Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Mercedes 240D (W123) De 1980

Tópico em 'Mercedes-Benz' iniciado por Pedro Silva TG, 8 Out 2013.

Tópico em 'Mercedes-Benz' iniciado por Pedro Silva TG, 8 Out 2013.

  1. Boa tarde a todos

    Vou iniciar aqui o Diário de Bordo da recuperação do meu Mercedes 240 D W123. Conforme referi na apresentação, o carro sempre foi do meu pai, primeiro como táxi, depois como carro da família, e depois em 2004 quando já estava mais velhote, ou melhor com mais experiencialaugh.png , voltou a ser táxi, que é o seu estado atual. Infelizmente o meu pai faleceu no início deste ano, pelo que de modo a preservar a sua memória para o futuro, para dizer aos meus filhos que aquele era o carro do avô, decidi ficar com o carro, efetuando a sua recuperação.
    Considero que para um carro com 32 anos, o estado em que o meu pai o deixou foi muito bom, uma vez que como se costuma dizer quando se quer vender um carro “esteve sempre na garagem e à sombra” (o que neste caso era verdadelaugh.png ), sendo que ele sempre teve um carinho especial pelo carro.

    0sCLXPk.jpg
    2O1w8ty.jpg
    Anpmk9I.jpg

    O primeiro que efetuei foi uma revisão completa, uma vez que o carro nos últimos 5 anos pouco andou, pelo que já não confiava muito no estado do óleo, filtros, correias e afins, tendo decidido trocar tudo. Como o carro estava na zona do Fundão, aliás a minha terra, e atualmente estou a morar em Lisboa, e como o carro não tinha inspeção nem seguro, e estava a perder óleo pelo carter (por uma substituição de óleo menos bem conseguida) decidi que ele vinha de boleia por um camião de transporte de automóveis da serra até ao mar.

    Uma vez que não sou propriamente um ás em mecânica, e o tempo livre não é muito, levei-o à oficina onde faço as reparações do meu carro e efetuei a seguinte revisão geral, sendo que basicamente levou o seguinte:
    - Subst. Filtro oleo e oleo motor
    - Subst. Filtro ar e filtro gasoleo
    - Subst. Junta tampa valvulas
    - Subst. Borrachas bombas travao af
    - Subst. Discos e pastilhas travao af
    - Desmontar e limpar polis travao at
    - Afinar travao de mao e focar luzes
    - Desmontar e soldar carter oleo motor
    - Subst. Apoios escape
    - Subst. Bateria
    - Subst. Correia alternador
    - Subst. Correia bomba direcção
    - Alinhar direcção
    - Subst. Oleo travões

    Entretanto foi à inspeção e passou com distinção.

    A bem da verdade, basicamente só fiz trabalhos de recuperação no interior, uma vez que como o tenho que pintar (porque ainda esta preto e verde táxi), deixei o exterior para depois.

    O livro “Service Manual Chassis and Body” foi essencial para saber como tirar os interiores sem os partir (mesmo assim houve três encaixes que não escaparam…)

    btnDYGB.jpg

    Retirei todos os componentes da porta e passei à limpeza do MB-Tex e dos cromados. Ficaram como novoslaugh.png
    jiLbXlx.jpg
    6ucgUME.jpg
    vAv0sxX.jpg
    8PqJoDy.jpg

    A caixa de primeiros socorros ficou assim, com autocolante novo:
    U2nufPX.jpg

    Uma vez que o banco do condutor estava descosido, tirei-o e levei a uma empresa na Maia, a Autoestetica, que me arranjou o banco com material idêntico e ficaram impecáveis, dentro do possível claro, uma vez que como o banco estava roto na zona da costura, aquela zona teve de entrar um pouco para dentro).
    YBZm3bi.jpg
    v0R3jZX.jpg

    O botão do pisca estava partido e o fole das mudanças roto, pelo que arranjei substitutos:
    PC5IfEh.jpg

