Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Matriculas novas para Motorizadas/ciclomotores

Tópico em 'Acessórios' iniciado por Marco Reis, 4 Fev 2009.

Tópico em 'Acessórios' iniciado por Marco Reis, 4 Fev 2009.

  1. bom, ja tenho o numero da minha matricula nova, só tenho de ir buscar hoje o livrete a IMTT, e dpois vou fazer a matricula!

    só que as matriculas que tenho visto, sao todas daquelas "MATRICULAS ILUMINADAS", de certo que sabem do que estou a falar, aquelas enormes, brilhantes...

    e sei, que as anterior, em chapa, já foram aprovadas... e já ha quem as faça! mantem-se o tamanho original, ou seja, mais pequenas, e nao sao tão modernas como as que se teem usado!

    pessoalmente prefiro assim!

    Vou procurar a tarde por aqui, quem as faz, e preços!
    Mas gostaria de saber, se alguem tem conhecimento disso por ai, qual o preço que estão a fazer, pois se compensar mando vir! provavelmente a unica que vi, nem foi feita cá!!!

    apitem;)
     
  2. Boa tarde Marco.

    Olha já que falas na actualização de matriculas para ciclomotores, gostava, se pudesses, que me dissesses como é que posso tratar da actualização, onde e preços.

    Tenho um amigo meu, que o pai dele fez uma dessas matriculas novas, mas mais pequenas, como as antigas. Se quiseres posso tentar informar-me aqui por Torres.
    Há uns anos atrás mandei fazer numa casa uma matricula nova, mas ainda no sistema antigo, suponho que eles actualmente ainda façam essas matriculas. Se quiseres posso lá passar para me informar de preços.

    Abraço
     
  3. Procure no google "matriculas modernas", penso que o nome é este. Tem lá de tudo.
     

  4. Marco,

    Tens a certeza que as antigas já foram aprovadas? Sabes onde é que isso foi aprovado?

    É que ainda há um mês atrás as únicas autorizadas para as nossas cinquentas eram mesmo as de acrilico.
     
  5. tão é assim, parace que ha uma lei, que SÒ PERMITE MATRICULAS EM ACRILICO, vou procurar esse despacho, pois acho de todo interessante para colocar aqui!

    por acaso, fui altamente bem atendido na IMTT, ando meio adoentado, nao tava com grande paciencia aqueles atendimentos, e por acaso superam as minhas prespectivas! pedi a informaçao dum carro que ando de olho, e deram me tudo e ainda me facilitaram outros assuntos!

    no entanto, fui me informar sobre preços de matriculas, e encontrei quem as faça... tanto em chapa, como em acrilico! quem vende as em chapa, manda as fazer nao sabe onde (porque será?) a 12.50... e diz que sao legais, mostrando a cravagem da dgv, como as antigas tinham... agora deixou me a duvida, e penso que eram chapas nao cravadas que tinham por lá... e para as gastarem, e porque deve haver muita malta a pedir, as vendem! na mesma vendiam aquelas em acrilico por 12.50!

    fui comprar umas peças para o meu PUG e perguntei quem as faria em castelo branco! fui ter com esse sr, altamente simpatico e informou me que as directivas apontam para um TAMANHO ESPECIFICO, e que teem de ser feitas EM ACRILICO. preço: 7euros.... nao achei caro, e vou mandar fazer lá! so nao fiz, pois vou mesmo confirmar a directiva, ou se entretanto saiu uma nova directiva (o que sinceramente duvido)

    (aproveitei e inda saquei lá informaçoes sobre peças p 127, e apesar de já la ter comprado coisas, ainda teem algum material em stock :D)
     
  6. Eu também gostava de poder por uma matricula mais pequena na minha XF-17:feliz:
    Mas, pelo que me disseram também, só mesmo aquelas chapas ENORMES é que são autorizadas:wacko::wacko:
    No meu caso, a chapa de matricula, é mais larga do que a traseira toda da motorizada, e não deixa ver o rebordo final do guarda lamas trazeio que ficava muito giro:feliz:o_O
     
  7. Não sei o decreto mas já o li e realmente as matriculas têm que ser feitas em acrilico e com aquelas medidas grandes.

    As de chapa apesar de homologadas pela DGV já não são válidas..
     
