seu máximo.

    O valor destes carros é quase como ter dinheiro em caixa e practicamente não oscila.

    Um bom MGB é incrivelmente fiável e marcará o seu proprietário com excelentes memórias para o resto da sua (e da sua família) vida.....

    Recomendo fortmente, falo por experiência.... e já tive 3...
     
  7. Ricardo, se nao for incómodo, pode explicar o que é o overdrive?
     
  8. O MG e simples, fiavel e custo de manutencao baicho .E um modelo popular com um numero de producao equivalente a um sedan diario ,inumeras companhias a fabricar pecas para o manter a rolar por um tempo quase infinito.
    O Alfa e outro tipo de automovel,Foi construido e desenhado com aquele paixao latina que muitos apreciam e compriendem.Basta sentar dentro da obra de arte para comecar ferver o sangue.Nao e perfeito nem o mais fiavel, mas se tiver as possibilidades de possuir e manter um... os defeitos seram todos esquecidos quando se encontrar sentado por de tras do volante a acelerar e a sentir o fenomenal poder do motor twin cam (especialmente se for o 2000 com injecao spica bem afinada).Boa sorte na escolha.
     
  9. O overdrive é um desmultiplicador da relação de caixa....

    Do ponto de vista prático é um interruptor que liga uma velocidade extra na caixa:

    Com ele desligado tem 1ª, 2ª, 3ª e 4ª.

    Com ele ligado passa a ter: 1ª, 2ª, 3ª e meia, 4ª e meia.

    Normalmente só se utiliza em 4ª, estilo 5ª velocidade.... podendo ser metida ou tirada com o toque de um botão no painel de instrumentos.
     
  10. Obrigado, tenho visto esse extra nalguns carros e nao sabia o que era..
     
  11. MGB, sem dúvida. O Alfa pode superar em termos de divertimento, mas de resto, não há nada como um bom "velho" MG.
     
  12. Bom pessoalmente escolheria o Alfa, por razões de marca, estética e desportividade. O Alfa é um carro um pouco mais evoluído do que o MG, a nível de mecânica sobretudo.
    Ambos são carismáticos e logicamente que cada amante de clássicos terá mais ou menor relação com qualquer um deles pois são praticamente dois modelos consensuais no que respeita ao gosto.
    É raro ver alguém dizer que os detesta...pois são ambos muito queridos do público em geral, o MG pela sua simplicidade de roadster inglês, digno representante das marcas britânicas, uma linha intemporal, um certo nervosismo nos seus motores e um à vontade em qualquer situação, excepto se as temperaturas estiverem muito altas ou se a caixa - como se disse - não tiver overdrive montado pois, é muito rotativo para grandes tiradas de estradista, preferindo claramente as estradas secundárias, a cidade ou passeios mais tranquilos. O facto de ser cabriolet beneficia-o face ao Alfa pois permite um desfrutar apetecível para os passageiros e condutor.
    Para passeios tranquilos o MG torna-se mais prático...para situações mais despachadas (ao limite de track-days) o Alfa é perfeito no companheirismo e sensção que transmite.

    O Alfa Romeo GTV é uma grande máquina, de manutenção mais dispendiosa (sobretudo as criquices...), painéis caríssimos mas minimamente robusto mecânicamente. O seu calcanhar de aquiles é a corrosão ( a par com o MG) sobretudo a que não se vê por baixo do tablier onde assenta a caixa de velocidades, e uma certa desafinação dos Weber se o carro circular pouco ou com pouca perícia para o guiar...pois requer algumas e boas aceleradelas de vez em quando e requer um bom (ouvido) para o afinar como deve ser.

    Em termos de gozo de condução prefiro claramente o GTV, seja um 1.3, seja um 2000. O mais valioso é o 1750 GTV que tive oportunidade de conhecer melhor ao longo da minha vida, seja por um vizinho (que ainda o tem e jamais o venderá), seja pelo meu Pai que já teve um e depois despachou-o -com pena nossa.
    Os consumos são mais agradáveis no MG, assim como as peças e a sua disponibilidade mas os consumos nestes casos não importam para nada.

    Em termos de carisma, é um ponto relativo e sensível mas, para mim, o Alfa supera o MG apesar de que quem não perceber nada (por exemplo uma qualquer belle femme que não entenda nada de carros) preferir claramente o MGB pelo visual de roadster e quanto mais cromados existirem melhor..

    O Alfa é um carro bem mais masculino onde se pode dar ao luxo de umas excelentes performances e um divertimento assegurado (sobretudo em paralelo molhado...e não é preciso curvar que ele dá-se por nós...).
    Como marca...a ALFA tem aquela mística...mas é a minha opinião!
    Enfim...depende do gosto de cada um.
     
  13. Em relação às perfomances que muito vejo apregoado por aqui como sendo um factor decisivo nesta escolha em particular, só posso dizer que ambos são perfeitamente obsoletos no que diz respeito aos standards actuais. Qualquer Clio 1.2 ou Ibiza TDI trava, curva e anda melhor que estes clássicos.