    Como vou ser pai no início do ano (o que me tem deixado menos tempo para o carro mas por um excelente motivo) decidi que para a minha filha gostar do carro do avô também teria que andar nele desde pequenina, e sem cintos atrás era complicado, pelo que decidi (uma vez que o carro já vem pré-preparado) colocar os cintos traseiros iguais aos da frente, comprados a um foristalaugh.png . Tive de retirar os bancos de trás e as quartelas (uma das vitimas da quebra dos encaixes) e descobrir as medidas dos parafusos para posteriormente conseguir compra-los, situação que estava complicada mas que ao fim de algum tempo resolvi.
    axW1uGg.jpg
    2odQq9T.jpg
    jsyRAUl.jpg

    Para não estragar os tapetes originais do carro, com a estrutura por baixo, os quais foram limpos e colados (uma vez que a estrutura por baixo do tapete estava algo danificada)
    VyhDFsD.jpg

    mandei fazer uns tapetes novos à medida da mesma cor das alcatifas do carro. Arranjei os tapetes na Fofal em Campo de Ourique.
    CO0BcUF.jpg
    WaT53wU.jpg
    GDigq7h.jpg

    Basicamente o trabalho que tive foi trabalho de braços a limpar, mas foi só isso porque no seu estado geral o interior estava impecável, uma vez que o meu pai estimou muito bem durante estes quase 32 anos.

    Para as limpezas e condicionamentos do MB-Tex usei os seguintes produtos.
    YELsPHb.jpg
    0GzK9N4.jpg
    GHQOYOQ.jpg

    E para as alcatifas, depois de uma aspiração profunda e limpeza à escova, o velho Karpex.

    Todos os plásticos também foram limpos e condicionados com produto especifico.

    Também comprei novas matrículas (claro que continuam pretas) uma vez que as antigas já estavam algo estragadas. As matriculas novas foram compradas na Matricauto, em Lisboa. Outra aquisição foi o porta chaves que o carro tinha originalmente (ebay.de).
    2LfbNko.jpg

    Já agora alguém teve necessidade de fazer uma chave suplente? Onde a fizeram?

    O aspeto final do interior do carro, atualmente (uma vez que ainda não coloquei os bancos de trás), é este.
    MSQgcTE.jpg
    xGjlBQ7.jpg
    bRwUeS5.jpg

    Agora o passo seguinte é o tratamento exterior. Tirar todos os frisos e símbolos, aproveitando para tratar dos cromados e da borracha, para depois pintar. Já agora alguém conhece um pintor de confiança (leia-se que faça um bom serviço) na zona de Lisboa?

    A nível de mecânica o próximo passo é tratar da bóia do combustível e uma limpeza ao depósito.
     
  2. eu conheço é um estufador de bancos em lisboa, ele trabalha na mercedes.... não tinhas de ir a maia.... agora pintor na sei... mas a minha lambretta vai ser pintada no mesmo sitio onde pintam os gajos da motobel.... mas nao sei aonde....
     
    clunicre gostou disto.
  3. Que máquina Mai lindaaawub.pngwub.png Igual ao de meu Pai , que tambem é taxi e foi do ultimo ano de produção desta linda maquina .
    Relativamente aos interiores , se for como o de meu Pai, é pena os manipulos de abrir/fechar os vidros, ganharem tanta folgasad.png , volta e meia ele tira-os e da umas pancadinhas por dentro para tirar a folga , quando não consegue mete novos , que é o caso actual .
    Talvez por ser dos ultimos, o dele ja tras tambem cintos de segurança atrás .
    Mecanicamente são umas maquinas apesar de contar com "apenas" 600 millaugh.png , mas as reparações têm sido bem poucas . A mais custosa foi a caixa de velocidades , que ele " encrecou" em a reparar toda , só porque a 2ª fazia " topo" .
    Bem, desculpa estar so a falar do de meu Pai, mas fico entusiasmado nestas maquinaswub.png
     
    Paulo Jorge Coutinho gostou disto.
  4. Parabéns Ricardo, tens aí uma bela máquina bem conservada e estimada, espero que dure outros tantos anos.
     
  5. Pedro a gente já se conhecia, e já te tinha elogiado o trabalho feito no w123, mas tenho de dizer-te que com mais fotos ainda demonstrou mais a qualidade do mesmo ;D

    Abraço
     
  6. Obrigado pela parte que me toca. Este ainda "só" tem 288 mil. o manipulo de abertura da porta do condutor tinha um pouco de folga, mas pus-lhe um freio e ficou melhor. Os manipulos das janelas, ainda não estão muito maus. O maiso problema mecanico que eu tenho é mesmo a folga na direção, que pelo que ja percebi é um problema cornico destes modelos...