  8. Correcto e afirmativo. todos os ciclomotores (antigas 50cc) têm de usar as chapas acrilicas amarelas grandes, as antigas não são permitidas.

    No caso dos motociclos, a bitola é a mesma, mas muda a cor das chapas, que são brancas, e com o limite inferior de 1 Janeiro de 2006, ou seja, motos registadas depois dessa data são obrigadas a usar a chapa grande. as anteriores mantêm a chapa antiga.

    Eu vendo essas acrilicas amarelas por 10€ cada, fica aqui a título de informação.
     
  9. Luis é assim, ha uma data especifica para o fazeres consoante o ano da mota! como a minha é de 2000, tinha até final de 2008 para o fazer...

    Suponho que a tua seja posterior, mas mesmo sendo anterior já estamos em 2009, e certamente terás de pagar multa...mas duvido que seja cara! eu nao paguei nada!

    Fui a IMTT, ex-DGV, tens de levar: envelope enderaçado para ti (para receberes a indicaçao da nova matricula), fotocopia do BI, fotocopia do cartao de contribuinte, fotocopia do livrete, livrete, e tens de preencher lá 2 impressos (um para ti e outro para eles).... eu nao paguei absolutamente nada!
    Esperei uns 15dias e recebi a indicaçao da nova matricula.. desloquei me novamente à IMTT mas agora a secçao da conservatoria do registo automovel, para registar a mota! preencher outro impresso, e entregar o livrete antigo!
    Deram-me indicaçao que vou receber o livrete em 5dias uteis em casa.... NAO PAGUEI NADA, pois fui dentro dos prazos estabelecidos!

    Tive de alterar o seguro para esta nova matricula, e fazer a matricula.... nisto tudo gastei 7euros!

    é o que precisas de saber! um abraço;)
     
  10. Obrigado pela resposta e esclarecimento Marco.
    Eu estou mesmo com azar, pois tenho a Honda Amigo de 1972 por tratar da matriculo e tenho uma AJP Galp 50R para actualizar também a matricula, e esta ultima é de 2000 como a tua. Vou ter de pagar duas multas.
    Na semana passada tive a por a AJP a trabalhar, tinha o deposito do autolube rachado, depois foi experimenta-la na rua, passei duas vezes pelo carro de patrulha da policia e nada me fizeram ou disseram, e numa das vezes circularam um bocado atrás de mim.

    Tenho de tentar regularizar a situação em breve.

    Obrigado e abraço
     
  11. sim confirma isso! eu disse que pagas multa, mas podes nem pagar... mas ja ouvi qualquer coisa acerca disso! agora nao pagues a nenhum agente, que te levam uns 50euros e nao vale a pena!

    dpois só precisas de comprar a matricula! eu arranjo a 7euros, mas já vi mais caras..se precisares apita!
     
  12. Pois, eu sei que pago uma multa, pois o meu avô actualizou na vespa, e salvo erro pagou a volta dos 70€, foi numa agência e pagou a volta dos 30€ de multa, se também não estou enganado.
    Tenho de me dirigir a IMTT a Lisboa para tratar deste assunto.
    Obrigado pela informação, depois se tiver mais duvidas, pergunto aqui.

