Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Matrícula cancelada pelo proprietário!

Tópico em 'Legislação' iniciado por Telmo Branco, 20 Set 2011.

Tópico em 'Legislação' iniciado por Telmo Branco, 20 Set 2011.

  1. Boas a todos.

    Tentei encontrar no portal tópicos em relação a este assunto mas não cheguei a nenhuma conclusão em concreto.
    Assim, e como estou em vias de adquirir um carro de 1973 cujo dono cancelou os documentos para não ter o registo nas finanças com medo de pagar imposto sobre ele, apesar de isso não acontecer, ele cancelou na mesma.
    E agora quero pedir a activação sabendo que terei que fazer uma inspecção especial do tipo B e pagar as taxas associadas ao pedido.

    Andei a pesquisar e encontrei isto no site do imtt em relação às matriculas canceladas..

    "O cancelamento pode ser efectuado oficiosamente (pela Administração) ou a requerimento do proprietário.
    O cancelamento da matrícula não impede que a mesma venha a ser reposta a pedido do proprietário, excepto no que concerne aos VFV."

    Ou seja, se for efectuado oficiosamente, o que acontece com matriculas acima de 1980 inclusive e que não tenham ido ao ipo em 5 anos e no caso de vontade do dono, mesmo cancelada pode ser pedida a reactivação pelo dono, caso o carro não tenha ido para abate o que implica a apresentação da declaração da sucata ou serviços competentes.
    No meu caso o dono tem o livrete e o registo de propriedade, ou seja não foi considerado VFV porque senão ele já não era detentor dos mesmos.

    cumprimentos
     
  2. Outra nota se alguém sabe..

    Eu fui verificar no site do imtt e afinal a matricula não está cancela, mas o dono diz que mandou cancelar.
    Das duas uma, ou só cancelou o registo nas finanças ou então não sei..

    Se alguém tiver informação. Obrigado.

    No entanto fica a informação acima, para quem estejas nas condições referidas!
     
  3. O que eu faria..
    Passava pelo IMTT, apresentava os doc. e dizia que pretendia comprar esse carro e que queres saber se está tudo bem com os doc., não falava em matriculas canceladas, nada, e ouvia o que me diziam, fazia o mesmo na conservatória do registo automóvel.
    Ficava logo com o assunto esclarecido.
    Se estiverem canceladas, fazia uma cara de "fui enganado", não pode ser.... ai coisa e tal....ai a minha vida. E agora que me sugerem como vamos resolver isso, se existir solução eles cheios de pena, com a lágrima ao canto do olho, começam a desbobinar soluções, e já agora uma dica, não contes mais do que te perguntam, para não lhes dares pistas.
     
  4. Obrigado pela dica amigo Almeida.

    Na conservatória existe o registo do carro e está tudo em ordem, deram-me um papel com os dados do registo, agora no imtt não sei. Mas cá para mim o dono disse ao filho que o cancelou, mas depois não o fez.. visto que eu falei com o filho em relação ao carro..
    Vou ver se vou ao imtt, já tenho a fotocópia do livrete e do registo de propriedade.
     
  5. Boas.
    Em tempos mandei para a sucata um carro batido num acidente. Na altura não me preocupei com o cancelamento da matricula, como os outros milhares de proprietarios.
    No ano seguinte a lei mudou e toca de tratar da papelada no IMTT. Problemas. Queriam uma declaração da sucata a confirmar o abate. Não era possível, pois a sucata não era legal, era mais um depósito de ferro velho, que entretanto foi desactivada e o dono com paradeiro desconhecido.
    Descubro no site do IMTT uma janela para dar baixa do carro. Declaro que o vendi e não o passaram de nome, dando ordem de apreensão para registo do novo dono, e se tal não aciontecer em seis meses o carro é abatido automaticamente. É o que o site dizia na altura.
    Já lá vão dois ou três anos e continua com a matricula activa. E os impostos a correr.
    À dias fiz negócio com outro sucateiro que dá baixa dos carros legalmente, e pedi se podia tratar deste caso. Ele diz que vai ver o que pode fazer mas não deve haver problemas.
    Veremos.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página