    Olá Fabio. Está reparação em nada se compara com a tua :) Esta é mais um facelift :)
     
  7. Viva!

    Parabéns pela máquina, para os anos que tem, está muito bem conservado, só precisa de uns pequenos mimos e está pronto para durar para as gerações futuras. O meu pai teve um igual também a taxi e só o vendeu porque trocou para um w124!!

    Cumps, jmatos
     
  8. Mas isso é porque, felizmente, o teu estava mais bem conservado que o meu *.*
    Impecável.

    Abraço
     
  9. E que tal Joaquim , compensou a mudança , ou o 123 é mais de "guerra" ? Pergunto apenas por curiosidadelaugh.png .
    Sim, as direcções assistidas são mesmo a " doença" destes modelos , o de meu Pai, ainda é a original, mas ja bem pouca afinação tem . Quando ja nao der mais , tem outra reparada a 100% ( levou pinhão novo, rolamentos e retentores todos novos) é so mudar , pois táxi não pode pararlaugh.png
     
  10. O w123 ainda hoje deixa saudades, lembro-me dele guardado na garagem com aquele cheiro a novo!! É uma questão difícil de responder porque gosto dos 2 modelos. O w123 era de 1982, tinha eu 5 anos, era táxi e carro de família, rolou até 1994 altura em que eu tinha 17 anos, já quase com a carta na mão muito insisti para o meu pai não o vender e o deixar para mim, mas era um bom negócio. O carro em 82 custou 1000 e poucos contos, trabalhou durante 12 anos até ter 800 e tal mil km, nunca bateu nem deu toques, e em 1994 foi entregue à retoma do w124 na mercedes por 6000€. Ironia do destino foi vendido para uma freguesia vizinha e ainda hoje em dia é táxi. O w124 embora seja um 200d, é da última série, com caixa de 5, vidros eletricos, AC, ABS, etc, conta com 400 e poucos mil km, já não é taxi à cerca de 8 anos altura em que o meu pai faleceu, mas fiquei com ele e não tenho intenções futuras de o vender, é uma recordação do meu pai. Já teve um gigantesco acidente poucos meses antes do meu pai falecer, mas recuperei-o após anos de luta através da antral conseguimos que fosse feita justiça e o culpado do acidente pagou pela reparação mais do que o valor do próprio carro na altura do acidente em 2005.
     

    Ficheiros Anexados:

  11. Este MB está fantástico!
    Esses interiores estão como novos!!!
    Parabéns pela máquina!
     
    Pedro Silva TG gostou disto.
  12. Interior finalmente completo com a finalização da colocação dos bancos e dos cintos. Agora é passar para o exterior...
    Ver anexo 322833
     

    Ficheiros Anexados:

  13. Bom trabalho Pedro.

    Abraço
     
    Pedro Silva TG gostou disto.
  14. Olá,
    Parabéns pelo excelente carro....e muitas alegrias....é o passar de um testemunho...e assim sucessivamente, já que vai haver sucessor, ou neste caso...uma sucessoralaugh.pnglaugh.pnglaugh.png
    Felicidades,
    António Mimoso.
     
    Pedro Silva TG gostou disto.
  15. Muito Bom trabalho essa cor no interior é das minhas favoritas. Se o carro estiver em bom estado de pintura pode ser que com um bom detalhe essa pintura ganhe mais brilho.
     
  16. Obrigado. O tejadilho tem mesmo de ser pintado de novo para mudar a cor. O restante com um bom polimento (e essencialmente bem feito) acho que se resolve.
     
  17. Pequeno update.

    Foi à inspeção e passou sem qualquer anotação :)

    Tem 33 anos mas apresenta grande juvialidade :)
     
  18. Claro, nada de novo então para um clássico de qualidadelaugh.png
    Já agora parabenswink.png
     
  19. Parabéns pela recuperação, esse modelo é o que se pode chamar o carro canhão da Mercedes.

    Carlos Coelho
     
    Pedro Silva TG gostou disto.
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página