    Se efectivamente os Alfas são mais potentes, o motor B do MGB tem um torque fantástico, e um cantar que mais parece um trotear dos cascos de um puro sangue em paralelo.... até ao relanti...

    Os consumos ou custos de manutenção não serão importantes se efectivamente quiser um carro para estar na garagem e dizer aos amigos que tem um clássico.

    Se realmente quer um clássico para fazer kms, como eu fazia com os meus B, então esses custos são relevantes. Corri Portugal e partes de Espanha de capota aberta e em velocidade de cruzeiro, e recomendo. Cheguei a fazer 1.500 Kms num fim de semana por todo o interior da Galiza....

    Abraço,
    R
     
  14. Mgb roadster anytime...
    o meu primeiro classico foi um B..já passaram outros pelas mãos e não quero outra coisa...sempre que agarro neste até o cuelhos se poem de pé...
    Alfas são lindos como as italianas...mas só..
    como diz o logo... LIFE`S TOO SHORT NOT TO ;)
    Ver anexo 201745
     
  15. Sinceramente.. De MG não falo porque nunca andei em nenhum, mas em relação á Alfa Romeo, é sem duvida algo que marca a diferença! Ainda a semana passada corri Portugal de uma ponta á outra, ainda fui para espanha, total de 2028kms sem qualquer problema!! Há sempre aqueles individuos que ficam colados olhar, outros que fazem fixe com a mão, outros que até abrem o vidro para dizer "há maquina" ..
     
  16. Eu ia para o Alfa, por uma questão de design, só. Há coisas inexplicáveis, e foi o único carro que desde que entrei no Portal que não esqueci... Os outros tipo 2002 e assim gosto um tempo e quase que comprei, mas depois passa... Já o Alfa. Que coisa linda.
     
  17. Não digo que não.... não me importava de ter um Scalino na garagem, de preferência um GTA... mas caso fosse o meu único clássico, seria o MGB....

    É que apenas o simples facto de ser Roadster já é uma motivação constante para ir dar uma voltinha com ele ao final de tarde todos os dias....
     
  18. Isto é tudo muito relativo, como já se discutiu em carradas de tópicos semelhantes. Espanta-me é que continue a haver dilemas entre máquinas tão dissonantes como estes dois, mas isso quanto a mim explica-se com o lobby das revistas que só idolatram certos modelos.

    Acima de tudo, quanto a mim, tem de ser a pessoa que vai comprar a ditar o que gosta e quanto quer gastar, e mais importante, quanto se sente capaz de fazer/mandar fazer.

    O B é tecnologicamente arcaico, por isso não se pode esperar sofisticação de espécie alguma. Ainda assim, essa rudeza tem o revés de ser extremamente simples de manter, e de fazer pequenos (ou grandes) melhoramentos com algum DIY (do-it-yourself). Tem ainda o louvor de ter um ar "mais antigo", o que para algumas pessoas é relevante (ainda hoje a minha mulher tem a mania que é mais bonito que o 124 Spider só por causa das idiotas jantes de raios).

    O Alfa é uma máquina suprema de condução, foi construída de raiz para isso, e paga-se pelo privilégio. Paga-se não apenas na compra, mas nos cuidados periódicos que exige, é uma amante perniciosa. Mas quando ela está feliz... nada se compara. Agora é preciso ver se se está disposto a aceitar um compromisso desses. A técnica é muito mais evoluída, por isso há certas coisas que já não são para umas unhas quaisquer...

    Já agora ofereço ainda uma proposta "pelo meio"... :D Se quiser um roadster com estilo e prazer de condução, porque não o Fiat 124 Spider? É claro que falo desinteressadamente... :p

    Um abraço a todos!
     
  19. Tenho um dedidnho que adivinha e já tinha a certeza que ias propôr o Spider..... por isso fiquei caladinho à espera do teu input... :D... que obviamente tem a sua razão de ser também... ;)
     
  20. O B é tecnologicamente arcaico, por isso não se pode esperar sofisticação de espécie alguma. Ainda assim, essa rudeza tem o revés de ser extremamente simples de manter, e de fazer pequenos (ou grandes) melhoramentos com algum DIY (do-it-yourself). Tem ainda o louvor de ter um ar "mais antigo", o que para algumas pessoas é relevante (ainda hoje a minha mulher tem a mania que é mais bonito que o 124 Spider só por causa das idiotas

    tinha a quase a certeza que ja tinha houvido a expressao do B ser arcaico..mas afinal é a mesma pessoa...tenho que defender a minha dama...
    arcaico quer dizer antigo, velho catetico até, fora de uso..mas quando ele passa é.. wows, pára tudo para ver o B...todos sabem que é um MGB,...dos 8 aos 80...ninguem fica indiferente...
    ao passo que alguns carros que se intitulam classicos..passam e é mais um...
    O Mgb quer queiram quer não foi o descapotavel mais vendido em todo o Mundo, antes da febre MX5 (é uma copia deste, mais refinada...) por alguma razão...
    o meu Mgb da-me prazer conduzir em qualquer altura do ano...digo conduzir...
    as vezes penso que há pessoas com uma grande dor de cotovelo....:wacko:
    cumpsVer anexo 201775
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página