    Abraço
     
  13. Boas. Eu comprei uma scooter peugeot speedfighter 50cc! tipo qando a comprei o rapaz da mota tinha perdido os documentos da mota, ou seja eu ainda a tenho sem documentos. ele foi para fazer outros documentos ja em meu nome disseram qe tinha de passar na camara para regularizar a matricula e blabla.. e depois teria de ir a dgv pedir os documentos.
    Alguem me sabe responder quanto tempo demora a chegar a matricula e os documentos dela?
    abraçoo
     
  14. isso é mais ou menos rapido:D :D
     
  15. O João Rodrigues tem razão, ambas as minhas motas tanto a ligeira como a pesada têm a matricula em acrílico e parecem um pára quedas aberto :wacko:digo que ele tem razão porque á semana passada fui mudar a matricula da minha( ligeira) no IMTT, so que a minha só mudava a côr e o tamanho, porque esta esta registada na direcção geral de viação do Porto, ou seja não era camarária, por isso muda a côr/tamanho, e mesmo a nova tem o mesmo tamanho que é 14x22, ambas iluminadas e lá (IMTT) disseram-me que estas eram as medidas minimas exigidas por lei, se é não é :oo cada uma custou 8 €:feliz:
     
  16. Bom, analisando a lei e outros foruns neste momento está assim:

    Matricula legal é 22cm por 14.5cm em ACRILICO (Plastico)... denominado "tabuleiro" :D
    Mudança de matrícula desde 31/12/2008 - 33euros
    Mudança de registo actual - 67euros

    Quem anda com as matrículas em chapa, com os novos numeros nao está legal... as autoridades podem implicar! e se entrarem em vigor as inspecções obrigatórias, a malta tem de mudar!

    Preço da matrícula em Acrílico ronda os 7euros até 14euros!
    Eu Comprei em Acrílico para a minha para nao ter problemas...
     
  17. aqui esta o resumo da conversa que estive com o Marco Reis!! as vezes gostamos de falar destas coisas :D :D :D

    _________________________________________________________

    Decreto-Lei n.º 128/2006 de 5 de Julho

    CAPÍTULO VI
    Disposições finais
    Artigo 33.º
    Troca de livretes atribuídos pelas câmaras municipais
    1—As matrículas válidas atribuídas por câmaras municipais devem ser canceladas e substituídas, a requerimento dos interessados, dentro dos seguintes prazos:
    a) No ano de 2006, para os veículos matriculados até 31 de Dezembro de 1989;
    b) No ano de 2007, para os veículos matriculados entre 1 de Janeiro de 1990 e 31 de Dezembro de 1999;
    c) No ano de 2008, para os veículos matriculados entre 1 de Janeiro de 2000 e 31 de Dezembro de 2005.
    2—As matrículas atribuídas pela Direcção-Geral de Viação no âmbito do estabelecido no número anterior são da série geral em uso naquela Direcção-Geral, procedendo-se à sua atribuição em simultâneo com o cancelamento da matrícula atribuída pela câmara municipal.
    .
    .
    .

    Decreto-Lei n.º 106/2006 de 8 de Junho

    Artigo 1.º
    Alteração ao Decreto-Lei n.º 54/2005, de 3 de Março...
    Artigo 5.º
    Modelo de chapa de matrícula
    6—As chapas de matrícula dos motociclos com cilindrada superior a 50 cm3 e dos triciclos, matriculados a partir de 1 de Janeiro de 2006, devem obedecer ao modelo V do anexo IV do presente Regulamento, sendo constituídas por material plástico.
    7—As chapas de matrícula dos motociclos com cilindrada superior a 50 cm3 e dos triciclos, matriculados antes de 1 de Janeiro de 2006, podem ser substituídas por chapa do modelo referido no número anterior.
    8—A chapa de matrícula dos motociclos de cilindrada não superior a 50 cm3, dos ciclomotores e dos quadriciclos, matriculados pela Direcção-Geral de Viação, deve obedecer às características e dimensões do modelo VI do anexo IV do presente Regulamento, apresentando fundo a amarelo e letras, algarismos, traços e rebordo periférico a preto.
    9—Nos ciclomotores de três rodas e nos quadriciclos que apresentem largura adequada ou possuam espaço próprio para a colocação da chapa de matrícula pode ser instalada chapa do modelo VII do anexo IV.
    10—Nos triciclos que possuam as características referidas no número anterior pode ser instalada chapa do modelo I do anexo IV.

    Despacho n.º 20 301/2006

    Aprovação de modelo de chapas de matrícula
    O n.º 2 do artigo 9.º do Regulamento do Número e Chapa de Matrícula dos Automóveis, Seus Reboques, Motociclos, Ciclomotores, Triciclos, Quadriciclos, Máquinas Industriais e Máquinas Industriais Rebocáveis, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 54/2005, de 3 de Março, com a redacção que lhe foi dada pelo Decreto-Lei n.º 106/2006, de 8 de Junho, determina que, por despacho do director-geral de Viação, são definidas as características técnicas a que devem obedecer as chapas de matrícula, bem como as condições de aprovação das mesmas.

    ANEXO I
    Especificações técnicas
    1—Especificações gerais:
    1.1—Chapa de matrícula:
    a) Materiais—a chapa de matrícula é construída em:
    a1) Alumínio semiduro, espessura mínima de 1 mm, coberta com material retrorreflector aplicado numa das faces e estampado de modo que os caracteres e o rebordo periférico se apresentem em relevo, com uma saliência de altura compreendida entre 0,5 mm e 2 mm; ou
    a2) Material plástico transparente, anti-reflexo, de espessura não inferior a 3 mm, coberto com material retrorreflector (com a adesividade do lado retrorreflector) aplicado na face interna da chapa de plástico.
    b) Em ambos os casos previstos na alínea anterior o fundo retrorreflector deve ser plano e uniforme.
    c) Os dispositivos de fixação da chapa de matrícula não devem afectar as características fotométricas e colorimétricas dos materiais retrorreflectores.
    d) Cores—o rebordo periférico ou a moldura periférica [conforme tipo das alíneas a1) e ou a2)], bem como os caracteres e traços da chapa de matrícula devem apresentar cor preta de referência Munsell N2.
    e) Caracteres do número de matrícula—os caracteres das chapas de matrícula produzidas a partir de 1 de Janeiro de 2007 podem apresentar uma tolerância dimensional de homologação e fabrico máxima de + 1 mm.

    ___________________________________________________________________


    :huh: :huh: :huh: :huh: :huh:
     
  18. Realmente ficam muito mal nas nossas classicas essas matriculas enormes...

    Vejam a diferença nestas fotos na minha Famel Foguete entre a matricula que tinha e a actual!

    Mas se tem de ser assim, paciencia...não queremos chatisses com as autoridades ;)
     

    Ficheiros Anexados:

  19. Boas!
    Vim aqui parar porque vi conversa sobre matriculas novas... mas na verdade vinha à procura de informação sobre legalização de motas antigas sem documentos...
    Bom... não sei se legalização será o melhor termo... Homologação?!?
    A situação é a seguinte. Tenho duas motas que estão em minha posse á muitos anos e das quais não possuo livrete nem registo de propriedade. A Sachs Hercules K125BW comprei numa sucata (tenho o recibo da compra) e está neste momento recuperada e a trabalhar. A Kawasaki KH110 GTO comprei numa oficina aqui da zona à uns 15 anos (não tenho qualquer comprovativo da compra) e está em peças na minha garagem. Pormenor - Nenhum dos modelos foi alguma vez comercializado em Portugal.
    Sabem qual o caminho a percorrer até conseguir os documentos das motas?
    Sabem quanto poderá isso custar?


    Qualquer dica é muito bem vinda!
    Obrigado
    Diogo
    voltaemeia@gmail.com
     
  20. voltaemeia sê bem-vindo. Faz só duas coisas necessárias à participação cá no Portal.

    1º - Apresenta-te ao pessoal na secção os Entusiastas.

    2º - Diz o teu nome verdadeiro porque aqui no Portal os nicks devem coincidir com os nossos nomes.
    ;)
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página